“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
“Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é
                                ...
Visitem:

          CALDEIRÃO DE NOVIDADES

Onde você encontra quase tudo...




Formatação: Severo Moreira
Imagem: Intern...
Do LimãO Uma Limonada
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Do LimãO Uma Limonada

8.234 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina, Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
210
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Do LimãO Uma Limonada

  1. 1. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Comece bem o dia! Isso mesmo: levante a cabeça, respire fundo e sinta-se vivo, capacitado, amado, validado pela pessoa que mais entende você, você mesmo! CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  2. 2. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Uma linda semana pela frente esperando por você, pela sua criatividade, pela sua alegria, pela sua genialidade. Sinta-se mais inspirado nesses dias, viu? E lembre-se que a ação é que gera a inspiração! CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  3. 3. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Aproveite a cada instante para mostrar o seu talento, a sua força. Aproveite mais essa chance de viver o novo e experimentar o novo! Você merece estar aqui e a sua atitude pode fazer toda diferença. Faça do limão uma limonada! CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  4. 4. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Continue atento para as oportunidades que se aproximam. Esteja sensível para entender cada toque, cada mensagem, cada sorriso, cada questionamento. Fique esperto e tire proveito de tudo! CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  5. 5. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Resolva o que tem que ser resolvido! Você pode! Você é capaz! Não pelo egoísmo de ver tudo funcionando do seu jeito, mas pelo benefício que uma nova atitude pode trazer para a sua vida e a dos outros também. CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  6. 6. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Hoje é o seu dia! Use toda sua capacidade, inteligência, disposição e amor que você sabe que tem. Use mais os seus talentos para romper limites, para se superar! Não pela arrogância que a vitória pode trazer, mas pela certeza de que é sempre possível melhorar. CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  7. 7. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) Ou recomece quantas vezes forem necessárias! Começar e recomeçar: todo direito seu! CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  8. 8. “Nunca julgue seu semelhante. Afinal, o amor deve ser cego. Se o amor não for cego, não é amor“( Autor desconhecido) "Quando uma porta se fecha, outra se abre com melhores expectativas ainda" Colaboração de Luis Carlos Mazzini CALDEIRÃO DE NOVIDADES
  9. 9. Visitem: CALDEIRÃO DE NOVIDADES Onde você encontra quase tudo... Formatação: Severo Moreira Imagem: Internet/arte: Severo Moreira Créditos: Luís Carlos Mazzini Ano/Mês: setembro/2009 REPASSEM SEM TIRAR OS CRÉDITOS. Para ver outros trabalhos de nossa autoria clique aqui

×