Jornal Mercadão SP

1.029 visualizações

Publicada em

Jornal Mercadão SP - 2a edição

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.029
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Mercadão SP

  1. 1. Reserva Cervejas e vinhos Numa tábua de frios, a escolha de um vinho como acompanhamento deve ser cuidadosa, pois elementos como gordura, sal, textura e condimentos interferem no seu sabor. pág.12-13Distribuição dirigida, especializada e gratuita. Venda proibida. Edição 2 ano 1 Uma publicação com a marca:Festival gastronômicoCom seus temperos e iguarias, o Brasil possui pratos típicos nas cinco regiões No PONTO O gosto de Minas Mesmo não sendo um grande consumidor da especiaria, o brasileiro consome cerca de três quilos de queijo por ano, sendo Goiás e Minas os maiores produtores dos queijos nacionais. pág.10-11Muito além da famosa e africanos. Em cada canto tas, doces e bebidas típicas co de suas regiões. Confirafeijoa­ a ou do tradicional d do País você encontra uma como a castanha do Pará, a nesta edição do Jornal Mer-churrasco, a cozinha brasi- comida típica como o aca- cocada e o guaraná batido. cadãoSP, um pouco maisleira é consequência de uma rajé na Bahia, o barreado Ou seja, a cozinha brasileira sobre essa diversidade demistura de pratos indígenas no Paraná, sem contar fru- remete ao jeito característi- sabores. pág.06 -08 Toque de ChefSua saúde LeiaAinda: Bom Sabores do BrasilOs alimentos Porque verduras e Gosto Marcantes temperosdo bem Em todas as como vinagreira, legumes fazem bem para a saúde pág.04 páginas você alfavaca, urucum,Você sabia que legumes encontra chicória-do-pará,como os brócolis devem Saiba como preparar informações sobre pequi, sem contarser refogados em pouca um Arroz Tropeiro receitas e dicas pimentas comoquantidade de azeite e do Sul pág.08 sobre o preparo dos cumari, pimenta-não ser adicionada água? Conheça os variados alimentos que vão malagueta e dedo-Isso porque eles perdem a tipos de queijos agradar ao paladar de-moça, sãovitamina K. pág.04 existentes pág.10 de todas as idades. encontradas apenas no Brasil. pág.14-15
  2. 2. Edição 2 • Ano 1 • 3 acontece Horário O Mercadão está aberto ao público de segunda a sábado, das 6 às 18 horas. No atacado, funciona também de segunda a sábado, das 22 às 6 horas. Aos domingos e feriados seu funcionamento é das 6 às 16 horas.Expediente giro pelo Mercadão de carro Para quem vai outras cidades Netto Cruanes Editorial ESTACIONAMENTO Ponto turístico de carro, da Zona Se vier de carro, no Além do próprio Mercadão, que é Oeste e Zona Leste, a opção é pegar Do jeitinho brasileiroJornal MercadãoSP é uma publicação bimes- entorno do Mercadão, visita obrigatória para os turistas por a Radial Leste e irtral da Ombrello Editora, com produção visu-al e conteúdo desenvolvidos pela Fullcase. entre as ruas Cantareira, ser considerado o mais tradicional até a Avenida doEndereço: Rua Dr. Luiz Nazareno de Assump- Comendador Assad ponto gourmet da cidade, a região Estado. Já para quemção, 13 - Jardim Guapira - São Paulo - SP Abdalla, Comendador conta com outros lugares turísticos vai da Zona Norte, Quem conhece bem o Brasil sa-Jornal MercadãoSP tem distribuição gratui- Afonso Kherlakian e próximos como Mosteiro de São a alternativa é a be que ele oferece muito maista na Grande São Paulo, estando de acordo com a as avenidas Mercúrio Bento, Torre do Banespa, Rua 25 de Marginal Tietê e dela Quem visitar oLei Municipal nº 14.517, de 16 de outubro de 2007 que samba e futebol. A mistu- e Senador Queiroz, março, Páteo do Colégio, Catedral da entrar na Avenida Mercadão de(“Lei Cidade Limpa”), Lei Municipal nº 14.583, você encontrará uma Sé, Palácio das Indústrias, Sala São outras partes do ra dos povos indígenas, africa-de 6 de novembro de 2007, Lei Federal nº 6.015, do Estado, próximade 31 de dezembro de 1973 e que mantém intac- gama de vagas em Paulo, Pinacoteca, Teatro Municipal, a ponte Cruzeiro Brasil ou do Estado, nos e portugueses, fez do Pa-ta a regulamentação do registro de jornais e ofici-nas impressoras da revogada Lei Federal nº 5.250 estacionamentos entre outros. do Sul e Santos a cidade conta ís uma nação com uma cultura(Lei de Imprensa), de 9 de fevereiro de 1967.Segundo a Lei Municipal nº 14.517, em seu artigo 26, § particulares, todos Dummont. Da Zona com o Terminal gastronômica rica e ao mes-2º, “considerando o disposto no inciso IX do artigo 5º cobertos. Sem contar Sul você pode utilizar Rodoviário Tietê mo tempo única. De norte a sulda Constituição Federal, executa-se da vedação esta- o estacionamento do a Avenida Ricardo e Barra Funda, nabelecida no “caput” deste artigo, a distribuição de jor- você encontra aromas, cores próprio Mercadão, que Jafet e pegar a Zona Norte. De lánais e periódicos”. De acordo com a Constituição Fe- disponibiliza diversas o visitante pode e sabores marcantes que nãoderal, em seu art.220, S6º, “a publicação de veículo Avenida Dom Pedroimpresso independe de licença de autoridade”. vagas abertas. O lugar I, ou a Avenida 23 seguir de metrô até são vistos em nenhum outroTodas as matérias e opiniões publicadas são deinteira responsabilidade de seus autores, não re- é administrado pelo de maio e entrar na a estação Luz ou lugar do mundo.fletindo a opinião deste jornal. As informações sistema Zona Azul. Avenida do Estado. São Bento. É por este motivo que o Mer-divulgadas nos anúncios publicitários são de res-ponsabilidade dos anunciantes. Afonso Lima cadãoSP vai mostrar nes-Publisher sa edição, um pouco mais dosSergio Molinari diferentes tipos de pratos, tem-sergio.molinari@ombrello.com.br peros, frutas e bebidas existen-Editores Carandiru tes nas cinco regiões do Brasil.Edgar Melo – MTB. 47.499 Rodoviariaedgar@fullcase.com.br Praça do Tietê Sem contar na farta varieda- Anhembi Campo deKarina Alméri – MTB. 45.403 Bagatelle de de legumes e verduras que Portuguesa-TietêEditor Assistente o País oferece e que fazem umJuliana Kleinjuliana@fullcase.com.br “bem danado” para a saúde. Av. Cruzeiro do Sul Para viajar nessa deliciosa co-Redação | 11 5081.6965Juliana Klein | Mirella Stivani Av. Santos Dumont zinha não precisa ir muito lon-Perla Rossetti | Sheila Horvath ArmêniaSilvia Dalpicolo ge, um lugar que reúne todos Parquefullcase@fullcase.com.br da Luz esses sabores típicos de ca- Av. Rio Branco TiradentesColaboração Editorial Luz da canto do Brasil é o Merca-Dilson Rodrigues – MTB. 47.115dilson.rodrigues@ig.com.br do Municipal Paulistano, um Estação da Luz Luz ponto de encontro certo dosRevisão Praça da Av. Senador QueirózKarina Alméri República grandes chefs de cozinha e dos Av. Mercúriokarina@fullcase.com.br amantes da boa gastronomia,Diretor de arte aliás, um dos mais importantesAngel Fragallo Av. Ipiranga Mercadãoarte@fullcase.com.br República São Bento Av. do Estado mercados do gênero no mundo! Anhagabaú Todos os temperos, tipos de pei-DiagramaçãoJuliana Signal | Letícia Sobral Av. Alcântara Machado xes, frutas e outras iguarias es- Edifício CatedralRodrigo Matiasarte@fullcase.com.br Copan da Sé Pedro II palhadas pelo Brasil, você en- R. da Vd. 9 de Julho contra no Mercadão. E paraGerência Administrativa e FinanceiraMarcia M. Bertolino Consolação Sé quem não sabe chegar até lá,marcia.bertolino@ombrello.com.br nesta edição preparamos um R. Maria PaulaDistribuição Urbana mapa exclusivo com todas asFathus Negócioswww.fathus.com.br Vd. Jaceguai Liberdade Vd. do Glicerio coordenadas. Por isso, não deixe de viajarImpressãoProl Editora Gráfica Ltda. nessa deliciosa e inesquecívelwww.prolgrafica.com.br Av. 23 de Maio gastronomia e, claro, de visitarPARA ANUNCIAR LIGUE esse festival de sabores que é oDiretora ComercialSelma Oliveira Mercadão!(11) 7815-3838 | 2306-6993selma.oliveira@ombrello.com.br Um grande abraço.Executiva de NegóciosKise Sousa(11) 7815-9221 | 2495-6921 Linha Norte-Sul Metrô a pé Estrutura Sergio Molinarikise.sousa@ombrello.com.br Linha Leste-Oeste Se a sua opção é chegar a pé, as O Mercadão ocupa um espaço Publisher – MercadãoSP eEntre em contato pelo e-mail: Metrô Universo Gastronômicocomercial@ombrello.com.br ruas próximas ao Mercadão contam de 12.600 metros quadrados de Linha D (ABC) com diversos terminais de ônibus e área construída e abriga cerca de sergio.molinari@ombrello.com.br CPTMSugestões, críticas ou outras informações: metrô. Se vier de metrô, as opções 1.500 funcionários em mais de 290contato@ombrello.com.brVisite nosso site: Zonas (Regiões) são a estação São Bento (linha azul) boxes entre lojistas e comerciantes,www.ombrello.com.br e a estação Luz (linha azul). Se vier chamados de permissionários. É Praça e ParquesREALIZAÇÃO: de ônibus, as opções são o Terminal possível encontrar uma grande rrmatias Estacionamento Parque D. Pedro II, Terminal Bandeira, variedade de verduras, frutas, Terminal Mercado, Terminal legumes, carnes, aves, peixes e frutos do mar, além Gurgel e Terminal Princesa de massas, doces, especiarias e produtos importados. Isabel. Ou os pontos Com a reforma em 2004, o lugar ganhou tambémProdução visuale conteúdo: finais: Praça Ramos, Largo um mezanino de dois mil metros quadrados, com da Concórdia, Largo do restaurantes que oferecem a oportunidade deAPOIO: Paissandú, Largo São degustar saborosos pratos enquanto se aprecia a Francisco, e Largo do beleza arquitetônica e os vitrais do Mercadão. Patriarca. Endereço: Rua da Cantareira, 306. Luiz Farias
  3. 3. 4 • Edição 2 • Ano 1 SUASAÚDE Super dica É importante comprar alimentos de espécies e cores variadas. Durante a escolha, o ideal é optar pelos alimentos mais frescos e ainda pelos alimentos orgânicos.As cores da saúdeVerduras e legumes Seligue! Por que é bom? Alho: Antisséptico,são responsáveis desintoxicante e digestivo.por dar leveza e Batata: É energética ecor nas refeições deve ser comida com a casca.dos brasileiros Berinjela: Reduz oque buscam por colesterol e é diurética. Beterraba: É diurética,uma alimentação energética, laxante esaudável tonificante. Brócolis: Tonificante. Cebola: É depurativa.Fabiane Abel Cenoura: É cicatrizante e aumenta a produção de leite nas lactentes. Pouco provável encontrar Inhame: Energético,alguém que ainda não tenha desintoxicante ese rendido aos benefícios de depurativo. Manjerona ouuma alimentação com verdu- Manjericão: Digestiva.ras e legumes. A combinação Milho: É diurético,de fibras, minerais e vitaminas energético e elimina oauxilia na manutenção do pe- são necessários para a forma- cionada água, pois a vitamina K riedades de produtos. ácido úrico.so adequado e ajuda a prevenir ção dos ossos e dentes. contida neste alimento se dis- Na hora de escolher atenção Salsa: Antiinflamatório,uma série de doenças. O guia solve na água quando o legume para algumas dicas importantes: estimulante do apetite, depurativa,alimentar da população brasi- Qual a melhor está pronto e perde parte do seu • Alguns legumes se deterio- expectorante.leira recomenda o mínimo de forma para teor”, orienta a nutricionista. ram mais rapidamente dotrês porções diárias desse gru- preparar? que outros, por isso, o graupo de alimentos. A nutricionista Juliana ex- Onde encontrar de frequência com que deve A nutricionista da BioGour- plica que o ideal é sempre higie- e como escolher? comprá-los deve ser distinto, Saibamaismet, Juliana Godoy Lucena, es-pecialista em alimentos orgâni- nizar muito bem os legumes e verduras antes de consumir ou O Mercado Municipal de São Paulo, também conhecido como caso se trate de, por exemplo, cebolas ou de alface. Alimentoscos, explica que esses alimentos preparar. Para refogar ou gre- Mercadão, pode ser considera- • As Verduras e legumes de orgânicosajudam na manutenção da saú- lhar os legumes, a recomenda- do o playground da alimentação folhas verdes (alface, agri- Estes são cultivados semde. “Uma dica é variar o má- ção é que seja realizado duran- saudável. Com uma varieda- ões, couves, salsa, coentros, nenhum tratamento com agrotóxicos,ximo possível estes alimentos te um tempo mínimo para que de imensa de lojas e produtos é endívias, etc.) deterioram- inseticidas, praguicidas,durante as refeições, para que eles ainda se mantenham ten- possível encontrar todos os ti- se rapidamente, por isso ve- adubos químicos e nãoo organismo seja suprido com ros e mais saborosos. “No ca- pos de verduras e legumes de rifique se não têm folhas possuem modificaçõesuma variedade maior de nu- so de alguns legumes como o qualquer canto do Brasil. Quem queimadas ou amareladas. genéticas, ou seja,trientes, sendo possível alcan- brócolis, deve ser refogado em é frequentador assíduo do lugar • Prefira legumes inteiros, e não são transgênicos.çar uma alimentação mais ade- pouca quantidade de azeite ou sabe que pode diversificar bem não aqueles cortados e em- Além disso, são mais saudáveis, isentos dequada e balanceada. O ideal é temperos naturais e não ser adi- os cardápios com as opções e va- balados. substâncias químicas econsumir um prato bem colori- muito importantes parado”, ressalta a nutricionista. sugestãodoLeitor Salada de Queijo Minas proporcionar uma melhor qualidade de vida. Para quem é atleta ou pra-tica exercícios com uma car- Ingredientes: Modo de fazer Sabrina de Albuquerque 200 g de queijo minas frescal Corte o queijo em Biólogaga intensa, esse tipo de ali- Quanto baste de alface quadradinhos. Fa-mento é fundamental por ser americana ça no mesmo tama-uma fonte de minerais que 2 unidades de tomate nho o tomate. Corteajudam na contração muscu- 12 unidades de a alface america-lar, controlam os batimentos azeitona preta na e o pimentão. La-cardíacos durante o exercício, 2 dentes de alho mine os dentes de Quanto baste de pimentão alho. Junte em re-transportam oxigênio para a amarelomusculatura, conduzem im- cipiente e tempere Quanto baste de hortelã com o hortelã, a sal-pulsos nervosos, modificam Quanto baste de salsinha sinha, o azeite e o vi-e regulam o metabolismo dos Quanto baste de sal nagre. Junte a azei- Quanto baste de azeitenutrientes, participam de pro- tona preta, corrija o Quanto baste de vinagrecessos de anabolismo e cata- branco sal e sirva.bolismo dos tecidos e também
  4. 4. 6 • Edição 2 • Ano 1 confraria Dica No Mercadão você encontra uma grande variedade de ingredientes e produtos que permitem saborear a verdadeira gastronomia brasileira.Sabores do BrasilA nossa culinária é rica em sabores e combinações únicas. Tudo graças a influência indígena, portuguesa e africana A cozinha brasileira é co- lizada e muito variada. Comnhecida por sua grande varie- o passar dos anos, as pesso-dade de ingredientes, pratos as foram agregando diferen-típicos e modos de preparo. tes técnicas e fazendo adapta-Com influência direta de in- ções nas receitas mais típicas.dígenas, portugueses e afri- “Gosto muito de receitas comcanos, também apresenta a maniçoba, a típica feijoadamarcas da culinária alemã, paraense, preparada com aspolonesa e italiana, dependen- folhas da mandioca cozida, odo da região do País. pato no tucupi, outra receita O chef do restaurante Bra- típica do Pará com jambu e tu-sileirinho, Donizete França, cupi. Outros dois pratos quediz que nossa culinária é ri- se deve experimentar para en-ca em cores e sabores devi- tender um pouco mais sobre ado a toda essa mistura de ra- culinária brasileira e a diversi-ças e nações. “Além disso, cada dade que encontramos nela é aregião do Brasil possui o seu galinha à cabidela, muito con-modo de preparar a comida e sumida em Recife, e a famosaingredientes bastantes singu- moqueca capixaba”, completa.lares. Em São Paulo, por exem-plo, podemos destacar alguns Riquezapratos que são um grande su- gastronômicacesso como Baião de Dois, Es- De norte a sul do Brasil, écondidinho, Arrumadinho e a possível experimentar uma va-tradicional Feijoada. E alguns riedade incontável de alimentosingredientes tipicamente bra- que caracterizam cada região,sileiros que costumamos uti- mas são bem diferentes entre si.lizar são feijão de corda, car- Ou seja, para os amantes da boane seca, mandioca, costelinha, gastronomia, é um prato cheiopernil, entre outros”, conta. (literalmente). A seguir, conhe- Para o chef do restauran- ça um pouco sobre as particu-te Las Favas Contadas, Caio laridades de diferentes Estados,Henri, sem dúvida o Bra- além das já consagradas tradi-sil tem uma comida regiona- cionais receitas.BebidasTípicas FrutasTípicas por uma polpa branca de Cajuína • suco típico essa bebida. O preparo é Açaí • fruto do açaizeiro, ga facilmente a 50 cm de sabor delicado e doce. da região nordeste. A feito batendo no liquidi- uma palmeira nativa da comprimento. cajuí­ a passa por um n ficador: pó do guaraná, região amazônica que Marajá • encontrado na processo de carameli- água, xarope de guaraná, atinge até 25 metros de Castanha-do-pará • na rea­ região Norte, a fruta pos- zação dos açúcares do gelo e, conforme a prefe- altura. A fruta não pos- lidade, não pode ser clas- sui uma casca dura, em caju, tornando-a mais rência do freguês, amen- sui polpa e sim um enor- sificada como uma fruta, e tons que variam do verme- adocicada que um su- doim, castanhas ou algum me caroço revestido com sim como uma amêndoa da lho-tinto ao roxo-enegreci- co de caju comum. suco de fruta regional co- uma fina película arro- semente da castanheira, ár- do, e uma polpa fina reves- xeada. Da sua raspagem vore nativa da Amazônia. mo cupuaçu ou taperebá. tindo um grande caroço. Guaraná batido • é que se faz o chamado em Manaus, é co- “vinho” de açaí. Mangostão • típico da re- Tiquira • pinga típica do mum encontrar gião Norte, é um fruto re- Maranhão. A bebida é um Banana pacova • espé- dondo, de aproximada- destilado da fermentação cie gigante de banana mente 7 cm de diâmetro e da mandioca que possui muito comum na Ama- coloração castanho-aver- uma coloração arroxeada zônia. Assemelha-se à melhada. As sementes do obtida da infusão de cas- banana-da-terra e che- mangostão são envolvidas cas de tangerina.
  5. 5. www.mercadaosp.com.br Edição 2 • Ano 1 • 7 Feijoada Padaria Paulistana Tipicamente brasileiro, o prato conquistou Localizada dentro do Mercadão, foi destaque na edição de dezembro de um dia cativo na semana para ser servido nos 2010 da revista Time Out São Paulo. A reportagem em inglês ressaltou restaurantes de São Paulo: a quarta-feira. os cuidados dos atendentes e a decoração do lugar. FavoritaPratosTípicos Carneiro assado Barreado • prato típico Acarajé • de origem afri- paranaense, consiste em cana e símbolo na Bahia, um cozido de carne pre- é feito com massa de feijão parado em fogo baixo, fradinho, frito em azeite por horas a fio, em uma panela de barro sela- Pato no Tucupi • o tucu- de dendê e recheado com da com uma mistura fei- pi é o sumo extraído da vatapá, vinagrete, cama- ta de farinha e caldo. Seu mandioca depois de ra- rões secos e pimenta. acompanhamento ideal é lada e prensada. No pra- a banana. to, além da ave, folhas de Bolinhos de piracuí • em uma planta rasteira cha- tupi-guarani, piracuí sig- Camarão casadinho • mada jambu que, quando nifica farinha de peixe. um dos pratos da comida mastigadas, causam tre- Costuma ser feita com o caiçara, consiste em dois mor e uma leve dormên- acari-bodó. Após a sepa- Ingredientes: 1 pitada de noz moscada enormes camarões re- cia nos lábios. ração da cabeça e a retira- 1 pernil de carneiro (opcional ) da de vísceras, pele e espi- cheados com farofa feita 1 garrafa de vinho tinto seco 2 cabeças de alho de camarões miudinhos e Sanduíche de mortadela • 2 cebolas nhas, o peixe costuma ser Alecrim fresco a gosto acompanhados de arroz. bastante apreciado pelos 1 colher de chá de pimenta 1 maço de cheiro verde assado em forno a lenha paulistas que adoram a calabresa Sal a gosto ou seco ao sol antes de ser Costela de tambaqui • é combinação de pão fran- 1 envelope de ervas finas 1 xícara de azeite transformado em farinha um peixe bastante conhe- cês e fatias de mortade- 1 pitada de cominho Batatas assadas para com a maceração em pilão cido no Amazonas. Co- la bem fininhas dobradas (opcional) decorar de madeira. mum nos cardápios de ao meio. Caldo de Turu • iguaria Manaus, pode ser prepa- Modo de Fazer rado cozido ou refogado. Sarapatel • prato bastan- comum da Ilha de Mara- Bata no liquidificador o azeite e os temperos, exceto o ale- te comum no Nordeste, jó. O turu é uma lombriga crim. Acrescente o vinho e o alecrim e reserve este mari- Feijoada • tradicional no consiste em um ensopado branca e leitosa que vive nado. Fure o pernil com uma faca, para que o tempero sudeste, leva feijão pre- grosso feito com as vísce- dentro de troncos no man- penetre com mais facilidade na carne. Em um saco plásti- to cozido junto de peda- ras e os miúdos de carnei- gue. O caldo é preparado co transparente, coloque a peça e o marinado. Retire o ar ços do porco como ore- ro. A consistência do mo- com azeite, um pouquinho e deixe descansar na geladeira por no mínimo dois dias. lha, rabo e pé, além de lho é obtida com o uso do de alho e cebola. Pode-se Pode-se assar na churrasqueira ou no forno. Use batatas costelinha, bacon, paio e sangue do animal. juntar ainda um pouco assadas para decorar. de pimentões coloridos e carne seca. Como guar- nição, não podem faltar Vatapá • a iguaria baia- cubinhos de tomate. de couve refogada, go- na costuma ser feita com Escondidinho • bastante mos de laranja, farinha de mandioca torrada, ar- pão amanhecido, cama- rão seco e fresco, leite de Sobremesas popular nos estados bra- roz branco e molho api- coco, amendoim torrado, sileiros da Bahia e Minas mentado. pedaços de peixe, pimenta Bolo de rolo • iguaria per- co queimado e com cas- Gerais, é feito com car- e azeite de dendê. nambucana, é feito de ca- tanhas. ne-seca selecionada co- berta com purê de aipim Galinha à cabidela • uma madas finíssimas de pão- Cuca • doce de origem das receitas mais tradi- Torta de camarão • em de-ló recheadas com alemã muito comum no e queijo. cionais do Nordeste. Pa- São Luís, no Maranhão, a goiabada. Sul do país. É uma massa ra prepará-la é preciso torta de Camarão é uma Bolinho de estudante • bas- recheada com frutas cris- Moqueca baiana • feita em inicialmente guisar a ga- espécie de fritada, feita tante comum no nordes- talizadas e coberta com panela de barro, utiliza in- linha – ou seja, cozinhar com ovos e servida com te, é um bolinho feito de ta- uma farofa doce. gredientes como o azeite no caldo que a ave vai arroz e farofa. pioca e coco ralado. Doce de gila • a gila é de dendê, a pimenta, o lei- te de coco e o coentro, pei- soltando durante o cozi- Cartola • típico de Pernam- uma espécie de abóbo- xe e camarão. Geralmente, mento, para depois adi- buco, consiste em fatias de ra comum no Rio Gran- é guarnecida de arroz, pi- cionar o sangue colhido banana-prata salteadas de do Sul. rão e tigela com molho de durante o abate. na manteiga, coberta com Doce de buriti • o buri- pimenta. queijo manteiga e polvilha- tizeiro é uma palmeira Maniçoba • é uma espé- da com camada generosa amazônica facilmente en- Baião de Dois • típico da cie de feijoada paraense de açúcar e canela. contrada no norte do Ma- região nordeste, prepa- em que folhas de mandio- Cocada • o famoso do- ranhão, assemelha-se a rado de arroz e feijão, de ca – conhecidas pelo no- ce baiano (que pode ser uma goiabada. preferência o feijão ver- me de maniva – são usa- encontrado em qualquer Queijo coalho com mela- de ou feijão novo, com car- das no lugar do feijão. parte do Brasil) pode ter ço • proveniente de João ne-seca. diversos sabores: jaca, Pessoa, a iguaria é assa- goiaba, banana, maracu- da e coberta com melaço já, leite condensado, co- de cana.
  6. 6. 8 • Edição 2 • Ano 1 confraria Mais vagas O projeto da Emurb de revitalização urbana dos edifícios São Vito e Mercúrio inclui a construção de um estacionamento subterrâneo para atender os clientes do Mercadão.Especiais SeLigue! Arroz Azeites Monumental Tropeiro Aromas e sabores do mediterrâneo do Sul Uma grande variedade de sabores e misturas são obtidos triturando azeitonas arbequinas Ingredientes produzidos em uma das selecionadas com ½ kg de carne seca, ou regiões mais típicas da frutos cítricos do carne de sol ou charque Espanha. Distribuído no mediterrâneo espanhol. 3 colheres (sopa) de Brasil com exclusividade Este processo se realiza toucinho defumado pela Guacira Alimentos. de maneira totalmente picado, ou bacon E como o próprio natural em moinho de 150 g de lombo de porco nome já diz, um azeite pedra, o resultado é defumado picado extraordinário. Seleção um produto de aroma 1 paio ou calabresa, da melhor qualidade e sabor único, mescla cortado em rodelas de cada variedade da frescura das frutas 2 xícaras de Arroz para se obter aroma cítricas com a doçura Prato Fino e sabor inigualáveis. do nosso delicado 2 cebolas picadas Extra virgem, orgânico, azeite de oliva extra 2 colheres (sopa) de varietais, infusionados virgem. extrato de tomate e cítricos. Produzidos 1 dente de alho picado e envasados na PRODUTOS 1 tablete de caldo de dia seguinte, leve ao fogo minutos. Acrescente o Espanha e extraídos AZEITES INFUSIONADOS galinha dissolvido em 6 para cozinhar em panela de Arroz Prato Fino e frite, seguindo os processos Alecrim xícaras de água fervente pressão por 40 min. Retire mais tradicionais que Trufa Branca Salsinha e cebolinha, coloque o caldo de galinha, do fogo, espere esfriar um garantem um produto Manjericão picados o extrato de tomate e mexa pouco e desfie. Numa panela fresco e com baixa Orégano bem. Cozinhe de 15 a 20 acidez. Funghi Seco grande frite o toucinho em minutos em fogo baixo, Modo de Fazer: Pimenta sua própria gordura, a com a panela parcialmente De véspera, ponha a •  Azeites Infusionados AZEITES CÍTRICOS cebola, o alho, junte o lombo, tampada até o arroz estar carne seca de molho Laranja a carne seca desfiada e o paio bem cozido. Salpique a Esta gama de extra em água fria. No Limão e deixe refogar por alguns salsinha e a cebolinha. virgens infusionados foi Tangerina elaborada com azeitonas da variedade arbequina de colheita tardia. São caracterizadosSugestãodoLeitor Fonte: Seara por seu sabor doce e suave e infusionados Escondidinho de Jerked Beef Seara seguindo os métodos mais tradicionais de Ingredientes 2 colheres (sopa) de maceração utilizando 1 xícara (chá) de azeite de oliva margarina unicamente ingredientes 2 cebolas em rodelas 3 xícaras (chá) de requeijão naturais e 1 pacote de 500 g de Jerked 1 xícara (chá) de queijo desidratados. Beef Seara dessalgada, cozida e parmesão ralado grosso desfiada Rodrigo Vieira Ramos 1 xícara (chá) de salsinha picada •  Azeites Cítricos Consultor Modo de fazer 2 kg de mandioca descascada, Os azeites de oliva Em uma panela, aqueça extra virgens cítricos cozida com sal e espremida 1 xícara (chá) de leite o azeite e doure a cebola. Acrescente o Jerked Beef Guacira Alimentos importa e Seara, refogue e depois comercializa azeites portugueses coloque a salsinha e e espanhóis, produzidos e envasados na origem para reserve. Em outra panela, oferecer produtos genuínos e coloque as mandiocas de alta qualidade. espremidas, acrescente o leite, a margarina, o requeijão e misture bem. Em um refratário, coloque uma camada do creme de mandioca, coloque o jerked beef já refogado e cobra com o restante do creme. Polvilhe queijo ralado e leve para gratinar a 180ºC por 15 minutos. Rendimento: 6 porções
  7. 7. www.mercadaosp.com.br Edição 2 • Ano 1 • 9 Pernambuco Iguarias Os doces da região são referência por Na cozinha mato-grossense a estrela é o pintado. Tal como ele, os peixes simbolizar o poder dos donos do engenho de região pantaneira, atraem a atenção dos turistas seja ensopados, na época da exploração do açúcar. fritos ou assados e acompanhados de farofa de banana-da-terra.Receitarápida boareceita Moqueca Modo de Fazer Pacu à Coloque o colorau já dissolvido de siri em três colheres de azeite nu- Escabeche ma panela, de preferência de Ingredientes barro. Junte o alho, a cebo- 1 pacu limpo e sem pele Ingredientes: la, o tomate e um pouco de cortado em postas (1,5 kg) 1 maço de coentro coentro picadinhos. Depois 3 colheres (sopa) de suco 2 tomates maduros de dois minutos jogue o si- de limão 1 cebola ri desfiado. Tampe a pa- 1 colher e meia (sopa) de 2 dentes de alho nela e deixe cozinhar. Após Fondor MAGGI amassados quinze minutos a moqueca 1 xícara e meia (chá) de 1 colher (sopa) rasa de sal está pronta. Antes de retirar farinha de trigo 3 colheres (sopa) de do fogo ponha o suco de limão Óleo para fritar azeite 1 colher (sopa) rasa de e o resto do coentro. O segredo Para o Molho coloral desta receita é não botar água, 6 colheres (sopa) de azeite Suco de 1 limão já que o siri e o tomate usados 3 dentes de alho bem picados Meio quilo de carne de siri soltam água suficiente para o 3 cebolas grandes cortadas desfiada cozimento do prato. em rodelas finas ½ colher (chá) de Fondor MAGGI Robalo 2 pimentas malaguetas picadas com Proseco ½ xícara (chá) de cheiro verde picado Ingredientes ½ xícara (chá) de vinagre 500 g de postas de robalo 2 colheres (sopa) de manteiga Modo de fazer 250 ml de creme de leite fresco Tempere o peixe com o limão 100 ml de prosecco e o Fondor MAGGI e deixe 1/2 unidade(s) de cebola em pedaços tomar gosto por cerca de 30 pequenos minutos. Passe as postas na quanto baste de salsinha picada(s) farinha de trigo e frite-as em quanto baste de arroz cozido(s) óleo quente suficiente para cobrir toda a posta. Quando Modo de fazer estiver dourado, retire e es- Em uma panela aquecida com manteiga, corra em papel absorvente e acrescente o robalo temperado com deixe esfriar. sal e polvilhado com farinha de trigo, os pedaços de cebola e o proseco, deixe dourar. Retire o peixe e reserve. Na mesma panela acrescente o creme de leite e deixe reduzir. Coe. Acrescente a pimenta-do-reino, a salsinha e o molho de creme de leite coado. Sirva o peixe com o molho e arroz. Fonte: Cozinha Nestlé / Peter Michaeltopreceita Creme de Camarão com Castanhas do Pará batidos, o Caldo MAGGI e Ingredientes ½ xícara (chá) de farinha de tapioca o cheiro-verde. Cozinhe em 2 tomates sem pele e sem ½ xícara (chá) de castanhas-do- fogo médio por cerca de 5 sementes, picados pará picadas minutos ou até os camarões 1 cebola média picada 1 pimentão verde picado estarem rosados. Retire o 2 colheres (sopa) de azeite cheiro-verde, adicione o Modo de fazer leite e espere ferver. Junte 1 dente de alho amassado Em um liquidificador, bata a farinha de tapioca aos ½ quilo de camarões o tomate com a cebola, o poucos, mexendo sempre pequenos limpos 2 tabletes de Caldo MAGGI pimentão e ½ xícara (chá) até engrossar e ficar macia. de Legumes de água. Reserve. Em uma Acrescente as castanhas e ½ maço de cheiro-verde, panela, aqueça o azeite e sirva a seguir. amarrado doure o alho. Acrescente 1 litro e meio de leite os camarões, os temperos Rendimento: 4 porções Fonte: Cozinha Nestlé / Peter Michael
  8. 8. 10• Edição 2 • Ano 1 No Ponto Origem A antiga mitologia grega creditou a Aristeu a descoberta do queijo. A Odisséia de Homero (século VIII A.C.) descreve o Ciclope fazendo e armazenando queijo do leite de ovelha e de cabra.O queijo nosso de cada dia Independente em pedaços ou em uma nova Itália. Da época Pré-histórica, receita é sempre uma delícia. da Roma pré-clássica, da Gré- de tipo e sabor, No Mercado Municipal de São cia Antiga ou do Oriente Mé- a especiaria Paulo você encontra corredo- dio, são vários os locais com re- apreciada nos res com bancas cheias dessas gistros de sua origem. quatro cantos do delicias e, de quebra, pode le- Da França vieram os quei- var também o vinho ideal pa- jos brie, o camembert e o saint mundo é sempre ra acompanhá-lo. É fato que paulin. Da Itália, o emmental, uma boa pedida ninguém nega um pedaço, seja o gorgonzola, a mussarela de para petiscos, qual for a versão, textura ou sa- búfala, o parmesão, o provolo- molhos, lanches bor; seja em torradas, sanduí- ne e a ricota. Da Inglaterra, o ches, massas ou saladas. Es- cheddar. Já da Suíça, o gruyé- ou fondues peciaria histórica, o queijo é re, a Holanda criou o gouda e o Perla Rossetti repleto de curiosidades sobre Reino Unido e a Alemanha en- origem, qualidade, consumo e traram no circuito com o tilsit. Acompanhado do vinho cer- método de produção. Eles vie- Por aqui, os queijos chega- to, saborear queijos fatiados, ram da França, da Holanda, da ram na mala dos portugue-BoaPedida Há vários tipos de Cottage: Popular nos Es- queijos e processos tados Unidos, consiste de de fabricação, grãos da coalhada, imersos como a coalhagem numa mistura de creme e e a coagulação, sal. O sabor é ligeiramente segundo a Associação ácido e salgado. Em geral, Brasileira Cheddar: Da Inglater- são apresentados em po- das Indústrias de ra, é mais encontrado tes plásticos e duram de 2 a Camembert: Também fran- após a fabricação quando a Queijo (ABIQ). no Brasil sob a forma de 3 semanas sob refrigeração. cês, é feito a partir de peque- massa interna estará cremo- Conheça a origem e processado fundido, fei- Consumo recomendado: nos volumes de leite com cui- sa e a casca terá a aparência características dos to a partir de queijo che- puro ou acompanhando de dados artesanais. Após sete lisa e aveludada. tipos mais conhecidos ddar e vendido em fatias frutas e saladas e são indi- dias, surge uma fina camada Consumo recomendado: no Brasil: ou como Colby. Tem co- cados em dietas de baixas de mofo branco. Após 12 dias em tábuas de queijo, sala- loração amarelo alaran- calorias. em média, são embalados em das, receitas culinárias e co- jado, consistência fina e papel de alumínio. O ideal é mo sobremesa, acompanha- sua maturação deve ser consumi-lo entre 25 e 40 dias do de pêra. de quatro meses. Consumo recomenda- do: sanduíches quentes, Brie: De origem hambúrguer ou bifes. francesa, no Brasil é conhecido como quei- jo de mofo branco, é Gorgonzola: Italia- macio e maturado. Emental: Do grupo dos suí- queijo é derretido e o comen- no, tem massa úmi- O ideal é consumi- ços, pode pesar até 130 qui- sal o aprecia mergulhando da, textura macia, um lo entre 25 e 40 dias los. É semiduro, de longa pedaços de pão italiano. pouco pastosa e que- após a fabricação. Cream Cheese: Tam- maturação, sabor ligeira- Consumo recomendado: bradiça, e seu sabor é Consumo recomen- bém um dos mais po- mente adocicado e frutado. puro, sanduíches, tábuas­ pronunciado e salga- dado: tábuas de pulares nos Estados É o queijo ideal para o fon- de queijo, gratinados e do. Faz parte da famí- queijos ou saladas, Unidos, com alto teor due, prato suíço em que o fondues. lia dos queijos Azuis receitas quentes, e de creme de leite ob- ou “de mofo azul”. O sobremesa acompa- tido da centrifugação ponto ideal é ao redor nhado de pêra. da coalhada. Pode de 45 dias após a fa- ser natural ou adicio- bricação. nado de sabores. Consumo recomenda- Consumo recomen- do: puro, em tábuas dado: em sanduíches, de queijos, como ape- patês ou como ingre- ritivo ou em aplica- diente para o cheese- ções culinárias, como cake. molhos ou recheios.

×