Ambiental - SENAI+competitividade

772 visualizações

Publicada em

2º Workshop Internacional SENAI

- Ambiental

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
772
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ambiental - SENAI+competitividade

  1. 1. SENAIsc:Atendendo os novos desafiosda Indústria Catarinense
  2. 2. Contexto
  3. 3. Brasil precisa ser mais competitivo Posição País 2011 Ranking de 1º Suíça competitividade 2º Cingapura global do 3º Suécia 4º Finlândia Fórum 5º Estados Unidos Econômico 6º Alemanha Mundial (WEF) 26º China 53º Brasil 142 países 56º Índia 66º RússiaFonte: The Global Competitiveness Report 2011 – 2012 - http://www.weforum.org
  4. 4. Brasil precisa ser mais competitivo Ranking de competitividade global do Fórum Econômico Mundial (WEF) Posição Brasil Quesitos 10º Maiores mercados internos 31º Sofisticado ambiente de negócio 57º Educação superior 64º Infraestrutura 83º Eficiência do mercado de trabalho 87º Saúde e educação primáriaFonte: The Global Competitiveness Report 2011 – 2012 - http://www.weforum.org
  5. 5. Brasil precisa ampliar sua produtividade Crescimento médio anual da produtividade entre 2000 e 2008 Coreia do Sul 7,4% China 5,2% Estados Unidos 4,6% México 2,7% Brasil 0,9%Fonte: Revista Exame. Edição 989, nº 6, pag. 39
  6. 6. Brasil possui Economia baseada em transição para Inovação 28 países 18 países 35 países 37 países 24 países China Argentina Alemanha Bolívia Angola Colômbia Brasil EUA Índia Paraguai Peru México Finlândia Nigeria Venezuela África do Sul Rússia Reino Unido Singapura TaiwanFonte: The Global Competitiveness Report 2011 – 2012 - http://www.weforum.org
  7. 7. Brasil precisa ampliar o “valor” de suas exportações Classificação dos Países segundo PIB 2010 (trilhões de dólares) 1º Estados Unidos 14.6 2º China 5.8 3º Japão 5.5 4º Alemanha 3.3 5º França 2.5 6º Reino Unido 2.2 7º Brasil 2.1 8º Itália 2.0 9º Índia 1.7 10º Canadá 1.5Fonte: www.worldbank.org
  8. 8. Brasil precisa ampliar o “valor” de suas exportações Parcela de cada País na Produção Mundial 84%Fonte: Ref. Tseng M., 2003, CIRP
  9. 9. Brasil precisa ampliar o “valor” de suas exportações Comércio Externo Brasil x China - 2010 Custo por tonelada US$ 3.050,00 importada da China Custo por tonelada US$ 163,73 exportada para a ChinaFonte: Alice Web, MDIC, Brasil, 2010. Consulta em 10/02/2011. US$ FOB
  10. 10. No Brasil, Indústria e Academia devem se aproximar 45.000 38.8 mil Mestrados 2009 40.000 35.000 30.000 25.000 20.000 15.000 11.4 mil Doutorados 2009 10.000 5.000 0 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08 09Fonte: Sandoval Carneiro Jr., “The Missions of CAPES with Emphasis on International Cooperation”, CAPES/FIPSE Consortia Directors Meeting, Florianópolois, 24th September, 2010
  11. 11. CAPES Avaliações de 2007 e 2010 Crescimento: 35,3% (Cursos) Crescimento: : 31,3% 116 157 672 512 2007 2010 2007 2010 Crescimento: : 20,8% Crescimento: : 14,9% 3394 4099 2190 2007 2010 1906 2007 2010 Crescimento: : 29,8% 208 270 2007 2010 Crescimento: : 24,2% 652 810 2007 2010 D:1420 - M:2435 - MP:244 = 4099Fonte: Lívio Amaral, CAPES Evaluation, November 2010
  12. 12. No Brasil, Indústria e Academia devem se aproximar Engenheiros Engenheiros Engenheiros X por 100 mil formados em Universitários habitantes 2006 formados em 2006 China 25 400 mil 38% Coréia 25 80 mil 30% Índia 22 300 mil 21% Brasil 6 30 mil 10%Fonte: Revista Veja (http://veja.abril.com.br/191207/p_144.shtml)
  13. 13. No Brasil, Indústria e Academia devem se aproximarFonte: Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), MEC, INEP, Censo da Educação Superior e CAPES.
  14. 14. Lançamento da EMBRAPII • Gestão privada • Credenciará instituições de pesquisa e tecnologia • Aproximar Indústria e Academia • Piloto em 2012 e 2013 • SENAI • Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT) • Instituto Nacional de Tecnologia (INT) • Moldes do Instituto FraunhoferFonte: http://www.senai.br/br/Noticias/snai_not_ul_det.aspx?id=1373
  15. 15. Plano Brasil Maior • Plano de incentivo e fortalecimento à indústria nacional • Engloba ações e medidas para o incentivo ao comércio exterior e ao setor de comércio e serviçosFonte: http://www.brasilmaior.mdic.gov.br
  16. 16. ConclusõesPara garantir a Competitividade, a Indústriabrasileira precisa:- Inovar em processos, produtos e modelo de negócio- Aumentar a produtividade- Aumentar a eficiência da gestão empresarial- Desenvolver e aprimorar competências- Ter acesso as novas tecnologias
  17. 17. ObjetivosEnvolver todos os colaboradores do SENAI/SC paradesenvolver ações que:• Apoiem a competitividade e inovação nas indústrias• Sirvam como indutores tecnológicos para determinados setores da indústria catarinense• Otimizem e criem processos inovadores para o SENAI/SC• Criem produtos inovadores (STT e EP) para o SENAI/SC• Desenvolvam competências inovadoras e empreendedoras nos alunos do SENAI/SC, com foco no atendimento ao setor Industrial
  18. 18. Modelo SENAI+Competitividade Fonte: Reunião de Alinhamento CNI, Presidentes de Federação e Dirigentes SESI, SENAI e IEL – 01-06-2011
  19. 19. Duplicação de MatrículasMatrículas em EP 2010 85.816Matrículas Totais previstas em 2014 171.632
  20. 20. Workshops Tecnológicos Temáticos Metalmecânica (Joinville) Ambiental e Têxtil (Blumenau 26 e 27/out) Alimentos (Chapecó 23 e 24/nov)
  21. 21. Escola Profissional do Futuro
  22. 22. Academia SENAI GESTÃO EDUCAÇÃO SERVIÇOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS Itinerário Itinerário Itinerário Formativo Formativo Formativo Desenvolvimento Formação Comportamental Desenvolvimento pedagógica básico Ferramentas de Formação Gestão técnica Desenvolvimento específico DiretoresCoordenadores de Núcleos Coordenadores de Curso Técnicos Consultores Gestores de Projetos Especialistas de ensino CERTIFICAÇÕES
  23. 23. Desenvolvimento deCR e CTAP Metalmecânica Alimentos Joinville Jaraguá do Sul Automação Eletroeletrônica Blumenau Chapecó Itajaí Ambiental Logística Vestuário Florianópolis Direção Regional TIC Criciúma Materiais
  24. 24. Portal SENAI+Competitividade

×