SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
Jornal laboratório Prof. Sergio xavier TRABALHO JORNAL
pAUTA É a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa da escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser consideradas para a publicação final. É a orientação ao repórter descrevendo que tipo de reportagem será realizada, onde, como e com quem. Prof. Sergio xavier
Formação da pauta ,[object Object]
TEMA
HISTÓRICO /SINOPSE
ENFOQUE
SUGESTÕES DE PERGUNTAS
FONTESProf. Sergio xavier
Formação da pauta: CABEÇALHO Deve-se ter a data, o nome do redator, retranca (identificação do assunto com no máximo 2 palavras Prof. Sergio xavier
Formação da pauta: TEMA Sobre o que trata a pauta Prof. Sergio xavier
Formação da pauta: histórico Deverá ser escrito de 3 a 5 linhas de forma resumida os fatos que levaram a esse tema se tornar uma pauta jornalística. Prof. Sergio xavier
Formação da pauta: enfoque Dar um direcionamento para a matéria, abordando questões que deverão ser desenvolvidas pelo repórter. Este item permitirá definir as sugestões de perguntas Prof. Sergio xavier
Formação da pauta: sugestões de perguntas São questionamentos que o repórter deverá aplicar nas suas entrevistas, mas não é necessário ficar preso somente a estas perguntas. Prof. Sergio xavier

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roteiro Para Radialistas
Roteiro Para RadialistasRoteiro Para Radialistas
Roteiro Para Radialistasnubea xavier
 
Fichas e técnicas entrevista ...
Fichas e técnicas   entrevista ...Fichas e técnicas   entrevista ...
Fichas e técnicas entrevista ...Beco
 
História Oral - Como fazer uma entrevista
História Oral - Como fazer uma entrevistaHistória Oral - Como fazer uma entrevista
História Oral - Como fazer uma entrevistacathia04h57
 
A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...
A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...
A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...Manuela Neto
 
Como fazer uma entrevista
Como fazer uma entrevistaComo fazer uma entrevista
Como fazer uma entrevistaBibPFerreiro
 
Características da entrevista
Características da entrevistaCaracterísticas da entrevista
Características da entrevistaSchool help
 
Slide Gênero Textual Entrevista
Slide Gênero Textual EntrevistaSlide Gênero Textual Entrevista
Slide Gênero Textual EntrevistaJomari
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevistaRenally Arruda
 

Mais procurados (10)

Roteiro Para Radialistas
Roteiro Para RadialistasRoteiro Para Radialistas
Roteiro Para Radialistas
 
Fichas e técnicas entrevista ...
Fichas e técnicas   entrevista ...Fichas e técnicas   entrevista ...
Fichas e técnicas entrevista ...
 
História Oral - Como fazer uma entrevista
História Oral - Como fazer uma entrevistaHistória Oral - Como fazer uma entrevista
História Oral - Como fazer uma entrevista
 
A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...
A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...
A entrevista é um texto muito utilizado na comunicação social que serve para ...
 
Como fazer uma entrevista
Como fazer uma entrevistaComo fazer uma entrevista
Como fazer uma entrevista
 
Entrevistas
EntrevistasEntrevistas
Entrevistas
 
Características da entrevista
Características da entrevistaCaracterísticas da entrevista
Características da entrevista
 
Slide Gênero Textual Entrevista
Slide Gênero Textual EntrevistaSlide Gênero Textual Entrevista
Slide Gênero Textual Entrevista
 
03 - Entrevista
03 - Entrevista03 - Entrevista
03 - Entrevista
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
 

Destaque

Redação Jornalistica
Redação JornalisticaRedação Jornalistica
Redação JornalisticaRuy Ferrari
 
Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013
Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013
Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013Ruy Ferrari
 
Oração de são francisco meditada
Oração de são francisco   meditadaOração de são francisco   meditada
Oração de são francisco meditadaRuy Ferrari
 
Tecnicas jornalismo literario
Tecnicas jornalismo literarioTecnicas jornalismo literario
Tecnicas jornalismo literarioaulasdejornalismo
 
Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...
Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...
Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...Rita Paulino
 
J.O Redação jornalistica 2
J.O Redação jornalistica 2J.O Redação jornalistica 2
J.O Redação jornalistica 2Atitude Digital
 
Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1
Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1
Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1Marcella Freitas
 
CaracteríSticas Do Texto Impresso
CaracteríSticas Do Texto ImpressoCaracteríSticas Do Texto Impresso
CaracteríSticas Do Texto Impressojoaoventura
 

Destaque (20)

Aula 1 jornalismo impresso
Aula 1   jornalismo impressoAula 1   jornalismo impresso
Aula 1 jornalismo impresso
 
Aula 2 jornalismo impresso
Aula 2   jornalismo impressoAula 2   jornalismo impresso
Aula 2 jornalismo impresso
 
Aula02 - Jornal Laboratório
Aula02 - Jornal LaboratórioAula02 - Jornal Laboratório
Aula02 - Jornal Laboratório
 
Aula01 editoracao eletronica
Aula01 editoracao eletronicaAula01 editoracao eletronica
Aula01 editoracao eletronica
 
Aula06 planejamento grafico
Aula06 planejamento graficoAula06 planejamento grafico
Aula06 planejamento grafico
 
Aula07 planejamento grafico
Aula07 planejamento graficoAula07 planejamento grafico
Aula07 planejamento grafico
 
Aula08 planejamento grafico
Aula08 planejamento graficoAula08 planejamento grafico
Aula08 planejamento grafico
 
Tecnicas de reportagem
Tecnicas de reportagemTecnicas de reportagem
Tecnicas de reportagem
 
Modelo de sugestão de pauta cedimmm
Modelo de sugestão de pauta cedimmmModelo de sugestão de pauta cedimmm
Modelo de sugestão de pauta cedimmm
 
Jornal Laboratório
Jornal LaboratórioJornal Laboratório
Jornal Laboratório
 
Redação Jornalistica
Redação JornalisticaRedação Jornalistica
Redação Jornalistica
 
Aula02 arquitetura informacao
Aula02 arquitetura informacaoAula02 arquitetura informacao
Aula02 arquitetura informacao
 
Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013
Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013
Escola de comunicação - Laboratório de Jornal - 2013
 
Oração de são francisco meditada
Oração de são francisco   meditadaOração de são francisco   meditada
Oração de são francisco meditada
 
Tecnicas jornalismo literario
Tecnicas jornalismo literarioTecnicas jornalismo literario
Tecnicas jornalismo literario
 
Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...
Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...
Imersão interativa em versões digitais de jornais favorece o consumo da infor...
 
J.O Redação jornalistica 2
J.O Redação jornalistica 2J.O Redação jornalistica 2
J.O Redação jornalistica 2
 
Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1
Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1
Valores notícia e webjornalismo participativo - análise do vc no g1
 
Convergência das Mídias
Convergência das MídiasConvergência das Mídias
Convergência das Mídias
 
CaracteríSticas Do Texto Impresso
CaracteríSticas Do Texto ImpressoCaracteríSticas Do Texto Impresso
CaracteríSticas Do Texto Impresso
 

Semelhante a Laboratório jornalístico pauta

Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...
Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...
Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...Revista Cafeicultura
 
Unid 3 publicacoes cientificas artigo
Unid 3  publicacoes cientificas artigoUnid 3  publicacoes cientificas artigo
Unid 3 publicacoes cientificas artigoMário Correia
 
Orientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisaOrientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisaCRIS TORRES
 
Edital para Apresentação de Trabalho
Edital para Apresentação de TrabalhoEdital para Apresentação de Trabalho
Edital para Apresentação de TrabalhoDaniel Reis
 
Edital para apresentação de trabalho.001
Edital para apresentação de trabalho.001Edital para apresentação de trabalho.001
Edital para apresentação de trabalho.001Daniel Reis
 
ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /
ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /
ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /SaraGomesdaSilva4
 
Edital para apresentação de trabalho.002
Edital para apresentação de trabalho.002Edital para apresentação de trabalho.002
Edital para apresentação de trabalho.002Daniel Reis
 
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertManual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertFabio Frossard
 
Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-Estruturada
Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-EstruturadaPesquisa de Campo e a Entrevista Semi-Estruturada
Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-EstruturadaEdu Agni
 
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2Diedro Barros
 
A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?
A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?
A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?Rosane Domingues
 
A construção do projeto de pesquisa, metodologias
A construção do projeto de pesquisa, metodologiasA construção do projeto de pesquisa, metodologias
A construção do projeto de pesquisa, metodologiasLeticia Xavier
 
Como preparar uma boa apresentação científica
Como preparar uma boa apresentação científicaComo preparar uma boa apresentação científica
Como preparar uma boa apresentação científicaNuricel Aguilera
 
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaMetodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaGeisa Pereira
 
Diretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigosDiretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigosdireito_profsmartins
 
Prática de leitura ivanilde
Prática de leitura ivanildePrática de leitura ivanilde
Prática de leitura ivanildeleidianekanall
 
Pesquisa em contabilidade: dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade: dicas e falhas comunsPesquisa em contabilidade: dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade: dicas e falhas comunsFelipe Pontes
 

Semelhante a Laboratório jornalístico pauta (20)

Modelo de projeto
Modelo de projetoModelo de projeto
Modelo de projeto
 
Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...
Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...
Normas resumo e envio de trabalhos 2015 - II Simpósio do Mestrado Acadêmico e...
 
Unid 3 publicacoes cientificas artigo
Unid 3  publicacoes cientificas artigoUnid 3  publicacoes cientificas artigo
Unid 3 publicacoes cientificas artigo
 
Orientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisaOrientações para projeto de pesquisa
Orientações para projeto de pesquisa
 
Edital para Apresentação de Trabalho
Edital para Apresentação de TrabalhoEdital para Apresentação de Trabalho
Edital para Apresentação de Trabalho
 
Edital para apresentação de trabalho.001
Edital para apresentação de trabalho.001Edital para apresentação de trabalho.001
Edital para apresentação de trabalho.001
 
ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /
ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /
ENTREVISTA - 7º ANO TEORIA E EXEMPLOS - /
 
Edital para apresentação de trabalho.002
Edital para apresentação de trabalho.002Edital para apresentação de trabalho.002
Edital para apresentação de trabalho.002
 
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpertManual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
Manual TCC Estácio disponível no site AlunoExpert
 
Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-Estruturada
Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-EstruturadaPesquisa de Campo e a Entrevista Semi-Estruturada
Pesquisa de Campo e a Entrevista Semi-Estruturada
 
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2
Laboratório de Comunicação Popular - Aula 2
 
A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?
A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?
A construção do projeto de pesquisa- COMO FAZER?
 
A construção do projeto de pesquisa, metodologias
A construção do projeto de pesquisa, metodologiasA construção do projeto de pesquisa, metodologias
A construção do projeto de pesquisa, metodologias
 
Como preparar uma boa apresentação científica
Como preparar uma boa apresentação científicaComo preparar uma boa apresentação científica
Como preparar uma boa apresentação científica
 
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogiaMetodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
Metodologia do Trabalho Científico Cessi slide pedagogia
 
A Reportagem
A ReportagemA Reportagem
A Reportagem
 
Projeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrn
Projeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrnProjeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrn
Projeto de pesquisa_-_orientacoes_ifrn
 
Diretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigosDiretrizes elaboração dos artigos
Diretrizes elaboração dos artigos
 
Prática de leitura ivanilde
Prática de leitura ivanildePrática de leitura ivanilde
Prática de leitura ivanilde
 
Pesquisa em contabilidade: dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade: dicas e falhas comunsPesquisa em contabilidade: dicas e falhas comuns
Pesquisa em contabilidade: dicas e falhas comuns
 

Mais de IBMR Laureate International Universities

A visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresas
A visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresasA visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresas
A visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresasIBMR Laureate International Universities
 

Mais de IBMR Laureate International Universities (20)

Palestra como_criar_uma_logo_no_illustrator
 Palestra como_criar_uma_logo_no_illustrator Palestra como_criar_uma_logo_no_illustrator
Palestra como_criar_uma_logo_no_illustrator
 
Você está preparado para ser um profissional 3.0?
 Você está preparado para ser um profissional 3.0? Você está preparado para ser um profissional 3.0?
Você está preparado para ser um profissional 3.0?
 
A visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresas
A visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresasA visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresas
A visão das redes sociais como ferramenta de ampliação de negócios nas empresas
 
Aula13 editoracao eletronica
Aula13 editoracao eletronicaAula13 editoracao eletronica
Aula13 editoracao eletronica
 
Aula10 editoracao eletronica
Aula10 editoracao eletronicaAula10 editoracao eletronica
Aula10 editoracao eletronica
 
Aula07 midia digital
Aula07 midia digitalAula07 midia digital
Aula07 midia digital
 
Aula06 midia digital
Aula06 midia digitalAula06 midia digital
Aula06 midia digital
 
Aula03 editoracao eletronica
Aula03 editoracao eletronicaAula03 editoracao eletronica
Aula03 editoracao eletronica
 
Aula05 midia digital
Aula05 midia digitalAula05 midia digital
Aula05 midia digital
 
Aula04 midia digital
Aula04 midia digitalAula04 midia digital
Aula04 midia digital
 
Aula02 editoracao eletronica
Aula02 editoracao eletronicaAula02 editoracao eletronica
Aula02 editoracao eletronica
 
Aula01 editoracao eletronica
Aula01 editoracao eletronicaAula01 editoracao eletronica
Aula01 editoracao eletronica
 
Aula03 midia digital
Aula03 midia digitalAula03 midia digital
Aula03 midia digital
 
Aula02 midia digital
Aula02 midia digitalAula02 midia digital
Aula02 midia digital
 
Aula01 midia digital
Aula01 midia digitalAula01 midia digital
Aula01 midia digital
 
Aula01 - Estudo de Novas Mídias Digitais
Aula01 - Estudo de Novas Mídias DigitaisAula01 - Estudo de Novas Mídias Digitais
Aula01 - Estudo de Novas Mídias Digitais
 
Aula05 prod grafica
Aula05 prod graficaAula05 prod grafica
Aula05 prod grafica
 
Aula06 webdesign
Aula06 webdesignAula06 webdesign
Aula06 webdesign
 
Aula05 webdesign
Aula05 webdesignAula05 webdesign
Aula05 webdesign
 
Aula04 prod grafica
Aula04 prod graficaAula04 prod grafica
Aula04 prod grafica
 

Último

DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 

Laboratório jornalístico pauta

  • 1. Jornal laboratório Prof. Sergio xavier TRABALHO JORNAL
  • 2. pAUTA É a seleção dos assuntos que serão abordados. É a etapa da escolha sobre quais indícios ou sugestões devem ser consideradas para a publicação final. É a orientação ao repórter descrevendo que tipo de reportagem será realizada, onde, como e com quem. Prof. Sergio xavier
  • 3.
  • 9. Formação da pauta: CABEÇALHO Deve-se ter a data, o nome do redator, retranca (identificação do assunto com no máximo 2 palavras Prof. Sergio xavier
  • 10. Formação da pauta: TEMA Sobre o que trata a pauta Prof. Sergio xavier
  • 11. Formação da pauta: histórico Deverá ser escrito de 3 a 5 linhas de forma resumida os fatos que levaram a esse tema se tornar uma pauta jornalística. Prof. Sergio xavier
  • 12. Formação da pauta: enfoque Dar um direcionamento para a matéria, abordando questões que deverão ser desenvolvidas pelo repórter. Este item permitirá definir as sugestões de perguntas Prof. Sergio xavier
  • 13. Formação da pauta: sugestões de perguntas São questionamentos que o repórter deverá aplicar nas suas entrevistas, mas não é necessário ficar preso somente a estas perguntas. Prof. Sergio xavier
  • 14. Formação da pauta: FONTES Deverão constar os nomes, cargos/funções, e-mail e telefone de contato. Segundo a UMESP, todos os entrevistas devem ser contactados previamente autorizando e confirmando a sua disponibilidade na data marcada. Prof. Sergio xavier
  • 16. apuração É o processo de averiguar a informação em estado bruto, sendo realizada com pessoas que fornecem informações, chamado também de fontes. Prof. Sergio xavier
  • 17. redação É o tratamento das informações apuradas, resultando num texto para ser impresso. Prof. Sergio xavier
  • 18. EDIÇÃO É a finalização do material redigido em produto de comunicação, colocando de forma hierarquizada de como ficará distribuído no impresso, envolvendo a diagramação. Prof. Sergio xavier