O homem pré-históricomarcou na rocha sereshumanos, animais, plantas,elementos do seu mundo,expressando de uma formaintensa...
As culturas da antiguidade como aEgípcia e Grega, deixaram marcasda sua história registradas sob aforma de imagens desenha...
O desenho da idade médiatransporta-nos para o ambienteda época com as suaspersonagens ingénuas e espaços"impossíveis" por ...
No renascimento o desenhoganha pujança e força comas suas perspectivassublimes e a sensibilidadegrandiosa dos mestres daép...
O desenho de cada períodohistórico é condicionado poraquilo que em determinadomomento histórico éconsiderado verdadeiro ed...
Quase sempre um registrodesenhado parte de umaexperiência de observação darealidade. Refletindo sobre o quevê, o homem reg...
Do ponto de vista do observadorprocura-se fazer a decodificação doque se vê representado, a partir doque se conhece do mun...
Veja-se por exemplo comovaria a representação de umCristo na arte Bizantina ou nada Idade Média, do Gótico ouda atualidade...
Mas um acontecimento realmente importante para todasas formas de desenho foi a invenção do papel peloschineses há mais de ...
Os apetrechos utilizados para fazer o desenho tambémforam bem diferentes até que se inventasse a comumcaneta em esferográf...
EEEM CRUZEIRO DO SULARTES NO ENSINO MÉDIOProf. Sérgio Flores
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História da arte_desenho

643 visualizações

Publicada em

* Apresentação com aula referente à História da Arte _ Desenho.
* EEEM Cruzeiro do Sul - São Lourenço do Sul-RS
* Prof. Sérgio Flores

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

História da arte_desenho

  1. 1. O homem pré-históricomarcou na rocha sereshumanos, animais, plantas,elementos do seu mundo,expressando de uma formaintensa as suas vivências.D E S E N H OO desenho é umaforma de linguagem,talvez a mais antiga.
  2. 2. As culturas da antiguidade como aEgípcia e Grega, deixaram marcasda sua história registradas sob aforma de imagens desenhadas quenos oferecem meios para acompreensão do seu pensamentohistória e sabedoria.
  3. 3. O desenho da idade médiatransporta-nos para o ambienteda época com as suaspersonagens ingénuas e espaços"impossíveis" por ausência daperspectiva.
  4. 4. No renascimento o desenhoganha pujança e força comas suas perspectivassublimes e a sensibilidadegrandiosa dos mestres daépoca.
  5. 5. O desenho de cada períodohistórico é condicionado poraquilo que em determinadomomento histórico éconsiderado verdadeiro edigno de importância.
  6. 6. Quase sempre um registrodesenhado parte de umaexperiência de observação darealidade. Refletindo sobre o quevê, o homem registra o quecompreende da realidade e oque julga ser digno de interesse.
  7. 7. Do ponto de vista do observadorprocura-se fazer a decodificação doque se vê representado, a partir doque se conhece do mundo, fazendoassociações automáticas entre o queconhecemos da realidade e o quevemos representado.
  8. 8. Veja-se por exemplo comovaria a representação de umCristo na arte Bizantina ou nada Idade Média, do Gótico ouda atualidade. Igualmente arepresentação da figurahumana aparece comaspectos completamentediversos conforme as épocashistóricas devido aosconhecimentos que se tinhamou não sobre a anatomiahumana, ou os ideais debeleza do momento.
  9. 9. Mas um acontecimento realmente importante para todasas formas de desenho foi a invenção do papel peloschineses há mais de três mil anos. Até então eramusados diferentes materiais para as representaçõescomo blocos de barro ou argila, couro, tecidos, folhas depalmeira, pedras, ossos de baleia, papiro (uma espéciede papel mais fibroso muito usado pelos egípcios) e atémesmo bambu. Estima-se que por volta do ano VI a.C.os chineses já utilizassem um papel de seda brancopróprio para desenho e escrita. Mas, o papel da formaque conhecemos hoje surgiu em 105 d.C. tendo sidomantido em segredo pelos chineses durante quase 600anos. A técnica, embora tenha evoluído, ainda mantém omesmo princípio de extração de fibras vegetais,prensagem e secagem.
  10. 10. Os apetrechos utilizados para fazer o desenho tambémforam bem diferentes até que se inventasse a comumcaneta em esferográfica, em 1938. O primeiro “utensílio”para desenhar foram os dedos com os quais os homensfizeram as pinturas rupestres, depois os babilônicosusaram pedaços de madeira ou osso em formato de cunhapara desenhar em tábuas de argila (daí o nome escrita“cuneiforme”). Com a invenção do papiro pelos egípciosfoi necessário desenvolver outros materiais paraescrita/desenho. Passaram então a ser utilizados madeira eossos molhados em tinta vegetal e, depois, as famosaspenas ou ainda o carvão, já utilizado pelohomem/cavernas. As penas, no séc XVIII, passaram a serde metal e em 1884, Lewis E. Watterman patenteou acaneta tinteiro, precursora das esferográficas.
  11. 11. EEEM CRUZEIRO DO SULARTES NO ENSINO MÉDIOProf. Sérgio Flores

×