NOVA CLASSEMÉDIA BRASILEIRA                Renato Meirelles   renato@datapopular.com.br   | @DataPopularRM | 55 11 3218-2222
O DATA POPULAR foi a primeira empresa brasileira a se                         especializar no mercado de baixa renda Após ...
O Data Popular atende as maiores e mais      exigentes empresas que atuam no Brasil.A diversidade de áreas de atuação noss...
Critério de Renda Per Capita                                                                  Média da Renda Familiar     ...
HÁ DEZ ANOS QUE O DATA POPULAR AJUDA O BRASIL AACOMPANHAR UMA DAS MAIS PROFUNDAS MUDANÇAS SOCIAIS DE                     S...
MUDANÇA DA PIRÂMIDE POPULACIONAL            181 milhões                             193 milhões       197 milhõesFonte: Pr...
CRESCIMENTO DA NOVA CLASSE MÉDIA                      Crescimento da nova classe média                                    ...
As regiões do Brasil       NORTE                                                           NORDESTEHabitantes:15,8 milhões...
A ELITE NÃO  ENTENDE ANOVA CLASSE       MÉDIA
O que a Classe Média Tradicional pensa sobre a Nova Classe Média O crescimento da renda e a ampliação do crédito possibili...
Valores: NCM X EliteFonte: Data Popular - 18.356 entrevistas / Junho 2011
SERVIÇOSFINANCEIROSE AS CLASSES      C, D e E
Acesso a serviços financeirosPenetração de usuários por classe social           75%                                      6...
Acesso a serviços financeiros  Share de usuários por tipo de serviço  financeiroCARTÃO DE LOJA            CARTÃO DE CRÉDIT...
Quanto menor a renda maior a propensão à          contratos informais                                        22%          ...
Dificuldade de poupar                           É muito difícil guardar dinheiro                                          ...
Têm formas alternativas de controleNa lógica destas pessoas, existem formas não convencionais de poupar,  Cofrinho: para ...
Lógica Societária vs ComunitáriaHá uma oposição entre a lógica que rege as instituições financeiras, por um lado, e a     ...
O consumidor emergente                   de inclusão        aspira um sonho que está                                      ...
Novo BrasilUma década de avançosIniciativa       Poder      Terceiro                                                     D...
A classe C e o consumo                                                               2011   As famílias da Nova Classe    ...
O CARRINHO DE COMPRAS DA NCMESTÁ CHEIO DE NOVOS PRODUTOS           Total de categorias diferentes de produtos ao longo do ...
Alimentação no Domicílio em 2011                                                              Brasil    A Nova Classe Médi...
Mobiliários e Artigos do Lar em 2011                                                                               Brasil ...
Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos em                                                                         Brasil    ...
Vestuário            Brasil     Nesse ano, quase metade do total de gastos     com a compra de roupas será de pessoas da  ...
Brasil             Higiene e Cuidados Pessoais em 2011Perto de 50% do total de gastos com produtos e serviços de higiene e...
Custo X BenefícioDistribuição de preços na cesta de             compras
Os padrões de beleza são distintos                                               As referências estéticas são             ...
Se puder escolher, o consumidor da próxima                            década prefere ...                           13,0%  ...
O aumento do otimismo do brasileiro impactou     favoravelmente no mercado imobiliárioFamílias que desejam adquirir um imó...
Distribuição por classe social das pessoas que querem                      comprar um imóvel   Total de pessoas que disser...
VAMOSFALAR DE  GENTE              OLHOS                             ROSTO                              OUVIDOS            ...
OTIMISMO E FUTUROÍndice de otimismo geral – 2004 X 2011                                         80              78        ...
O BRASIL DE VERDADE É NEGRO         E CADA VEZ TEM MAIS              ORGULHO DISSO        84,8                   NÃO NEGRO...
OS NEGROS MOVIMENTAM HOJER$ 673 BILHÕES POR               ANO     79,8%   % DA MASSA DE RENDA                             ...
O BRASIL DEVERDADE É JOVEM
 Jovens na faculdade                                                                                       De 18 até 25 a...
2011                                                      2001                                Posse de bens pelas         ...
Distribuição das redes sociais por classe  orkut                              facebook                           twitterAl...
Tem mais voz dentro de casa                                         De cada R$                                        100,...
O aumento do protagonismo feminino        nos processos de decisão estãodiretamente ligado a sua independência            ...
AS MULHERES SÃO AS GRANDESPROTAGONISTAS DA NOVA CLASSE MÉDIA                        BRASILEIRA!           São MAIS ESCOLA...
Influência da mulher nas compras     Qual o grau de influência de sua esposa nas decisões de compra:     (Homens casados/ ...
Práticas de sucesso – com o consumidorRELACIONAMENTOTecnologia e política de relacionamentoCAPILARIDADEDisponibilização do...
BRASIL DE VERDADE PESQUISA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO PARA O     MERCADO EMERGENTE BRASILEIRO              Renato Meirelles  r...
Distribuição por classe social das pessoas que querem comprar um imóvel
Distribuição por classe social das pessoas que querem comprar um imóvel
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Distribuição por classe social das pessoas que querem comprar um imóvel

5.217 visualizações

Publicada em

A pesquisa aborda o participação e o perfil de consumo da nova classe média no Brasil.

Publicada em: Negócios
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.217
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Distribuição por classe social das pessoas que querem comprar um imóvel

  1. 1. NOVA CLASSEMÉDIA BRASILEIRA Renato Meirelles renato@datapopular.com.br | @DataPopularRM | 55 11 3218-2222
  2. 2. O DATA POPULAR foi a primeira empresa brasileira a se especializar no mercado de baixa renda Após conduzir inúmeras pesquisas sobre o mercado popular, liderar processos de inovação de produtos, auxiliar no desenvolvimento de marcas e planos de marketing para companhiasnacionais e multinacionais, o DATA POPULAR é hoje referência absoluta no desenvolvimento de pesquisas e estratégias de negócio para as classes C, D e E
  3. 3. O Data Popular atende as maiores e mais exigentes empresas que atuam no Brasil.A diversidade de áreas de atuação nossos clientes trouxe para empresa a capacitação e experiência de atuar no estudo e desenvolvimento de estratégias de negócio na grande maioria dos segmentos da economia nacional info@datamaioria.com.br
  4. 4. Critério de Renda Per Capita Média da Renda Familiar Renda Familiar média Renda por Pessoa - faixas A1 R$ 25.308,50 De R$ 5.950,01 mais A2 R$ 11.632,33 De R$ 2.600,00 a R$ 5.950,00 B1 R$ 7.320,28 De R$ 1.925,00 a R$ 2.599,99 B2 R$ 5.272,54 De R$ 1.250,00 a R$ 1.924,99 C1 R$ 3.379,08 De R$ 770,50 a R$ 1.249,99 C2 R$ 1.829,18 De R$ 291,00 a R$ 770,49 D R$ 824,77 De R$ 71,00 a R$ 290,99 E R$ 256,41 Até R$ 70,99Valores inflacionados para agosto de 2011 pelo IPCA
  5. 5. HÁ DEZ ANOS QUE O DATA POPULAR AJUDA O BRASIL AACOMPANHAR UMA DAS MAIS PROFUNDAS MUDANÇAS SOCIAIS DE SUA HISTÓRIA Elite Nova Classe Média Base da Pirâmide 2001 2011
  6. 6. MUDANÇA DA PIRÂMIDE POPULACIONAL 181 milhões 193 milhões 197 milhõesFonte: Projeção Data Popular à partir dos microdados da PNAD – IBGE
  7. 7. CRESCIMENTO DA NOVA CLASSE MÉDIA Crescimento da nova classe média por regiões 3 de cada 10 pessoas que Crescimento da nova classe média entraram na Nova Classe por tipo de área Média são nordestinas +36,4% +28,3% +35% +19,7% +50% Contribuição de Rural Urbano não Metropolitano cada região para o metropolitano crescimento da classe média +29% Contribuição de cada tipo de área para o 8% 8% crescimento da classe média +21% 12% 30% Rural 25,9% 12,7% +16% 41% Urbano não metropolitano 61,3% Metropolitano O maior crescimento relativo da Classe Média se deu nas áreas rurais
  8. 8. As regiões do Brasil NORTE NORDESTEHabitantes:15,8 milhões Habitantes: 53,0 milhões Classe % Pop. Classe % Pop. E 4% E 8% D 41% Brasil 2010: D 47% C 190 milhões de C 39% 47% B Habitantes B 6% 4% A 2% A 2% CENTRO-OESTE SUDESTE Habitantes: 14,0 milhões Habitantes: 80,3 milhões Classe % Pop. Classe % Pop. Classe % Pop. E 1% E 1% E 1% D 20% SUL D 25% C D 18% C 63% 58% Habitantes: B 10% C 64% B 11% 27,3 milhões A 6% B 12% A 5% A
  9. 9. A ELITE NÃO ENTENDE ANOVA CLASSE MÉDIA
  10. 10. O que a Classe Média Tradicional pensa sobre a Nova Classe Média O crescimento da renda e a ampliação do crédito possibilitou aos integrantes da Nova Classe Média acessar espaços e lugares que antes estavam restritos ao público da Tradicional Classe Média. Essa mudança no cenário tem gerado um certo descontentamento de parcela dos antigos privilegiados Produtos deveriam ter versões para ricos e para pobres 55,3% 48,4% A qualidade dos serviços piorou com o maior acesso da população O aumento das filas nos cinemas me incomodam 62,8% 49,7% Prefiro ambientes com pessoas do meu nível social Pessoas mal vestidas deveriam ser barradas em certos lugares 16,5% O metrô aumenta a circulação de pessoas indesejáveis na região 26,4% 17,1% Todos os estabelecimentos deveriam ter elevadores separadosFonte: Pesquisa online realizada no segundo trimestre de 2011 com 18.365 pessoas de todo o país
  11. 11. Valores: NCM X EliteFonte: Data Popular - 18.356 entrevistas / Junho 2011
  12. 12. SERVIÇOSFINANCEIROSE AS CLASSES C, D e E
  13. 13. Acesso a serviços financeirosPenetração de usuários por classe social 75% 61% loja Cartão de crédito 39% 31% 28% 15% AB C DE
  14. 14. Acesso a serviços financeiros Share de usuários por tipo de serviço financeiroCARTÃO DE LOJA CARTÃO DE CRÉDITO AB AB DE 7% DE 21% 42% 18% C C 51% 61%
  15. 15. Quanto menor a renda maior a propensão à contratos informais 22% 25% 3% Classes AB Classe C Classes D 45% 27% 6% Classes AB Classe C Classe D
  16. 16. Dificuldade de poupar É muito difícil guardar dinheiro 56% 55% 53% 47% As classes de menor poderBrasil – Mais de 18 anos 36% aquisitivo tem maior dificuldade em reservar algum recurso financeiro A B C D E Fonte: Data Popular
  17. 17. Têm formas alternativas de controleNa lógica destas pessoas, existem formas não convencionais de poupar,  Cofrinho: para guardar trocos, moedas fazer investimentos ou se planejar  Nota Fiscal Paulista: poupar consumindo  Consórcio: poupança como dívida  Pesquisa de preço: bom uso do dinheiro  Bens como investimento: imóvel, carro, moto  Bicos: pagar uma dívida que não cabe no orçamento  Estocam um produto que encontraram na promoção  Esperam acabar uma parcela antes de entrar em outra
  18. 18. Lógica Societária vs ComunitáriaHá uma oposição entre a lógica que rege as instituições financeiras, por um lado, e a que rege as relações sociais da baixa renda, por outro: Lógica societária Lógica comunitária Características: Características:  Impessoalidade  Solidária  Frieza  Envolve emoção  Distante do cotidiano  Traduz o próprio cotidiano  Linguagem técnica  Dialoga com as relações  Dialoga com o indivíduo  Envolve reciprocidade  Traz a formalidade do  É informal como as relações cálculo  Bancos  Família  Estado  Amigos  O mundo jurídico  Vizinhança
  19. 19. O consumidor emergente de inclusão aspira um sonho que está ao alcance das mãosSEMPRE CONSUMIU: PASSOU A CONSUMIR: BUSCABUSCA Emergente• Exclusividade • Inclusão• Diferenciação • Pertencimento• Consumo do intangível • Vantagens e razões concretas• Menos fiel • Mais fiel• Mais solitário Tradicional • Mais solidário• Vergonha do desconto • Orgulho do desconto• Prazer em ostentar • Prazer em oferecer info@datamaioria.com.br
  20. 20. Novo BrasilUma década de avançosIniciativa Poder Terceiro Distribuição dos gastos dos Privada Público Setor brasileiros por classe social Com a ampliação de 228,3% nos gastos com produtos e serviços, a Nova Classe Média se tornou protagonista do Brasil atual2001 2011 Baixa Renda Baixa Renda 15,7% 15,8% Alta Renda Nova Classe Alta Renda 39,9% 25,8% Nova Classe Média 58,5% Média 44,3%Fonte: Cruzamento de dados de pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE):Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (PNAD) e Pesquisa de Orçamento Domiciliar (POF).Valores consideram inflação do período
  21. 21. A classe C e o consumo 2011 As famílias da Nova Classe DISTRIBUIÇÃO POR CATEGORIA Média Brasileira devem Lar 31,55% gastar em consumo, esse Serviços** 23,16% ano, um total de: Alimentação e Bebidas 18,49% R$ 1,03 Saúde e Beleza Transporte 8,32% 8,17% trilhão* Vestuário Educação 5,12% 2,07% * Valor que considera a renda total somada ao crédito das famílias Entretenimento 1,60% **Serviços prestados esporadicamente: Cabeleireiros, manicures, lavanderias, sapateiros, empregados domésticos, cartórios etc. Viagens 1,52%Fonte: Projeção Data Popular, Julho de 2011 (à partir dos dados do IBGE)
  22. 22. O CARRINHO DE COMPRAS DA NCMESTÁ CHEIO DE NOVOS PRODUTOS Total de categorias diferentes de produtos ao longo do ano AB C DE 2001 35 27 19 2011 43 41 40
  23. 23. Alimentação no Domicílio em 2011 Brasil A Nova Classe Média Brasileira contribui com a maior parcela de gastos na compra de produtos R$ 251,2 alimentícios para consumo dentro do lar. Os bilhões Emergentes superam a Alta Renda nesse item. Participação por classe social: Em cada grupo social: AB R$ 62,3 bi DE AB 27,0% 24,8% C R$ 121,4 bi DE R$ 67,5 bi 48,2% CFonte: Pesquisa realizada no segundo trimestre de 2011, com 18.365 pessoas em 251cidades de 26 estados
  24. 24. Mobiliários e Artigos do Lar em 2011 Brasil Artigos para o lar e mobiliários devem movimentar esse ano pouco mais de R$ 40 R$ 41,7 bilhões bilhões. Apenas a Nova Classe Média responderá por 46,5% desse total. Participação por classe social: Em cada grupo social: AB R$ 14,0 bi DE 19,9% AB 33,6% C R$ 19,4 bi DE R$ 8,3 bi 46,5% CFonte: Pesquisa realizada no segundo trimestre de 2011, com 18.365 pessoas em 251cidades de 26 estados
  25. 25. Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos em Brasil 2011 Os gastos com eletrodomésticos e eletroeletrônicos no país devem somar R$ R$ 51,2 bilhões 51,2 bilhões esse ano. A Nova Classe Média será a de maior participação nesse total. Participação por classe social: Em cada grupo social: AB R$ 15,7 bi DE AB 21,3% 30,7% C R$ 24,6 bi DE R$ 10,9 bi 48,0% CFonte: Pesquisa realizada no segundo trimestre de 2011, com 18.365 pessoas em 251cidades de 26 estados
  26. 26. Vestuário Brasil Nesse ano, quase metade do total de gastos com a compra de roupas será de pessoas da R$ 72,9 bilhões Nova Classe Média. A Alta Renda participará com pouco mais de um terço do total. Participação por classe social: Em cada grupo social: AB R$ 24,6 bi DE 18,0% AB 33,7% C R$ 35,2 bi DE R$ 13,1 bi 48,3% CFonte: Pesquisa realizada no segundo trimestre de 2011, com 18.365 pessoas em 251cidades de 26 estados
  27. 27. Brasil Higiene e Cuidados Pessoais em 2011Perto de 50% do total de gastos com produtos e serviços de higiene e cuidados pessoais esse R$ 48,9 bilhões ano será feito por representantes da Nova Classe Média Brasileira. Participação por classe social: Em cada grupo social: AB R$ 14,9 bi DE 19,8% AB 30,5% C R$ 24,3 bi DE R$ 9,7 bi 49,7% CFonte: Pesquisa realizada no segundo trimestre de 2011, com 18.365 pessoas em 251cidades de 26 estados
  28. 28. Custo X BenefícioDistribuição de preços na cesta de compras
  29. 29. Os padrões de beleza são distintos As referências estéticas são diferentes . O padrão de beleza valorizado pela elite é a magreza, enquanto os emergentes preferem as curvas exuberantes.Duas musas, a mesma cor e signos diferentes
  30. 30. Se puder escolher, o consumidor da próxima década prefere ... 13,0% Ter um emprego com carteira assinada 35,9% Ter um negócio próprio 51,1% Ser funcionário públicoEsse consumidor tem um espírito mais empreendedor, busca crescimento financeiro e realização profissional. Diferente da geração passada, que pensava na segurança de um emprego com carteira assinada e aposentadoria, o consumidor da próxima década busca romper esse paradigma e crescer profissional e financeiramente
  31. 31. O aumento do otimismo do brasileiro impactou favoravelmente no mercado imobiliárioFamílias que desejam adquirir um imóvel nos próximos 12 meses, em milhões 4,7 Nova Classe Média 3,5 Baixa Renda O número de famílias que 1,6 1,7 Alta Renda pretendem 1,5 1,3 comprar imóvel ou terreno no 1º tri - 2009 1º tri - 2011 curto prazo Total cresceu mais que Total 4,4 milhões 9,9 milhões duplicou em dois anos
  32. 32. Distribuição por classe social das pessoas que querem comprar um imóvel Total de pessoas que disseram estar interessadas em adquirir um Oito em cada dez Alta Renda brasileiros que Baixa Renda 17,2% desejam comprar um 35,4% imóvel em um prazo de um ano são Emergentes, Nova Classe Média representantes da 47,5% Nova Classe Média ou da Base da* Primeiro trimestre de 2011 Pirâmide
  33. 33. VAMOSFALAR DE GENTE OLHOS ROSTO OUVIDOS BOCA CINTURA BOLSO PERNAS
  34. 34. OTIMISMO E FUTUROÍndice de otimismo geral – 2004 X 2011 80 78 65 59 60 53 2002 2011 "ELITE" "CLASSE MÉDIA" "POVÃO" A NOVA CLASSE MÉDIA É MAIS OTIMISTA QUE A ANTIGA
  35. 35. O BRASIL DE VERDADE É NEGRO E CADA VEZ TEM MAIS ORGULHO DISSO 84,8 NÃO NEGROS NEGROS 76,6 69,3 60,8 49,1 50,9 39,2 30,7 23,4 15,2 A B C D E
  36. 36. OS NEGROS MOVIMENTAM HOJER$ 673 BILHÕES POR ANO 79,8% % DA MASSA DE RENDA 61,2% 56,2% 43,8% 38,8% 20,2% AB C DE Negros Não-Negros
  37. 37. O BRASIL DEVERDADE É JOVEM
  38. 38.  Jovens na faculdade De 18 até 25 anos% de jovens entre 18 e 25 anos que estão em Participação por classe dos jovens entre 18 e 25uma faculdade – Por classe social anos que estão em uma faculdade 84,3% 7,3% 54,9% Emergentes 29,6% Classe Média 11,6% Elite 63,1% Emergentes Classe Média Elite Fica bastante evidente a inserção de jovens no ensino superior conforme subimos de classe. Entretanto, para cada 10 jovens que estão em uma faculdade 6 são da Classe Média Fonte: Data Popular à partir da PNAD – IBGE
  39. 39. 2011 2001 Posse de bens pelas famílias %Share domicilios com internet 19% 25% 56%
  40. 40. Distribuição das redes sociais por classe orkut facebook twitterAlta Renda Baixa Renda Alta Renda Alta Renda Baixa Renda Baixa Renda Nova Classe Média Nova Classe Média Nova Classe MédiaExiste uma certa homogeneidade na distribuição das redes sociais por faixas de renda. Ainda quepossua maior participação nas três grandes comunidades virtuais, as pessoas da Nova Classe MédiaBrasileira tem mais força no Orkut e no Facebook. A Alta Renda contribui cerca de 20% em cada umadelas, com percentuais próximos dos verificados para as participações da Baixa Renda.
  41. 41. Tem mais voz dentro de casa De cada R$ 100,00 que o pai ganha, o filho ganha Classe A Classe C A diferença de renda ... entre pais e filhos nas Pai R$ 100,00 R$ 100,00 diferentes classes, Filho R$ 11,00 R$ 53,00 demonstra o peso do poder de consumo dos jovens na base da pirâmide C – 68% estudou mais do que os paisFonte: “Tendências da Maioria”– PNAD,Renda média individual
  42. 42. O aumento do protagonismo feminino nos processos de decisão estãodiretamente ligado a sua independência financeira O aumento das responsabilidades da mulher tem obrigado uma redefinição dos papeis de gênero no dia-a-dia das família de baixa renda
  43. 43. AS MULHERES SÃO AS GRANDESPROTAGONISTAS DA NOVA CLASSE MÉDIA BRASILEIRA!  São MAIS ESCOLARIZADAS do que os homens da mesma classe  CHEFIAM MAIS FAMÍLIAS do que as mulheres de elite  CONTRIBUEM MAIS PARA A RENDA FAMILIAR do que as mulheres do topo da pirâmide  ADMINISTRAM o orçamento doméstico e DECIDEM a maior parte dos gastos e compras da família
  44. 44. Influência da mulher nas compras Qual o grau de influência de sua esposa nas decisões de compra: (Homens casados/ moram juntos) 86% Alimentos que você consome Produtos de higiene e beleza que você consome Seu vestuário (roupas e sapatos) Carro ou moto da família Segundo os homens, a esposaProdutos de exerce influência significativatecnologia em importantes esferas da sua vida
  45. 45. Práticas de sucesso – com o consumidorRELACIONAMENTOTecnologia e política de relacionamentoCAPILARIDADEDisponibilização do produto / serviço em local de fácil acesso ao consumidorCLAREZA, DIDATISMO E TRANSPARENCIAComunicação clara e honestidade nas promessaIDENTIFICAÇÃO E PARCERIAUtilizam referências próximas e exemplificam com base na realidade do consumidorPRESTAÇÃO DE SERVIÇOQue seja percebido como relevante pelo consumidorPREÇO JUSTOCompatível com a entrega
  46. 46. BRASIL DE VERDADE PESQUISA, ESTRATÉGIA E INOVAÇÃO PARA O MERCADO EMERGENTE BRASILEIRO Renato Meirelles renato@datapopular.com.br | @DataPopularRM | 55 11 3218-2222

×