Os desafios da empregabilidade dos jovens e a produtividade nas empresas

238 visualizações

Publicada em

O futuro será dos Jovens “canivete suíço”.
O Inglês do futuro será a programação.
A forma de aprender vai mudar.
Profissões que marcarão o ritmo nos próximos anos
A negociação e a comunicação.
A importância de uma experiência internacional.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Os desafios da empregabilidade dos jovens e a produtividade nas empresas

  1. 1. Associados Promotores Share 2016 Os desafios da empregabilidade dos jovens e da produtividade nas empresas 20 de Abril de 2016 Luís Palminha, Manuel Santos Carneiro
  2. 2. “As novas estratégias de recrutamento mostram que os postos de trabalho não irão ser duradoiros, trabalhar-se-á por projetos e buscar-se-á perfis capazes de conviver com diferentes disciplinas”. Rosália Rodrigues, Diretora de Relação com Recrutadores da IE Business School. 2 Empregabilidade e 1º Emprego “Nenhum dos empregos relacionados com a economia digital permanecerá estático por período superior a cinco anos. A reciclagem é constante.” Jaime Gonzalo, Chefe da Seção de Jogos da Google Play (Filólogo de formação).
  3. 3. Empregabilidade e 1º Emprego 1. O futuro será dos Jovens “canivete suíço”. 2. O Inglês do futuro será a programação. 3. A forma de aprender vai mudar. 4. Profissões que marcarão o ritmo nos próximos anos 5. A negociação e a comunicação. 6. A importância de uma experiência internacional. 3 Agenda
  4. 4. 4 1. O futuro será dos jovens “canivete suíço” O canivete suíço surge em resposta à necessidade do exército, tinha de ser:  Versátil  Leve  Fácil de transportar  Muito resistente Também o mundo do trabalho exige, cada vez mais, pessoas :  Com estrutura de conhecimento técnico  Capazes de adaptar-se a qualquer contexto  Disponíveis para uma aprendizagem continua  Resistentes para aguentar diferentes ritmos de trabalho  Utilizadoras de ferramentas digitais
  5. 5. 5 2. O inglês do futuro será a programação Segundo as previsões da União Europeia em 2020 serão necessários 900.000 peritos em tecnologia. “Tudo está por fazer. A robótica é uma das especialidades que irá crescer e sereis vós a conduzir essa revolução. Utilizar-se-á os robots para fins tão diferentes como a exploração espacial, a cirurgia ou o trabalho nas minas” Francisco Ruiz, Diretor de Relações Institucionais do Google.
  6. 6. 6 3. A forma de aprender está a mudar “75% das profissões do futuro ainda não existem ou começam a surgir”. Jaime Guillot, Dron Spain. Big Data Neurociência Impressão 3D Robótica e drones Nano-tecnologia … Emprego Novas áreas do saber Gestão e análise de dados Distribuição de conteúdos Redes de comunicação e processamento de dados Segurança digital Jogos virtuais …Setores económicos Atividades sociais Atividades pessoais Novas interações entre pessoas, organizações e entidades virtuais Novas estratégias e formas de competir Aplicações Processos Conteúdos Plataforma global Economia real Economia Digital Ecosistema Digital
  7. 7. 7 Especialista em Big Data Trabalhar o enorme volume de dados e aplicar na empresa de modo a que seja mais eficiente para tomar decisões imediatas Missão fazer crescer o número de utilizadores e de receitas. Combina: capacidade analítica - criatividade- curiosidade Capaz de monitorar os produtos, as cidades, a nossa roupa e até o nosso corpo. Profissões que marcarão o ritmo do emprego nos próximos anos Growth Hackers Especialista em IoT ( internet das coisas)
  8. 8. 8 Game & Designer Desenham as regras em que se baseiam os videojogos, combinam o conhecimento multidisciplinar e o sentido artístico. Uma das grandes tendências no futuro A procura do equipamento sobe e os custos baixam. Volume de faturação previsto em 2019 na ordem dos 6,4 M€ Profissões que marcarão o ritmo do emprego nos próximos anos Especialista em impressão 3D Capaz de proporcionar ao utilizador todos os programas e serviços utilizando os servidores na internet Perito em Cloud Computing
  9. 9. 9 4. A negociação e comunicação “Os jovens de hoje tem um deficit de capacidade de comunicação”. Observatório da Inovação no Emprego da ADDECCO. “Em qualquer profissão é necessário persuadir ou convencer quem invista ou apoie o nosso projeto, desde o investigador que trabalha no laboratório até ao arquiteto especializado em construções inteligentes” . Peter Boland, Professor Associado da IE University “É importante saber persuadir, saber interagir com as emoções dos outros para conseguir que escutem a nossa história e isto nem sempre se aprende nas Universidades. (…) O emocional é o que move o mundo. Em qualquer profissão o contato humano é imbatível e a palavra é o melhor veículo para se avançar na vida”. Carlos Veja, Diretor do El Pais vídeo
  10. 10. A experiência internacional potencia as valências mais valorizadas pelos empregadores 10 5. A importância de uma experiência internacional Fonte: The Erasmus impact , CE, 2014
  11. 11. 11 5. A importância de uma experiência internacional “ Trabalhar no exterior possibilita ao candidato adaptar-se com mais facilidade a situações diferentes, permite incorporar inovações que viveu e experimentou, conhecer outro idioma e gerir melhor o stress.” Mariano Cañas , Diretor da EXPERIS, Espanha. Fonte: The Erasmus impact , CE, 2014
  12. 12. 12 Fonte: The Erasmus impact , CE, 2014
  13. 13. A importância de uma experiência internacional 13 Capacidade em assumir riscos Abandono da zona de conforto Habilidade para gerir a incerteza Adaptabilidade A integração obriga a relacionar-se com os locais, a fazer uma aprendizagem Perseverança Construir uma nova forma de vida Aceitar um novo código cultural Maturidade Mais tolerantes Multicultura Língua, Pessoas, Costumes Generosidade Rede de amigos e networking
  14. 14. Bibliografia 14 • Jornadas “ EL PAÍS com tu futuro”, comunicações realizadas em 16 e 17 de Dezembro de 2015 (Madrid). • The Erasmus Impact, setembro, 2014, European Commission
  15. 15. 15 Muito obrigado!
  16. 16. PROGRAMA UNIVERSIDADES 2016 16

×