Slides abertura fctunl v3(10fev)

938 visualizações

Publicada em

Debate sobre o que é e qual o papel dum plano de investimento numa empresa, o significado dos principais termos técnicos e articulação de variáveis, explicado para profissionais fora da área financeira. Como potenciar esta ferramenta para promover a colaboração e adesão dos profissionais de cada empresa. As alterações funcionais provocadas pelos investimentos; novas oportunidades. Exposição e debate de experiências reais.

Publicada em: Carreiras
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Slides abertura fctunl v3(10fev)

  1. 1. Aspetos importantes dum plano deAspetos importantes dum plano de investimento e a sua interação com todas asinvestimento e a sua interação com todas as profissões numa empresaprofissões numa empresa 10 de Fevereiro de 2015 Meira Fernandes , José Milheiro
  2. 2. Licenciatura em Economia - Universidade do Porto (1961). Currículo profissional - Empresas: •Analista de Sistemas na IBM Portuguesa, docente em For-mação de Profissionais em Informática, Marketing Supporter. •Director Geral da Conselho - Gestão e Investimentos, SARL (grupo BPA). •Administrador da SiloAuto - Companhia dos Parques de Estacionamen-to, SARL, da Sociedade de Construções William Graham, SARL, de AGII - Atlântico, Gestão e Investimento Imobiliário, S.A. - em representação do BPA. •Administrador da Companhia de Moagens Harmonia, S.A. em repre-sen-tação de Amorim, Lage, S.A. •Consultor: Informática de Gestão, Finanças, Organi-zação e Gestão. •Revisor Oficial de Contas: de 1981 a 91, e reinício em 1996. Sócio ou ROC contratado de Álvaro, Falcão & Associados, SROC. •Secretário-Geral e voluntário da SHARE- Associação para a Partilha do Conhecimento, desde 2006. Currículo profissional - Docência: •Faculdade de Economia do Porto como Assistente (1969/80); •ISAG - Instituto Superior de Administração e Gestão (Ensino Particular e Cooperativo) 1979/1986; membro do Conselho Pedagógico. ​
  3. 3. Formação Académica •Licenciado em Economia, pela Universidade do Porto (1971/ 72) Experiência Profissional 1. Na Área Industrial: •Director Financeiro, Assessor de Conselhos de Administração, Administrador e Membro de Conselhos Fiscais de várias empresas 2. No Sector Financeiro: •Director de Gabinete de Estudos Económico-Financeiros (avaliação de projectos industriais de investimento) e Director Comercial de Banco Comercial •Administrador de Bancos Comerciais e Banco do Investimento, em Portugal e no Estrangeiro •Administrador de empresas de Leasing (mobiliário e imobiliário), Factoring, ALD, de Sociedade de Corretagem e de Gestão do Património •Administrador de A.C.E. e de Empresa de Informática. ​
  4. 4. “COMPETÊNCIASTRANSVERSAIS PARA A EMPREGABILIDADE” 1 Janeiro 2015 2 Fevereiro 2015 seg ter qua qui sex sáb dom seg ter qua qui sex sáb dom 1 2 3 4 1 5 6 7 8 9 10 11 2 3 4 5 6 7 8 12 13 14 15 16 17 18 9 10 11 12 13 14 15 19 20 21 22 23 24 25 16 17 18 19 20 21 22 26 27 28 29 30 31 23 24 25 26 27 28
  5. 5. PROGRAMA UNIVERSIDADES 2015 5
  6. 6. PROGRAMA UNIVERSIDADES 2015 5

×