SlideShare uma empresa Scribd logo

Como funciona a propaganda

1 de 26
Baixar para ler offline
Como funciona a Propaganda
Sergio Montes
Sergio Montes é Life, Professional & Business Coach, Pratictioner / Master em
PNL, EMPRETECO / SEBRAE, Pós-graduado em Marketing pela UCM e graduado em
Desenho Industrial e Comunicação Visual pela UFRJ. Diretor da DNADACRIAÇÃO
Design, Comunicação e Marketing, professor da UNIPLI-ANHANGUERA.
www.sergiomontes.com.br e www.dnadacriacao.com.br
Webdesign , Webmaster e Webdeveloper
Comunicação Digital e Planejamento de Mídia em Redes Sociais
Estratégias de negócios em Redes Sociais
Marketing de Serviços, Marketing Educacional, Marketing Digital,
Direção de Arte, Direção de Criação, Ilustrações,
Identidade Coorporativa, Branding e Comunicação Empresarial
Planejamento de Marketing e de Comunicação • Canvas
Professor Da UNIPLI – Anhanguera.
Lecionou na ETEC, Liceu de Artes e Ofícios, Estácio de Sá, Universidade Castelo
Branco, UniMSB
E-mail: professor@sergiomontes.com.br /
coaching@sergiomontes.com.br
Facebook: sergiolmontes
Twitter: sergiolmontes
Redes sociais: www.meadiciona.com/sergiomontes
www.sergiomontes.com.br
Cel: 99503-3000
"As nossas escolhas definem a nossa caminhada,
por isso pense antes de escolher".
DIFERENÇA ENTRE PUBLICIDADE E PROPAGANDA
Definição:
“a manipulação planejada da comunicação visando, pela persuasão, promover
comportamentos em benefício do anunciante que a utiliza”.
Funções:
cabe a propaganda informar e despertar interesse (persuadir) de compra / uso de
produtos / serviços, nos consumidores, em benefício de um anunciante (empresa, pessoa
ou entidade que se utiliza da propaganda) e lembrar da existência de uma marca.
A propaganda em seus diferentes aspectos:
• Advertising:
anúncio comercial, propaganda que visa divulgar e promover o consumo de bens
(mercadorias e serviços); assim como a propaganda dita de utilidade pública, que objetiva
promover comportamentos e ações comunitariamente úteis (respeitar as leis de trânsito, se
beber não dirija, etc)
• Publicity:
Informação disseminada através de jornal, revista, rádio, TV, cinema, Internet ou outro meio
de comunicação) com o objetivo de divulgar informações sobre pessoas, empresas,
produtos, entidades, idéias, eventos, etc, sem que para isso o anunciante pague pelo
espaço ou tempo utilizado na divulgação da informação.
• Propaganda: pode ter caráter político, religioso ou ideológico, e tem como objetivo
disseminar ideias dessa natureza.
• No Brasil os termos PROPAGANDA E PUBLICIDADE são usados indistintamente.

Recomendados

Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...Renata Corrêa
 
Planner e planejamento de campanha
Planner e planejamento de campanhaPlanner e planejamento de campanha
Planner e planejamento de campanhaCiro Gusatti
 
Publicidade No Brasil
Publicidade No BrasilPublicidade No Brasil
Publicidade No BrasilRodrigo Jorge
 
Comunicação Integrada de Marketing
Comunicação Integrada de MarketingComunicação Integrada de Marketing
Comunicação Integrada de MarketingPablo Caldas
 
Aula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaAula Planejamento de Mídia
Aula Planejamento de MídiaLucas Pelaez
 
Mix de Marketing - Promoção - Parte IV
Mix de Marketing - Promoção - Parte IVMix de Marketing - Promoção - Parte IV
Mix de Marketing - Promoção - Parte IVRobson Costa
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de MídiaRafael. Firmi
 
Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário  Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário Bruno Araldi
 
Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)
Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)
Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)talitacampione
 
A Historia da propaganda no mundo
A Historia da propaganda no mundoA Historia da propaganda no mundo
A Historia da propaganda no mundorenatofrigo
 
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesAula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesElizeu Nascimento Silva
 
História da publicidade no Brasil
História da publicidade no BrasilHistória da publicidade no Brasil
História da publicidade no BrasilLuciana Pistilli
 
Técnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e PropagandaTécnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e PropagandaDAC UFS
 
Conceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de MarketingConceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de MarketingRobson Costa
 
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADEETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADEPosicionamento Web
 
Planejamento publicitario aula cadeia de comunicação
Planejamento publicitario  aula cadeia de comunicaçãoPlanejamento publicitario  aula cadeia de comunicação
Planejamento publicitario aula cadeia de comunicaçãoRomuleque Rômulo Rangel
 
Publicidade e promoção
Publicidade e promoçãoPublicidade e promoção
Publicidade e promoçãoCarla Marques
 
Comunicação e Marketing
Comunicação e MarketingComunicação e Marketing
Comunicação e Marketingparquedaamizade
 
Noções de relações públicas
Noções de relações públicasNoções de relações públicas
Noções de relações públicasFrancisco Sobrinho
 

Mais procurados (20)

Planejamento de Mídia
Planejamento de MídiaPlanejamento de Mídia
Planejamento de Mídia
 
Os 4 Rs das RPs Corporativas
Os 4 Rs das RPs CorporativasOs 4 Rs das RPs Corporativas
Os 4 Rs das RPs Corporativas
 
Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário  Planejamento Publicitário
Planejamento Publicitário
 
Apresentação de mídia
Apresentação de mídiaApresentação de mídia
Apresentação de mídia
 
Marketing e Propaganda
Marketing e PropagandaMarketing e Propaganda
Marketing e Propaganda
 
Marketing Direto
Marketing DiretoMarketing Direto
Marketing Direto
 
Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)
Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)
Mix comunicação - Amb de MKT (1/2)
 
A Historia da propaganda no mundo
A Historia da propaganda no mundoA Historia da propaganda no mundo
A Historia da propaganda no mundo
 
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e DefiniçõesAula 01   Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
Aula 01 Teorias da Comunicação - Preliminares e Definições
 
História da publicidade no Brasil
História da publicidade no BrasilHistória da publicidade no Brasil
História da publicidade no Brasil
 
Técnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e PropagandaTécnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e Propaganda
 
Conceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de MarketingConceito e Princípios de Marketing
Conceito e Princípios de Marketing
 
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADEETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
ETAPAS PARA CRIAÇÃO DE CAMPANHA PUBLICIDADE
 
Conceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e ExecuçãoConceito, Linha Criativa e Execução
Conceito, Linha Criativa e Execução
 
Planejamento publicitario aula cadeia de comunicação
Planejamento publicitario  aula cadeia de comunicaçãoPlanejamento publicitario  aula cadeia de comunicação
Planejamento publicitario aula cadeia de comunicação
 
Publicidade e promoção
Publicidade e promoçãoPublicidade e promoção
Publicidade e promoção
 
Psicologia na Publicidade
Psicologia na PublicidadePsicologia na Publicidade
Psicologia na Publicidade
 
Comunicação e Marketing
Comunicação e MarketingComunicação e Marketing
Comunicação e Marketing
 
Publicidade[1]
Publicidade[1]Publicidade[1]
Publicidade[1]
 
Noções de relações públicas
Noções de relações públicasNoções de relações públicas
Noções de relações públicas
 

Destaque (20)

Técnicas de Propaganda
Técnicas de PropagandaTécnicas de Propaganda
Técnicas de Propaganda
 
Arte design propaganda
Arte design propagandaArte design propaganda
Arte design propaganda
 
Aulaesmodalizadoraseautoridadepolifc3b4nica
Aulaesmodalizadoraseautoridadepolifc3b4nicaAulaesmodalizadoraseautoridadepolifc3b4nica
Aulaesmodalizadoraseautoridadepolifc3b4nica
 
ICT - Fundamentos da Propaganda: aula 2
ICT - Fundamentos da Propaganda: aula 2ICT - Fundamentos da Propaganda: aula 2
ICT - Fundamentos da Propaganda: aula 2
 
História da arte - abstracionismo
História da arte - abstracionismoHistória da arte - abstracionismo
História da arte - abstracionismo
 
Pintura figurativa e abstrata
Pintura figurativa e abstrataPintura figurativa e abstrata
Pintura figurativa e abstrata
 
Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)Abstracionismo (Arte Abstrata)
Abstracionismo (Arte Abstrata)
 
Abstracionismo Informal
Abstracionismo  InformalAbstracionismo  Informal
Abstracionismo Informal
 
Introdução A Propaganda
Introdução A PropagandaIntrodução A Propaganda
Introdução A Propaganda
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
Geometria e arte
Geometria e arte Geometria e arte
Geometria e arte
 
Geometria Tarsila Do Amaral
Geometria Tarsila Do AmaralGeometria Tarsila Do Amaral
Geometria Tarsila Do Amaral
 
Propaganda & Mídia Digital
Propaganda & Mídia DigitalPropaganda & Mídia Digital
Propaganda & Mídia Digital
 
Arte e propaganda
Arte e propagandaArte e propaganda
Arte e propaganda
 
Linguagem, pensamento e cultura na filosofia
Linguagem, pensamento e cultura na filosofiaLinguagem, pensamento e cultura na filosofia
Linguagem, pensamento e cultura na filosofia
 
ABSTRACIONISMO
ABSTRACIONISMOABSTRACIONISMO
ABSTRACIONISMO
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Arte Abstrata
Arte AbstrataArte Abstrata
Arte Abstrata
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Artes e Geometria
Artes e GeometriaArtes e Geometria
Artes e Geometria
 

Semelhante a Como funciona a propaganda

Ppm propaganda e midia alunos
Ppm propaganda e midia alunosPpm propaganda e midia alunos
Ppm propaganda e midia alunosFernando Flessati
 
O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia HerrmannO passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia HerrmannPonto Pasta UFPR
 
Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing Carlos Alves
 
Convergência Midiática
Convergência MidiáticaConvergência Midiática
Convergência MidiáticaAoki Media
 
Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...
Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...
Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...Cíntia Dal Bello
 
Palestra criatividade
Palestra criatividadePalestra criatividade
Palestra criatividadeKaduLima
 
Conceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaConceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaSergio Montes
 
Gestão na comunicação site carol
Gestão na comunicação site carolGestão na comunicação site carol
Gestão na comunicação site carolcarolfdes
 
Gestao na-comunicacao-site-carol
Gestao na-comunicacao-site-carolGestao na-comunicacao-site-carol
Gestao na-comunicacao-site-carolcarolfdes
 
aula4reasesetores-180204013609.pdf
aula4reasesetores-180204013609.pdfaula4reasesetores-180204013609.pdf
aula4reasesetores-180204013609.pdfVanderleiPostigo
 
Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"
Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"
Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"Jonas Gomes Jr
 
Projeto de mkt político joao karim
Projeto de mkt político joao karimProjeto de mkt político joao karim
Projeto de mkt político joao karimJoão Karim
 
Conceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaConceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaSergio Montes
 
A15 marketing solutions eleições 2012 1
A15 marketing solutions eleições 2012 1A15 marketing solutions eleições 2012 1
A15 marketing solutions eleições 2012 1A15ms
 

Semelhante a Como funciona a propaganda (20)

Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
 
Ppm propaganda e midia alunos
Ppm propaganda e midia alunosPpm propaganda e midia alunos
Ppm propaganda e midia alunos
 
O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia HerrmannO passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
O passo a passo da mídia com Letícia Herrmann
 
Curso de Midia - UnG
Curso de Midia - UnGCurso de Midia - UnG
Curso de Midia - UnG
 
Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing Aula 8 comunicação de marketing
Aula 8 comunicação de marketing
 
Convergência Midiática
Convergência MidiáticaConvergência Midiática
Convergência Midiática
 
Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...
Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...
Atendimento Publicitário - Funções dos departamentos de uma agênia de publici...
 
Palestra criatividade
Palestra criatividadePalestra criatividade
Palestra criatividade
 
Comunicação de Massa
Comunicação de MassaComunicação de Massa
Comunicação de Massa
 
Conceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaConceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propaganda
 
As Ações Promocionais e a Publicidade Comercial e Institucional
As Ações Promocionais e a Publicidade Comercial e InstitucionalAs Ações Promocionais e a Publicidade Comercial e Institucional
As Ações Promocionais e a Publicidade Comercial e Institucional
 
Gestão na comunicação site carol
Gestão na comunicação site carolGestão na comunicação site carol
Gestão na comunicação site carol
 
Gestao na-comunicacao-site-carol
Gestao na-comunicacao-site-carolGestao na-comunicacao-site-carol
Gestao na-comunicacao-site-carol
 
Marketing
MarketingMarketing
Marketing
 
Agência de Publicidade: áreas e setores
Agência de Publicidade:  áreas e setoresAgência de Publicidade:  áreas e setores
Agência de Publicidade: áreas e setores
 
aula4reasesetores-180204013609.pdf
aula4reasesetores-180204013609.pdfaula4reasesetores-180204013609.pdf
aula4reasesetores-180204013609.pdf
 
Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"
Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"
Aula "Agência de Propaganda: estrutura e padrões"
 
Projeto de mkt político joao karim
Projeto de mkt político joao karimProjeto de mkt político joao karim
Projeto de mkt político joao karim
 
Conceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propagandaConceitos e psicologia da propaganda
Conceitos e psicologia da propaganda
 
A15 marketing solutions eleições 2012 1
A15 marketing solutions eleições 2012 1A15 marketing solutions eleições 2012 1
A15 marketing solutions eleições 2012 1
 

Mais de Sergio Montes

Palestra tempo amigo ou inimigo
Palestra tempo   amigo ou inimigoPalestra tempo   amigo ou inimigo
Palestra tempo amigo ou inimigoSergio Montes
 
APRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o Sucesso
APRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o SucessoAPRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o Sucesso
APRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o SucessoSergio Montes
 
Palestra jornalismo e novas tecnologias
Palestra jornalismo e novas tecnologiasPalestra jornalismo e novas tecnologias
Palestra jornalismo e novas tecnologiasSergio Montes
 
A gestão de marketing como ferramenta competitiva.
A gestão de marketing como ferramenta competitiva.A gestão de marketing como ferramenta competitiva.
A gestão de marketing como ferramenta competitiva.Sergio Montes
 
A Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun TzuA Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun TzuSergio Montes
 
Função Gerencial no Mundo Contemporaneo
Função Gerencial no Mundo ContemporaneoFunção Gerencial no Mundo Contemporaneo
Função Gerencial no Mundo ContemporaneoSergio Montes
 
Administração estratégica
Administração estratégicaAdministração estratégica
Administração estratégicaSergio Montes
 

Mais de Sergio Montes (8)

Palestra tempo amigo ou inimigo
Palestra tempo   amigo ou inimigoPalestra tempo   amigo ou inimigo
Palestra tempo amigo ou inimigo
 
APRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o Sucesso
APRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o SucessoAPRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o Sucesso
APRESENTAÇÃO WDTS - Workshop Desenvolvendo Talentos para o Sucesso
 
Palestra jornalismo e novas tecnologias
Palestra jornalismo e novas tecnologiasPalestra jornalismo e novas tecnologias
Palestra jornalismo e novas tecnologias
 
O mix de marketing
O mix de marketingO mix de marketing
O mix de marketing
 
A gestão de marketing como ferramenta competitiva.
A gestão de marketing como ferramenta competitiva.A gestão de marketing como ferramenta competitiva.
A gestão de marketing como ferramenta competitiva.
 
A Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun TzuA Arte da Guerra - Sun Tzu
A Arte da Guerra - Sun Tzu
 
Função Gerencial no Mundo Contemporaneo
Função Gerencial no Mundo ContemporaneoFunção Gerencial no Mundo Contemporaneo
Função Gerencial no Mundo Contemporaneo
 
Administração estratégica
Administração estratégicaAdministração estratégica
Administração estratégica
 

Último

Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 

Como funciona a propaganda

  • 1. Como funciona a Propaganda Sergio Montes
  • 2. Sergio Montes é Life, Professional & Business Coach, Pratictioner / Master em PNL, EMPRETECO / SEBRAE, Pós-graduado em Marketing pela UCM e graduado em Desenho Industrial e Comunicação Visual pela UFRJ. Diretor da DNADACRIAÇÃO Design, Comunicação e Marketing, professor da UNIPLI-ANHANGUERA. www.sergiomontes.com.br e www.dnadacriacao.com.br Webdesign , Webmaster e Webdeveloper Comunicação Digital e Planejamento de Mídia em Redes Sociais Estratégias de negócios em Redes Sociais Marketing de Serviços, Marketing Educacional, Marketing Digital, Direção de Arte, Direção de Criação, Ilustrações, Identidade Coorporativa, Branding e Comunicação Empresarial Planejamento de Marketing e de Comunicação • Canvas Professor Da UNIPLI – Anhanguera. Lecionou na ETEC, Liceu de Artes e Ofícios, Estácio de Sá, Universidade Castelo Branco, UniMSB E-mail: professor@sergiomontes.com.br / coaching@sergiomontes.com.br Facebook: sergiolmontes Twitter: sergiolmontes Redes sociais: www.meadiciona.com/sergiomontes www.sergiomontes.com.br Cel: 99503-3000
  • 3. "As nossas escolhas definem a nossa caminhada, por isso pense antes de escolher".
  • 5. Definição: “a manipulação planejada da comunicação visando, pela persuasão, promover comportamentos em benefício do anunciante que a utiliza”. Funções: cabe a propaganda informar e despertar interesse (persuadir) de compra / uso de produtos / serviços, nos consumidores, em benefício de um anunciante (empresa, pessoa ou entidade que se utiliza da propaganda) e lembrar da existência de uma marca.
  • 6. A propaganda em seus diferentes aspectos: • Advertising: anúncio comercial, propaganda que visa divulgar e promover o consumo de bens (mercadorias e serviços); assim como a propaganda dita de utilidade pública, que objetiva promover comportamentos e ações comunitariamente úteis (respeitar as leis de trânsito, se beber não dirija, etc) • Publicity: Informação disseminada através de jornal, revista, rádio, TV, cinema, Internet ou outro meio de comunicação) com o objetivo de divulgar informações sobre pessoas, empresas, produtos, entidades, idéias, eventos, etc, sem que para isso o anunciante pague pelo espaço ou tempo utilizado na divulgação da informação. • Propaganda: pode ter caráter político, religioso ou ideológico, e tem como objetivo disseminar ideias dessa natureza. • No Brasil os termos PROPAGANDA E PUBLICIDADE são usados indistintamente.
  • 7. Quem faz a propaganda? • Agência de Propaganda • Cuida do planejamento das ações de propaganda a serem executadas; • da definição das informações mais importantes a serem transmitidas, • da criação das mensagens (anúncios, comerciais de TV, cartazes, folhetos, etc.), • da produção dessas mensagens (trabalho dos fornecedores e produtoras especializadas), • da escolha técnica dos veículos mais adequados e dos horários e espaços mais indicados para atingir os consumidores que se pretende conquistar.
  • 8. Para quem a propaganda é feita? • Anunciantes  pessoas físicas ou jurídicas. (responsável pela sua geração)  Constantes (clientes) ou eventuais  Veículo – que a transmite
  • 9. Por que se faz propaganda? • Objetivos promocionais (de venda) • Propaganda Institucional Propaganda com objetivos promocionais: • A função básica é a venda de produtos ou serviços de uma empresa. • Adquire importância fundamental no processo econômico, uma vez que, de um lado, funciona como um elemento vital para que as empresas conquistem mais consumidores e expandam suas atividades, e, de outro, para que os consumidores estejam melhor informados e possam escolher adequadamente o que consumir.
  • 10. Principais tarefas da propaganda como instrumento de promoção de vendas e negócios: • DIVULGAÇÃO da marca (de produto ou serviço) ou empresa para torná-la mais intima dos consumidores que já a conhecem ou fazê-la conhecida pelos que não a conheçam. • PROMOÇÃO da marca ou empresa para seus consumidores, visando aumentar sua presença entre eles ou ressaltando seus aspectos mais competitivos em relação ao que existe no mercado e é oferecido pela concorrência. • CRIAÇÃO do mercado para a marca ou empresa através da conquista de consumidores. • EXPANSÃO do mercado através da conquista de mais consumidores. • CORREÇÃO do mercado, quando a imagem da marca ou empresa não estiver sendo percebida de maneira adequada pelos consumidores ou quando estes não estiverem corretamente informados das características e vantagens do produto ou serviço do anunciante.
  • 11. Principais tarefas da propaganda como instrumento de promoção de vendas e negócios: • EDUCAÇÃO do mercado, quando o consumo depender da formação de uma atitude ou hábito do consumidor. • CONSOLIDAÇÃO do mercado, quando o importante for solidificar uma posição conquistada, através da reafirmação das qualidades da marca ou empresa. • MANUTENÇÃO do mercado, através da constante reafirmação das características e vantagens da marca ou empresa e da ação de resposta aos ataques e esforços da concorrência.
  • 12. Propaganda Institucional • explica a filosofia, os objetivos e as ações das organizações (publicas e privadas), com teor eminentemente informativo. • Geram simpatia e ajudam a construir uma boa imagem das empresas anunciantes sem que, para isso, a propaganda fale especificamente sobre elas. Ex: propaganda comunitária, cultural, utilidade pública, beneficente, cívicas, outras.
  • 13. Onde se faz propaganda? • Veículo – canal por onde a propaganda flui em direção ao consumidor. O veículo divulga propaganda por conta e responsabilidade do anunciante. No entanto cabe ao veículo e a todos que, de alguma forma participarem do processo, a corresponsabilidade pela divulgação do anuncio ou comercial. • Mídia – tem por finalidade escolher o melhor veículo e a melhor posição para os anúncios.
  • 14. Como é feita a Propaganda? • Pode ser feita diretamente pelo anunciante no veículo • Por meio de agencias de propaganda • Também se usa o trabalho de fornecedores e produtoras especializadas, que se encarregam da preparação física das mensagens publicitárias, como o filme para televisão, o fonograma (spot, jingle...) para o rádio, o anúncio para o jornal ou revista, etc.
  • 15. DEFFINIÇÃO DE OBJETIVOS PESQUISA PLANEJAMENTO APROVAÇÃO / REVISÃO DO PLANEJAMENTO CRIAÇÃO MÍDIA
  • 17. 1. Definição dos objetivos da propaganda: aumentar a demanda, anunciar novo preço, incentivar o uso etc), e com as informações que ela deve transmitir para cumpri-la. 2. Pesquisa (formal ou informal) • quem são os consumidores que se deve atingir, • como reagem ao produto ou serviço que se vai anunciar • seus hábitos de consumo • seu perfil econômico, social, cultural e psicológico • como a concorrência age sobre esses consumidores e qual sua posição entre eles • qual o valor para os consumidores do produto ou serviço que vai ser anunciado • a que argumentos reagem mais positivamente.
  • 18. Etapas: • O planejamento tanto pode ser feito pela Agência de Propaganda ou pelo anunciante. • Em seguida deve ser analisado pelos responsáveis na agência. • A partir da análise, fazer as revisões e correções eventualmente necessárias. • Após a aprovação do planejamento: Criação e Planejamento de mídia (simultaneamente)
  • 19. • CRIAÇÃO: geração de ideias que comuniquem aquilo que se definiu que deve ser transmitido ao consumidor. • 3 necessidades básicas da propaganda: - ser criativa – destacar-se aos olhos do consumidor; - ser pertinente – atender aos objetivos de comunicação definidos - ser emocionante – para romper a barreira da indiferença natural do consumidor e estabelecer efetivamente a comunicação.
  • 20. Planejamento de Mídia - meios de comunicação (rádio, jornal, TV, Internet ...) - os veículos de cada meio (Rádio Paradiso, SBT, TV Record, Jornal O Dia, Revista Veja, etc) - As posições (horários de veiculação ou espaço de publicação) e os formatos (tempo do comercial, tamanho do anúncio) mais adequados para atingir de modo mais eficiente dentro dos objetivos e recursos existentes – os consumidores desejados. • Aprovação da criação e da mídia – decidida pelos que fizeram o planejamento e por quem detém a palavra final dentro da empresa anunciante. • Análises e Revisões também fazem parte dessa etapa. • Produção das peças de propaganda
  • 21. • Compra da mídia - As peças de propaganda (anúncios, filmes, spots, etc) serão produzidas e encaminhadas aos veículos. - Utilização de fornecedores e produtoras de propaganda (pessoas ou empresas) - Os profissionais responsáveis pela criação têm, nessa etapa, a função de acompanhar a produção de suas ideias, de modo que o resultado final permaneça fiel à essência do que se imaginou e foi aprovado pelo anunciante, que deverá aprovar a propaganda antes que ela seja encaminhada ao veículo.
  • 22. • Simultaneamente à produção, devem ser comprados os espaços estabelecidos no planejamento de mídia, negociando-se com os veículos as condições de veiculação. • Nesse momento o veículo faz a propaganda chegar ao consumidor, publicando, colocando no ar as mensagens publicitárias. • A partir daí deve-se fazer um trabalho de aferição dos resultados alcançados pelo esforço da propaganda. • Eventualmente são necessárias algumas correções de rumo no desenvolvimento da campanha publicitária, para buscar maior eficácia.
  • 23. Como a Propaganda age sobre o consumidor • A propaganda é uma das grandes formadoras do ambiente cultural e social de nossa época, porque trabalha a partir de dados culturais existentes, recombinando-os, remodelando-os, e sobre alguns instintos muito fortes no ser humano: o medo, a vontade de ganhar, a inveja, o desejo de aceitação social, a necessidade de autorrealização, a compulsão por experimentar o novo, a angústia de saber mais, a segurança da tradição. • A propaganda age sobre os consumidores informando, argumentando, comparando. Tanto de forma lógica e racional como subjetiva e emocional. • A propaganda junta elementos, aparentemente paradoxais e antagônicos para atingir para gerar nos consumidores – pela persuasão – comportamentos que beneficiem o anunciante. • A propaganda age sobre o indivíduo, a família, os grupos sociais, a comunidade, a sociedade como um todo, em um processo de grande sinergia, no qual cada anúncio interfere em muitos outros, através dos meios de comunicação.
  • 24. PRINCÍPIOS BÁSICOS DA PROPAGANDA: • Criatividade – para se destacar e chamar a atenção do consumidor, a propaganda precisa fugir do comum. • Emoção e interesse – para que a atenção do consumidor continue por todo o comercial ou anúncio, a propaganda precisa emocionar e interessar. • Pertinência – Propaganda não é arte descompromissada. Precisa ser eficaz e dar lucro ao cliente. Precisa, então estar ligada ao objetivo que motivou a sua realização. • Compreensão – O consumidor precisa sentir e entender facilmente e com clareza a mensagem que se deseja passar.  A PROPAGANDA PRECISA AGIR SOBRE OS CENTROS SENSORIAIS, EMOCIONAIS E LÓGICOS DO CONSUMIDOR – nesta ordem.
  • 25. Os setores da propaganda • Anunciante – ou cliente, é a empresa, pessoa ou instituição que faz uso da propaganda para resolver algum problema de comunicação e, com isso, atender a uma finalidade específica e definida – geralmente a venda de produtos ou serviços. • Corretores e Agenciadores – Pessoas e até mesmo pequenas empresas que cuidam da intermediação entre o anunciante e o veículo, entre o cliente e os fornecedores e produtoras. - Prestam assessoria especializada ao anunciante e não devem ser confundidos com os profissionais de atendimento e venda dos veículos (contatos comerciais).
  • 26. Os setores da propaganda • Agência – empresa especializada na técnica e na arte da propaganda. - Reúne tecnologia específica e corpo de profissionanais de diversas especializações, que se estruturam em departamentos (atendimento, planejamento, mídia, pesquisa, etc, com funções especificas. - Assessora o anunciante em todas as suas necessidades de propaganda e executa as tarefas necessárias à sua realização, cooredenando o trabalho de fornecedores e produtoras e intermediando o relacionamento cliente-veículo.