Ii simulado ciclo iv

1.174 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.174
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ii simulado ciclo iv

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO GRUPO DE ESTUDO E PRODUÇÃO II SIMULADO LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CICLO IV 2º ANO Nome do aluno(a) ________________________________________ agosto / 2013
  2. 2. 2 LÍNGUA PORTUGUESA BLOCO 1: você terá 25 minutos para resolver este bloco. EDUCAÇÃO BÁSICA Estudantes de 33 escolas de Belém se submeteram ontem a simulados Estudantes de 33 escolas do município de Belém fizeram ontem o primeiro simulado de preparação para a Prova Brasil. Ao todo, 3.300 estudantes do CIII e CIV – 2º ano das instituições de ensino da capital fizeram a prova, respondendo a 20 questões objetivas de Português e 20 de Matemática. A diretora de Educação da Semec, Lorena Trescastro, explicou que, após o simulado, será feita uma nova Formação, tendo por base os resultados dos simulados, com o objetivo de possibilitar melhorias no aprendizado dos alunos. Uma das escolas que aplicou o exame preparatório foi a Benvinda de França Messias, localizada no bairro de São Brás. Segundo a coordenadora pedagógica da escola, Mariléia Barroso, desde o ano passado os alunos estão sendo preparados pelos professores para participarem do simulado. Segundo a professora de Língua Portuguesa da escola, Maria do Carmo, o teste faz os alunos terem mais seriedade e responsabilidade com as provas. Ela disse ainda que a prova preparatória permite ao docente observar se os alunos estão assimilando o conteúdo dado em sala de aula (...). Texto com adaptações Fonte: http://www.orm.com.br/projetos/oliberal/interna/default.asp?modulo=247&codi go=640108 – acessado em 11/04/2013 QUESTÃO 1 O texto acima tem por finalidade (A) informar. (B) convencer. (C) entreter. (D) instruir. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  3. 3. 3 QUESTÃO 2 A expressão que revela uma opinião sobre o fato “Estudantes de 33 escolas do município de Belém fizeram ontem o primeiro simulado de preparação para a Prova Brasil.”, é (A) “Ao todo, 3.300 estudantes do CIII e CIV – 2º ano das instituições de ensino da capital fizeram a prova, respondendo a 20 questões objetivas de Português e 20 de Matemática.” (B) “...após o simulado, será feita uma nova Formação, tendo por base os resultados dos simulados...” (C) “Uma das escolas que aplicou o exame preparatório foi a Benvinda de França Messias, localizada no bairro de São Brás.” (D) “...a prova preparatória permite ao docente observar se os alunos estão assimilando o conteúdo dado em sala de aula...” QUESTÃO 3 Texto I Texto II CANÇÃO DO EXÍLIO Gonçalves Dias EXÍLIO DE PÉ QUEBRADO Paulo Nunes Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá; As aves que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá. Minha terra tem açaizeiro que um palmiteiro boliu, as mangueiras já não enfeitam a Catorze de Abril. Nosso céu tem mais estrelas, Nossas várzeas têm mais flores, Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores. Minha terra Vê-o-Peso da baía do Guajará os periquitos daqui não cantam como os de lá. Em cismar, sozinho, à noite, Mais prazer encontro eu lá; Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá. Minha terra tem primores, Que tais não encontro eu cá; Em cismar – sozinho, à noite – Mais prazer encontro eu lá; (...) Que prazer encontro eu lá nas manhãs de chuva fina a garoa vai brotando feito xixi de menina Minha gente fez cabanagem mas baixou seu espinhel hoje só vive esperando o bacuri cair do céu. (...) O texto I difere do texto II II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  4. 4. 4 (A) (B) (C) (D) no sentimento de idealização do lugar em que o eu lírico vive. No fato de mencionar o canto de passarinhos. no tema em torno do qual giram as ideias. no desprazer que o eu-lírico tem de viver no seu lugar de origem. Trem-fantasma O maquinista, logo após o desastre, deu um grito, levou as mãos à cabeça, pôs-se a chorar e recostou-se a um canto da parede, sentando-se. Descuido? Imprudência? A locomotiva partiu da estação primeira já em alta velocidade e, num segundo, alcançou a segunda, a terceira, feito bala, apitando, sem parar em nenhuma estação. Quando o maquinista percebeu o perigo, não havia mais tempo para frear o trem. O precipício abria-se à sua frente, profundo, mortal. O homenzinho fez careta, arregalou os olhos: os vagões resvalaram, despedaçando-se no fundo do abismo. "Ó meu Deus!" Porém, havia um consolo: nenhum passageiro havia subido aos vagonetes. E ajudantes ele nunca teve. Assim, nada de vítimas. Mais sossegado, enxugou as lágrimas e engatinhou até o primeiro pedaço do trem. Pôs-se a juntar um a um os restos do veículo. Olhou para cima, para a grande mesa da sala, onde o desastre teve início. http://www.o-bule.com/2011/03/tres-contos-curtos-de-nilto-maciel.html QUESTÃO 4 “... alcançou a segunda, a terceira, feito bala...” A expressão destacada significa (A) (B) (C) (D) desastradamente. violentamente. velozmente. desatentamente. QUESTÃO 5 “Porém, havia um consolo: nenhum passageiro havia subido aos vagonetes.” O fato de não haver passageiros no trem se deve ao fato de o trem (A) (B) (C) (D) ser de brinquedo. estar com problemas no freio. estar à beira de um precipício. só ter um maquinista. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  5. 5. 5 QUESTÃO 6 Os dois personagens acima (A) (B) (C) (D) são pessoas extremamente sinceras nas conversas virtuais. mentem um para o outro sobre sua aparência física. correspondem a descrição que fazem de si mesmos. planejam uma mudança no visual. QUESTÃO 7 O texto, ao lado, tem a finalidade de (A) (B) (C) (D) relatar. argumentar. informar. narrar. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  6. 6. 6 Qual a diferença entre a onça, o tigre e o leopardo? Os três são felinos, carnívoros e ótimos caçadores. Eles possuem presas grandes e garras que se escondem embaixo da pele. Mas são espécies diferentes. A onça vive nas Américas, tem pelo cheio de manchas com uma pinta preta no meio. Já o leopardo vive na Ásia e na África e também tem manchas, mas sem a pinta preta no meio. O tigre habita na Ásia e não tem manchas, mas listras. O curioso é que o desenho das manchas ou listras é diferente de um animal para outro, como nossas impressões digitais. Assim, não existem dois tigres, onças ou leopardos iguais. Revista Recreio, nº252, 2005 QUESTÃO 8 Esse texto (da pagina anterior) trata (A) (B) (C) (D) dos das das dos hábitos dos carnívoros. diferenças e semelhanças entre as moradias dos animais. diferenças e semelhanças entre o tigre, a onça e o leopardo. hábitos dos felinos. Texto I BRASILEIRO NÃO GOSTA DE LER? A meninada precisa ser seduzida. Ler pode ser divertido e interessante, pode entusiasmar, distrair e dar prazer - Lya Luft (...) Como ler é um hábito raro entre nós, e a meninada chega ao colégio achando livro uma coisa quase esquisita, e leitura uma chatice, talvez ela II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  7. 7. 7 precise ser seduzida: percebendo que ler pode ser divertido, interessante, pode entusiasmar, distrair, dar prazer. Eu sugiro crônicas, pois temos grandes cronistas no Brasil, a começar por Rubem Braga e Paulo Mendes Campos, além dos vivos como Verissimo e outros tantos. Além disso, cada um deve descobrir o que gosta de ler, e vai gostar, talvez, pela vida afora. Não é preciso que todos amem os clássicos nem apreciem romance ou poesia. Há quem goste de ler sobre esportes, explorações, viagens, astronáutica ou astronomia, história, artes, computação, seja o que for. (...) Fonte: http://veja.abril.com.br/120809/brasileiro-nao-gosta-de-ler-p-022.shtml Texto II QUEM DISSE QUE BRASILEIRO NÃO GOSTA DE LER? Tony Casanova Não obstante as dificuldades que tem um escritor para conseguir publicar um livro, este ainda se depara com a ideia plantada da falta de leitores nacionais. Fato é que o brasileiro realmente lê pouco se comparado com outros países. Na verdade não podemos culpar o povo pela falta de verba para pagar um livro se não existe incentivo que lhes faça despertar ($) o gosto pela leitura. Não que os professores não criem meios, maneiras de incentivar, mas ainda faltam os eventos públicos, o apoio governamental através de uma Lei de redução tributária para custeios de publicações e para apoiar promover Encontros Culturais, Bienais e Saraus por todo o país. Parte desta "falta de vontade" de criar incentivos à leitura por parte dos governos, deve-se ao fato de que outros segmentos importantes também não apoiam: Os empresários. Ora, se o Governo entrasse com a redução de impostos e o empresário com a publicação, o custo reduziria muito e o povo poderia ler mais, concorda comigo? Se hoje publicar um livro pode ser classificado como "dureza", "pedreira" mesmo é achar quem o compre para ler. Eu particularmente sinto que não é tanto o "não gostar" de ler, mas o não poder pagar os preços salgados das publicações nas bancas. (...) Fonte: http://sociedadedospoetasamigos.blogspot.com.br/2012/05/quemdisse-que-brasileiro-nao-gosta-de.html II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  8. 8. 8 QUESTÃO 9 Quanto à afirmação de que brasileiro não gosta de ler (A) Nos textos I e II, os autores tem a mesma opinião. (B) No texto I, fala-se sobre a necessidade de indicar o estilo de leitura de cada um. (C) No texto II, expõe-se a ideia de que o brasileiro não lê por causa do alto custo dos livros. (D) No texto II, esclarece-se que os Encontros culturais, as Bienais e os Saraus são estímulos à leitura realizados pelo Governo. QUESTÃO 10 Considerando as linguagens verbal e não-verbal, pode-se afirmar que a garota, ao falar sobre o amor para Armando, usando a linguagem dele, mostra-se (A) (B) (C) (D) tolerante. feliz. confusa. irritada. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  9. 9. 9 BLOCO 2: você terá 25 minutos para resolver este bloco. QUESTÃO 1 A finalidade do anúncio publicitário feito pelo Ministério da Educação é (A) (B) (C) (D) esclarecer a importância dos livros. convocar os leitores para um movimento de leitura. persuadir o leitor sobre a importância de ler. explicar a importância dos livros em nossa vida. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  10. 10. 10 TEXTO 1 Redução da violência contra adolescentes A violência contra adolescentes nas comunidades e nas ruas é um fenômeno tipicamente urbano e fortemente determinado pelas desigualdades sociais e econômicas nesses espaços. Caracterizada, em sua maioria, pelos assassinatospor armas de fogo, acidentes de trânsito e exploração sexual, a violência em espaços urbanos tem aumentado no Brasil e no mundo. As maiores vítimas da violência urbana são os adolescentes moradores de comunidades populares e de periferias que, muitas vezes, encontram-se vulneráveis diante das ações de grupos criminosos e da repressão das forças de segurança. Em situações de ausência de políticas públicas eficientes e transformadoras, de opções de educação, de oportunidades de emprego, abrese uma porta para a ação de aliciadores que recrutam crianças e adolescentes para o tráfico de drogas e armas. Em 2005, 8 mil pessoas entre 10 e 19 anos foram vítimas de homicídios. Destes, 65% eram afro-descendentes. Fonte: Adaptação: http://www.unicef.org/brazil/pt/activities_10211.htmlAcesso em: 30/10/08 Texto 2 O artigo 5º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, Lei Federal 8.069/90) que dispõe: “Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais”. Fonte: Adaptação:http://violenciaintrafamiliarfmp.blogspot.com/2007/10/violenciacontra-criancas -e-adolescentes:html - acesso em: 30/10/08. QUESTÃO 2 Com relação aos textos 1 e 2, é correto afirmar que (A) (B) (C) (D) o texto 2 apresenta direitos que não são garantidos na situação apresentada pelo texto 1. nenhum dos textos trata do adolescente na sociedade. o texto 1 expressa direitos presentes no texto 2. o direito expresso no texto 2 está garantido no texto 1. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  11. 11. 11 Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/praticapedagogica/interpretacao-texto-auxilio-materiais-graficos-leitura493824.shtml QUESTÃO 3 Sobre o texto acima, é correto afirmar que (A) (B) (C) (D) entre os homens, os negros morrem mais por homicídios, e os brancos, por doenças. de 1999 a 2005, cada vez menos mulheres negras morriam por problemas no parto. os homes negros e as mulheres brancas tiveram a mesma taxa de aumento na morte por HIV/Aids. as mortes por doenças do aparelho circulatório são mais expressivas entre os negros. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  12. 12. 12 O Celular da Fantasia Ouvi a voz atrás de mim. Alguém falando sozinho. Antigamente, só louco. Hoje, não. Hoje as pessoas falam sozinhas no telefone celular. Virei-me, displicente. Era um mendigo. Mas, que estranho, tinha alguma coisa na mão – e parecia um celular! Não pode ser, pensei. Cheguei mais perto. E ri. Não havia celular algum. Ele falava sozinho, segurando um telefone imaginário. Seu celular de fantasia. Parecia com isso querer equiparar sua loucura à loucura da gente comum. Isso o fazia, quem sabe, sentir-se um igual. (Heloisa Seixas) QUESTÃO 4 Neste continho, a opinião do autor em relação ao fato comentado está em a) “Ouvi a voz atrás de mim.” b) “Hoje as pessoas falam sozinhas no telefone celular.” c) “Mas, que estranho, tinha alguma coisa na mão.” d) “Ele falava sozinho, segurando um telefone imaginário.” No mundo dos sinais Sob o sol de fogo, os mandacarus se erguem, cheios de espinhos. Mulungus e aroeiras expõem seus galhos queimados e retorcidos, sem folhas, sem flores, sem frutos. Sinais de seca brava, terrível! Clareia o dia. O boiadeiro toca o berrante, chamando os companheiros e o gado. Toque de saída. Toque de estrada. Lá vão eles, deixando no estradão as marcas de sua passagem. TV Cultura, Jornal do Telecurso. QUESTÃO 5 A opinião do autor em relação ao fato comentado está em (A) (B) (C) (D) “Sinais de seca brava, terrível!!” “os mandacarus se erguem” “aroeiras expõem seus galhos” “Toque de saída. Toque de entrada”. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  13. 13. 13 Quando a separação não é um trauma A Socióloga Constance Ahrons, de Wisconsin, acompanhou por 20 anos um grupo de 173 filhos de divorciados. Ao atingir a idade adulta, o índice de problemas emocionais nesse grupo era equivalente ao dos filhos de pais casados. Ahrons observou que eles "emergiam mais fortes e mais amadurecidos que a média, apesar ou talvez por causa dos divórcios e recasamentos de seus pais". (...) Outros trabalhos apontaram para conclusões semelhantes. Dave Riley, professor da universidade de Madison, dividiu os grupos de divorciados em dois: os que se tratavam civilizadamente e os que viviam em conflito. Os filhos dos primeiros iam bem na escola e eram tão saudáveis emocionalmente quanto os filhos de casais "estáveis". (...) Uma família unida é o ideal para uma criança, mas é possível apontar pontos positivos para os filhos de separados. "Eles amadurecem mais cedo, o que de certa forma é bom, num mundo que nos empurra para uma eterna dependência.” REVISTA ÉPOCA, 24/1/2005, p. 61-62. Fragmento. QUESTÃO 6 No texto, três pessoas posicionam-se em relação aos efeitos da separação dos pais sobre os filhos: uma socióloga, um professor e o próprio autor. Entende-se a partir do texto que (A) (B) (C) (D) a opinião da socióloga é discordante das outras duas. a opinião do professor é discordante das outras duas. o autor discorda apenas da opinião da socióloga. as três opiniões são concordantes entre si. Texto I Sem-proteção, Jovens enfrentam mal a acne, mostra pesquisa Transtorno presente na vida da grande maioria dos adolescentes e jovens, a acne ainda gera muita confusão entre eles, principalmente no que diz respeito ao melhor modo de se livrar dela. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo projeto Companheiros Unidos contra a Acne (Cucas), uma parceria do laboratório Roche e da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): Foram entrevistados 9273 estudantes, entre 11 e 19 anos, em colégios particulares de II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  14. 14. 14 São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Paraíba, Pará, Paraná, Alagoas, Ceará e Sergipe, dentre os quais 7623 (82%) disseram ter espinhas. O levantamento evidenciou que 64% desses entrevistados nunca foram ao médico em busca de tratamento para espinhas. "Apesar de não ser uma doença grave, a acne compromete a aparência e pode gerar muitas dificuldades ligadas à autoestima e à sociabilidade", diz o dermatologista Samuel Henrique Mandelbaum, presidente da SBD de São Paulo. Outros 43% dos entrevistados disseram ter comprado produtos para a acne sem consultar o dermatologista as pomadas, automedicação mais frequente, além de não resolverem o problema, podem agravá-lo, já que possuem componentes oleosos que entopem os poros. (...) Fernanda Colavitti Texto II Perda de Tempo Os métodos mais usados por adolescentes e jovens brasileiros não resolvem os problemas mais sérios de acne. 23% lavam o rosto várias vezes ao dia 21% usam pomadas e cremes convencionais 5% fazem limpeza de pele 3% usam hidratante 2% evitam simplesmente tocar no local 2% usam sabonete neutro (COLAVITTI, Fernanda – Revista Veja Outubro / 2001 – p. 138.) Fonte: http://provapetropolis.blogspot.com.br/ QUESTÃO 7 Comparando os dois textos, percebe-se que eles são (A) (B) (C) (D) semelhantes. divergentes. complementares. contrários. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  15. 15. 15 QUESTÃO 8 No trecho "Isso tem implicações na estrutura e na ... ", o pronome destacado retoma (A) (B) (C) (D) queda da taxa de fertilidade. história da humanidade. cotidiano das pessoas. quantidade de pessoas. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  16. 16. 16 QUESTÃO 9 O enredo se desenvolve a partir da (A) alegria do personagem. (B) penúria do personagem. (C) cor do personagem. (D) elegância do personagem. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  17. 17. 17 QUESTÃO 10 Por que a vassoura da bruxa inglesa empinou como um cavalo xucro? a) b) c) d) Porque Porque Porque Porque a bruxa russa desviou seu pilão. ela freou violentamente. ela saiu apressadíssima. a noite era tempestuosa. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  18. 18. 18 MATEMÁTICA BLOCO 3: você terá 25 minutos para resolver este bloco. Questão 01 O esquema abaixo, em que todos os quadradinhos têm o mesmo tamanho reproduz o espaço de um estacionamento. Este estacionamento terá seu espaço aumentado, de tal forma que suas dimensões serão dobradas. Assim, no novo esquema a representação ocupará um total de (A) (B) (C) (D) 16 24 32 40 quadradinhos. quadradinhos. quadradinhos. quadradinhos. Questão 02 Um reservatório tem a capacidade total para 500 litros de água. Sabendo-se que neste reservatório há 300 litros, podemos afirmar que ele está com sua capacidade em apenas (A)40% (B)50% (C)60% (D)70% Questão 03 A parte acinzentada representada na figura a seguir é mais bem representada pela fração equivalente: (A) 4 6 (B) 8 6 (C) 8 12 (D) 16 18 II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  19. 19. 19 Questão 04 O gráfico a seguir mostra o número de casos de poliomielite (paralisia infantil) no Brasil, de 1986 a 2005. Das tabelas a seguir, qual corresponde aos dados apresentados nesse gráfico? II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  20. 20. 20 Questão 5 As figuras 1 e 2 desenhadas em papel quadriculado são semelhantes, sendo que a figura 2 representa uma ampliação da figura 1. Sabendo que os lados dos quadradinhos medem 1 cm, quanto mede o lado apagado na figura 2? (A) 4,5 cm. (B) 6,0 cm. (C) 7,5 cm. (D) 9,0 cm. Questão 6 A tabela a seguir expõe os valores calóricos de alguns alimentos. Veja: Alimento/Quantidade/Calorias Alimento Almôndega de peru Bacon frito Filé mignon Fígado de boi frito Moela de galinha Peito de frango sem pele Picanha Salsicha hot Dog Quantidade 1 unidade (25g) 1 fatia (10g) 1 fatia (100g) 1 fatia (100g) 1 pires (100g) 1 filé (100g) 1 fatia (100g) 1 unidade (100g) Calorias 46 54 140 210 78 100 287 115 O valor calórico total de 1 unidade de almôndega de peru e 1 fatia de bacon corresponde ao de (A) 1 fatia de fígado de boi frito. (B) 1 pires de moela de galinha. (C) 1 filé de peito de frango s/pele. (D) 1 unidade de salsicha hot dog. II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  21. 21. 21 Questão7 Observe o Polígono abaixo. Decompondo esse polígono em triângulos a partir do vértice A, serão obtidos: (A) 3 Triângulos (B) 4 Triângulos (C) 5 Triângulos (D) 6 Triângulos Questão 8 O maior valor entre os números racionais a seguir, é (A) 1,01 (B) 1,012 (C) 1,0102 (D) 1,01125 II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  22. 22. 22 Questão 9 As figuras a seguir, foram construídas a partir de uma transformação homotética. Sabendo que as figuras são semelhantes, o valor de x será (A)102º (B)100º (C)99º (D)110º Questão 10 O ângulo B da figura abaixo é chamado de: (A) Agudo (B) Reto (C) Obtuso (D) Raso II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  23. 23. 23 BLOCO 4: você terá 25 minutos para resolver este bloco. Questão 1 O valor numérico da expressão abaixo é: 81  2 625  1 3 (A) 10 (B) 11 27  4 (C) 12 (D) 13 Questão 2 1 para o seu irmão. 3 Considerando-se o total de bolinhas, a fração que representa o número de bolinhas que sobrou para Paulo é: Das 15 bolinhas de gude que tinha, Paulo deu (A) 1 3 (B) 1 5 (C) 2 5 (D) 2 3 Questão 3 Veja o bloco retangular abaixo. Qual é o volume desse bloco em cm³? (A) 111 (B) 192 (C) 2 430 (D) 4 860 II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  24. 24. 24 Questão 4 Observe a reta numérica abaixo. Nessa reta, que número corresponde ao ponto P? (A) 5,4 (B) 5,5 (C) 5,6 (D) 5,9 Questão 5 Para medir a largura X de um lago, foi utilizado o esquema do desenho abaixo, nessas condições, obteve-se lago é (A) 200 m (B) 300 m . A medida da largura X do (C) 500 m (D) 600 m II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  25. 25. 25 Questão 6 Rodrigo construiu um retângulo com palitos de fósforos, de acordo com a figura a seguir, de dois tamanhos diferentes, 3 e 5 centímetros. O valor do perímetro do retângulo é (A) 48 m (B) 24 m (C) 48 cm (D) 24 cm Questão 7 Na figura abaixo está representada a rodovia retilínea em que um veículo parte de A e chega até X. Se o motorista do veículo decide retornar de X até o Y que é a metade do seguimento CB, terá se deslocado em (A)82,5 m (B)75 m (C) 80,5 m (D)90 m II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP
  26. 26. 26 Questão 8 Das 15 bolinhas de gude que tinha, Paulo deu 6 para o seu irmão. Considerando-se o total de bolinhas, a fração que representa o número de bolinhas que o irmão de Paulo ganhou é (A) 6 15 (B) 9 15 (C) 15 9 (D) 15 6 Questão 9 Veja abaixo a oferta no preço de uma bolsa. Nessa oferta, o desconto foi de 9 3 1 (A) (B) (C) 10 10 5 (D) 1 4 Questão 10 Pedro murou 60% de um terreno quadrado cujo lado mede 40 metros. Quantos metros de muro falta para Pedro concluir o muro todo? (A) 96m (B) 40m (C) 64m (D) 128m II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA– CICLO IV – 2º ANO – AGOSTO / 2013 PMB/SEMEC/DIED/GEP

×