Sustentabilidade nos negócios

2.500 visualizações

Publicada em

“Sustentabilidade nos negócios”, com Cleide Goy


Discorrendo sobre o conceito de sustentabilidade e do desenvolvimento sustentável, são destacadas iniciativas e práticas – com exemplos de cases reais – de sustentabilidade nos negócios.

Para mais informações sobre o evento "Espaço Sustentabilidade em Ação", acesse http://j.mp/uaYvyo

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.500
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.139
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
65
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sustentabilidade nos negócios

  1. 1. cleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br Cleide Goy – 20/10/2011
  2. 2. cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  3. 3. cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  4. 4. Fonte: Informações disponíveis em http://www.viradasustentavel.com/site/ Fonte: Detalhes das reportagens disponíveis em http://www.temmais.com/blog/sustentabilidade/Default.aspxcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  5. 5. Fonte: http://www.swu.com.br/ Fonte: http://www.sustentar.net/ Fonte: Imagens capturadas nos sites das revistas destacadascleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  6. 6. Filantropia Ações pontuais Exposição na mídia Investimento em RS sem retorno mensurávelcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  7. 7. “RSE - Responsabilidade social empresarial é a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais que impulsionem o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade OSCIP (organização da sociedade e promovendo a redução das civil de interesse público). desigualdades sociais.” Fonte: http://www1.ethos.org.br/EthosWeb/pt/29/o_que_e_rse/o_que_e_rse.aspxcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  8. 8. RESPONSABILIDADE SOCIAL AÇÕES SOCIAIS INVESTIMENTO EMPRESARIAL Filantropia SOCIAL Alinhamento estratégico PRIVADO com o negócio da empresa e Projeto Social relacionamento com os stakeholderscleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  9. 9. Fonte: Consumo insustentável: as novas regras do jogo – Consumidor Moderno junho/2010cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  10. 10. Fonte: Imagem presente no Blog Naturalmente Ambiental – Disponível em http://naturalmente-ambiental.blogspot.com/2011/06/gestao-para-sustentabilidade-das.htmlcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  11. 11. Fonte: ECODEBATE – Cidadania & Meio ambiente – Disponível em http://www.ecodebate.com.br/2009/04/07/usinas-termeletricas-mais-poluentes-rejeitadas-no-sudeste-sao-programadas-para-o-nordeste/cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  12. 12. Só com luzes e brilho... sem ações!!! Fonte: ECO4u – Indústria brasileira mais verde – Disponível em http://eco4u.wordpress.com/tag/certificacao-ambiental/cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  13. 13.  Estudo “O valor sustentável – A gestão da sustentabilidade nas empresas”, elaborado pela DOM Strategy Partners, que avaliou 108 empresas, entre as 500 maiores empresas do Brasil, destacou as 10 “inconsistências” da sustentabilidade corporativa: 1 – Não inserir sustentabilidade no “Core Business” 2 – Ausência de realismo (“camuflar-se” com a filantropia) 3 – Incompatibilidade entre temas sustentáveis & “stakeholders” 4 – Não entender de forma integrada os pilares do “Triple Bottom line” 5 – Não entender o impacto sistêmico do entorno 6 – Inconsistência de governança 7 – Falta de mensuração das iniciativas 8 – Comunicação oportunista ou ineficiente 9 – Visão e valores dispersos e desalinhados 10 – “Miopia” na inserção de sustentabilidade nos negócios Fonte: Daniel Domeneghetti – “O real valor verde” - Consumidor Moderno dez/jan2010 cleidegoy@novainteracao.com.br cleidegoy@novainteracao.com.br www.novainteracao.com.br www.novainteracao.com.br
  14. 14. Fonte: A arte de um dia de chuva – Disponível em http://iso5150.wordpress.com/tag/gota/cleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  15. 15. Fonte: Clip-art Office on linecleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  16. 16. ABORDAGEM DESCRIÇÃO EXEMPLOS Exigências legais Práticas que visam o Reflorestamento atendimento da legislação ambiental Ganho de imagem e Valorização e engajamento de “abraçar causas” dos grupos reputação junto aos todos os grupos de interesse de interesse consumidores “Marketing verde” Crescimento e Financiamentos junto a geração de empregos desenvolvimento sustentável instituições financeiras e formação mão de obra local aprovações de órgãos melhora em indicadores governamentais e captura de sociais benefícios fiscais Sustentabilidade nos Negócios Sustentabilidade é visto como Mudanças na cultura e no uma oportunidade de negócio processo produtivo. e levada ao centro da estratégia da empresacleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  17. 17. A definição da ONU, em 1987, onde esse termo surgiu pela primeira vez, diz o seguinte: “É o desenvolvimento que procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades” Simplificando: Ser sustentável é se preocupar de fato com o futuro! É saber que cada ação individual neste exato instante traz um impacto no futuro de todos!Fonte: Clip-Art Office - Mercado Ético - Sustentabilidade de A a Z – Disponível em http://mercadoetico.terra.com.br/sustentabilidade-de-a-a-z/cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  18. 18. cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  19. 19. Fonte: Imagens Google ATENÇÃO! O crescimento econômico - depende do consumo crescente de energia e recursos naturais. Esse tipo de desenvolvimento tende a ser insustentável... pois leva ao esgotamento dos recursos naturais dos quais a humanidade depende.cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  20. 20. CRESCIMENTO PROTEÇÃO OPERAÇÃOFonte: SmartArt + imagens Googlecleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  21. 21. Idéia central do livro: a capacidade de aprender mais rápido que os 16ª Edição concorrentes é a única vantagem  “revolucionou a forma de gestão das empresas” na década de 90 competitiva sustentável a longo prazo. Fonte:http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=3240918&sid=1871172791391764641235753cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  22. 22. “Sustentabilidade é o ponto de intersecção entre os negócios e os interesses da Lançado em 2007 sociedade e do Livro escrito em duas partes: 1ª) Imperativo da Sustentabilidade planeta” 2ª) Como a Sustentabilidade pode funcionar a favor das empresas Andrew Savitz  apresenta uma espécie de guia para a transformação de Consultor Geral sobre assuntos ambientais da Câmara dos Deputados EUA uma empresa comum em uma organização socialmente responsável, sem abrir mão de sua lucratividade. Fonte: http://www.livrariacultura.com.br/scripts/busca/busca.asp?palavra=a+empresa+sustent%C3%A1vel&tipo_pesq=&tipo_pesq_new_value=false&tkn=0cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  23. 23. cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  24. 24.  John Elkington - discute a Sustentabilidade Corporativa a mais de 30 anos, criou a conceituadíssima ONG SustainAbility é criador do conceito mundialmente famoso: Triple Bottom Line (os três pilares que devem nortear a gestão empresarial: social, econômico e ambiental) Fonte: http://www.sustainability.com/team/john-elkingtoncleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  25. 25. O trabalho com o CAPITAL AMBIENTAL E SOCIAL só traz resultados efetivos quando o CAPITAL HUMANO da empresa – seus executivos, colaboradores, clientes, comunidade do entorno – estiverem alinhados na Fonte: Google imagens mesma mentalidade e postura.cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  26. 26. Fonte: Google imagenscleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  27. 27. Fonte: Google imagenscleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  28. 28. Fonte: Clip-Art Officecleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  29. 29. Fonte: Google imagenscleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  30. 30. “Os líderes mais destacados são, de fato, indivíduos que sentem, pensam e agem “fora da caixa”. Entrevistei 10 presidentes reconhecidos pela atuação no tema da sustentabilidade: 1 - Fábio Barbosa – (Conselho Santander) 2- Guilherme Leal (Natura) 3- Luiz Ernesto Gemignani (Promon) 4- Franklin Feder (Alcoa) 5- Paulo Nigro (Tetra Pak) 6 - Miguel Krigsner (O Boticário) 7 - Kees Kruythoff (Unilever) 8 - José Luciano Penido (Fibria) 9 - Héctor Nuñez (ex-Walmart) e 10 - José Luiz Alquéres (ex-Light). Fonte: Ricardo Voltolini – Idéia Sustentável – www.ideiasustentavel.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  31. 31. Fonte: Google imagens CONSULTA HSM - SUSTENTABILIDADE http://br.hsmglobal.com/editoriais/categoria/sustentabilidadecleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  32. 32. 1- Identificar o posicionamento da empresa através do mapeamento nos eixos Lucratividade e Benefício Social 2 - Desenvolver uma estratégia para a sustentabilidade 3 - Implementar o programa de sustentabilidade 4 - Definir uma estrutura de governança para a sustentabilidade). 5 - Desenvolver um plano de engajamento com stakeholders 6 - Medir e reportar avanços 7 - Criar uma cultura para a sustentabilidade Fonte: Ricardo Voltolini – Idéia Sustentável – www.ideiasustentavel.com.br e Livro Líderes Sustentáveiscleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  33. 33. cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  34. 34. Fonte: Google imagenscleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  35. 35. Em março 2010 a empresa iniciou a estratégia de retirar os produtos tradicionais de 500 ml, 1 litro e 1,5 litro do canal varejo direto. A migração do produto tradicional para o concentrado representa: 78% de redução no uso de água na formulação do produto – o equivalente a 30,5 piscinas olímpicas por ano; 37% de redução do consumo de plástico para a produção da embalagem e 37% de redução da quantidade de resíduo sólido no pós- consumo. No transporte, gera 63% de redução do consumo de papel na caixa de papelão usada no transporte do mesmo e 71% de redução das emissões de CO2 atrelados ao transporte do produto. “É papel da empresa trabalhar essa No ponto de venda, representa uma rentabilidade de 60% mudança para que o consumidor nos espaços das gôndolas. perceba que tem o mesmo produto, rendimento, resultado e qualidade, mas usa menos água, menos plástico, entre outros.” Fonte: http://www.unilever.com.br/cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  36. 36. Fonte: www.walmartbrasil.com.br/sustentabilidadecleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  37. 37. Antes:  Nenhum programa de investimento ambiental  Nenhuma avaliação de risco ambiental da operação  Alguns projetos sociais esparsos, investimento social desconectado do negócio Decisão:  Incorporar dentro da estratégia da empresa – Objetivo: “Liderar em responsabilidade social e ambiental” Resultado:  Após 3 anos , o Walmart foi eleito pela revista Exame como a empresa mais sustentável do ano de 2009cleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  38. 38. Fonte: http://scf.natura.net/NaturaESociedadecleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  39. 39. http://www.dpaschoal.com.br/SERDPaschoal.aspx?utm_source=google_posclique&utm_medium=cpc&utm_campaign=Hora_Marcada_institucionalcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  40. 40. Fonte: http://sustentabilidade.bancoreal.com.br/default.aspx Veja mais em: www.bancoreal.com.br/sustentabilidade/cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  41. 41. Fonte: http://www.grupopaodeacucar.com.br/responsabilidade-socioambiental/iniciativas-de-responsabilidade-socioambiental.htmcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  42. 42. cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  43. 43.  Sustentabilidade é uma oportunidade de negócio e um vetor de inovação  É preciso concretizar desde o início com ações de impacto  Não existe unanimidade  Consciência da alta direção da empresa  Sozinho não se faz nada  Pense grande, mas comece pequeno  É preciso ter visão sistêmica  Dilemas vão existir, mas não podem ser ignorados  Sonhe com o impossívelcleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  44. 44. Fonte: As meta do Milênio da ONU – Disponível em http://www.institutoatkwhh.org.br/compendio/?q=node/19cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br
  45. 45. OBRIGADO!cleidegoy@novainteracao.com.brcleidegoy@novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.brwww.novainteracao.com.br

×