Apresentação

12.741 visualizações

Publicada em

Apresentação em slides de um seminario da disciplina metodologia da ginástica, curso de educação física ( Universidade de Brasília ) 01 de julho de 2009.

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.741
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
768
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
614
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação

  1. 1. Medicina Psiquiatria Derivações OMS de sentido Aquele que sofre ou é portador de algum tipo de deficiência.
  2. 2. Deficiência Visual Deficiência Física Deficiência Auditiva Deficiência Mental Deficiência Múltipla
  3. 3. Portadores de males incapacitantes: deficiências físicas, sensoriais, orgânicas, mentais e toda uma gama de Síndromes ou males raros. Problemas que podem atingir: seu físico aspectos de sua vida intelectual seus sentidos (notoriamente a visão e a audição) e pontos do organismo (pulmões, coração, rins, fígado ...)
  4. 4. Físicos : Psicológicos: Agilidade Melhora da auto-estima Equilíbrio Aumenta a integração social Força muscular Redução da agressividade Coordenação motora Estímulo à independência e Resistência física autonomia Melhora das condições Motivação para atividades organo-funcional futuras, Velocidade Ritmo Redescobrir a vida de Reabilitação uma forma ampla e Prevenção das enfermidades secundárias à deficiência global
  5. 5. Capacidades distintas são desenvolvidas e aprimoradas através de programas de atividades físicas adaptadas. De acordo com... esportes -> interesses Realização diversas atividades -> capacidades ritmos -> limitações jogos O deficiente sofre também... -> pressões sociais Alvo de discriminação, isolamento, bulling, etc.
  6. 6. Conceito: Envolve modificações ou ajustamento das atividades tradicionais da Educação Física a fim de permitir que as pessoas com deficiências participem com segurança de acordo com suas capacidades funcionais, sempre respeitando-as e promovendo suas suficiências . Esporte adaptado: portadores de deficiências visuais, auditivas, mentais e motoras, desde que estes sejam realmente limitados de participar de atividades esportivas convencionais. Exemplos: -> Adaptados: Tênis em cadeira de rodas, natação para cegos, futebol para surdos, basquetebol em cadeira de rodas, atletismo para deficientes mentais. -> Criados: Golbol (esporte com bola para cegos) e Bocha para paralisados cerebrais.
  7. 7. Primeiros registros...  Treinamentos e competições de futebol para surdos  Competições de atletismo para cegos (EUA – a partir de 1920) Grande desenvolvimento do esporte adaptado após a II Grande Guerra Mundial: • Motivo: II Guerra força a evolução de pesquisas e proporciona melhores condições aos portadores de deficiência. •Volta da guerra: Soldados cegos, surdos, mutilados ou com lesões medulares passam a exigir do governo melhores condições de tratamento que pudessem “retornar à vida” o mais próximo possível da normal. EUA/Inglaterra - 1946...  Surgimento dos primeiros movimentos organizados de esporte para deficientes físicos e sensoriais. Inglaterra: movimento voltado para a reabilitação EUA: Associações visavam o rendimento, não apenas um complemento da terapia das pessoas. Brasil: Influência tanto inglesa como norte-americana. 1958 - Criação dos primeiros clubes (Clube dos Paraplégicos de São Paulo e Clube do Otimismo do Rio de Janeiro)
  8. 8. Discussão -> termo “acessibilidade” Direitos à educação e à prática de atividades físicas. Década de 50: Formalização da E.F. Adaptada  Objetivo: Possibilitar a inclusão de alunos portadores de deficiências físicas, mentais, visuais e auditivas em aulas de Educação Física escolar. Público Alvo: Portadores de deficiências motoras, visuais, auditivas, mentais, comportamentais, distúrbios respiratórios, posturais e cardíacos, obesidade, diabetes, hipertensão e gestantes. Obs.: A Gravidez... Não se trata de um distúrbio ou deficiência, mas é incluso no quadro por se tratar de um estágio especial que nem todas as pessoas passam. A Terceira idade...Não esta inclusa por tratar-se de um estágio natural da vida, e não de uma situação especial.
  9. 9. Desenvolvimento de programas de atividades físicas para populações específicas, podendo ser trabalhadas individualmente ou em grupos. Possuir conhecimento sobre as diversas deficiências e distúrbios orgânicos que ocasionam limitações específicas nos indivíduos. 1960: Ocorre os primeiros jogos Paraolímpicos em Roma (ocorrem sempre algumas semanas após os Jogos Olímpicos convencionais e utilizam a mesma sede para a sua realização) Brasil: Participa das Paraolimpíadas desde 1972 e vêm alcançando resultados mais elevados Hoje -> Evolução das pesquisas na área de atividade motora: Objetivo: EF Adaptada busca oferecer programas individualizados de atividades físicas para indivíduos que, por alguma deficiência ou distúrbio, não teriam benefícios ideais ao participarem de programas convencionais. ADD – Associação Desportiva para Deficientes Grande associação brasileira que cuida do desporto Adaptado para portadores de deficiências. Possui atletas deficientes físicos Encaminha os atletas para o mercado de trabalho Oferece cursos profissionalizantes Conta com apoio de voluntários e empresas privadas
  10. 10. A manutenção do tônus muscular é importante para as pessoas que são forçadas a levar uma vida sedentária devido a qualquer deficiência.
  11. 11. • Extensões cotovelo-braço -> Para mobilidade do pescoço, do ombro e do cotovelo. • Alongamentos cotovelo-ombro -> Para alongar e fortalecer os músculos do peito e ombros. • Alongamentos do tronco -> Para alongar a região inferior das costas e aumentar a mobilidade dos ombros. • Elevações na cadeira de rodas -> Para musculação do tricípite, região abdominal, costas e punhos. -> Estes exercícios de alongamento e tonificação podem ser executados por deficientes com mobilidade da cintura para cima. -> A cadeira de rodas deve estar travada durante os exercícios que devem ser feitos com moderação.
  12. 12. Lawn Bowls Natação Racquetball Arco e flecha Rugby em cadeira de rodas Atletismo Tênis de campo Basquetebol sobre rodas Tênis de mesa Bocha Tiro ao alvo Ciclismo Voleibol Equitação Esgrima Futebol Halterofilismo Iatismo
  13. 13. Os Jogos Paraolímpicos é o segundo maior evento do mundo perdendo apenas para as Olimpíadas; A palavra Paraolimpíada significa "Paralela aos Jogos Olímpicos" e não paraplégicos; Em Atlanta, no ano de 1996, um recorde de participação foi estabelecido, com 4.912 atletas de 104 países saltando, correndo e, acima de tudo exercendo os seus direitos; Em Sydney 2000, 121 países mandaram representantes para a Austrália quebrando o recorde estabelecido em Atlanta; Em 1995 foi criado o Comitê Paraolímpico Brasileiro;
  14. 14. Acidentes Causas Fatores orgânicos / hereditários Fatores genéticos Antes da gravidez Práticas Durante a gestação preventivas Momento do parto Após o nascimento
  15. 15. na infância de trânsito Violência De trabalho e doenças ocupacionais Doenças não infeccios as
  16. 16. Prevenção: Acompanhamento médico Rubéola Bateria de exames para identificar: Sífilis Exames de sangue Toxoplasmose Sonografia Prevenção: Técnica mecânica Apgar Teste do pezinho Vacinação
  17. 17. Meningite Prevenção: Sarampo Vacinação Intoxicação por Aleitamento materno medicamentos Consulta com pediatras Desnutrição Medicamentos somente Maus tratos com orientação médica Problemas no metabolismo Acidentes com soda cáustica Instrumentos cortantes Fogo Alimentos contaminados Traumatismos
  18. 18. A pesquisa e todo o processo de montagem do trabalho sobre Ginástica e Deficiência nos leva a perceber que a prática de atividade física promove, dentro de cada deficiente físico envolvido com a atividade física e esportiva, um desejo e vontade de melhorar o mundo que eles conhecem, provando para si mesmos e para a sociedade que são capazes de solucionar suas maiores dificuldades e barreiras. Eles passaram a ser mais firmes consigo mesmos no objetivo de superar suas limitações. É notável que o esporte trouxe, para esses portadores de deficiência, seja lá qual for a limitação, uma melhor expressão na sociedade como um todo. O esporte deveria ser o fator principal, o caminho ideal para a reabilitação destes indivíduos. Através do esporte é que eles têm a oportunidade de se expressar num meio social ainda muito preconceituoso. Todas as pessoas têm um potencial a ser estimulado em busca de uma vida mais saudável e digna.

×