Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015
Edição Temática: Sus...
Iniciação – Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística -  Dossiê Temático em Sustentabilidade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iniciação – Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística - Dossiê Temático em Sustentabilidade

604 visualizações

Publicada em

Publica artigos científicos originais que apresentam resultados relevantes de pesquisas e desenvolvimentos realizados por alunos do ensino técnico ou superior. São aceitos artigos relacionados a trabalhos de iniciação científica, tecnológica ou artística, bem como trabalhos de conclusão de curso (TCC).

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
604
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iniciação – Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística - Dossiê Temático em Sustentabilidade

  1. 1. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Editorial Caro leitor, Com a intenção de continuar a disseminação do conhecimento, a Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística, na Temática Sustentabilidade traz até você em sua edição de 2015, 11 artigos sobre temas variados dentro da área de meio ambiente tais como: “Biomonitoramento da Qualidade do Ar na Ciclovia do Rio Pinheiros” de autoria Felipe Arrelaro Campello e Silvia Fazzolari Corrêa; “Avaliação do Filtro Biolítico para Tratamento de Esgoto Sanitário” de autoria Bruna Oliveira Torrone, Cristiane de Azevedo Melo Brosso e Alexandre Saron; “Alagamentos, Enchentes Enxurradas e Inundações: Digressões sobre seus impactos sócio econômicos e governança” de autoria Eduardo Antonio Licco e Silvia Ferreira Mac Dowell; “Responsabilidade solidária por danos” de autoria Carlos Eduardo de Moraes Gomes” e Robson Ivan Stival; “Roupas Feitas de Roupas” de autoria Adriana Pinto e Cyntia Santos Malaguti de Sousa; “Sustentabilidade de embalagens celulósicas: estudo do processo difusivo de revestimento à base de filmes de quitosana com adição de corantes naturais” de autoria Roberta Cardoso Fonseca, Mara Lúcia Ramalho e Arlete Barbosa dos Reis; “Estudo de alternativas para melhoria do desempenho energético de uma edificação comercial em São Paulo” de autoria Thiago dos Santos Ferreira e Anarrita Bueno Buoro; “Reuso de containers marítimos na construção civil” de autoria Rita Guedes e Anarrita Bueno Buoro; “Viabilidade do uso da estrutura de ônibus após seu descarte” de autoria Paulo Cesar Meira e Anna Maria Abraão Khoury Rahme; “Contribuição para rede técnica de resíduos sólidos da construção civil: levantamento do perfil socioeconômico dos trabalhadores dos pontos de entrega voluntária – PEVS” de autoria Loraine Lubachewiski Barquero e Emília Satoshi Miyamaru Seo; “Diagnóstico da gestão de resíduos da construção civil em obras no município de Jaboticabal – SP” de autoria Lilian Rosa Martins, Rener Luciano de Souza Ferraz, Fernanda Galindo Acre, José Luiz Merelli Bariani, João Teixeira Neto e Daniel Fernando Ferreira. Quero agradecer aos autores desta edição, todos os avaliadores e à equipe executiva, que nos contribuíram para produzir mais este número da Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística. Espero que o conteúdo da revista colabore para o enriquecimento de seu aprendizado. Tenha uma boa leitura! Editora Emília Satoshi Miyamaru Seo
  2. 2. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Resumos Biomonitoramento da Qualidade do Ar na Ciclovia do Rio Pinheiros em São Paulo Felipe Arrelaro Campello, Silvia Fazzolari Corrêa Centro Universitário Senac - Senac Área de Meio Ambiente- Bacharelado em Engenharia Ambiental fc_caps@hotmail.com, silvia.fcorrea@sp.senac.com.br Resumo. O ar é um dos elementos mais importantes para a sobrevivência na vida terrestre, sua formação se dá por inúmeros compostos presentes em diferentes concentrações. Com as diversas mudanças feitas pelo homem, a concentração de determinadas substâncias vem fazendo com que a qualidade do ar e eventualmente de todo o meio acabe por se deteriorar. Este projeto tem a intenção de analisar a qualidade do ar por meio de espécies vegetais que possuem grande sensibilidade a elementos específicos, para assim verificar se a prática de exercícios físicos na ciclovia do rio Pinheiros pode trazer prejuízos à saúde dos atletas. A colocação de tabaco (Nicotiana tabacum) em três estações da Linha 9 Esmeralda da CPTM, paralela à ciclovia do rio Pinheiros e à Av. nações Unidas (São Paulo) indicou forte presença de ozônio (O3), enquanto não houve resultados conclusivos para a planta coração roxo (Tradescantia pallida). Palavras-chave: Ar, Monitoramento, Biomonitoramento, Qualidade, Concentração. Avaliação do Filtro Biolítico para Tratamento de Esgoto Sanitário Bruna Oliveira Torrone, Cristiane de Azevedo Melo Brosso, Alexandre Saron Centro Universitário Senac - Senac Departamento de Exatas - Bacharelado em Engenharia Ambiental brunatorrone@gmail.com, cristianebrossom@gmail.com, alexandre.saron@sp.senac.br Resumo. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de um filtro biolítico no tratamento de esgoto sanitário por ser uma técnica de baixo custo, fácil manutenção, compacta e com alta eficiência, sendo considerada uma ótima alternativa aos tratamentos de esgoto convencionais unitários. O filtro biolítico foi construído com quatro anéis de concreto e seu leito constituído de terra mineral, maravalha, britas recicladas e aproximadamente 5.500 minhocas. Foi instalado em um templo religioso, em Itapecerica da Serra, o qual recebe 50
  3. 3. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade pessoas a cada 15 dias. A avaliação da eficiência foi monitorada nos meses de Setembro e Outubro de 2014. Os resultados do sistema foram de 80% de remoção de matéria orgânica medidos por DBO e COT, 73% na remoção de fosfatos totais, 82% de nitrogênio amoniacal, 42% de nitrito, 20% de coliformes fecais. O sistema é aeróbio e houve a conversão do nitrogênio reduzido para nitrato o qual foi diagnosticado um aumento na concentração em 124%. Com os resultados obtidos, recomenda-se a inclusão de um sistema de wetland como pós tratamento para possível diminuição do teor de nitrato resultante. Palavras-chave: tratamento de esgoto, filtro biolítico, minhocas. Responsabilidade solidária por danos socioambientais oriundos das águas de lastro Carlos Eduardo de Moraes Gomes, Robson Ivan Stival Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR Escola de Direito – Bacharelado em Direito carlosgomes@trt9.jus.br, robson.stival@pucpr.br Resumo. Este artigo situa-se no campo interdisciplinar e trata do instituto jurídico da responsabilidade solidária, sob a perspectiva ambiental, a partir das políticas públicas ambientais concernentes à preservação da fauna e flora marinhas. Tem por objetivo identificar quais os entes passíveis de responsabilização por danos ambientais causados pelo deslastro inadequado. A pesquisa é teórica, descritiva e exploratória, com análise de dados bibliográficos pelo método dedutivo. São estabelecidas relações entre a responsabilidade solidária, os procedimentos internacionalmente adotados e a legislação nacional competente. Dentre os resultados obtidos, apurou-se que foi criada uma legislação satisfatória para a proteção da biota, sem desconsiderar, no entanto, a necessidade de crescimento econômico, denotando a preocupação com o desenvolvimento sustentável. Palavra-chave: direito ambiental, responsabilidade solidária, águas de lastro.
  4. 4. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Roupas Feitas de Roupas Adriana Pinto, Cyntia Santos Malaguti de Sousa Centro Universitário Senac Departamento de Design - Bacharelado em Design de Moda- Habilitação em Modelagem adrianapintto@hotmail.com, cyntia.smsousa@sp.senac.br Resumo. Este artigo apresenta as principais descobertas e reflexões feitas na etapa de pesquisa, durante o desenvolvimento do trabalho de conclusão de curso da autora. A partir de uma inquietação inicial em relação ao impacto da indústria do fast-fashion sobre os hábitos de consumo e sobre o meio ambiente, buscou-se, inicialmente, um olhar mais amplo sobre o contexto em que esta situação ocorre, procurando compreender a relação das pessoas com os bens de consumo, assim como a da moda em geral com a sustentabilidade. Em seguida investigou-se como se dá todo o processo de descarte deste segmento da moda após o término de uma coleção. Foram também pesquisadas diferentes formas de reaproveitamento de peças do vestuário e suas técnicas, de modo a subsidiar a segunda etapa do trabalho, que envolveu o desenvolvimento de uma proposta para contribuir com o prolongamento do ciclo de vida das peças descartadas pelo fast fashion, reduzindo assim os impactos ambientais provocados por seu modus operandi. Palavras-chave: moda, sustentabilidade, ciclo de vida, fast fashion. Sustentabilidade de embalagens celulósicas: estudo do processo difusivo de revestimento à base de filmes de quitosana com adição de corantes naturais. Roberta Cardoso Fonseca, Mara Lúcia Ramalho, Arlete Barbosa dos Reis Instituto de Ciência e Tecnologia, DEAD-Diretoria de Educação a Distância roberta_cardosof@yahoo.com, mara.ramalho@ufvjm.edu.br, arlete.reis@ict.ufvjm.edu.br Resumo. A utilização de corantes na indústria de embalagens é prática comum, já que a cor e a aparência têm um papel importante na aceitação dos produtos pelo consumidor. Em contrapartida, visando a sustentabilidade das embalagens de modo geral, existe o mercado de substituição de polímeros sintéticos por polímeros naturais, dando ênfase aos que podem ser utilizados como veículo para adição de outros produtos, como os corantes naturais. O presente trabalho teve como objetivo um estudo preliminar do coeficiente de difusão de diferentes soluções à base filmes de quitosana, com adição dos corantes: Urucum, Clorofila e
  5. 5. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Antocianina, avaliando a possibilidade de utilização desses filmes como revestimentos a serem aplicados em embalagens celulósicas; Para tanto, foram realizadas análises preliminares como: Análise visual; Espessura; Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV); Permeabilidade ao Vapor D’água (PVA) e Coeficiente de Difusão. Palavras-chave: biopolímero quitosana, corantes, coeficiente de difusão. Estudo de alternativas para melhoria do desempenho energético de uma edificação comercial em São Paulo Thiago dos Santos Ferreira, Anarrita Bueno Buoro Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) / Instituto Brasileiro de Pós-Graduação (INBEC) MBA em Construções Sustentáveis, Pós-Graduação Lato Sensu thiagoferreira.arq@gmail.com, ritabuoro@gnail.com Resumo. Diante da importância de se projetar e reabilitar edificações na busca da redução do consumo de energia, este trabalho concentrou-se em avaliar diversas estratégias que pudessem reduzir o dispêndio de energia de um determinado edifício comercial situado em São Paulo, capital. Como objeto de estudo, foi escolhido um edifício existente e representativo dentro do contexto imobiliário do município para estudar as propostas de melhoria de desempenho energético. Tal análise foi efetuada levando em conta técnicas comerciais utilizadas com frequência no mercado imobiliário, com o auxílio de um software paramétrico de simulação. As informações inseridas neste programa foram levantadas in loco e pesquisadas em normas. Em consonância com os dados climáticos, um cenário base foi estabelecido para que, posteriormente, novos cenários com estratégias de melhoria pudessem ser aplicados ao estudo de caso. Com base nos cenários obtidos a partir das simulações das estratégias, avaliaram-se os impactos no consumo de energia anual. Para cada proposta, examinaram-se as qualidades e vulnerabilidades para que o produto final tivesse a melhor relação custo-benefício. O somatório das melhores estratégias gerou uma economia de 21,21% no consumo de energia da edificação. Palavras-chave: Eficiência energética, simulação termo-energética, retrofit, desempenho térmico, edificações comerciais.
  6. 6. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Reuso de containers marítimos na construção Rita Guedes, Anarrita Bueno Buoro SENAC- Santa Cecilia Curso de Projeto Sustentável de Arquitetura e Design - pós- graduação latu-sensu r.guedesarquitetura@gmail.com; ritabuoro@usp.br Resumo. A pesquisa tem como objetivo analisar o reuso de container na construção civil, como método alternativo de construção sustentável, que promove a redução do uso de matérias-primas naturais, quando comparado ao sistema construtivo convencional. A pesquisa inclui estudos relacionados ao desenvolvimento sustentável e ao crescimento populacional, que contribui diretamente no aumento da demanda na construção, assim como, na manutenção do ambiente construído. Novas soluções tecnológicas devem suprir esta necessidade para a redução do impacto ambiental. Para atestar a viabilidade da qualidade ambiental do uso de containers, foi desenvolvido estudo de desempenho térmico com base em um modelo termodinâmico, desenvolvido a partir de uma unidade habitacional por meio de simulação energética no software Domus Eletrobrás. O resultado deste estudo confirmou a viabilidade do material aplicado em projetos residenciais para a zona bioclimática 3, onde foi obtida etiqueta da envoltória com nível A para o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE Edifica). Palavras-chave: reuso, container, impacto ambiental, construção civil, sustentabilidade. Resíduos veiculares na ressignificação do espaço público Paulo Cesar Meira, Anna Maria Abraão Khoury Rahme Universidade Anhembi Morumbi - Arquitetura e Urbanismo paulomeira85@gmail.com, annarahme@gmail.com Resumo. O artigo relata uma investigação sobre intervenções no espaço público, buscando novas plataformas de construção mencionando a estrutura de ônibus após seu descarte, problema gerado pelo descaso em relação ao material inerte decorrente das frotas de ônibus da antiga CMTC (Companhia Metropolitana da cidade de São Paulo), que atualmente é propriedade da SP TRANS. A partir do levantamento de trabalhos desenvolvidos por Coletivos - grupo de pessoas com interesse comum, atuando em diversas disciplinas que designam intervenções no espaço público – nos últimos anos, questões de dimensões sociais, econômicas,
  7. 7. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade espaciais, culturais e sustentáveis são abordadas como uma postura arquitetônica. Ações estas que, em conjunto, constituem meios alternativos de realizar uma nova forma de urbanismo gerado pelo usuário. Palavras-chave: Ressignificar, ônibus, descarte, sustentabilidade, coletivo Contribuição para rede técnica de resíduos sólidos da construção civil: levantamento do perfil socioeconômico dos trabalhadores dos pontos de entrega voluntária - PEVS Loraine Lubachewiski Barquero, Emília Satoshi Miyamaru Seo Centro Universitário Senac Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade loraine_lubachewiski@hotmail.com, emilia.smseo@sp.senac.br Resumo. Este artigo é parte da identificação da rede técnica dos resíduos de construção civil (RCC) do município de São José dos Campos/SP, que contribuirá na proposição de ferramentas de gestão do município. Pretende-se dar ênfase aos operadores da rede técnica de RCC, afim de realizar o levantamento do perfil socioeconômico desses agentes sociais e diagnosticar a infraestrutura dos pontos de entrega voluntária (PEVs). Para desenvolvimento deste trabalho foram levantados dados primários por meio de um questionário aplicado aos trabalhadores dos PEVs e os dados secundários sobre entendimento sobre rede técnica de resíduos sólidos e resíduos sólidos da construção civil. Com base nos resultados, permitiu a confirmação da relevância dos PEVS para o contexto ambiental e social do município de São José dos Campos. Relacionadas às questões de higiene e segurança constatou-se que a boa saúde ocupacional dentro dos PEVs é ferramenta indispensável para obtenção de qualidade de vida e desempenho do trabalhador. Concluiu-se que os agentes sociais operadores se sentem orgulhosos de seu importante papel para o meio ambiente e para o cumprimento do Plano de gestão do município de José dos Campos, e podem contribuir grandemente para o aprimoramento da gestão e gerenciamento das atividades. Palavras-chave: PEVs. Rede técnica de resíduos sólidos. Ferramentas de gestão. Perfil socioeconômico.
  8. 8. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Diagnóstico do gerenciamento de resíduos da construção civil em obras no município de Jaboticabal - SP Lilian Rosa Martins, Rener Luciano de Souza Ferraz, Fernanda Galindo Acre, José Luiz Merelli Bariani, João Teixeira Neto, Daniel Fernando Ferreira. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC Curso Técnico em Meio Ambiente lilianrosamartins@gmail.com, rener.lsferraz@sp.senac.br, fernanda.gacre@sp.senac.br, jose.lmbariani@sp.senac.br, joao.tneto@sp.senac.br, daniel.ferreira@oxiquimica.com.br Resumo. A construção civil está entre as atividades econômicas que mais degradam o meio ambiente, gerando resíduos responsáveis por diversos impactos ambientais. A destinação destes resíduos tem sido parcialmente para aterros sanitários. Devido à legislação ambiental, as empresas estão adaptando-se quanto à necessidade de conservação ambiental. Baseado nessa situação, por meio desse trabalho objetivou-se realizar diagnóstico qualitativo da geração de resíduos em obras de construções e, em seguida, propor medidas mitigadoras para promoção da qualidade ambiental. As obras em estudo estão localizadas na cidade de Jaboticabal/SP. Para a execução da pesquisa foi realizada uma pesquisa exploratória, para se aliar os elementos metodológicos e teóricos, e também foi feito um levantamento de informações através de visitas e aplicação de questionário ao responsável por cada obra. Constatou-se que a destinação dos resíduos é feita de forma não planejada, sendo que não há coleta seletiva destes os quais são colocados em caçambas para aguardarem coleta por empresa terceirizada. Entre as propostas de melhorias foi sugerida a implantação de sistema de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos, Ponto de Entrega Voluntária e educação ambiental através de informativos sobre a separação e descarte correto destes materiais. Palavras-chave: entulhos, reciclagem, educação ambiental.
  9. 9. Iniciação - Revista de Iniciação Científica, Tecnológica e Artística – Vol. 5 nº 3 – Dezembro de 2015 Edição Temática: Sustentabilidade Análise Alagamentos, Enchentes Enxurradas e Inundações: Digressões sobre seus impactos sócio econômicos e governança. Eduardo Antonio Licco, Silvia Ferreira Mac Dowell Área de Pesquisa em Sustentabilidade Centro Universitário Senac Resumo. Este trabalho faz uma abordagem livre de aspectos técnicos, sócio econômicos e de governança das enchentes, alagamentos e inundações que afligem desde há muito a cidade de São Paulo. Trata-se de digressões sobre o tema dos desastres naturais, cada vez mais presentes na vida das pessoas. Palavras-chave: enchentes, alagamentos, inundações Edição completa http://www1.sp.senac.br/hotsites/blogs/revistainiciacao/index.php/vol-5-3-ano- 2015/

×