Encontro Empresarial
A organização nas nossas vidas
O que é a organização
De onde surgiu
Para onde vai
Vários estudos e muitas teorias, há mais...
O que a organização
O conceito de instituição extrapola as fronteiras da organização, apesar
do relacionamento intrínseco ...
Conceitos de organização
“Unidades planejadas, intencionalmente construídas e reconstruídas, a
fim de atingir objetivos es...
A organização
como máquina
Pressuposto de que as relações humanas e o trabalho
podem ser padronizados.
Visão predominante ...
A organização
como cérebro
Pressuposto de que a organização processa informações,
aprende e é inteligente.
Visão predomina...
A organização como organismo
Pressuposto de que a organização é um organismo vivo
e pertence a um sistema mais abrangente ...
A organização
como cultura
Pressuposto de que a organização é um organismo vivo
e pertence a um sistema mais abrangente (a...
A organização como pessoa
A organização como pessoa
As organizações, assim como as pessoas, possuem
corpo e alma.
- Elementos mais concretos de uma ...
Corpo
O corpo da organização é o
conjunto dos elementos
básicos, mais físicos e visíveis,
que é responsável por sua
compos...
A estratégia modelando o corpo
O corpo físico da organização
é modelado a partir de uma
estratégia, que pode ser
entendida...
Pessoas
Tudo na organização depende das pessoas.
Elas são a “inteligência” que cria e transforma o corpo
da organização e ...
Estrutura
Corresponde ao corpo físico, que possui órgãos com funções
específicas para garantir a vida e o funcionamento do...
Tarefas
As unidades mais elementares de atividade na
organização.
Tecnologia
É bem difícil separar a tecnologia da organização,
assim como é difícil separar a “tecnologia” existente
no pró...
Alma
• Cultura Organizacional
A alma da organização é
tudo aquilo que
extrapola o que se pode
ver diretamente.
Faz relação...
Cultura
Organizacional
Encontramos nas definições mais conhecidas de cultura
a questão do “compartilhar” ou do “como fazem...
Os níveis de cultura
Processos e estruturas
organizacionais visíveis
Artefatos
Crenças e valores expostos
Suposições básic...
Valores Organizacionais
Princípios ou crenças que orientam a vida da empresa e
estão a serviço de interesses individuais, ...
A relação entre Tipos de Culturas com os
Valores Organizacionais
Empresa de Tecnologia 1
Brasileira
Empresa de Tecnologia ...
Ciclo de Vida das Organizações
Saúde, doenças e vícios
Doenças relacionadas à estrutura física da organização,
como o excesso de gordura e peso, a obesid...
Saúde, doenças e vícios
Podemos afirmar que a saúde organizacional depende de
aspectos físicos, mentais, financeiros e soc...
Cada
organização
é única!
Por serem organismos vivos, as organizações são únicas, assim como
as pessoas.
Por isso, é sempr...
Qual o papel do Gestor???
Criar, Manter e Renovar o quê?
PESSOAS
ESTRUTURA
TAREFAS
TECNOLOGIA
CULTURA
VALORES
E na crise ???
INTERNA?
EXTERNA?
Foco estratégico
MUDANÇAS APRENDIZAGEM
Considerando que uma instituição é
um sistema vivo, ela precisa se
adaptar aos inúm...
slatorre@ig.com.br
Obrigado!
Sidney Latorre
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mas, afinal, o que essa tal de organização?

562 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre gestão, valores e cultura organizacional realizada pelo reitor do Centro Universitário Senac, Sidney Zaganin Latorre.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mas, afinal, o que essa tal de organização?

  1. 1. Encontro Empresarial
  2. 2. A organização nas nossas vidas O que é a organização De onde surgiu Para onde vai Vários estudos e muitas teorias, há mais de um século, buscam responder ou elucidar esses questionamentos, e assim desvendar a vida e o emaranhado das relações humanas que existem dentro e fora das organizações. Não há como conceber a sociedade atual, fundamentada na produção e oferta de bens e serviços, sem a presença das organizações em todos os setores.
  3. 3. O que a organização O conceito de instituição extrapola as fronteiras da organização, apesar do relacionamento intrínseco não é conveniente adotarmos como sinônimos. Instituições são as regras do jogo, enquanto as organizações (cada uma variando em seu grau de institucionalização) são percebidas como os jogadores. As tribos, as classes, os grupos étnicos, os grupos de amigos, famílias, bem como bairros, grupos de trabalho e recreação são organizações informais. não é...
  4. 4. Conceitos de organização “Unidades planejadas, intencionalmente construídas e reconstruídas, a fim de atingir objetivos específicos.” Amitai Etzione, 1967. Ideia Pessoas Planejamento Objetivos “Um sistema de atividades ou forças coordenadas conscientemente por duas ou mais pessoas.” Barnard, 1968.
  5. 5. A organização como máquina Pressuposto de que as relações humanas e o trabalho podem ser padronizados. Visão predominante nas abordagens Clássica (Taylor e Fayol) e Estruturalista da administração. Ênfase nos aspectos mecânicos.
  6. 6. A organização como cérebro Pressuposto de que a organização processa informações, aprende e é inteligente. Visão predominante na abordagem Sistêmica da administração. Ênfase nos aspectos cognitivos (aprendizagem).
  7. 7. A organização como organismo Pressuposto de que a organização é um organismo vivo e pertence a um sistema mais abrangente (ambiente). Visão predominante nas abordagens Sistêmica e Contingencial da administração. Ênfase nos aspectos biológicos e ambientais.
  8. 8. A organização como cultura Pressuposto de que a organização é um organismo vivo e pertence a um sistema mais abrangente (ambiente). Visão predominante nas abordagens Humanística e Comportamental da administração. Ênfase nos aspectos simbólicos e culturais.
  9. 9. A organização como pessoa
  10. 10. A organização como pessoa As organizações, assim como as pessoas, possuem corpo e alma. - Elementos mais concretos de uma empresa, tais como pessoas, estruturas, tarefas e tecnologia. - Elementos sutis: a cultura e os valores organizacionais.
  11. 11. Corpo O corpo da organização é o conjunto dos elementos básicos, mais físicos e visíveis, que é responsável por sua composição e funcionamento: • Pessoas • Estrutura • Tarefas • Tecnologia
  12. 12. A estratégia modelando o corpo O corpo físico da organização é modelado a partir de uma estratégia, que pode ser entendida como um plano com metas ou como um conjunto de decisões, de longo prazo, para que sejam atingidos os objetivos da organização. E a estratégia é criada como consequência natural de um objetivo, da ideia inicial.
  13. 13. Pessoas Tudo na organização depende das pessoas. Elas são a “inteligência” que cria e transforma o corpo da organização e “cocriadoras” do corpo organizacional. Os demais elementos do corpo e da Alma da organização, são criações coletivas. São as células da organização.
  14. 14. Estrutura Corresponde ao corpo físico, que possui órgãos com funções específicas para garantir a vida e o funcionamento do todo. Deve refletir a situação interna e externa atual e muda ao longo do ciclo de vida. É “a soma total das maneiras pelas quais o trabalho é dividido em tarefas”. Mintzberg (2003) “A melhor estrutura não garante resultados e desempenho, mas a estrutura errada é garantia de não desempenho”. Drucker (2008)
  15. 15. Tarefas As unidades mais elementares de atividade na organização.
  16. 16. Tecnologia É bem difícil separar a tecnologia da organização, assim como é difícil separar a “tecnologia” existente no próprio corpo humano. Há processos que acontecem tão automaticamente que nos deixam em dúvida se a organização tem tecnologia ou é a própria tecnologia. À medida que a organização evolui, sua tecnologia também evolui, e vice-versa.
  17. 17. Alma • Cultura Organizacional A alma da organização é tudo aquilo que extrapola o que se pode ver diretamente. Faz relação com a individualidade, com a personalidade da organização. • Valores Organizacionais
  18. 18. Cultura Organizacional Encontramos nas definições mais conhecidas de cultura a questão do “compartilhar” ou do “como fazemos as coisas por aqui” relacionadas aos significados, entendimentos, crenças, premissas e valores. Algumas das principais discussões sobre cultura organizacional giram em torno da possibilidade ou não de gerenciá-la e da existência de uma cultura organizacional homogênea ou heterogênea.
  19. 19. Os níveis de cultura Processos e estruturas organizacionais visíveis Artefatos Crenças e valores expostos Suposições básicas Estratégias, metas, filosofias Crenças inconscientes e não questionadas, percepções, pensamentos e sentimentos Profundidade
  20. 20. Valores Organizacionais Princípios ou crenças que orientam a vida da empresa e estão a serviço de interesses individuais, coletivos ou mistos.
  21. 21. A relação entre Tipos de Culturas com os Valores Organizacionais Empresa de Tecnologia 1 Brasileira Empresa de Tecnologia 2 Norte-americana Empresa de Tecnologia 3 Alemã
  22. 22. Ciclo de Vida das Organizações
  23. 23. Saúde, doenças e vícios Doenças relacionadas à estrutura física da organização, como o excesso de gordura e peso, a obesidade, ou a falta de estrutura, como a anemia ou o raquitismo.
  24. 24. Saúde, doenças e vícios Podemos afirmar que a saúde organizacional depende de aspectos físicos, mentais, financeiros e sociais, e que, para estar saudável e sobreviver, a organização deve estar apta a aprender e mudar constantemente.
  25. 25. Cada organização é única! Por serem organismos vivos, as organizações são únicas, assim como as pessoas. Por isso, é sempre importante estarmos atentos para não simplificarmos a visão da organização, classificando–a apressadamente a partir de alguns aspectos visíveis e determinantes. Afinal de contas. Não existem duas organizações idênticas!
  26. 26. Qual o papel do Gestor???
  27. 27. Criar, Manter e Renovar o quê? PESSOAS ESTRUTURA TAREFAS TECNOLOGIA CULTURA VALORES
  28. 28. E na crise ??? INTERNA? EXTERNA?
  29. 29. Foco estratégico MUDANÇAS APRENDIZAGEM Considerando que uma instituição é um sistema vivo, ela precisa se adaptar aos inúmeros momentos e cenários internos e externos, prevendo como tirar o melhor proveito possível desse processo. A cultura é construída coletivamente, pela interação e pelo aprendizado. Assim, ao propiciarmos o desenvolvimento das pessoas, também estamos ampliando as possibilidades da organização. A aprendizagem e as mudanças na vida organizacional devem ser feitas com planejamento, utilizando as possibilidades de aquisição de conhecimentos e antecipando as novidades como diferencial competitivo, além de buscar a inovação. Promover a aprendizagem e a atualização da instituição é uma atitude estratégica.
  30. 30. slatorre@ig.com.br Obrigado! Sidney Latorre

×