Barroco

987 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Barroco

  1. 1. Barroco<br />1600 – 1750<br />Sec XVII - XVIII<br />
  2. 2. Barroco<br />O estilo nasce em Roma<br />Tem como significados: “ irregular, contorcido, grotesco”<br />O Barroco tem relações diretas:<br />1- Com a Contra-Reforma, momento em que a Igreja Católica toma medidas para frear o avanço do protestantismo na Europa;<br />2- O absolutismo europeu, principalmente no norte da Europa, refletindo através da pintura e escultura o Estado centralizado.<br />
  3. 3. Barroco<br />Além das dificuldades com respeito às datas, deve-se considerar aquela relativa à própria definição estilística da arte barroca. <br />Após seu surgimento na Roma católica, ela se dissemina fortemente pelo mundo, gerando uma série de variações nacionais. Por isso a dificuldade de unir num mesmo denominador comum trabalhos de alguns dos grandes mestres como Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571 - 1610), Gian Lorenzo Bernini (1598 - 1680), Francesco Borromini (1599 - 1667), Baciccio (1639 - 1709), Peter Paul Rubens (1577 - 1640), Diego Velázquez (1599 - 1660), Rembrandt van Rijn (1606 – 1669) e Aleijadinho (1730 - 1814). <br />Estudos mais profundos sobre o período são relativamente recentes, considerando que só a partir da segunda metade do século XVIII a arte posterior ao Renascimento começa a ser chamada de forma pejorativa de barroca. <br />Em contraposição ao ideal clássico, as obras desses artistas mostram certa tendência ao bizarro, ao assimétrico, ao extravagante, ao apelo emocional, inexistente até então na arte renascentista.<br />
  4. 4. Barroco<br />Segundo o historiador Heinrich Wölfflin, além das diferenças individuais e nacionais de cada artista, pode-se dizer que a arte barroca, tanto na arquitetura e escultura quanto no desenho e na pintura, tem as seguintes características: <br />apresenta os objetos como manchas ou massas de cor; <br />enfatiza a profundidade e não o plano; <br />sua forma é aberta, pois as indeterminações dos limites entre os objetos representados e as perspectivas não centrais sugerem uma continuidade no espaço e no tempo; <br />a sensação de unidade prevalece sobre a singularidade de cada parte; <br />as formas têm clareza relativa, ou seja, não é mais preciso reproduzir as coisas em todos os seus detalhes, basta sugerir ao espectador alguns pontos de apoio para que a imaginação complete o resto.<br />
  5. 5. Barroco<br />Técnicas:<br />contrastes abruptos de luz e sombra, <br />manchas difusas de cores,<br /> passagens súbitas entre primeiro e segundo planos, <br />diagonais impetuosas, <br />ausência de simetria, <br />o desapego pelas formas "ideais" de beleza e perfeição clássicas e a valorização da representação dos temas com base na experiência.<br />Naturalismo exacerbado, quer dizer, a imagem pictórica das coisas e seres humanos tal como aparecem, com suas marcas do tempo, seus defeitos físicos, seus traços bizarros e feios, sem retoque algum. <br />
  6. 6. Barroco Italiano<br />Durante o século XVII a Igreja Católica patrocinou a arte em larga escala.<br />A intenção do papado era transformar principalmente Roma em uma cidade bela diante à Europa, e ao mesmo tempo o centro católico do continente.<br />
  7. 7. Pintura Italiana<br />A pintura barroca italiana tem como tema a Igreja;<br />Um dos expoente desse estilo é Caravaggio;<br />Este utilizou como vitrine para suas obras sacras o “naturalismo”, isto é, suas obras possuíam um grau de realidade jamais vista até então;<br />As figuras expostas tem um caráter de personagens (drama), elas são mostradas como pessoas comuns, as figuras sacras possuem uma características do cotidiano.<br />
  8. 8. Caravaggio<br />Outra característica das obras do artista é o intenso contraste de luz e sombra (tenebrismo);<br />O artista aproveita o contraste para trabalhar os gesto e movimentos exagerados e simbologias que carregam as figuras mitológicas.<br />
  9. 9. Escultura Italiana<br />Um dos grandes expoente dessa linguagem foi Gian Lorenzo Bernini;<br />As características principais são:<br />Preferência pelo tema religioso, há por parte da igreja, todo patrocinio para a realização das esculturas, que tem o objetivo de decorar os interiores das igrejas;<br />A conotação dramática , que se observar tanto na predileção de temas religiosos com apelo teatral, quanto nos movimentos dos corpos esculpidos que remetem à expressividades dramáticas;<br />Exuberância das formas, o apreço pelo naturalismo exacerbado;<br />Expressividades teatrais;<br />Luz e movimento;<br />As figuras exibem dramatismo, faces expressivas e roupas esvoaçantes<br />
  10. 10. Escultura Italiana<br />A escultura barroca contraria a idéia anterior do Renascimento, com isso o Barroco se aproxima as formas do ideal clássico, em que o movimento e a expressão são elementos essenciais para escultura, para o período renascentista a forma e a estrutura sóbria eram importantes.<br />
  11. 11. David<br />Bernini<br />Barroco<br />Michelangelo<br />Renascença<br />
  12. 12. Gian Lorenzo Bernini<br />Escultor e arquiteto italiano;<br />Prestou diversos trabalhos para igreja;<br />Entre os mais importantes se destacam:<br />

×