Saiba Quais São Os Dois Principais Tipos de Times do Futsal Amador

116 visualizações

Publicada em

Descubra quais são os dois principais tipos de times do futsal amador e dicas importantes para você pensar e repensar na forma como você leva o seu time.

Para mais dicas práticas para tornar o seu time de futsal amador mais organizado, competitivo e motivado, acesse www.segredosdofutsal.com.br e curta a nossa página no Facebook: Segredos do Futsal. Por Bruno Rodrigues, autor do e-book "3 Motivos Por Que Seu Time de Futsal Amador NÃO VAI DAR CERTO.

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
116
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saiba Quais São Os Dois Principais Tipos de Times do Futsal Amador

  1. 1. Por Bruno Rodrigues. Retirado de www.segredosdofutsal.com.br Curta Segredos do Futsal no Facebook 1 SAIBA QUAIS SÃO OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE TIMES DO FUTSAL AMADOR Neste post você vai aprender:  Quais são os dois principais tipos de times que existem no futsal amador;  Dicas importantes para você pensar e repensar na forma como você leva o seu time. No futsal amador podemos dividir as equipes em praticamente duas categorias: time de boleiros e time de amigos. Primeiramente, vamos às definições de cada categoria: Time de boleiros é o time que tem jogadores que recebem (R$) para jogar. Nos torneios de maior expressão no futsal amador, não vai ser raro você encontrar jogadores profissionais atuando por times amadores. Esse tipo de time tem sempre alguém ou alguma empresa por trás que entra com investimento (R$). Por conta disso, esses times também tem um nível de competitividade maior porque esses jogadores são tecnicamente e, principalmente, fisicamente superiores à média dos jogadores do futsal amador. Time de amigos é o time que, como o próprio nome diz, é composto por amigos. Gente que não só não é remunerada para jogar, como quase sempre paga para jogar. Isso porque talvez exista algum tipo de mensalidade no time para arcar com as despesas, uma vez que esse tipo de time não recebe dinheiro de apoiadores ou patrocinadores. Esse tipo de time geralmente é uma incógnita, pois mistura jogadores de diferentes níveis técnicos e físicos. Embora exista essa distinção, em ambos os casos um time de futsal amador pode viver na corda bamba.
  2. 2. Por Bruno Rodrigues. Retirado de www.segredosdofutsal.com.br Curta Segredos do Futsal no Facebook 2 Time de boleiros No caso do time de boleiros, a pressão por títulos é muito maior, já que o investimento com a vinda de jogadores remunerados também é maior. Caso a verba que esse tipo de time receba seja cortada, logo o elenco se desmancha. E o bom desempenho individual de um jogador pode abrir portas para receber propostas de outros times. Nesta hipótese, a falta de acordo financeiro pode resultar pouco a pouco em desfalques na equipe. Dica! Leia o post “Como segurar um atleta no seu time de futsal amador com a cota de caixinha" que traz dicas muito interessantes sobre esse assunto. Agora vamos ao caso do time de amigos, que é maioria absoluta no futsal amador. Time de amigos A grande moeda de troca neste tipo de time é a motivação. Mais do que qualquer outra coisa, os jogadores de times nesta categoria jogam por opção, porque gostam de jogar e, na maioria das vezes, pagam por isso. Apesar disso, não é apenas a vontade de jogar futsal que o faz sair de casa. Esse tipo de time muitas vezes tem dentro do elenco uma amizade que vem até antes do futsal, ou seja, que transcende as quadras. Por isso, esse time mesmo com menos pressão em ganhar títulos, pode ser mais capaz de aguentar uma série de resultados negativos. Isso quando essa amizade fora das quadras for forte o suficiente.
  3. 3. Por Bruno Rodrigues. Retirado de www.segredosdofutsal.com.br Curta Segredos do Futsal no Facebook 3 Digo isso porque mesmo perdendo, terá valido a pena pela resenha que aconteceu antes e depois do jogo com os amigos. Preste bastante atenção nesta parte da resenha que falarei mais a respeito daqui a pouco. Lembra do que foi dito anteriormente que a moeda de troca em um time de amigos é a motivação? Pensando em um cenário de maré ruim, qual a motivação que uma pessoa tem de sair de casa para tomar pau? Nenhuma! Assim, logo, logo, essa pessoa abandonará o time. Agora se você faz parte de um time de futsal amador que tem amigos seus, cada confronto se torna uma oportunidade de estarem juntos. Então, fica um pouco mais difícil dessas ocasiões caírem na sua lista de prioridades no tempo livre. Quando não há amizade e justificativa suficientes, até ficar em casa vendo o Luciano Huck se torna mais interessante. Nessa hora você pode perguntar... Mas no meu caso? O meu time também não é aquela “super” amizade? Bom, é natural que não seja mesmo. Seria muita sorte inclusive haver excelentes jogadores que sejam grandes amigos de longa data! Nem sempre é assim. Pois bem, é aí que voltamos para a questão das resenhas. É muito importante, então, desenvolver união fora das quadras para que ela reflita dentro de quadra. Jogadores mais unidos, com mais amizade, tendem a correr muito mais um pelo outro na hora do jogo. E não tem outro jeito de fazer isso acontecer a não ser passar mais tempo juntos. E para isso você tem duas opções. Opções que se usadas em conjunto darão ainda mais resultados. São elas: o pós-jogo e eventos.
  4. 4. Por Bruno Rodrigues. Retirado de www.segredosdofutsal.com.br Curta Segredos do Futsal no Facebook 4 Pós-jogo Você vai notar uma nítida melhora no clima do time quando você conseguir substituir a correria no vestiário depois do jogo para ir embora e, em seu lugar, trocar por uma esticadinha no bar da quadra, por exemplo. Ficar 1h ou 2h a mais depois do jogo juntos comendo e bebendo alguma coisa, relembrando o que aconteceu de engraçado no jogo e contando histórias, vai trazer cumplicidade ao elenco. Esse hábito com certeza fará diferença no nível de comparecimento dos seus jogadores com o passar do tempo. Eventos De tempos em tempos, façam algum evento juntos. Pode ser um almoço, jantar fora, churrasco ou até mesmo viagem. Os sites de compra coletiva estão aí também para ajudar na organização. Nestes eventos, é muito importante incluir também familiares e amigos que não façam parte do seu time de futsal amador. Isso traz um ar de comunidade e gera boa vontade de outras pessoas para com seu time. Fora que aumenta a popularidade, seja no boca-a-boca ou nas fotos que naturalmente serão postadas nas redes sociais. Veja: Minicurso SDF – Facebook Futsal Amador Esses esforços extraquadra são tão importantes quanto a vontade de vencer dentro de quadra. Aliás, funcionarão como combustível para seu time buscar essas vitórias. E convenhamos: vencer num time que tenha amizade e faz coisas juntos é muito melhor.
  5. 5. Por Bruno Rodrigues. Retirado de www.segredosdofutsal.com.br Curta Segredos do Futsal no Facebook 5 Então, pare um pouco para avaliar a situação que seu time se encontra. Se você sente que seu time ainda não é um time de boleiros, mas também não é um time de amigos, saiba que o elo que une vocês é, portanto, muito frágil. As dicas deste post com certeza irão te ajudar muito a reverter esta situação. Para mais dicas práticas para tornar o seu time de futsal amador mais organizado, competitivo e motivado, acesse www.segredosdofutsal.com.br e curta a nossa página no Facebook: Segredos do Futsal. O Segredos do Futsal desenvolveu um minicurso chamado Facebook Futsal Amador. Nele, você aprende a tirar o máximo da rede social a favor da sua equipe, tanto criando um ambiente confiável e organizado para registro/consulta dos passos dados por seu time de futsal amador, quanto utilizando como uma ferramenta de comunicação interna. Conhecer o minicurso: http://segredosdofutsal.com.br/facebook-futsal-amador

×