Grandezas e Unidades

8.415 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre sistema de unidades produzida pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM-SP).

Publicada em: Educação, Esportes, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
112
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • abertura
  • Conteúdo da apresentação
  • A diversidade de unidades de medição ao que parece não era problemática quando estabelecida para o comércio interno ou regional de um povo ou país. Muitas dessas unidades antigas, baseadas no corpo humano, mesmo sofrendo modificações permaneceram até recentemente: A braça, originalmente o comprimento entre as extremidades dos braços, equivalia a apenas 22 decímetros e o palmo a 22 centímetros, de acordo com tabela de conversão de 1872 (publicada no Rio de Janeiro pela Typographia Apostolo) Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=historia
  • O pé (foot) no sistema inglês/americano, ainda utilizado em paralelo com o SI, equivale a aproximadamente 33cm e a polegada (inch) a 2,5cm. Entretanto quando o comércio envolvia diferentes países, pessoas de uma dada região não estavam familiarizadas com o sistema de medir das outras regiões, e os padrões adotados eram, muitas vezes, subjetivos. As quantidades eram expressas em unidades de medir pouco confiáveis, diferentes umas das outras e que não tinham correspondência entre si.
  • Em 1789, numa tentativa de resolver esse problema, o Governo Republicano Francês pediu à Academia de Ciência da França que criasse um sistema de medidas baseado numa "constante natural", ou seja, não arbitrária. Assim foi criado o Sistema Métrico Decimal, constituído inicialmente de três unidades básicas: o metro, que deu nome ao sistema, o litro e o quilograma. O metro foi definido como "a décima milionésima parte da quarta parte do meridiano terrestre" (comprimento do meridiano dividido por 4.000.000). Para materializar o metro, construiu-se uma barra de platina de secção retangular, com 25,3mm de espessura e com 1m de comprimento de lado a lado. Essa medida materializada, datada de 1799, conhecida como o "metro do arquivo" não é mais utilizada como padrão internacional desde a nova definição aprovada pela 17ª Conferência Geral de Pesos e Medidas.
  • O litro, no Sistema Métrico Decimal foi definido como "o volume de um decímetro cúbico". Permanece como uma das unidades em uso com o SI, entretanto recomenda-se a utilização da nova unidade de volume definida como o metro cúbico.
  • Definido para medir a grandeza massa, o quilograma passou a ser a "massa de um decímetro cúbico de água na temperatura de maior massa específica, ou seja, a 4,44ºC". Para materializá-lo foi construído um cilindro de platina iridiada, com diâmetro e altura iguais a 39 milímetros. Esse cilindro, conservado pelo Bureau Internacional de Pesos e Medidas – BIPM, é o protótipo internacional do quilograma, padrão de massa do SI. Ver artigos “Um qulo de problemas” e “O quilo não pesa um quilo” no www .ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=historia
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/historia.asp
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=multiplo
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=grafia
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=grafia
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=grafia
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=grafia
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=grafia
  • Ver www.ipem.sp.gov.br/5mt/unidade.asp?vpro=grafia
  • Grandezas e Unidades

    1. 1. www.ipem.sp.gov.br ISO 9001:2000
    2. 2. SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI O RIGENS DO SISTEMA U NIDADES DE BASE M ÚLTIPLOS E SUBMÚLTIPLOS G RAFIA DOS NOMES E SÍMBOLOS
    3. 3. <ul><li>O RIGENS </li></ul><ul><li>BRAÇA </li></ul>UNIDADES ANTIGAS o homem como medida
    4. 4. <ul><li>O RIGENS </li></ul>POLEGADA PÉ UNIDADES ANTIGAS o homem como medida
    5. 5. <ul><li>O RIGENS </li></ul>SISTEMA MÉTRICO DECIMAL constante natural METRO Décima milionésima parte do quarto do meridiano terrestre
    6. 6. <ul><li>O RIGENS </li></ul>Um decímetro (décima parte do metro) cúbico. LITRO SISTEMA MÉTRICO DECIMAL constante natural 1dm 1dm 1dm
    7. 7. <ul><li>O RIGENS </li></ul>QUILOGRAMA Um decímetro cúbico de água pura a 4,4 o C. SISTEMA MÉTRICO DECIMAL constante natural 1dm 1dm 1dm Cilindro de platina iridiada. 39mm 39mm
    8. 8. <ul><li>O RIGENS </li></ul>características R EPRODUTIBILIDADE - universal C OERÊNCIA - relação entre as unidades C ONVERSÃO - decimal SISTEMA MÉTRICO DECIMAL
    9. 9. <ul><li>O RIGENS </li></ul>cronologia 1799 - sancionado na França 1862 - adotado no Brasil pela Lei Imperial 1.157 de 26/06 1867 - chegada dos padrões ao Brasil 1875 - criação do BIPM - Dept o . Int al . de Pesos e Medidas 1960 - criado o Sistema Internacional de Unidades - SI 1988 - ratificado uso do SI: Resolução CONMETRO 12/88 SISTEMA MÉTRICO DECIMAL
    10. 10. <ul><li>U NIDADES DE BASE </li></ul>quilograma - massa metro - comprimento segundo - tempo Resolução CONMETRO 12/88 ampère - corrente elétrica kelvin - temperatura termodinâmica mol - quantidade de matéria candela - intensidade luminosa www.ipem.sp.gov.br
    11. 11. unidade Gm <ul><li>M ÚLTIPOS E SUBMÚLTIPLOS </li></ul>exemplos Resolução CONMETRO 12/88 www.ipem.sp.gov.br fator nome símbolo deca da 10 hecto h 10 2 quilo k 10 3 mega M 10 6 giga G 10 9 deci d 10 -1 centi c 10 -2 mili m 10 -3 micro  10 -6 nano n 10 -9 da g kg g h g M g G g d g c g m g µ g n g m da m h m k m M m d m c m m m µ m n m G m da L kL L ou l h L M L G L d L c L m L µ L n L
    12. 12. nome quilograma metro metro quadrado metro cúbico litro segundo volt grau Celsius símbolo kg m m 2 m 3 L s V o C <ul><li>M ODO DE SE ESCREVER </li></ul>as unidades do SI Resolução CONMETRO 12/88
    13. 13. <ul><li>M ODO DE SE ESCREVER </li></ul>o nome da unidade SI Resolução CONMETRO 12/88 quilograma, metro cúbico, newton em letra minúscula grau Celsius QUILOGRAMA, Metro Cúbico, NEWTON em título segundos, metros quadrados, pascals-segundos gramas por metro cúbico, lux, farads, decibels, ampères plural: + s (não segue regras de português) ver: www.ipem.sp.gov.br
    14. 14. <ul><li>M ODO DE SE ESCREVER </li></ul>o símbolo da unidade SI Resolução CONMETRO 12/88 invariável: não é abreviatura m kg h metro quilograma hora m. ; mtr. kg. ; kgr. h. ; hr. errado não é expoente 250m 10g 2mg 250 m 10 g 2 mg errado cinco metros dois quilogramas oito horas 5m 2kg 8h 5ms 2kgs 8hs errado não tem plural
    15. 15. <ul><li>M ODO DE SE ESCREVER </li></ul>Resolução CONMETRO 12/88 unidade composta quilômetro por hora km/h errado quilômetro / h km / hora o prefixo “quilo” quilograma; kg errado quilo; k quilômetro quilograma quilolitro kilômetro kilograma kilolitro errado o grama dois quilogramas; quinhentos miligramas; duzentos e dez gramas; oitocentos e um gramas;
    16. 16. <ul><li>M ODO DE SE ESCREVER </li></ul>Resolução CONMETRO 12/88 medidas de tempo 9h 25min 6s errado 09: 25h 9h 12’ 6” valor numérico espaço de até um caractere 250,8 cm resultado de uma medição prefixo da unidade unidade
    17. 17. <ul><li>P RONÚNCIA DO NOME </li></ul>Resolução CONMETRO 12/88 quilômetro; hectômetro; decâmetro; decímetro; centímetro e milímetro exceções micrometro; hectolitro milisegundo; centigrama o acento tônico recai sobre a unidade:
    18. 18. OUVIDORIA 0800-130522 [email_address] www.ipem.sp.gov.br apresentação Assessoria Técnica de Divulgação e Publicações do IPEM-SP Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania I S O 9 0 0 1 : 2 0 0 0 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO RESPEITO POR VOCÊ RESPEITO POR VOCÊ

    ×