O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Rosângela Schwarz Rodrigues - Novos periódicos científicos: o caso do Laboratório de Periódicos da UFSC

59 visualizações

Publicada em

Os portais institucionais de periódicos operam nas principais universidades e instituições de pesquisas dos países da Rede SciELO com objetivos comuns de contribuir para fortalecer a sustentabilidade, promover o aperfeiçoamento dos periódicos e sua visibilidade. Em muitos casos, compartilham periódicos indexados nas respectivas coleções nacionais da Rede SciELO.

O escopo do grupo de trabalho compreenderá, por um lado, a análise das políticas, modelos de gestão, funções, objetivos, metodologias, experiências exitosas e desafios dos portais institucionais em prol do aperfeiçoamento e visibilidade dos periódicos publicados no âmbito da instituição.

Por outro lado, o grupo, discutirá a interoperabilidade e compatibilidade com o Modelo SciELO de Publicação de coleções nacionais de periódicos, em particular no que se refere à adoção de padrões e práticas comuns como critérios de seleção, indicadores comuns ou compatíveis de uso e desempenho, textos em XML/JATS e, mais especificamente, das boas práticas de comunicação da ciência aberta, como preprints e gestão de dados de pesquisa. A compatibilidade contribuirá para racionalizar infraestruturas, baixar custos e aumentar a interoperabilidade.

O grupo deverá contar com a participação de lideranças dos portais institucionais de periódicos e a expectativa é que o compartilhamento de experiências, conclusões e recomendações contribuam para o aperfeiçoamento da gestão e operação dos portais e sua interoperabilidade com as coleções SciELO.

Publicada em: Ciências
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Rosângela Schwarz Rodrigues - Novos periódicos científicos: o caso do Laboratório de Periódicos da UFSC

  1. 1. Novos periódicos cientificos – o caso do Laboratório de Periódicos da UFSC Rosângela Schwarz Rodrigues, Dra. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação Universidade Federal de Santa Catarina
  2. 2. UNESCO, 2015.
  3. 3. Qualis Periódicos Qualis é o conjunto de procedimentos utilizados pela Capes para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação. A estratificação da qualidade dessa produção é realizada de forma indireta. Dessa forma, o Qualis afere a qualidade dos artigos e de outros tipos de produção, a partir da análise da qualidade dos veículos de divulgação, ou seja, periódicos científicos. O estrato Qualis interfere diretamente na qualidade percebida pelos pesquisadores da área e no numero de submissões.
  4. 4. Fórmula CAPES para distribuição de Qualis Travas CTC A1 < A2 A1 + A2 ≤ 25% A1 + A2 + B1 ≤ 50% B2 + B3 + B4 + B5 ≥ 50% Pontuação A1 = 100 A2 = 85 B1 = 70 B2 = 55 B3 = 40 B4 = 25 B5 = 10
  5. 5. Qualis Medicina Estrato / Área Medicina I Medicina II Medicina III A1 FI ou CPD ≥ 4,5 FI ou CPD ≥ 4,2 FI ou CPD ≥ 4,4 A2 > 3,22 ≤ 4,49 > 2,81 ≤ 4,199 ≥ 3,11 B1 > 2,2 ≤ 3,21 > 1,66 ≤ 2,809 ≥ 2,1 B2 > 1,1 ≤ 2,2 > 1 ≤ 1,659 ≥ 1,03 B3 > 0,5 ≤ 1,09 > 0,3 ≤ 0,999 ≥ 0,001 ou PubMed B4 < 0,5 ou WoS + Scimago + Scopus > 0,001 e 0,299 ou Scimago, WoS, PubMed ou Scielo Scielo B5 PubMed + Scielo Lilacs e Latindex Lilacs C Desacordo com políticas do COPE Fonte: Schifini, Luiz, 2018
  6. 6. Fonte: Packer, 2014 O SciELO indexa 278 periódicos, o Scopus, 313 e o WoS, 141 .
  7. 7. Periódicos Novos De acordo com Abadal (2017), o Brasil tem 947 revistas registradas no DOAJ e 1.774 no Ulrich. Salager-Meyer (2015) afirma que as publicações periféricas tem “[...] problemas relacionados com o contexto no qual estão publicadas, como falta de recursos econômicos, de editores e avaliadores competentes, problemas de ética e endogenia.”
  8. 8. Periódicos Novos Segundo Angelo e Oliveira (2017) 37% dos títulos criados em Minas Gerais entre 2010 e 2014 estão inativos ou indisponíveis Segundo Rodrigues, Garcia e Fernandes (2014), em Santa Catarina em 2013, 13 universidades tinham 103 revistas em portais institucionais. Deste total, 66% apresentavam registro nos estratos Qualis em vários níveis, 13% não apareciam nas listas Qualis mas tinham ISSN, 13% não apresentavam ISSN e 8% estavam vazios.
  9. 9. O Laboratório de Periódicos Desde 2009 20 títulos solicitaram ingresso e 13 foram aprovados pelo Conselho Consultivo e Deliberativo para ingresso na Incubadora. Dois títulos desistiram antes de começar justificando: a) desconhecimento do processo editorial, especialmente a seleção e avaliação de artigos; b) editor foi chamado para cargo administrativo. Os títulos que não foram aprovados pelo conselho eram periódicos de estudantes e ou com alto fator de endogenia. Dois títulos migraram para o Portal.
  10. 10. O Laboratório de Periódicos Periódicos hospedados no Laboratório de Periódicos Títulos Área Periodicidade Início Qualis Iberoamerican Journal of Industrial Engineering Engenharia Semestral 07/2009 B4 Saúde &Transformação Social Interdisciplinar Trimestral 09/2010 B1 EntreVer Ensino Semestral 10/2011 C International Journal of Knowledge Engineering and Management Interdisciplinar Quadrimestral 10/2012 B4 Cadernos Brasileiros de Saúde Mental Saúde Coletiva Trimestral 11/2011 B5 Revista NECAT Economia Semestral 05/2013 B5 e-Revista LOGO Arq. e Design Quadrimestral 04/2014 B5
  11. 11. O Laboratório de Periódicos Artigos publicados pelos periódicos Área periódico Ensino EngenhariaIII SaúdeColetiva Interdisciplinar Economia Arq.Design Geografia Interdisciplinar TOTAL Volume - 8 8 5 5 5 3 6 7 Nº - 15 17 18 19 20 11 12 13 9 10 1 2 4 2* 3* 1 2 3 Total de Artigos 0 12 9 15 9 15 9 7 8 6 5 6 8 5 12 13 11 12 15 177 Ao menos um autor doutor 0 11 3 11 7 8 9 1 8 4 5 6 8 3 - - - - - 129 Autor outros países 0 2 1 0 0 0 2 1 0 0 0 2 0 1 0 0 - - 1 10 UFSC 0 3 2 2 3 0 3 2 1 1 1 2 3 1 3 - - - - 54 Sem vínculo informado 0 0 1 5 2 3 1 4 5 0 2 0 0 0 5 7 6 7 6 54
  12. 12. O Laboratório de Periódicos Problemas técnicos identificados em 2016
  13. 13. O Laboratório de Periódicos Principais dificuldades apressentadas pelos editores a) o desconhecimento das exigências e a complexidade dos procedimentos para manter periódicos; b) a dificuldade para o atendimento aos critérios B2 de algumas áreas de conhecimento do Qualis/Capes e/ou SciELO; c) o volume de trabalho para normalizar os artigos e montar os fascículos do periódico; d) conseguir artigos com pelo menos um autor doutor e filiação diferente da sua; e) a correta identificação quanto à formação e filiação dos autores; f) o respeito às estruturas de normalização, tanto na plataforma quanto nos documentos publicados.
  14. 14. Para refletir E possível identificar 4 tipos de periódicos: a) Já indexados em bases consolidadas: Scielo, Clarivatys, SCOPUS, DOAJ, ou da área; b) Atendem os critérios de indexação nas bases consolidadas, já solicitaram mas ainda não foram atendidos; c) Atendem a maioria dos critérios das bases e não tem endogenia e o editor é reconhecido na área, ; d)Tem alto grau de endogenia, ou o editor não tem doutorado ou não exige que os trabalhos sejam resultado de pesquisa ou aceita trabalhos sem pelo menos um autor doutor.
  15. 15. Para refletir a) Indexados em bases consolidadas: Scielo, Clarivatys, SCOPUS, DOAJ, ou da área: Somar esforços para que mantenham a indexação: recursos, DOI; XML; ORCID; capacitação avançada ABNT 6022, etc. b) Atendem os critérios de indexação nas bases consolidadas, já solicitaram mas ainda não foram atendidos; Auxiliar no processo de solicitação de indexação: DOI; XML, capacitação avançada, ORCID; pedido de indexação em bloco.
  16. 16. Obrigada rosangela.rodrigues@ufsc.br

×