VI Seminário Saúde e Trabalho - UBM

225 visualizações

Publicada em

VI Seminário Saúde e Trabalho - UBM

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
225
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

VI Seminário Saúde e Trabalho - UBM

  1. 1. VI Seminário Saúde e Trabalho O Enfermeiro do Trabalho na Indústria de Petróleo & Gás Sergio de Carvalho, MSc Mestre em Enfermagem; Consultor Educacional e SMES – Petróleo & Gás; Enfermeiro do Trabalho 6/5/2013, Volta Redonda, RJ, Brasil 2013
  2. 2. 1. Histórico da atividade petrolífera no mundo e no Brasil Petróleo é um hidrocarboneto, formado por 1 átomo de carbono e 4 de hidtogênio, que combinados formam a molé- cula do petróleo, composto de material orgânico de restos de seres vivos que morreram há milhares de anos atrás.  25/3/1819: nascimento do americano coronel Edwin Laurentine Drake, em New York.  Ocupação: ferroviário.  1857: criação da Seneca Oil Company e construção da 1ª- torre de perfuração na Pensilvânia, EUA.  21/8/1859: 1º- extração de petróleo a 21 m de profundidade. Petróleo Brasileiro SA (Petrobras)  Fundação: 3/10/1953  Posição: 7ª- maior companhia de energia do mun do.  Atuação: exploração e produção, refino, comer- cialização, transporte, petroquímica, distribuição de derivados, gás natural, energia elétrica, gás- química e biocombustíveis.  Localização: 25 países, incluindo o Brasil; em 3 desses países (China, Inglaterra e Cingapura), possuímos somente escritórios de representa ção.  Total de servidores: 85.065 empregados.  Plano de negócios 2013-2017: US$ 236,7 bilhões.
  3. 3. Missão: atuar de forma segura e rentável, com responsabilidade social e ambiental, nos mercados nacional e internacional, for- necendo produtos e serviços adequados às necessidades dos clientes e contribuindo pa- ra o desenvolvimento do Brasil e dos países onde atua. Visão 2020: seremos uma das 5 maiores em- presas integradas de energia do mundo e a preferida pelos nossos públicos de interesse. As melhores empresas no Brasil e no mundo 1. Petrobras (Energia) – 20ª- 2. Itaú (Bancário) – 42ª- 3. Bradesco (Bancário) – 45ª- 4. Banco do Brasil (Bancário) – 67ª- 5. Vale (Mineração) – 87ª- 6. Itaúsa (Bancário) – 173ª- 7. CEMIG (Elétrico) – 597ª- 8. Pão de Açúcar (Varejo) – 614ª- 9. JBS (Pecuária) – 656ª- 10. CSN (Siderúrgica) – 671ª-
  4. 4. Compromissos  CENPES investe no desenvolvimento de tecnologia para o cultivo e a utilização das microalgas como matéria-pri- ma alternativa na produção do biodiesel (RJ, Brasil, 2013);  Emissão de menos poluentes com desenvolvendo de projeto parceiro e muita tecnologia para abastecer os ôni- bus com hidrogênio (RJ, Brasil, 2013);  11ª ed. Festa Literária Internacional de Paraty, com homenagem ao escritor Graciliano Ramos (Paraty, RJ, Brasil, 2013);  Nos dias 29 e 30/6/2013, atingimos o recorde de processamento de 2,2 milhões de barris/dia de petróleo em nos- sas refinarias, volume 30 mil barris superior ao recorde diário anterior, atingido em 26/5/2013 (RJ, Brasil, 2013);  Arraiá do São João Carioca (RJ, Brasil, 2013); 2.Atribuições do enfermeiro do trabalho na indústria do petróleo a. Requisitos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente regis trado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em en- fermagem e certificado de conclusão de curso de especialização em nível de pós-graduação em enfermagem do trabalho, reconhecidos pelo MEC; registro no COREN. b. Critérios físicos e psicológicas gerais: boas condições físicas, esta- bilidade psicoemocional e resposta ao stress, boa dicção e facilida- de de comunicar-se via rádio, capacidade de decisão, motivação, gostar de trabalhar em equipe e espírito de liderança. c. Perfil: experiência em UTI ou emergência, enfermagem hiperbárica, enfermagem aeroespacial, trabalho em am- bulância mínimo de 2 anos, ITLS, auditoria e SMS, EMCIA, PESO, RESE, CBSP / SPTW, HUET, PT, espaço confi- nado, PEAT, CIR, DAC, idioma – língua inglesa e informática. d. Atribuições: acompanhar, participar e executar assistência e consulta de enfermagem nos diversos níveis de complexidade, nos acidentes ou agravos à saúde, vinculados ou não a natureza e as condições de trabalho, e a avaliação dos programas e pareceres técnicos de enfermagem na área de saúde ocupacional. e. Renumeração: remuneração mínima de R$ 5.770,31 a R$ 32.147,90.
  5. 5. Jornada de trabalho: onshore – 30h e 40h; offshore – 14 x 14 dias, 14 x 21 dias, 21 x 21 dias, 28 x 28 dias e 35 x 35 di- as (contratos internacionais, é necessário CIR). Observação: somente por processo seletivo público, providas na forma do art. 37, VIII, da Constituição Federal e do Decreto nº- 3.298, de 20/12/1999. Nas empresas terceirizadas seguem os mesmos direitos trabalhistas praticados pela Petrobras. Principais fatores de riscos: sedentarismo; sobre- peso / obesidade; dislipidemia. Principais causas de afastamentos: osteomuscu- lares; transtornos mentais; causas externas. Principais causas de mortalidade: causas exter- nas; doenças cardiovasculares; câncer Promoção da atividade física Promoção da alimentação saudável Avaliação / gestão do stress no trabalho Prevenção e controle de tabaco, álcool e outras drogas Aspectos ligados ao estilo de vida Programa de promoção da saúde Programa de higiene ocupacional e ergonomia Principais fatores de riscos: sedentarismo; sobre- peso / obesidade; dislipidemia Principais causas de afastamentos: osteomuscu- Lares; transtornos mentais; causas externas Principais causas de mortalidade;:causas exter- nas: doenças cardiovasculares; câncer Avaliação dos riscos ambientais - PPRA Avaliação e controle individual - PCMSO Gestão de ergonomia (de concepção e de correção) Avaliação de riscos em viagem a serviço (saúde do viajante) Aspectos ligados ao trabalho
  6. 6.  PB-PG-0V3-00019 – Diagnóstico, registro e acompanhamento de doenças ocupacionais  PB-PG-0V3-00020 – Gestão de higiene ocupacional  PB-PG-0V3-00022 – Gestão de saúde  PB-PG-0V3-00023 – Gestão de ergonomia  PB-PG-0V3-00032 – Promoção da atividade física  PB-PG-0V3-00033 – Promoção da alimentação saudável  PB-PG-0V3-00042 – Gestão do PCMSO  PB-PP-0V3-00007 – Procedimento para implantação do PPRA  PB-PP-0V3-00008 – Estratégia de amostragem de agentes ambientais para o desenvolvimento do PPRA  PB-PP-0V3-00020 – Avaliação nutricional periódica  PB-PP-0V3-00029 – Abordagem e tratamento dos problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas  PB-PP-0V3-00033 – Abordagem e tratamento do fumante  PB-PP-0V3-00037 – Prevenção dos problemas relacionados ao uso de álcool, tabaco e outras drogas  PB-PP-0V3-00038 – Modelo de documento base do PCMSO  PB-PP-0V3-00039 – Critérios de avaliação e recomendação de aptidão para atividades críticas de trabalho  PB-PP-0V3-00044 – Aplicação da ergonomia de concepção e correção  PB-PP-0V3-00022 – Orientações corporativas de saúde para viagens e missões internacionais Manual de gestão de SMES
  7. 7. SMES Classificação dos incidentes reportados à ANP 2008 – 2012 Brasil Fonte: ANP, 2012 Fonte: ANP, 2012 Total de vítimas nas atividades de E&P 2008-2012 Brasil 0 5 10 15 20 25 30 2008 2009 2010 2011 2012 7 8 14 26 0 8 3 3 6 13 Nº- de feridos em incidentes operacionais Nº- de óbitos em incidentes operacionais 0 2 4 6 8 10 12 14 2008 2009 2010 2011 2012 5 5 14 14 00 3 0 7 00 3 1 7 0 10 0 2 4 0 Perfuração offshore Perfuração onshore Produção offshore Produção onshore GENTE É O QUE INSPIRA GENTE

×