O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
<ul><li>Ciberjornalismo - Aula 3/2008 </li></ul><ul><li>Prof. Sergio Denicoli </li></ul><ul><li>EMAIL:  [email_address] </...
 
<ul><li>Conceito que denota uma “evolução da Web”. </li></ul><ul><li>Era do Acesso Livre. </li></ul><ul><li>criação e da p...
<ul><li>Agregadores de conteúdo (forma separada de conteúdo): O XML e o RSS </li></ul><ul><li>O XML e o HTML são “primos”....
<ul><li>Com a possibilidade de identificação do conteúdo, por conta do XML, uma empresa desenvolveu o RSS.  </li></ul><ul>...
<ul><li>Web  2.0 </li></ul>
Vamos criar um agregador de conteúdo? www.google.com / reader
<ul><li>www.mediascopio.wordpress.com </li></ul><ul><li>www.industrias-culturais.blogspot.com </li></ul><ul><li>www.atrium...
 
 
 
http://dotsub.com/films/inplainenglish/index.php?autostart=true&language_setting=br_446
VIDEOCAST
<ul><li>VIDEOCAST:  Sistema de transmissão de imagens via Internet. </li></ul><ul><li>Os arquivos ficam hospedados em um s...
Criar conta no You Tube
 
 
<ul><li>Depois que o filme está publicado, ao entramos na página do YouTube, onde ele será exibido, teremos o endereço da ...
DICAS PARA FAZER UM BOM VIDEOCAST: <ul><li>Não filmar contra a luz. </li></ul><ul><li>Evitar ambientes muito barulhentos. ...
<ul><li>Exercício prático: </li></ul><ul><li>Vamos fazer um vídeocast, como se fosse em directo, sobre a BUTE. O vídeo ser...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula Ciberjornalismo 3b

  • Entre para ver os comentários

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Aula Ciberjornalismo 3b

  1. 1. <ul><li>Ciberjornalismo - Aula 3/2008 </li></ul><ul><li>Prof. Sergio Denicoli </li></ul><ul><li>EMAIL: [email_address] </li></ul><ul><li>MSN: [email_address] </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Conceito que denota uma “evolução da Web”. </li></ul><ul><li>Era do Acesso Livre. </li></ul><ul><li>criação e da participação. </li></ul><ul><li>Passagem do software para serviços online ( YouTube , Flickr , MySpace , Blogger, Wikis , etc ). </li></ul><ul><li>Second Life e similares </li></ul><ul><li>O centro é a rede e não mais o computador. </li></ul><ul><li>É a era da banda larga. </li></ul><ul><li>É a era Google x Microsoft </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Agregadores de conteúdo (forma separada de conteúdo): O XML e o RSS </li></ul><ul><li>O XML e o HTML são “primos”. </li></ul><ul><li>O HTML descreve a aparência e as acções numa página. Já o XML descreve o conteúdo. </li></ul><ul><li>Exemplo de linguagem HTML: </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Com a possibilidade de identificação do conteúdo, por conta do XML, uma empresa desenvolveu o RSS. </li></ul><ul><li>O RSS é um código fonte (feed) que alguns sites disponibilizam e que pode ser colocado em um agregador de conteúdo. </li></ul><ul><li>Esse código-fonte vai avisar ao agregador de conteúdo sempre que determinado site tiver as informações alteradas, portanto, quando for actualizado. Além de dizer isso, o RSS vai fornecer ao agregador de conteúdo um link para que o usuário possa clicar e ser direccionado ao respectivo site. </li></ul><ul><li>Imagina que você tem uma lista com 30 sites que </li></ul><ul><li>gosta de ler. Se colocar os feeds (RSS) desses sites </li></ul><ul><li>num agregador de conteúdo, não precisará abrir um </li></ul><ul><li>por um para saber se eles têm informação nova. Basta </li></ul><ul><li>abrir o agregador e ver os links novos que foram </li></ul><ul><li>colocados ali. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Web 2.0 </li></ul>
  6. 7. Vamos criar um agregador de conteúdo? www.google.com / reader
  7. 8. <ul><li>www.mediascopio.wordpress.com </li></ul><ul><li>www.industrias-culturais.blogspot.com </li></ul><ul><li>www.atrium.wordpress.com </li></ul><ul><li>www.ciberjornalismo.com / pontomedia </li></ul>
  8. 12. http://dotsub.com/films/inplainenglish/index.php?autostart=true&language_setting=br_446
  9. 13. VIDEOCAST
  10. 14. <ul><li>VIDEOCAST: Sistema de transmissão de imagens via Internet. </li></ul><ul><li>Os arquivos ficam hospedados em um site e podem ser vistos via streaming ou download. </li></ul><ul><li>Formatos wmv (Windows Media Player), mov (QuickTime), mpeg (QuickTime, Windows Media Player, Real Player) </li></ul><ul><li>Google Video, Grouper, Ourmedia, Podomatic, YouTube </li></ul>
  11. 15. Criar conta no You Tube
  12. 18. <ul><li>Depois que o filme está publicado, ao entramos na página do YouTube, onde ele será exibido, teremos o endereço da página e também o código em linguagem HTML, para publicação em blogs etc. </li></ul>
  13. 19. DICAS PARA FAZER UM BOM VIDEOCAST: <ul><li>Não filmar contra a luz. </li></ul><ul><li>Evitar ambientes muito barulhentos. </li></ul><ul><li>Imagens bem enquadradas e se possível sem serem tremidas. </li></ul><ul><li>Evitar imagens “poluídas” que desviem a atenção de quem estiver a assistir. </li></ul><ul><li>Texto claro e valorização da imagem. </li></ul>
  14. 20. <ul><li>Exercício prático: </li></ul><ul><li>Vamos fazer um vídeocast, como se fosse em directo, sobre a BUTE. O vídeo será publicado no YouTube e nos blogs. </li></ul><ul><li>Informações sobre a BUTE em www.bute.com.pt </li></ul>

×