História eclesiástica II Módulo I
UNIDADE - I:  O MOVIMENTO DA REFORMA PROTESTANTE
Contexto da reforma Não podemos pensar a reforma protestante como um evento isolado ou só de cunho religioso. Ela na verda...
Renascimento
O Renascimento foi um período que teve o seu inicio no século XIII e foi até meados do século XVII. Assim, o renascimento ...
Principais pensamentos do renascimento <ul><li>A Terra não é o centro do universo, portanto o pensamento </li></ul><ul><li...
8) Materialismo – valorização das riquezas, nascimento da burguesia.  9) Valorização da pesquisa cientifica – desenvolvime...
Acontecimentos sociais: “  Navegar é preciso, morrer não  é preciso” Camões.
Acontecimentos sociais: <ul><li>Revolução agrícola – invenção do arado puxado por bois e </li></ul><ul><li>de moinhos movi...
Na Idade media acreditava – se que existia monstros marítimos e até que havia um terra com homens com cabeça de cachorro.
Pensamento teológico pré – reforma. Após a Queda de Roma em 476 d.C a Igreja Católica ganhou poderes políticos e financeir...
<ul><li>Infabilidade papal. </li></ul><ul><li>Uso de relíquias </li></ul><ul><li>Culto a imagem </li></ul><ul><li>A igreja...
Pré - reformadores A partir do século XIII a igreja passou a receber muitas críticas por parte de muitos pensadores e part...
São Francisco de Assis Nascido em Assis em 1186, filho de um família abastada, renunciou a riqueza para viver um a vida as...
John Wycliffe (1320 – 1384) Professor da universidade de Oxford na Inglaterra defendia a tradução da  Bíblia para o idioma...
John Huss ( 1369 – 1415) Teólogo Tcheco, Huss sem dúvida fora um dos maiores críticos a teologia da Igreja Católica, onde ...
Excomungado em 1410, Condenado pelo Concílio de Constança, Huss foi queimado vivo em 1415.
. Jerônimo de Savanarola (1452 – 1498) Monge Florentino, pregador eloqüente, rebelou – se contra a igreja e o governo  Dos...
Cogita-se que Leonardo da Vinci teria retratado  Savonarola  na sua famosa obra A Última Ceia no rosto de Judas Iscariotes...
A Reforma Protestante
foi um movimento reformista cristão iniciado no século XVI por Martinho Lutero, que, através da publicação de suas  95 tes...
Reformadores
Martinho Lutero (1483 – 1546) No cárcere, sentenciado pelo Papa a ser queimado vivo, John Huss disse: “ Podem matar o gans...
Martinho Lutero  (em alemão:  Martin Luther ; Eisleben, 10 de novembro de 1483 — Eisleben, 18 de fevereiro de 1546) foi um...
Fé de Lutero Lutero propunha reformas na teologia da igreja, pois acreditava que esta estava se afastando dos princípios d...
<ul><li>Inefabilidade Papal </li></ul><ul><li>Culto a imagem e veneração das relíquias </li></ul><ul><li>A bíblia é a únic...
Entre os pontos centrais do pensamento de Lutero destaca – se: A salvação é só pela fé, só pela graça, só pelas escrituras.
<ul><li>Mesmo criticando muitos dogmas católicos Lutero absorveu e defendeu outros como a transubstanciação, ou seja, que ...
Sua autoridade como dispensador de indulgências foi concedida pelo Papa Leão X a fim de pregar por toda Alemanha. Em 1517,...
João Calvino ( 1509 – 1564) “ Por meio da fé, Cristo nos é comunicado, através de quem chegamos a Deus, e através de quem ...
<ul><li>foi um teólogo cristão francês. Calvino teve uma influência muito grande durante a Reforma Protestante, uma influê...
T ULIP <ul><li>A base da teologia calvinista é chamada de TULIP. </li></ul><ul><li>São cinco pontos que definem e sintetiz...
<ul><li>T otal Depravação </li></ul><ul><li>U nica e Incondicional eleição  </li></ul><ul><li>L imitada Expiação </li></ul...
Felipe Melanchton <ul><li>“ Nas coisas essenciais unidade, nas secundárias tolerância, mais em tudo o amor.” </li></ul>
<ul><li>É considerado o primeiro sistemático da Reforma (Loci communes, 1521 - Posteriormente reeditado com melhoramentos)...
<ul><li>  </li></ul><ul><li>Vitral a Melanchton na Igreja Luterana de Hockenheim na Alemanha </li></ul>
Zwínglio (1484 – 1431) <ul><li>“ E, quanto à verdade, não podemos abandoná-la, mesmo que isso implique na perda de nossa v...
<ul><li>Ulrico Zuínglio , foi um  teólogo  suíço e principal líder da Reforma Protestante na Suíça. </li></ul><ul><li>Zuín...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História da Igreja 2

2.200 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.200
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História da Igreja 2

  1. 1. História eclesiástica II Módulo I
  2. 2. UNIDADE - I: O MOVIMENTO DA REFORMA PROTESTANTE
  3. 3. Contexto da reforma Não podemos pensar a reforma protestante como um evento isolado ou só de cunho religioso. Ela na verdade reflete uma mudança de filosofia, teologia, de vida social e política de sua época. A reforma recebeu influência de novos pensamentos e acontecimentos da chamada era moderna como:
  4. 4. Renascimento
  5. 5. O Renascimento foi um período que teve o seu inicio no século XIII e foi até meados do século XVII. Assim, o renascimento agiu em uma profunda mudança política, social, religiosa, econômica, científica, acadêmica e econômica da Europa na transição do período medieval para o período chamado moderno.
  6. 6. Principais pensamentos do renascimento <ul><li>A Terra não é o centro do universo, portanto o pensamento </li></ul><ul><li>mistico e religioso são mitos e devem ser rechaçados. </li></ul><ul><li>2) Antropocentrismo - O homem passa a ser o centro. </li></ul><ul><li>3) Racionalismo - Não mais a fé e sim a Razão. </li></ul><ul><li>4) Individualismo – o homem não depende de pensamentos </li></ul><ul><li>pré – formados, ele pode pensar livremente. </li></ul><ul><li>5) Otimismo </li></ul><ul><li>6) Empirismo – Tudo deve ser provado cientificamente. </li></ul><ul><li>7) Cultura clássica – Busca seu embasamento no pensamento grego </li></ul><ul><li>Principalmente no pensamento de Platão. </li></ul>
  7. 7. 8) Materialismo – valorização das riquezas, nascimento da burguesia. 9) Valorização da pesquisa cientifica – desenvolvimento da astronomia e da medicina 10) Hedonismo – Valorização dos prazeres da vida e não um culto a morte e ao inferno como no pensamento medierval.
  8. 8. Acontecimentos sociais: “ Navegar é preciso, morrer não é preciso” Camões.
  9. 9. Acontecimentos sociais: <ul><li>Revolução agrícola – invenção do arado puxado por bois e </li></ul><ul><li>de moinhos movidos a água aumentaram as colheitas e criaram a riqueza. </li></ul><ul><li>2) Crescimento da Burguesia – Aumento do comércio e o nascimento do mercantilismo. </li></ul><ul><li>3) Queda de Constantinopla pelos Turcos. </li></ul><ul><li>4) Crescimento das cidades. </li></ul><ul><li>5) Grandes navegações – Descobrimentos de Terras intra - mar. </li></ul><ul><li>6) Inicio da revolução industrial. </li></ul><ul><li>7) Tese de Copérnico – A Terra não é o centro do universo. </li></ul><ul><li>8) Fortalecimento do absolutismo como forma de governo. </li></ul><ul><li>9) Crescimento do sentimento Nacionalista. </li></ul><ul><li>10) Fim do feudalismo. </li></ul><ul><li>11) Invenção da imprensa por Gutenberg. </li></ul>
  10. 10. Na Idade media acreditava – se que existia monstros marítimos e até que havia um terra com homens com cabeça de cachorro.
  11. 11. Pensamento teológico pré – reforma. Após a Queda de Roma em 476 d.C a Igreja Católica ganhou poderes políticos e financeiros e se firmou não só como religião única e dominante mas, também como máquina política e de dominação de massas e para isto ela se valia de pensamentos como:
  12. 12. <ul><li>Infabilidade papal. </li></ul><ul><li>Uso de relíquias </li></ul><ul><li>Culto a imagem </li></ul><ul><li>A igreja é o único caminho de salvação </li></ul><ul><li>5) Introdução de padroeiros e lugares de peregrinação </li></ul><ul><li>6) Cobrança de indulgencias ( o homem poderia pagar para </li></ul><ul><li>receber perdão de pecados ou para garantir a salvação.) </li></ul><ul><li>Instituição de dias Santos. </li></ul><ul><li>8) A tradição e a bíblia são equivalentes. </li></ul><ul><li>9) Crença no purgatório. </li></ul><ul><li>10) Crença no limbo para as crianças. </li></ul><ul><li>11) Instituição da “santa” inquisição. </li></ul>
  13. 13. Pré - reformadores A partir do século XIII a igreja passou a receber muitas críticas por parte de muitos pensadores e parte do clero dentre eles destacamos:
  14. 14. São Francisco de Assis Nascido em Assis em 1186, filho de um família abastada, renunciou a riqueza para viver um a vida ascética. Portanto, criticava o modelo de vida rica do clero, apresentando que viver com Cristo era viver como Cristo, ou seja, pobre. Iniciou pregações ao ar livre e peregrinava pregando o amor a caridade e o amor a natureza.
  15. 15. John Wycliffe (1320 – 1384) Professor da universidade de Oxford na Inglaterra defendia a tradução da Bíblia para o idioma nativo e portanto organizou sua tradução para o Inglês. Também liderou um grupo de pregadores chamados irmãos lolardos que peregrinavam levando porções da bíblia em folhetos na língua inglesa.
  16. 16. John Huss ( 1369 – 1415) Teólogo Tcheco, Huss sem dúvida fora um dos maiores críticos a teologia da Igreja Católica, onde se opunha o uso da prática da indulgencia, defendia o culto e a tradução da bíblia em língua nativa. Fora excomungado, julgado e condenado a morte.
  17. 17. Excomungado em 1410, Condenado pelo Concílio de Constança, Huss foi queimado vivo em 1415.
  18. 18. . Jerônimo de Savanarola (1452 – 1498) Monge Florentino, pregador eloqüente, rebelou – se contra a igreja e o governo Dos Médici, iniciando assim um governo Independente onde deveriam reinar os princípios Cristãos. Fora preso pelo papa e condenado a morte por enforcamento.
  19. 19. Cogita-se que Leonardo da Vinci teria retratado Savonarola na sua famosa obra A Última Ceia no rosto de Judas Iscariotes.
  20. 20. A Reforma Protestante
  21. 21. foi um movimento reformista cristão iniciado no século XVI por Martinho Lutero, que, através da publicação de suas 95 teses , protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica, propondo uma reforma no catolicismo. Os princípios fundamentais da Reforma Protestante são conhecidos como os Cinco solas. Lutero foi apoiado por vários religiosos e governantes europeus provocando uma revolução religiosa, iniciada na Alemanha, e estendendo-se pela Suíça, França, Países Baixos, Reino Unido, Escandinávia e algumas partes do Leste europeu , principalmente os Países Bálticos e a Hungria. A resposta da Igreja Católica Romana foi o movimento conhecido como Contra-Reforma ou Reforma Católica, iniciada no Concílio de Trento. O resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e os reformados ou protestantes , originando o Protestantismo.
  22. 22. Reformadores
  23. 23. Martinho Lutero (1483 – 1546) No cárcere, sentenciado pelo Papa a ser queimado vivo, John Huss disse: “ Podem matar o ganso( Huss em tcheco é ganso), mais daqui a cem anos Deus levantará um cisne que não poderão queimar” Cisne é como era chamado o ainda infante Martinho Lutero.
  24. 24. Martinho Lutero (em alemão: Martin Luther ; Eisleben, 10 de novembro de 1483 — Eisleben, 18 de fevereiro de 1546) foi um sacerdote agostiniano e professor de teologia alemão precursor da Reforma Protestante. Veementemente contestando a alegação de que a liberdade da punição de Deus sobre o pecado poderia ser comprada, confrontou o vendedor de indulgências Johann Tetzel com suas 95 Teses em 1517. Sua recusa em retirar seus escritos a pedido do Papa Leão X em 1520 e do Imperador Carlos V na Dieta de Worms em 1521 resultou em sua excomunhão pelo papa e a condenação como um fora-da-lei pelo imperador.
  25. 25. Fé de Lutero Lutero propunha reformas na teologia da igreja, pois acreditava que esta estava se afastando dos princípios das escrituras. Dentre os pontos de mudança na teologia católica se destacam em suas 95 teses alguns aspectos como:
  26. 26. <ul><li>Inefabilidade Papal </li></ul><ul><li>Culto a imagem e veneração das relíquias </li></ul><ul><li>A bíblia é a única regra de fé e prática. </li></ul><ul><li>O culto deveria ser praticado na língua nativa </li></ul><ul><li>Todos deveriam ter acesso a bíblia em sua língua nativa. </li></ul><ul><li>Criticava a cobrança da chamada indulgencia onde homens poderiam comprar a salvação da alma e conseguir anistia dos pecados cometidos. </li></ul><ul><li>A Igreja não é o meio de salvação. </li></ul>
  27. 27. Entre os pontos centrais do pensamento de Lutero destaca – se: A salvação é só pela fé, só pela graça, só pelas escrituras.
  28. 28. <ul><li>Mesmo criticando muitos dogmas católicos Lutero absorveu e defendeu outros como a transubstanciação, ou seja, que no momento da Ceia o pão e o vinho se tornam verdadeiramente o Corpo e sangue de Cristo. </li></ul>
  29. 29. Sua autoridade como dispensador de indulgências foi concedida pelo Papa Leão X a fim de pregar por toda Alemanha. Em 1517, Tetzel tentava angariar - através das indulgências - doações em dinheiro para a construção da Basílica de S. Pedro e crê-se que Martinho Lutero se terá inspirado nele ao escrever as suas 95 teses . João Tetzel ( 1465 — 1519)
  30. 30. João Calvino ( 1509 – 1564) “ Por meio da fé, Cristo nos é comunicado, através de quem chegamos a Deus, e através de quem usufruímos os benefícios da adoção.”
  31. 31. <ul><li>foi um teólogo cristão francês. Calvino teve uma influência muito grande durante a Reforma Protestante, uma influência que continua até hoje. Portanto, a forma de Protestantismo que ele ensinou e viveu é conhecido por alguns pelo nome Calvinismo, mesmo se o próprio Calvino teria repudiado contundentemente este apelido. Esta variante do Protestantismo viria a ser bem sucedida em países como a Suíça (país de origem), Países Baixos, África do Sul (entre os africânderes), Inglaterra, Escócia e Estados Unidos da América . </li></ul>
  32. 32. T ULIP <ul><li>A base da teologia calvinista é chamada de TULIP. </li></ul><ul><li>São cinco pontos que definem e sintetizam seu pensamento. </li></ul>
  33. 33. <ul><li>T otal Depravação </li></ul><ul><li>U nica e Incondicional eleição </li></ul><ul><li>L imitada Expiação </li></ul><ul><li>I rresistível Graça </li></ul><ul><li>P erseverança dos Santos   </li></ul>
  34. 34. Felipe Melanchton <ul><li>“ Nas coisas essenciais unidade, nas secundárias tolerância, mais em tudo o amor.” </li></ul>
  35. 35. <ul><li>É considerado o primeiro sistemático da Reforma (Loci communes, 1521 - Posteriormente reeditado com melhoramentos). </li></ul><ul><li>Melanchthon publicou trabalhos não apenas na Teologia, mas também na Psicologia (De anima), Física (escreveu um trabalho sobre o sistema solar proposto por Copérnico ) e filosofia (Philosophia moralis e vários outros comentários). Tudo isso contribui para que ele tivesse um respaldo no meio universitário. </li></ul>
  36. 36. <ul><li> </li></ul><ul><li>Vitral a Melanchton na Igreja Luterana de Hockenheim na Alemanha </li></ul>
  37. 37. Zwínglio (1484 – 1431) <ul><li>“ E, quanto à verdade, não podemos abandoná-la, mesmo que isso implique na perda de nossa vida, pois não vivemos para esta geração, nem para servir aos príncipes, mas para o Senhor.” </li></ul>
  38. 38. <ul><li>Ulrico Zuínglio , foi um teólogo suíço e principal líder da Reforma Protestante na Suíça. </li></ul><ul><li>Zuínglio foi o líder da reforma suíça e fundador das igrejas reformadas suíças. Independentemente de Martinho Lutero, que era doctor biblicus , Zuínglio chegou a conclusões semelhantes pelo estudo das escrituras do ponto de vista de um erudito humanista . Zuínglio não deixou uma igreja organizada, mas as suas doutrinas influenciaram as confissões calvinistas. </li></ul>

×