Normas para apresentação de trabalhos atualizado

792 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
792
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Normas para apresentação de trabalhos atualizado

  1. 1. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃODE TRABALHOS ACADÊMICOS:de acordo com as normas da ABNT deinformação e documentação São Carlos Março / 2013
  2. 2. OBJETIVO: Durante toda a formação profissional e, também, ao final de um dos ciclosacadêmicos, tanto de nível técnico, de cursos de aprendizagem industrial como degraduação, o aluno é desafiado a desenvolver trabalhos, seguindo as normas daABNT, respeitando o rigor científico necessário a área acadêmica. Estes trabalhos podem ser classificados quanto a trabalhos teóricos depesquisa, projetos de pesquisa coordenados pelo SENAI, como por exemplo, o INOVA(Programa SENAI de inovação tecnológica), além de relatórios técnicos, referentes avisita técnica, diagnóstico industrial, parecer técnico, etc.
  3. 3. NBR 14724:2011 - Informação e documentação - trabalhos acadêmicos – Apresentação;NBR 6023:2002 - Informação e documentação - referências – elaboração;NBR 6024:2012 - Informação e documentação – numeração progressiva das seções de umdocumento – apresentação;NBR 6027:2003 - Informação e documentação - sumário – apresentação;NBR 6033:1989 – Ordem alfabética;NBR 6028:2003 - Informação e documentação - resumos – apresentação;NBR 10520:2002 - Informação e documentação - citações em documentos – apresentação;NBR 15287:2011 – Informação e documentação – projetos de pesquisa – apresentação.
  4. 4. Segundo ABNT NBR 14724:2011, trabalhos acadêmicos são classificados como: Trabalho de conclusão de curso de graduação Trabalho de graduação interdisciplinar Dissertação Tese
  5. 5. REGRAS GERAIS DA APRESENTAÇÃO FORMATODigitados na cor preta, outras cores poderão ser utilizadas somente para asilustrações.Impresso em papel branco ou reciclado , no formato A4 (21cm x 29,7cm)Elementos pré-textuais – digitados no anverso da folhaRECOMENDA-SEElementos textuais e pós-textuais sejam digitados no anverso e verso das folhas.Fonte no tamanho 12 para todo o trabalho, inclusive capa Sugestão: Formatar – Fonte: Arial 12, normal, pretaEXCEÇÕESUtilizar fonte em tamanho menor para:•citações com mais de 3 linhas;•notas de rodapé;•paginação,•legendas das ilustrações e das tabelas.
  6. 6. REGRAS GERAIS DA APRESENTAÇÃOMARGEMAnversoEsquerda e superior de 3 cm;Direita e inferior de 2 cm;VersoDireita e superior de 3cmEsquerda e inferior de 2cm Figura 1: Configuração da página: margens
  7. 7. REGRAS GERAIS DA APRESENTAÇÃOESPAÇAMENTOTodo o texto deve ser digitado com espaço 1,5 entre linhas, no modo justificado.EXCEÇÕEScitações com mais de trêslinhas, notas derodapé, referências,legenda de ilustrações etabelas, ficha catalográficae natureza do trabalho, quedevem ser digitados comespaço simples. Figura 2: Configuração do parágrafo
  8. 8. Regras Gerais da ApresentaçãoPAGINAÇÃOTodas as folhas do trabalho acadêmico, a partir da folha de rosto, são contadassequencialmente, mas não numeradas.A numeração é colocada, a partir da primeira folha da parte textual,em geral, a introdução, em algarismos arábicos, no canto superior direito. Figura 3: Caixa para numeração das páginas
  9. 9. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOPARTE EXTERNA Capa (obrigatório) Lombada (opcional) PRÉ - TEXTUAL Elemento Obrigatoriedade TEXTUAL Folha de Rosto Obrigatório Errata opcional Elemento Obrigatoriedade Folha de aprovação Obrigatório Introdução Obrigatório Dedicatória Opcional Desenvolvimento Obrigatório Agradecimentos Opcional Conclusão Obrigatório Epígrafe Opcional PÓS - TEXTUAL PARTE Resumo na língua ObrigatórioINTERNA vernácula Elemento Obrigatoriedade Resumo em língua Obrigatório Referências Obrigatório estrangeira Glossário Opcional Lista de ilustrações Opcional Apêndice(s) Opcional Lista de tabelas Opcional Anexo(s) Opcional Lista de abreviaturas e siglas Opcional Índice(s) Opcional Lista de símbolos Opcional Sumário Obrigatório
  10. 10. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO ELEMENTOS OBRIGATÓRIOS DE UM TRABALHO ACADÊMICO REFERÊNCIAS TEXTUAIS PÓS -TEXTUAIS CONCLUSÃO DESENVOLVIMENTO INTRODUÇÃO SUMÁRIO RESUMO (Língua estrangeira) RESUMOPRÉ -TEXTUAIS FOLHA DE APROVAÇÃO FOLHA DE ROSTO CAPA EXTERNA PARTE
  11. 11. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOCapa (obrigatório): a) nome da instituição (opcional); b) nome do autor; c) título do trabalho em CAIXA ALTA, centralizado em negrito ; d) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas; e) local (cidade) da instituição, ano.
  12. 12. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO FACULDADE DE TECNOLOGIA E ESCOLA SENAI ANTONIO ADOLPHO LOBBE NOME DO AUTOR TÍTULO DO TRABALHO: subtítulo (se houve) SÃO CARLOS 2013
  13. 13. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOFolha de rosto – anverso (obrigatório): a) nome do autor; b) título do trabalho em CAIXA ALTA, centralizado em negrito; c) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas; d) natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso, etc.), nome da instituição a que é submetido, objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros); e) nome do orientador e, se houver, co-orientador; f) local (cidade) da instituição, ano.
  14. 14. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOFolha de rosto –anverso (obrigatório) NOME DO AUTOR TÍTULO DO TRABALHO: subtítulo (se houve) Projeto de Conclusão de Curso, apresentado a Faculdade SENAI “Antonio Adolpho Lobbe” ao curso de Tecnologia em Fabricação Mecânica, como requisito obrigatório para aprovação na unidade curricular de Projetos. Orientador Prof.: São Carlos 2013
  15. 15. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOFolha de rosto – verso (obrigatório): O verso da folha de rosto deve conter a ficha catalográfica na parte inferior da página. A ficha deve ser elaborada pelo Bibliotecário da Escola e Faculdade, de acordo com o Código de Catalogação Anglo Americano vigente. Castro, Tierry Têmpera e revenido dos aços / Tierry Castro. – São Carlos, 2009. 150 f. ; 27 cm. Trabalho de conclusão de curso apresentado a Escola e Faculdade SENAI Antonio Adolpho Lobbe para obtenção do grau de Tecnólogo em Fabricação Mecânica 1. Ligas metálicas 2. Metalurgia 3. Tratamento térmico I. Spatti, Rogério Augusto II. Título
  16. 16. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOErrata (opcional):Elemento opcional consiste em uma lista onde são apontadas as folhase linhas que contém erros, seguidas das suas devidas correções. ERRATA CIANCONI, Regina. Gestão da informação na sociedade do conhecimento. Brasília: SENAI/DN, 2001. Página Parágrafo Linha Onde se lê Leia-se 06 5º 3ª rivisão revisão 27 6º 4ª publicaao publicação 30 1º 2ª atravez através 35 2º 17ª proceso processo Nota: Apresentada em papel avulso, acrescida ao trabalho depois de impresso
  17. 17. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOFolha de aprovação (obrigatório): a) nome do autor; b) título do trabalho em CAIXA ALTA, centralizado em negrito; c) subtítulo: se houver, precedido de dois-pontos, em letras minúsculas; d) natureza do trabalho (tese, dissertação, trabalho de conclusão de curso, etc.), nome da instituição a que é submetido, objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido e outros) e data de aprovação; e) nome, titulação e assinatura dos membros da banca examinadora e instituição a que pertencem.
  18. 18. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOFolha de aprovação NOME ALUNO(obrigatório): TÍTULO: Subtítulo (se houver) Projeto de Conclusão de Curso, apresentado a Faculdade SENAI “Antonio Adolpho Lobbe” ao curso de Tecnologia em Fabricação Mecânica, como requisito obrigatório para aprovação na unidade curricular Projetos. Orientador Prof.: Aprovado em: _____________________________ Nome Titulação Instituição ____________________________ Nome Titulação Instituição ____________________________ Nome Titulação Instituição SÃO CARLOS 2012
  19. 19. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Dedicatória (opcional):Espaço reservado para que o autor preste sua homenagem ou realize uma dedicatória.Deve ser expressa de forma sóbria e breve.Recomenda-se, dispor os caracteres à direita e nos (2/3) inferiores da página. Modo justificado, com recuo de 7 cm da margem esquerda Aos meus pais Wanderlei e Márcia, pelo carinho e compreensão. Nota: Elemento pré-textual sem título e sem indicativo numérico
  20. 20. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Agradecimentos:Folha onde o autor faz seus agradecimentos para aqueles que contribuíram de maneirasignificativa para o desenvolvimento e elaboração do trabalho.A palavra AGRADECIMENTOS deve figurar no centro da página em caixa alta, sem ponto final. AGRADECIMENTOS Agradeço aos meus pais, aos meus irmãos e amigos o apoio e o incentivo durante a realização deste trabalho. Agradeço aos meus professores e orientadores pela ajuda e dedicação.
  21. 21. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Epígrafe (Opcional):É uma mensagem, seguida de indicação de autoria, relacionada com o tema dotrabalho.Recomenda-se, dispor os caracteres em itálico alinhados à direita e nos (2/3)inferiores da página. O importante da educação não é apenas formar um mercado de trabalho, mas formar uma nação, com gente capaz de pensar. (José Arthur Giannotti)
  22. 22. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Resumo em língua vernácula (Obrigatório): Segundo a NBR 6028:2003, o resumo consiste na apresentação concisa dos pontos relevantes do trabalho, as regras gerais para sua apresentação são:
  23. 23. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOa) o resumo deve ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões do documento;b) deve ser composto de uma seqüência de frases concisas e objetivas e não de enumeraçãode tópicos;c) recomenda-se o uso de parágrafo único;d) a primeira frase deve ser significativa, explicando o tema principal do documento;e) a seguir, deve-se indicar a informação sobre a categoria do trabalho (estudo de caso, análisede situação, etc.);f) deve-se usar o verbo na voz ativa e na terceira pessoa do singular;g) as palavras-chave devem figurar logo abaixo do resumo, antecedidas da expressãoPalavras-chave:, separadas entre si por ponto e finalizada também por ponto;h) devem-se evitar nos resumos: símbolos, fórmulas, equações, citações de outros autores, etc.;i) em sua extensão o resumo deve ter de 150 a 500 palavras.
  24. 24. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO RESUMOO presente trabalho tem como objetivo a utilização do computador como instrumento técnico pedagógicopara o desenvolvimento cognitivo das crianças em uma escola de ensino fundamental em São Caetano doSul. Apresenta também o uso de técnicas computacionais no cotidiano escolar.Palavras-chave: Ensino Fundamental. Computador. Desenvolvimento cognitivo.
  25. 25. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOResumo em língua estrangeira – Abstract (Obrigatório): O resumo em língua estrangeira deve respeitar as mesmas características do resumo em língua nacional. O idioma mais comumente utilizado é o inglês, por ser internacionalmente reconhecido. ABSTRACT Computer utilization as an educational instrument to the children congnitive developement in a scholl located in São Caetano do Sul.It also shows the use of computer tecniques on every day school life. Keywords: Computer. Development congnitive. Education.
  26. 26. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOLista de ilustrações (opcional):Objetivo é identificar os elementos gráficos, na ordem em que aparecem notexto,com cada item designado por seu nome específico, travessão, indicando seutítulo e o número da página em que estão inseridos. LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 - Manipuladores 20 Desenho 1 - Croqui geral 30 Desenho 2 - CLP 34 Figura 2 - Eixo elétrico 41 Desenho 3 - Servo driver 55 Figura 3 - Software supervisório 57 Figura 4 - Leitor de código de barras 66Nota: A identificação de uma ilustração aparece na parte superior, precedida da palavra designativa, seguidade seu número de ordem , travessão e do respeito título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonteconsultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor).
  27. 27. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Lista de ilustrações (opcional):Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipode ilustrações diferentes (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, mapas,organogramas, plantas, quadros, retratos e outros). LISTA DE FIGURAS 1 Manipuladores 20 2 Croqui geral 30 3 CLP 34 4 Eixo elétrico 41 5 Servo driver 55 6 Software supervisório 57 7 Leitor de código de barras 66
  28. 28. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Lista de tabelas (opcional):Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto; com cada item designadopor seu nome específico, acompanhado do respectivo número da página onde seencontra inserido. LISTA DE TABELAS Tabela 1 - Valores Teóricos 24 Tabela 2 - Valores Práticos 28 Tabela 3 - Produção por peça 30 Tabela 4 - Produção em escala 42
  29. 29. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOLista abreviaturas e siglas (opcional):As formas abreviadas de nomes (siglas e abreviaturas) são utilizadas para evitar arepetição de palavras usadas com frequência no texto. O trabalho deve compreenderuma lista própria para siglas, em ordem alfabética e com a indicação por extenso dosignificado de cada termo. LISTA DE SIGLAS ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas CLP Controle Lógico Programável CNC Comando Numérico Computadorizado IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística LED Diodo Emissor de Luz MEC Ministério de Educação e Cultura TCC Trabalho de Conclusão de Curso
  30. 30. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOLista de símbolos (opcional):Elaborada de acordo com a ordem de apresentação dos elementos no texto,acompanhados com os devidos significados. LISTA DE SÍMBOLOS ABC momentos principais de inércia do rotor sobre os eixos x,y,z do rotor, respectivamente. N velocidade de rotação do eixo do rotor relativa a carcaça S operador Lapiaceano.
  31. 31. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICOSumário (Obrigatório): o último elemento pré-textual Para a elaboração do sumário deve-se consultar a NBR 6027:2012: Informação e documentação - Sumário - Apresentação. •Deve iniciar no anverso de uma folha, concluído no verso, se necessário; •Os elementos pré-textuais não devem aparecer no sumário; •A paginação deve ser apresentada à margem direita, e os indicativos das seções à esquerda; •A palavra sumário deve ser centralizada e com o mesmo tipo de fonte utilizada para as seções primárias; •Recomenda-se utilizar a mesma apresentação tipográfica utilizada nas seções do documento para indicar a subordinação dos itens do sumário.
  32. 32. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO SUMÁRIO1 INTRODUÇÃO 122 DESCRITIVO 132.1 Descrição do processo de controle 142.2 Transportador de entrada 152.3 Recursos e materiais 202.4 Controlador lógico programável 212.5 Projeto elétrico 222.5.1 Memorial de calculo do circuito elétrico 242.6 Projeto da interface dos sensores 253 CONCLUSÃO 35 REFERÊNCIAS 36 APÊNDICE A – Esquema elétrico 1 37 APÊNDICE B – Avaliação numérica 38 ANEXO A – Data sheets dos componentes 39
  33. 33. Elementos Textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão
  34. 34. Elementos Textuais Apresentação e Introdução justificativa da pertinência e relevância da pesquisa Fornecer Situar o trabalho informações para no tempo e no compreensão de espaço objetivo
  35. 35. Introdução Metodologia Justificativa • Tipo de pesquisa realizada – bibliográfica, experimental, estudo de caso • Corresponde a defesa do tema Problema e/ou hipótese Objetivos gerais e específicos da pesquisa
  36. 36. Desenvolvimento Interpretação de resultados Coleta de dados Tipos de pesquisa Métodos
  37. 37. Desenvolvimento
  38. 38. Desenvolvimento  a partir da margem esquerdaNotas de Rodapé  digitação entre as margens  separação do texto com espaço simples e filete de 3 cmNo texto:Espera-se, desta forma, contribuir para que toda a equipe envolvidadiretamente com o TCC – professores, orientadores, biblioteca, estudantespesquisadores e a coordenação do TCC.¹No rodapé:__________¹ Estão incluídos nesta equipe os acadêmicos convidados para participar das oficinasorganizadas e da Banca Examinadora
  39. 39. Desenvolvimento Indicativos de seção É o número ou grupo numérico que antecede cada seção do documento. Seção é a parte em que se divide o texto de um documento Regras Gerais: a) São empregados algarismos arábicos na numeração; b) O indicativo de seção é alinhado à margem esquerda, precedendo o título, dele separado por um espaço; c) Deve-se limitar a numeração progressiva até a seção quinária; d) O indicativo das seções primárias deve ser grafado em números inteiros a partir de 1; e) Os títulos das seções primárias, por serem as principais divisões de um texto, devem iniciar em folha distinta (anverso), na parte superior da mancha gráfica e ser separados do texto que os sucede por um espaço entre as linhas de 1,5.
  40. 40. DesenvolvimentoIndicativos de seçãoRegras Gerais: f) Não se utiliza ponto, hífen, travessão ou qualquer sinal após o indicativo de seção ou de seu título; g) Se necessário, destaca-se os títulos de seções utilizando os recursos de negrito, itálico ou grifo redondo, caixa alta versal; h) Utilizando os recursos de negrito, itálico ou grifo e redondo, caixa alta versal e outros devem ser idênticos no sumário e no texto; i) O texto deve iniciar-se após 1 espaço de 1,5 entrelinhas; j) Todas as seções devem conter um texto relacionado a elas; k) Na leitura oral não se pronunciam os pontos, exemplo: 2.1.1 – lê-se dois um um; l) Títulos sem indicativo numérico – elementos pré e pós-textuais, devem ser centralizados e com o mesmo destaque tipográfico das seções primárias; m) Elementos sem títulos sem indicativo numérico – folha de aprovação, a dedicatória e a epígrafe.
  41. 41. DesenvolvimentoIndicativos de seção Seção Seção Seção Seção Seção primária secundária terciária quaternária quinária 1 1.1 1.1.1 1.1.1.1 1.1.1.1.1 2 2.1 2.1.1 2.1.1.1 2.1.1.1.1 3; 3.1; 3.1.1; 3.1.1.1; 3.1.1.1.1;
  42. 42. DesenvolvimentoAlíneas Enumerar diversos assuntos de uma seção que não possui título Devem terminar em ponto e vírgula, exceto a última que termina em ponto Regras Gerais: a)o trecho final do texto correspondente, anterior às alíneas, termina em dois pontos; b)as alíneas são ordenadas alfabeticamente; c)as letras indicativas das alíneas apresentam recuo em relação à margem esquerda; d)o texto da alínea começa por letra minúscula e termina em ponto e vírgula, exceto a última que termina em ponto e, nos casos em que se seguem subalíneas, estas terminam em vírgula; e)a segunda e as seguintes linhas do texto da alínea começam sob a primeira letra do texto da própria alínea.
  43. 43. DesenvolvimentoSiglas Na primeira vez que surgem no texto: forma completa do nome precede a sigla Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) Trabalho de Conclusão de Curso (TCC)
  44. 44. DesenvolvimentoEquações e Fórmulas Para facilitar a leitura:  Devem ser destacadas no texto  Numeradas com algarismos arábicos entre parênteses x²+y² = z² (1) (x²+y²)/5= n (2)  Pode ser usado espaço duplo para comportar expoentes, índices e outros
  45. 45. DesenvolvimentoIlustrações  Tipos de ilustrações: • Desenhos • Esquemas • Figuras • Fluxogramas • Fotografias • Gráficos • Mapas • Organogramas • Plantas • Quadros • Tabelas e outros
  46. 46. DesenvolvimentoIlustrações Figura 1 - PinguinsIDENTIFICAÇÃO LEMBRETE:parte o tamanho da fontesuperior, precedi deve ser menor e ada da palavra ilustração deve serdesignativa, segu citada no texto eida de seu inserida o maisnúmero de próximo possívelordem de do trecho a que seocorrência no refere.texto, emalgarismoarábicos, travessão e dorespectivo título. Fonte: Próprio autor (2012)
  47. 47. DesenvolvimentoTabelas e Quadros Elemento opcional Tabela é a ilustração com dados estatísticos numéricos; os lados esquerdo e direitosão abertos, as partes superior e inferior são fechadas. Devem conter título por extenso, inscrito no topo da tabela para indicar a natureza eabrangência do seu conteúdo digitado em fonte arial tamanho 10.Deve-se citar a fonte de onde foi extraído os dados mesmo sendo do próprio autor. Tabela 2 – Exportações e importações brasileiras de açaí 1998-2001 Produção de ANO açaí 1998 1999 2000 2001 (toneladas) Exportações 16,7 18,6 268,9 1814,4 Importações 2.428,8 1.820,7 287,2 252,5 Fonte: Freitas (2003, p. 12)
  48. 48. DesenvolvimentoTabelas e Quadros Quadros apresentam informações qualitativas: texto Os quatro lados dos quadros devem ser fechados Podem ser entendidos como figura ou ilustração utilizada para a apresentação deinformações Quadro 1 – As funções do centro conforme segmentoSEGMENTO MISSÃOProdutos Assegurar elevada qualidade para os técnicos formados de modo que eles possam contribuir decisivamente para o desenvolvimento das empresas.Serviços Garantir, quantitativa e qualitativamente, os serviços prestados, de forma que os mesmos, atendendo as necessidades das empresas, satisfaçam plenamente as exigências dos clientes.
  49. 49. Conclusão Abordagem de itens apresentados pelo autor ao longodo trabalho Retomada de objetivos que justificam a pesquisa Indicação dos resultados relevantes Resposta de questionamentos realizados no ínicio dotrabalho
  50. 50. CITAÇÃODe acordo com a ABNT, NBR 10.520:2002Informação e documentação – citações em documentos – apresentaçãoCitação é a menção de uma informação extraída de outra fonte.
  51. 51. Citação Direta Citação direta é quando setranscreve exatamente as palavras deoutro autor consultado, conservando-sea grafia, pontuação , uso de maiúsculase idioma
  52. 52. Citação DiretaAs citações diretas no texto de até três (3) linhas devem estar contidas entre aspas duplas,indicando o sobrenome do autor, data e a página.
  53. 53. Exemplo de Citação Direta (com até 3 linhas)A usinagem a alta velocidade (HSC) utiliza uma velocidade decorte que induz a uma temperatura suficientemente elevadapara reduzir as propriedades mecânicas do material, tornando-o, mais fácil de usinar, portanto “a usinagem em alta velocidadedepende do material a ser usinado e da ferramenta de corte,que tem que suportar temperaturas mais altas” (SCHMIDT,1999, p. 207).
  54. 54. Citação Direta As citações diretas com mais detrês (3) linhas devem ser destacadascom recuo de 4 cm da margemesquerda, com letra menor que a dotexto utilizado e sem as aspas edigitadas em espaço simples.
  55. 55. Exemplo de Citação Direta (com mais de 3 linhas)No Brasil a automatização da indústria é bem recente, e atualmente aindústria brasileira está diante de problemas de competição internacionaldevido à facilidade de ingresso de produtos estrangeiros, estimulado pelaglobalização da economia. Neste contexto Rosário diz que: O consumidor também passou a exigir maior qualidade dos produtos, razão pela qual a produtividade e a qualidade passaram a figurar como alvos dos sistemas produtivos e são entendidas hoje como a única forma de obter competitividade e sobreviver em um mercado livre, em que o consumidor é a figura principal. Diante desta situação, a manufatura ocupa lugar de destaque nesse ambiente e automação se constitui em um meio de obter qualidade e produtividade. (2005, p. 30)
  56. 56. Citação Indireta Citação indireta é aquela redigida pelo autor baseado naobra de outro autor, consistindo em transcrição não textualda(s) ideia(s) do autor consultado. Indicar apenas a data, não havendo necessidade deindicação da página e uso de aspas.
  57. 57. Exemplo de Citação IndiretaConforme afirma Cruz e Ribeiro (2004) ao redigir a introduçãode uma monografia é necessário ter a certeza de que o temase encontra de acordo com as inclinações, possibilidades etendências daqueles que se propuseram a desenvolver apesquisa.
  58. 58. Exemplo de Citação IndiretaO conceito de controle automático é definido pela teoria decontrole, sendo abordado por muitos autores, tais como Kuo(1982), Distefano (1978), Ogata (1986), Castrucci (1990),Hunter (1987), segundo a qual o elemento de ajuste realiza asdevidas correções de parâmetros internos do sistema, a fimde obter a saída desejada. Cabe ressaltar que o elemento deajuste atua sem intervenção humana.
  59. 59. Citação de Citação É a citação direta ou indireta de um texto que se temacesso por meio de terceiros, ou seja, citação de um textoem que não se teve acesso ao original. Ex: (SCHMIDT, 1997 apud ZANARDI, 2002, p. 16)
  60. 60. Exemplo de Citação de Citação Conector é um componente que dá continuidade elétrica e resistência mecânica ao circuito, promovendo a conexão de trechos de cabos nas emendas e criando ligação entre o cabo e a linha área, barramento, máquinas, etc.. (SCHMIDT, 1997 apud ZANARDI, 2002, p. 16).
  61. 61. SISTEMA DE CHAMADA As citações devem ser indicadas no texto por um sistemade chamada: numérico ou autor-data.
  62. 62. Sistema Autor-data Sistema autor-data onde a indicação da fonte é feita pelosobrenome de cada autor seguido da data de publicação dodocumento e da página da citação, no caso de citação direta,separada por vírgula e entre parênteses EX. (MONTERADO, 1978, p. 187)
  63. 63. Exemplo Sistema Autor-dataNo texto:“O que lhe faltou de sério na vida guardou-o para a arte”.(MONTERADO, 1978, p. 187)Na lista de referências à indicação bibliográfica aparece porordem alfabética de sobrenome do autor.MONTERADO, Lucas de. História da arte: com um apêndicesobre as artes no Brasil. 2. ed. São Paulo: LTC, 1978.
  64. 64. ELEMENTOS PÓS-TEXTUAISSão elementos complementares localizadosna última parte do trabalho, com o objetivo deajudar na compreensão das ideiasapresentadas ao longo do texto.
  65. 65. ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS ÍNDICE GLOSSÁRIO ANEXOS APÊNDICES PÓS -TEXTUAISREFERÊNCIAS
  66. 66. ReferênciasLista de referências: todas as publicações de onde foramextraídos dados, figuras, tabelas, textos, etc.Devem ser referenciadas todas as fontes de informaçãoindependente de seu formato: livros, revistas, artigos,páginas de Internet, e-mail, etc.
  67. 67. ReferênciasOrdenadas alfabeticamente Alinhadas a esquerda Espaço simples Separadas entre si com espaço simples em branco
  68. 68. Referências - exemplosASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR10520: informação edocumentação: citações em documentos: apresentação. Rio de janeiro, 2002.CAPUANO, Francisco Gabriel; IDOETA, Ivan V. Elementos de eletrônica digital.28. ed. São Paulo: Érica, 1998. 528 p.MATEUS, César Augusto. C++ Builder 5: guia prático. 2. ed. São Paulo: Érica,2000.101 p.SILVA,M.M.L. Crimes da era digital. NET, Rio de Janeiro, nov. 1998. Seção Ponto deVista. Disponível em: <http://www.brazilnet.com.br/contexts/brasilrevistas.htm>.Acesso em: 28 nov.1998.URANI, A. et al. Constituição de uma matriz de contabilidade social para oBrasil. Brasília: IPEA, 1994. 101 p.
  69. 69. ApêndicesTexto ou documento elaborado pelo autor, recurso é paracompletar sua argumentação, ilustrar ou documentar dados eou informações contidos no trabalho.EXEMPLOAPÊNDICE A – Avaliação numérica de células inflamatórias
  70. 70. AnexosSua função é complementar o conteúdo do texto.Não são de autoria do responsável intelectual do trabalho.EXEMPLOANEXO A – Representação gráfica de contagem de célulasinflamatórias presentes nas caudas em regeneração
  71. 71. GlossárioLista de termos de uso específico (termos técnicos da área),em ordem alfabética acompanhados pelas respectivasdefinições, cujo objetivo visa facilitar a compreensão do texto.
  72. 72. ÍndiceLista de palavras ou frases ordenadas, segundo determinadocritério, que localiza e remete às informações contidas dotexto.Elaborado conforme a ABNT NBR 6034.
  73. 73. Acesse: Manual de Trabalhos Acadêmicos Obrigada!

×