SlideShare uma empresa Scribd logo

Corpos em revista

1 de 44
Baixar para ler offline
Corpos em revista
CORPOS EM REVISTA: A PERCEPÇÃO FEMININA
SOBRE BELEZA CORPORAL E SUAS PRÁTICAS
AFETIVAS DE CONSUMO
Profa. Dra.Selma Felerico – Doutorado e Mestrado em
Comunicação e Semiótica pela PUC-SP
Professora de Comunicação de Pós-Graduação na ESPM
Professora de Comunicação de Graduação
no Mackenzie e na Casper Libero
Publicitária desde 1982
www.selmafelerico.com.br
selmafelerico.blogspot.com
sfelerico@espm.br
[1
Resultado de uma pesquisa desenvolvida
no âmbito do Centro de Estudos
Avançados da ESPM – CAEPM
[1
 verificar a
percepção das
mulheres sobre as
capas e as matérias
jornalísticas sobre
beleza e ao culto do
corpo, veiculadas
nas Revistas.
Registrar as
mudanças das
práticas de consumo
no segmento.
[1
[1
objetivos
específicos
Registrar as
mudanças no
comportamento de
consumo feminino,
entre as mulheres de
20 a 45 anos
 Categorizar os
modelos de corpos
encontrados, por meio
[1
hipótese central
não há um ideal
padronizado, mas sim
um corpo ultramedido
normatizado pelo
discurso midiático e
pela aceitação social
gera novas práticas
de consumo baseadas
em desejos sinalizados
mídia e assimilados
pela sociedade.
Anúncio

Recomendados

Secretariado ejecutivobilingue
Secretariado ejecutivobilingueSecretariado ejecutivobilingue
Secretariado ejecutivobilingueGaby Nenita Solis
 
Trabalho final
Trabalho finalTrabalho final
Trabalho finalMagdalag
 
Provimentos CSM 2018/13 e 1344/07 - Horário de Funcionamento do TJ/SP
Provimentos CSM 2018/13 e 1344/07 - Horário de Funcionamento do TJ/SPProvimentos CSM 2018/13 e 1344/07 - Horário de Funcionamento do TJ/SP
Provimentos CSM 2018/13 e 1344/07 - Horário de Funcionamento do TJ/SPSylvio Micelli
 
Transportes de agua
Transportes de aguaTransportes de agua
Transportes de aguacsajuani
 
Twittadas do Micelli - 01/12/2012 - 21/12/2012
Twittadas do Micelli - 01/12/2012 - 21/12/2012Twittadas do Micelli - 01/12/2012 - 21/12/2012
Twittadas do Micelli - 01/12/2012 - 21/12/2012Sylvio Micelli
 

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Presentación elsy gutierrez
Presentación elsy gutierrezPresentación elsy gutierrez
Presentación elsy gutierrezElsy Gutierrez D
 
Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.
Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.
Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.mapoconsultores
 
Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013
Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013
Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013PRACTICAS ICCT
 
La pedriza 5º El Boalo
La pedriza 5º El BoaloLa pedriza 5º El Boalo
La pedriza 5º El BoaloPitigallo
 
Boletim informativo março2013
Boletim informativo   março2013Boletim informativo   março2013
Boletim informativo março2013fespiritacrista
 
Pu fase de inicio-casos uso
Pu fase de inicio-casos usoPu fase de inicio-casos uso
Pu fase de inicio-casos usoingridleona
 
Aprendiendo uml en 24 horas
Aprendiendo uml en 24 horasAprendiendo uml en 24 horas
Aprendiendo uml en 24 horasingridleona
 
Ebd 4°trimestre 2016 Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.
Ebd 4°trimestre 2016  Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.Ebd 4°trimestre 2016  Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.
Ebd 4°trimestre 2016 Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Boletim informativo jul2014
Boletim informativo jul2014Boletim informativo jul2014
Boletim informativo jul2014fespiritacrista
 
Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do
Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_doInstituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do
Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_doJosefa Medeiros
 
Capitulo 14
Capitulo 14Capitulo 14
Capitulo 14zeu1507
 
Medio pan y un libro. lorca.
Medio pan y un libro. lorca. Medio pan y un libro. lorca.
Medio pan y un libro. lorca. Marta Caporale
 
Apresentação santana
Apresentação santanaApresentação santana
Apresentação santanaFlávio Nassar
 
Artigo apartheid congresso 2011
Artigo apartheid congresso 2011Artigo apartheid congresso 2011
Artigo apartheid congresso 2011lumennovum
 
Entonces, adelante. .
Entonces, adelante. . Entonces, adelante. .
Entonces, adelante. . Marta Caporale
 
Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...
Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...
Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...Cedetes Univalle
 

Destaque (20)

Presentación elsy gutierrez
Presentación elsy gutierrezPresentación elsy gutierrez
Presentación elsy gutierrez
 
Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.
Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.
Administración profesional de proyectos Mapo consultores S.A.
 
Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013
Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013
Preseleccionados programa de_enfermeria_segundo_semestre_2013
 
La pedriza 5º El Boalo
La pedriza 5º El BoaloLa pedriza 5º El Boalo
La pedriza 5º El Boalo
 
Boletim informativo março2013
Boletim informativo   março2013Boletim informativo   março2013
Boletim informativo março2013
 
Pu fase de inicio-casos uso
Pu fase de inicio-casos usoPu fase de inicio-casos uso
Pu fase de inicio-casos uso
 
Aprendiendo uml en 24 horas
Aprendiendo uml en 24 horasAprendiendo uml en 24 horas
Aprendiendo uml en 24 horas
 
Proyecto 1 cesar b
Proyecto 1 cesar bProyecto 1 cesar b
Proyecto 1 cesar b
 
Ebd 4°trimestre 2016 Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.
Ebd 4°trimestre 2016  Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.Ebd 4°trimestre 2016  Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.
Ebd 4°trimestre 2016 Lição 4 A provisão de Deus no monte do sacrifício.
 
Boletim informativo jul2014
Boletim informativo jul2014Boletim informativo jul2014
Boletim informativo jul2014
 
Deprimido
DeprimidoDeprimido
Deprimido
 
Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do
Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_doInstituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do
Instituto federal de_educa_o_ciencia_e_tecnologia_do
 
Materiales textiles
Materiales textilesMateriales textiles
Materiales textiles
 
Capitulo 14
Capitulo 14Capitulo 14
Capitulo 14
 
Lomce
LomceLomce
Lomce
 
Medio pan y un libro. lorca.
Medio pan y un libro. lorca. Medio pan y un libro. lorca.
Medio pan y un libro. lorca.
 
Apresentação santana
Apresentação santanaApresentação santana
Apresentação santana
 
Artigo apartheid congresso 2011
Artigo apartheid congresso 2011Artigo apartheid congresso 2011
Artigo apartheid congresso 2011
 
Entonces, adelante. .
Entonces, adelante. . Entonces, adelante. .
Entonces, adelante. .
 
Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...
Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...
Alianza por un futuro libre de caries. Proyecto global orientado a promover a...
 

Semelhante a Corpos em revista

Air-Pollution.pptx
Air-Pollution.pptxAir-Pollution.pptx
Air-Pollution.pptxjopzinn
 
ELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptx
ELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptxELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptx
ELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptxEEMAS
 
Ajudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVel
Ajudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVelAjudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVel
Ajudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVela20061577
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Belezaguest75574e
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Belezaguest1d1887
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Belezaguest75574e
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Belezaguest1d1887
 
UFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamento
UFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamentoUFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamento
UFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamentoLeonardo Savassi
 
Lançamentos fevereiro
Lançamentos fevereiroLançamentos fevereiro
Lançamentos fevereiroJaira Costa
 
Lançamentos fevereiro da editora Planeta
Lançamentos fevereiro da editora PlanetaLançamentos fevereiro da editora Planeta
Lançamentos fevereiro da editora PlanetaClaudia Valeria Ortega
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historiaMatthew154822
 
Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro
Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro
Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro Delano Moreira de Rezende
 
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeCristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeThais Pacheco
 
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 IdadeEstética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 IdadeLupe Bello Cuerpo
 

Semelhante a Corpos em revista (20)

Congresso comunicon
Congresso comuniconCongresso comunicon
Congresso comunicon
 
Identidade mulheres
Identidade mulheresIdentidade mulheres
Identidade mulheres
 
Congresso comunicon
Congresso comuniconCongresso comunicon
Congresso comunicon
 
18360.pptx
18360.pptx18360.pptx
18360.pptx
 
Air-Pollution.pptx
Air-Pollution.pptxAir-Pollution.pptx
Air-Pollution.pptx
 
ELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptx
ELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptxELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptx
ELETIVA I PADRÃO DE BELEZA.pptx
 
Ajudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVel
Ajudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVelAjudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVel
Ajudar As Pessoas Idosas A Viver De Forma Mais SaudáVel
 
Ebook emagrecer
Ebook emagrecerEbook emagrecer
Ebook emagrecer
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Beleza
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Beleza
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Beleza
 
O Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De BelezaO Eterno Ideal De Beleza
O Eterno Ideal De Beleza
 
UFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamento
UFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamentoUFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamento
UFOP (2015) Educação em saúde e mudança de comportamento
 
padrõesdebeleza.pptx
padrõesdebeleza.pptxpadrõesdebeleza.pptx
padrõesdebeleza.pptx
 
Lançamentos fevereiro
Lançamentos fevereiroLançamentos fevereiro
Lançamentos fevereiro
 
Lançamentos fevereiro da editora Planeta
Lançamentos fevereiro da editora PlanetaLançamentos fevereiro da editora Planeta
Lançamentos fevereiro da editora Planeta
 
Trabalho de historia
Trabalho de historiaTrabalho de historia
Trabalho de historia
 
Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro
Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro
Guias alimentares, Novo Guia Alimentar Brasileiro
 
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesadeCristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
Cristina cairolinguagemdocorpo2belezaesade
 
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 IdadeEstética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
Estética do Bem Estar - Diferencial para Atendimento a Gestantes e 3 Idade
 

Mais de Selma Felerico

Corpos em revista selma felerico
Corpos em revista selma felericoCorpos em revista selma felerico
Corpos em revista selma felericoSelma Felerico
 
Corpos e diferenças 2011
Corpos e diferenças 2011Corpos e diferenças 2011
Corpos e diferenças 2011Selma Felerico
 
Comportamento de compra feminino corpo 2008
Comportamento de compra feminino corpo 2008Comportamento de compra feminino corpo 2008
Comportamento de compra feminino corpo 2008Selma Felerico
 
Comportamento de compra feminino 2008
Comportamento de compra feminino 2008Comportamento de compra feminino 2008
Comportamento de compra feminino 2008Selma Felerico
 
A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009
A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009
A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009Selma Felerico
 
Precisa se de homens bonitos 7 nov
Precisa se de homens bonitos 7 novPrecisa se de homens bonitos 7 nov
Precisa se de homens bonitos 7 novSelma Felerico
 

Mais de Selma Felerico (11)

Corpos em revista
Corpos em revistaCorpos em revista
Corpos em revista
 
Corpos em revista
Corpos em revistaCorpos em revista
Corpos em revista
 
Corpos em revista selma felerico
Corpos em revista selma felericoCorpos em revista selma felerico
Corpos em revista selma felerico
 
Corpos e diferenças 2011
Corpos e diferenças 2011Corpos e diferenças 2011
Corpos e diferenças 2011
 
Corpo cadaver 2008
Corpo cadaver 2008Corpo cadaver 2008
Corpo cadaver 2008
 
Comportamento de compra feminino corpo 2008
Comportamento de compra feminino corpo 2008Comportamento de compra feminino corpo 2008
Comportamento de compra feminino corpo 2008
 
Comportamento de compra feminino 2008
Comportamento de compra feminino 2008Comportamento de compra feminino 2008
Comportamento de compra feminino 2008
 
A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009
A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009
A publicidade e seus corpos ultramedidos 2009
 
Simposio ciber 2009
Simposio ciber  2009Simposio ciber  2009
Simposio ciber 2009
 
Precisa se de homens bonitos 7 nov
Precisa se de homens bonitos 7 novPrecisa se de homens bonitos 7 nov
Precisa se de homens bonitos 7 nov
 
Corpologia 2007
Corpologia 2007Corpologia 2007
Corpologia 2007
 

Corpos em revista

  • 2. CORPOS EM REVISTA: A PERCEPÇÃO FEMININA SOBRE BELEZA CORPORAL E SUAS PRÁTICAS AFETIVAS DE CONSUMO Profa. Dra.Selma Felerico – Doutorado e Mestrado em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP Professora de Comunicação de Pós-Graduação na ESPM Professora de Comunicação de Graduação no Mackenzie e na Casper Libero Publicitária desde 1982 www.selmafelerico.com.br selmafelerico.blogspot.com sfelerico@espm.br [1
  • 3. Resultado de uma pesquisa desenvolvida no âmbito do Centro de Estudos Avançados da ESPM – CAEPM [1
  • 4.  verificar a percepção das mulheres sobre as capas e as matérias jornalísticas sobre beleza e ao culto do corpo, veiculadas nas Revistas. Registrar as mudanças das práticas de consumo no segmento. [1
  • 5. [1 objetivos específicos Registrar as mudanças no comportamento de consumo feminino, entre as mulheres de 20 a 45 anos  Categorizar os modelos de corpos encontrados, por meio
  • 6. [1 hipótese central não há um ideal padronizado, mas sim um corpo ultramedido normatizado pelo discurso midiático e pela aceitação social gera novas práticas de consumo baseadas em desejos sinalizados mídia e assimilados pela sociedade.
  • 7. [1 Etapas do projeto Levantamento documental :seleção das capas, matérias jornalistas que tratam da beleza e do culto ao corpo período de 2010 e 2011 Pesquisa qualitativa com 32 mulheres
  • 8. [1 Questões Qual o papel da mídia feminina na construção do imaginário das mulheres em relação à beleza e ao culto do corpo ? Que marcas e significações corporais são decodificadas no discurso dessas publicações? Quais são as novas
  • 9. [1 Maio e Junho: pesquisa qualitativa dividida em quatro grupos e 8 entrevistas em profundidade Para conhecer a percepção das leitoras sobre as revistas Nova e Boa Forma e os impactos socioculturais gerados por suas práticas de consumo no segmento da beleza e do culto ao corpo.  Optou-se por dividir em duas reuniões mensais, sendo que a primeira parte visa compreender o cotidiano feminino e as
  • 10. [1 Vivian, Michelle, Bianca, Tatiana, Denise, Profa. Selma, Iara e Claudia
  • 11. 1ª reunião em 14 de maio de 2011 – 10 horas da manhã1. Claudia Mendes Cordeiro – 38 anos 2. Denise Monteiro – 46 anos 3. Iara L. Bents Saad – 29 anos 4. Michele Souza – 22 anos 5. Tatiana Queiroz – 30 anos 6. Vivian Barbosa Griecco – 25 anos 7. Bianca Martins – 28 anos
  • 12. [1 1. foto: Denise, Iara e Claudia 2. foto : Café da manhã e caixa com os presentes
  • 13. [1 •1. foto – Tatiana, Michelle, Denise e Iara •2. foto – Apresentação do blog: Corpos em Revista
  • 14.  Já fiz tratamento estético, mas hoje não tenho dinheiro Gastos com beleza é de R$500,00 a R$600,00 mês Beleza é uma coisa bonita, é sentir bem, limpa Beleza é olhar e se achar bonita e ou se sentir bela Beleza é a harmonia com base do que vejo no espelho Beleza tem alguns padrões sociais a serem seguidos A feiúra é o oposto do padrão de beleza Beleza na vida da pessoa tem fator sorte “VOCÊ NASCE BELO” ou tem dinheiro para se cuidar. Exemplo: Carla Perez O Padrão de Beleza está relacionado ao corpo outro. O padrão da mulher bonita é mulher magra.
  • 15. Quando uma personalidade fala de algum produto que usa, começa a caça ao produto milagroso. As pessoas fazem as coisas para serem aceitas pelo padrão de beleza e pela aceitação social. Na gravidez poderia ter alguma coisa voltada para a beleza nas revistas. Os homens querem casar com quem tem o corpo da capa da revista As capas prometem o milagre do regime da beleza . E Jesus está ali. A beleza é uma questão da imagem na TV e na revista A beleza é uma Ferrari que eu não quero me sacrificar tanto para chegar lá, são fases da vida que você supera. São fases que vivemos e compramos este tipo de revista.
  • 16. •2ª reunião em 14 de maio de 2011 – 10 horas da manhã [1 Isabella, Marjorie, Raquel, Marcia, Profa Selma , Alessandra e Rosali
  • 17. 2ª. Reunião em 21 de maio – às 10 horas. 1. Alessandra Machietto – 38 anos 2. Rosali Mainardes – 32 anos 3. Raquel Caselli: 36 anos 4. Marjorie Vicente – 26 anos 5. Marcia Tarcia - 30 anos 6. Isabella Serrano – 29 anos [1
  • 18. [1 1. Foto: Marjorie, Raquel, Marcia e Rosali 2. Foto: Raquel,Marcia, Rosali e Alessandra
  • 19. [1 1. foto: Momento de confraternização: Rosali e Isabella 2. foto : Momento de confraternização: Rosali, Marcia e Isabella
  • 20. [1 1. foto: lembrança para as participantes das 4 reuniões: um conjunto de maquiagem e um caderninho para anotações.
  • 21. Dispenso obrigatoriamente um tempo para a beleza. Beleza é diferente para cada pessoa. Beleza é bem estar. Consegui me organizar, boa alimentação, esporte e etc Carla Perez, mulher feia porém tem dinheiro para se cuidar. Nós somos detentores da nossa beleza. Beleza é comportamento.
  • 22. O conceito de mulher mudou muito. Estas revistas “cagam “regras e padrões. A pessoa piram com as regras do corpo. O homem não cobra o corpo perfeito. O booker cobra a modelo para emagrecer. Porque os estilistas não fazem roupa para a mulher de verdade. Eu gosto dos Estados Unidos porque lá tem roupa para todo mundo. Hoje com 29 me sinto melhor do que com 20
  • 23. [1 Elisa, Tatiana, Carolina, Jane, Profa. Selma e Marina
  • 24. •3ª. reunião em 28 de maio de 2011 – 10 horas da manhã [1 Participantes – 5 mulheres 1. Elisa Neira Tarja – 21 anos 2. Tatiana das Chagas– 25 anos 3. Carolina das Chagas – 21 anos 4. Jane Regina Moreira – 26 anos 5. Marina Franzese– 28 anos
  • 25. Comecei a academia por obrigação. Você vê as pessoas na academia e se inibe. Tenho vontade de me mostrar mais. Gostar do corpo é estado de espírito. Esteticamente você se vê diferente. A mídia dita um padrão de corpo. Existe a ditadura da magreza. Gravidez dá medo de não emagrecer depois. São Belezas diferentes. Na gravidez os produtos de beleza são mais consumidos.
  • 26. As capas são modelos e imagens falsas. Programas de saúde x beleza. Faça exercício pela sua saúde e assim você emagrece. A mídia que obriga é positiva. Sim vemos a revista em salão de beleza. Já assinei essas revistas... Os produtos sim fazem a diferença. A foto do antes e do depois funciona. Sim usaremos o blog sim.
  • 27. [1 Carina Lazaro, Agatha, Carolina B. Profa. Selma, Carina, Julia, Luciane e Marina
  • 28. 4ª reunião em 28 de maio de 2011 – 11 horas da manhã [1 Participantes – 7 mulheres 1. Agatha Mathias – 20 anos 2. Carina Lazaro – 27 anos 3. Luciane Cipriano – 28 anos 4. Carina Gonçalves – 25 anos 5. Carolina Benveniti – 26 anos 6. Marina Telecki – 27 anos 7. Julia Teixeira – 27 anos
  • 29. Os tratamentos estéticos são efêmeros, duram muito pouco. Se eu tivesse tempo e dinheiro eu fazia tratamento estético.. Beleza é eu me sentir bem, com a com roupa e com o corpo A beleza está no acesso aos produtos, aos tratamentos... Feiúra é o oposto do belo. Beleza é o padrão do rosto e de se cuidar. Você é responsável pela sua beleza.
  • 30. Eu arranjo tempo quando estou bem humorada O que é importante para mim eu priorizo Pergunta para uma pessoa mais atarefada que ela consegue Não tenho tempo nem para respirar Falta tempo para não cuidar da beleza Eu administro e planejo tudo  Eu me cuido, mas tenho que ficar com o celular ligado para atender Gastamos 6 horas com beleza semanais Acordo 6 da manhã para fazer academia pois isto é beleza para mim
  • 32. Elas confirmaram submeter-se a dietas milagrosas, além de se interessarem por reportagens relacionadas à moda, aos acessórios, à alimentação e aos cosméticos, principalmente quando eram indicados por alguma celebridade em evidência na mídia. Essas pessoas falam de beleza e eu acho bacana quando elas aparecem nas revistas, na TV. etc e falam dos produtos que elas usam. E ai começa aquela caça aos produtos que elas usam. Se elas usam é bom. (publicitaria , 38 anos)
  • 33. O contato delas com as publicações, geralmente, é em salões de beleza e em salas de espera de consultórios médicos. pessoas falam de beleza e eu acho bacana quando elas aparecem nas revistas, na TV. etc e falam dos produtos que elas usam. E ai começa aquela caça aos produtos que elas usam. Se elas usam é bom. (secretaria , 27 anos)
  • 34. O tempo é o fator essencial no cotidiano feminino a ser considerado pelos saberes e modos de cuidar da beleza e do corpo O meu dia também não sai muito disso, é da escola para o trabalho, do trabalho pra casa. Eu estava fazendo natação, mas eu não consegui mais fazer, por causa do trabalho, pois eu não consigo sair no horário, então é uma rotina. (eventos, 28 anos). Todos os dias é um tempo programado. O tempo que eu levo pra tomar banho, café, me arrumar e sair. Nesse tempo não está incluído o tempo de me maquiar, porque eu já sei que eu vou pegar a minha frasqueirinha, levar para o carro e me maquiar nos faróis vermelhos. (jornalista, 27anos).
  • 35. Notou-se uma disciplinarização alimentar acompanhada de uma constante vigilância física, com os saberes estéticos e alimentares divulgados pelas publicações femininas e bem assimilados pelas participantes. Olha o meu interesse com certeza não é dieta, mas se tem uma receita light, eu gosto. (mkt, 46 anos) Eu gosto principalmente quando fala em alimentos: se é muito calórico ou não. Por exemplo, essa matéria da revista BOA FORMA que fala que a linhaça faz bem pra tanta coisa! Em algumas revistas, existem matérias que falam: um brigadeiro tem tantas calorias. Tem várias coisas saudáveis que tem a mesma caloria, que você pode ingerir. Disso eu gosto. (arquiteta, 29 anos)
  • 36. Os padrões estéticos e disciplinares foram salientados. Padrões questionados por Lipovetsky (2000) que constata que se a moda indumentária está menos ditatorial, com as pessoas podendo ousar ou pelo menos manifestar-se um pouco mais, captando uma parte menos expressiva dos orçamentos femininos Tem uma coisa, hoje em dia também, nessa questão da beleza, ela é muito necessária e ela é muito mais cobrada, a questão profissional mesmo, visualmente você precisa ter uma boa apresentação que isso está sendo cobrado, isso está fazendo a diferença. (RH, 46 anos)
  • 37. As mulheres sentem prazer em falar de suas compras e algumas ainda narraram a felicidade do consumo estético internacional, quando os armários e as necessaires são abastecidos, após viagens aos Estados Unidos e a Europa. Eu compro bastante maquiagem, mas não tenho muito a noção de quanto, porque vai acabando eu vou comprando. Xampu eu gasto bastante, xampu e condicionador, creme tem um monte, é que eu fui para os Estados Unidos e trouxe milhões de Victoria Secret´s, eu tenho estoque em casa há muito tempo. Mas eu gasto bastante com maquiagem, pó, base, sombra, lápis, rímel, pó iluminador, blush, sombra. É que maquiagem eu gasto bastante. (administração, 24 anos)
  • 38. Mas o desejo de aceitação social persiste nesse quesito e as mulheres buscam retornar a seu peso ideal, autoaceito por elas e pelo seu guarda-roupa Você passa a ter um guarda-roupa de vários tamanhos. Quando eu era menina eu era magra esquelética. Eu tive sempre o histórico de ser magérrima, então quando você casa e fica mais velha, você engorda. Você perde o seu referencial de gente que foi formado quando você era nova. E ai, eu acho que tem uma nova aceitação, que vai acontecendo na vida. É a adaptação da lei da gravidade, da lei da idade, E a gente vai pensando que o nosso esteriótipo foi formado quando a gente era nova, então você olha no espelho e fala: “quanta ruga, a gente olha o nariz, olha o peito...” A gente está comparando com algo que não é mais assim. Esse é nosso grau aceitação. E talvez seja isso a nossa não aceitação. (rp, 46 anos)
  • 39. Minha anorexia se iniciou quando eu tinha uns 17 anos (tarde para os casos típicos). Sempre fui uma criança gordinha e ponto de referência entre as demais.Era tímida, muito estudiosa e sempre tive vergonha das minhas pernas grossas. Fato esse que fui descobrir mais tarde, que se tratava de uma transferência física de não aceitação da minha imagem e falta de valorização dos meus pontos fortes como pessoa.
  • 40. Enfim, o primeiro passo que se dá são os normais de toda pessoa que quer emagrecer. Dieta e exercício. Fui numa nutricionista e intensifiquei a academia. No primeiro mês foi normal, até saía da dieta e falhava na malhação, mas a partir do momento que os resultados aparecem, e com eles os elogios, a primeira coisa que se pensa é em não falhar mais no tratamento. Pois se os resultados apareceram tão rápido, vamos fazê-los sem falhas para acelerar. O pesadelo do passado estava acabando (gordura) e nesse momento se iniciando outro.
  • 41. Enfim, depois de uns 2 anos comecei a melhorar, me aceitar. Entender que tudo passou, mas até hoje sofro dos resquícios da anorexia. Tanto que engordei demais há uns 3 anos atrás, quando eu tinha uns 24 anos e hoje consegui entrar no equilíbrio de saúde, exercício, alimentação saudável e calma. Com meus 18 anos já, cursando a faculdade aqui em SP, morando sozinha e sem o “olhar” dos meus pais, conseguia seguir a dieta e os exercícios exagerados sem retaliações, o que é uma benção pra quem está no processo de anorexia.
  • 42. Ainda fujo de rodas de meninas que falam sobre emagrecimento, calorias e atividades físicas exageradas. Isso ainda não me faz bem, mas creio que hoje posso me considerar curada, tanto que como doces, massas, saio da alimentação saudável e consigo tranquilamente voltar pra ela na refeição seguinte. A pesquisa está sendo ótima, já que posso expor esse lado e também voltar a aprender a ouvir sobre o assunto beleza, mulher e corpos.