SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.
           DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO
           CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSONAL DE VISEU


Com base na leitura do texto “Intervenção precoce: Focada na criança ou centrada na
família e na comunidade?” responda às seguintes questões:


Obs: não deverá transcrever na íntegra frases do texto


   1. Como é que os autores Dunst e Bruder definem a intervenção precoce?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
   2. Na actualidade a prática da Intervenção Precoce (IP) baseia-se em termos
       teóricos num modelo ecossistémico e transacional. Identifique-o e apresente os
       principais eixos.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
   3. Porque é importante incluir a família como um todo na IP?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.
        DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO
        CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSONAL DE VISEU


___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
  4. Elabore um pequeno texto em relação à figura 1?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
  5. De acordo com o estudo de Bairrão e Almeida (2002), podemos constatar que a
     sinalização/atendimento nos programas de intervenção precoce ocorre
     tardiamente? Exponha a razão apresentada no texto para essa situação.
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
  6. Em Portugal qual é a legislação específica dirigida à IP?
___________________________________________________________________________
  7. Tendo em conta os trabalhos de Bairrão e Almeida (2022), apenas 25% das
     crianças são sinalizadas antes dos 3 anos. Qual é a razão apresentada para este
     resultado?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
  8. A nível das modalidade de intervenção, o que acontece em Portugal?
INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.
        DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO
        CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSONAL DE VISEU


___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
  9. O trabalho desenvolvido pelos educadores inseridos nos diversos projectos
     integrados de IP demonstram uma prática mais consolidada e de maior
     qualidade de intervenção. Porquê?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
  10. O que acontece em Portugal em relação à avaliação dos resultados dos
     programas?
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Organização 2o roteiro de estudos
Organização 2o roteiro de estudosOrganização 2o roteiro de estudos
Organização 2o roteiro de estudosOtávio Sales
 
teste de avaliação trimestral de Estudo do meio
teste de avaliação trimestral de Estudo do meioteste de avaliação trimestral de Estudo do meio
teste de avaliação trimestral de Estudo do meioProfessora
 
Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...
Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...
Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...Otávio Sales
 
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)Ângela Ferreira
 
Português – coesão e coerência textual 03 – 2014
Português – coesão e coerência textual 03 – 2014Português – coesão e coerência textual 03 – 2014
Português – coesão e coerência textual 03 – 2014Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Ficha de trabalho 3
Ficha de trabalho 3Ficha de trabalho 3
Ficha de trabalho 3Ana Pereira
 
Termo de Compromisso
Termo de CompromissoTermo de Compromisso
Termo de CompromissoLiliane Ennes
 

Mais procurados (12)

Organização 2o roteiro de estudos
Organização 2o roteiro de estudosOrganização 2o roteiro de estudos
Organização 2o roteiro de estudos
 
teste de avaliação trimestral de Estudo do meio
teste de avaliação trimestral de Estudo do meioteste de avaliação trimestral de Estudo do meio
teste de avaliação trimestral de Estudo do meio
 
Ficha de trabalho tempo
Ficha de trabalho tempoFicha de trabalho tempo
Ficha de trabalho tempo
 
Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...
Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...
Roteiro de Estudos - Organização e Funcionamento dos Sistemas de Ensino - Cur...
 
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)Ficha formativa   present simple vs present continuos (2)
Ficha formativa present simple vs present continuos (2)
 
Português – coesão e coerência textual 03 – 2014
Português – coesão e coerência textual 03 – 2014Português – coesão e coerência textual 03 – 2014
Português – coesão e coerência textual 03 – 2014
 
Exercícios gramaticais
Exercícios gramaticaisExercícios gramaticais
Exercícios gramaticais
 
Boi manso
Boi mansoBoi manso
Boi manso
 
Ti lp2-jun2011-cad2
Ti lp2-jun2011-cad2Ti lp2-jun2011-cad2
Ti lp2-jun2011-cad2
 
Ficha de trabalho 3
Ficha de trabalho 3Ficha de trabalho 3
Ficha de trabalho 3
 
Ficha1
Ficha1Ficha1
Ficha1
 
Termo de Compromisso
Termo de CompromissoTermo de Compromisso
Termo de Compromisso
 

Semelhante a Intervenção precoce focada na família

Atividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.doc
Atividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.docAtividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.doc
Atividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.docVniaMorelattoMaffei
 
Unidade 3 Atividade 2
Unidade 3 Atividade 2Unidade 3 Atividade 2
Unidade 3 Atividade 2Naysa Taboada
 
Roteiro de estudos ofse (estrutura) parte 1
Roteiro de estudos ofse (estrutura)   parte 1Roteiro de estudos ofse (estrutura)   parte 1
Roteiro de estudos ofse (estrutura) parte 1Otávio Sales
 
Ficha formativa 1
Ficha formativa 1Ficha formativa 1
Ficha formativa 1Ana Pereira
 
Guião de entrevista
Guião de entrevistaGuião de entrevista
Guião de entrevistaLiliana
 
Teste saude individual e comunitaria
Teste saude individual e comunitariaTeste saude individual e comunitaria
Teste saude individual e comunitariaSofia Ribeiro
 
Avaliação de Português 5º Ano 2º bimestre
Avaliação de Português 5º Ano 2º bimestreAvaliação de Português 5º Ano 2º bimestre
Avaliação de Português 5º Ano 2º bimestreKelry Carvalho
 
Matemática lúdico e inclusão uma parceria de sucesso
Matemática  lúdico e  inclusão uma parceria de sucessoMatemática  lúdico e  inclusão uma parceria de sucesso
Matemática lúdico e inclusão uma parceria de sucessoSimoneHelenDrumond
 
Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1Kênia Machado
 

Semelhante a Intervenção precoce focada na família (20)

Atividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.doc
Atividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.docAtividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.doc
Atividades diversas-Plus-Português-7º-Ano.doc
 
Unidade 3 Atividade 2
Unidade 3 Atividade 2Unidade 3 Atividade 2
Unidade 3 Atividade 2
 
Termo 2 2019_corr
Termo 2 2019_corrTermo 2 2019_corr
Termo 2 2019_corr
 
Avaliação sd2
Avaliação sd2Avaliação sd2
Avaliação sd2
 
Avaliação sd2
Avaliação sd2Avaliação sd2
Avaliação sd2
 
Roteiro de estudos ofse (estrutura) parte 1
Roteiro de estudos ofse (estrutura)   parte 1Roteiro de estudos ofse (estrutura)   parte 1
Roteiro de estudos ofse (estrutura) parte 1
 
Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014Aval. diag _port_2_ano_2014
Aval. diag _port_2_ano_2014
 
Ficha formativa 1
Ficha formativa 1Ficha formativa 1
Ficha formativa 1
 
IDH Geografia 9º ano
IDH Geografia 9º anoIDH Geografia 9º ano
IDH Geografia 9º ano
 
Guião de entrevista
Guião de entrevistaGuião de entrevista
Guião de entrevista
 
Atividades
AtividadesAtividades
Atividades
 
Atividades
AtividadesAtividades
Atividades
 
2016 1 ebm_mrps
2016 1 ebm_mrps2016 1 ebm_mrps
2016 1 ebm_mrps
 
5o-ano-Atividades-da-19a-SEMANA.pdf
5o-ano-Atividades-da-19a-SEMANA.pdf5o-ano-Atividades-da-19a-SEMANA.pdf
5o-ano-Atividades-da-19a-SEMANA.pdf
 
Teste saude individual e comunitaria
Teste saude individual e comunitariaTeste saude individual e comunitaria
Teste saude individual e comunitaria
 
Avaliação de Português 5º Ano 2º bimestre
Avaliação de Português 5º Ano 2º bimestreAvaliação de Português 5º Ano 2º bimestre
Avaliação de Português 5º Ano 2º bimestre
 
3ºANO_LP_EM.pdf
3ºANO_LP_EM.pdf3ºANO_LP_EM.pdf
3ºANO_LP_EM.pdf
 
Matemática lúdico e inclusão uma parceria de sucesso
Matemática  lúdico e  inclusão uma parceria de sucessoMatemática  lúdico e  inclusão uma parceria de sucesso
Matemática lúdico e inclusão uma parceria de sucesso
 
ortografia rr.docx
ortografia rr.docxortografia rr.docx
ortografia rr.docx
 
Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1
 

Último

QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 

Último (20)

QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 

Intervenção precoce focada na família

  • 1. INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSONAL DE VISEU Com base na leitura do texto “Intervenção precoce: Focada na criança ou centrada na família e na comunidade?” responda às seguintes questões: Obs: não deverá transcrever na íntegra frases do texto 1. Como é que os autores Dunst e Bruder definem a intervenção precoce? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 2. Na actualidade a prática da Intervenção Precoce (IP) baseia-se em termos teóricos num modelo ecossistémico e transacional. Identifique-o e apresente os principais eixos. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 3. Porque é importante incluir a família como um todo na IP? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________
  • 2. INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSONAL DE VISEU ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 4. Elabore um pequeno texto em relação à figura 1? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 5. De acordo com o estudo de Bairrão e Almeida (2002), podemos constatar que a sinalização/atendimento nos programas de intervenção precoce ocorre tardiamente? Exponha a razão apresentada no texto para essa situação. ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 6. Em Portugal qual é a legislação específica dirigida à IP? ___________________________________________________________________________ 7. Tendo em conta os trabalhos de Bairrão e Almeida (2022), apenas 25% das crianças são sinalizadas antes dos 3 anos. Qual é a razão apresentada para este resultado? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 8. A nível das modalidade de intervenção, o que acontece em Portugal?
  • 3. INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. DELEGAÇÃO REGIONAL DO CENTRO CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSONAL DE VISEU ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 9. O trabalho desenvolvido pelos educadores inseridos nos diversos projectos integrados de IP demonstram uma prática mais consolidada e de maior qualidade de intervenção. Porquê? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 10. O que acontece em Portugal em relação à avaliação dos resultados dos programas? ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________