O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
www.SciELO20.org
Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódicos para as práticas de
comunicação de pesquisas da ciência a...
transição para a ciência aberta
• a Web/Internet é o meio da estrutura de comunicação da pesquisa e do acesso a ela
• qual...
author
journal
SciELO
1998
2012
2013
2017
2018
-----
preprint
periódico
SciELO
1998
2012
2013
2017
2018
-----
autor
Word
o...
manuscrito
recebido
Modelo SciELO de Publicação – fluxo
comunicação da pesquisa como um continuum – minimizar a intermedia...
aprovação
publicação
no SciELO
Cadernos de Saúde Pública 7 16
Ciência & Saúde Coletiva 5 14
Epidemiologia e Serviços de Sa...
Modelo SciELO de Publicação - Preprints
operação experimental a partir de julho de 2018 – temático – SciELO 20 Anos
servid...
citação–referenciamento - ponto crítico na comunicação das pesquisas
identificação / recomendação de repositórios
figshare...
Findable / Encontráveis
F1. ids únicos e persistentes
F2. dado com metadado detalhado
F3. metadado com o id do dado
F4. in...
... OSF/COS - diretrizes TOP – transparência e promoção de abertura ...
Eight Transparency Standards / Oito Critérios de d...
0 1 2 3 4 5 ou +
Ciência & Saúde Coletiva 363 17% 15% 18% 19% 20% 11%
Cadernos de Saúde Pública 199 20% 10% 17% 21% 20% 13...
transparência, abertura do processo de peer review
• todos os tipos de peer review são aceitáveis, informados nas instruçõ...
Google Scholar, 2018
SciELO – futuro – 2018 a 2023
• maximizar a qualificação social e científica dos periódicos
• profissionalização, internac...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódicos para as práticas de comunicação de pesquisas da ciência aberta – o caso dos periódicos de saúde coletiva do SciELO Brasil

48 visualizações

Publicada em

Os periódicos de saúde coletiva da Rede SciELO acumulam notável experiência na articulação de seus objetivos, interesses, funções, expectativas e sustentabilidade operacional e financeira, a partir de uma ampla diversidade de origens institucionais, áreas temáticas prioritárias, práticas editoriais e posicionamentos sobre o papel dos periódicos no progresso e comunicação da pesquisa. Essa condição dota a sistematização da gestão, operação e políticas editoriais dos periódicos de saúde coletiva com enorme potencial para contribuir para o avanço da discussão sobre o futuro dos periódicos e do próprio Programa SciELO, em especial no que se refere ao aperfeiçoamento editorial e o alinhamento com as boas práticas de comunicação da ciência aberta.

As propostas de aperfeiçoamento editorial e de adoção das inovações de comunicação preconizam o aumento da eficiência e desempenho dos periódicos no cumprimento das suas funções. Os periódicos de saúde coletiva abarcam um amplo leque de objetos de pesquisa, de públicos e de campos de influência e impacto, como são o avanço da pesquisa e do ensino no âmbito acadêmico, o avanço da atenção à saúde no âmbito dos sistemas e serviços de saúde públicos e privados incluindo a atenção individual por especialistas assim como na formulação de políticas públicas, e, finalmente, ao informar a cidadania no sentido de decisões baseadas nas melhores evidências da pesquisa científica.

O escopo proposto do Grupo de Trabalho de Periódicos de Saúde Coletiva abrange três dimensões importantes. Primeiro, a experiência da articulação entre periódicos. Segundo, a contribuição dos periódicos para o avanço da pesquisa, da atenção à saúde, para informar políticas, tomada de decisão de autoridades e da cidadania. Terceiro, estender [generalizar] a relevância dos periódicos temáticos de saúde coletiva para a função dos periódicos editados nacionalmente em geral por comunidades de pesquisadores, sem fins lucrativos, que, em diferentes condições, contribuem para o avanço do conhecimento e da capacidade nacional de criar, comunicar e usar conhecimento científico.

Publicada em: Ciências
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódicos para as práticas de comunicação de pesquisas da ciência aberta – o caso dos periódicos de saúde coletiva do SciELO Brasil

  1. 1. www.SciELO20.org
  2. 2. Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódicos para as práticas de comunicação de pesquisas da ciência aberta – o caso dos periódicos de saúde coletiva do SciELO Brasil Abel L Packer Diretor do Programa SciELO / FAPESP Coordenador de Projetos da FAPUNIFESP Reunião da Rede SciELO, Grupo de Trabalho 1, São Paulo, 24 setembro 2018 Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 9 junho 2018
  3. 3. transição para a ciência aberta • a Web/Internet é o meio da estrutura de comunicação da pesquisa e do acesso a ela • qualidade, [re-]usabilidade e reprodutibilidade são maximizadas • a comunicação da pesquisa inclui a gestão e a disponibilidade de registro do projeto / desenho da pesquisa, pré-registros, materiais – dados, métodos - software, que utilizam meios-instâncias além dos periódicos • autores com mais controle sobre a comunicação das suas pesquisas • preprints é o início formal da comunicação das pesquisa • retorno do investimento em pesquisa é maximizado • artigos com referencialmente completo dos materiais, métodos e resultados • periódicos e mais e mais artigos persistem como componentes principais da estrutura • desintermediação é propriedade fundamental da web/internet • desintermediação conduz à transparência e abertura Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 setembro 2018 • periódicos – mudança da política editorial • transparência, abertura do processo de peer review
  4. 4. author journal SciELO 1998 2012 2013 2017 2018 ----- preprint periódico SciELO 1998 2012 2013 2017 2018 ----- autor Word ou Latex XML JATS PDF ePUB gestão online de manuscritos publicação contínua ampla interoperabilidade 2013: 1998: agregação 2018: authoring – texture, …. dados – FAIR, GOFAIR, TOP metapublisher Modelo SciELO de Publicação – evolução indexação, publicação, interoperabilidade preprint – em implantação • DOI • I4OC • ORCID • OAI-PMH • DOAJ • indexação 2013: SciELO Livros – 15press, ~1kAbel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018 abertura peer review abertura base SciELO - métricas
  5. 5. manuscrito recebido Modelo SciELO de Publicação – fluxo comunicação da pesquisa como um continuum – minimizar a intermediação XML, PDF, EPUB - v(n):p1-p2 - v(n):e… - v:e…. - DOI-1 artigo final com paginação ou identificação 1 artigo final (ahead of print) 2 XML, PDF - data de publicação - dados, códigos, ... DOI-1 manuscrito aprovado em edição 3 PDF [futuro: XML, PDF] - data de publicação - dados, códigos, ... DOI-1 manuscrito preprint 4 PDF [futuro: XML, PDF] - data de publicação - comentários - dados, códigos, ... DOI-0 servidor de preprints periódico no SciELO Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018 meios (instâncias) com conteúdos subjacentes aos artigos – repositórios de pré-registros, dados, códigos, materiais Novos tipos de documentos: - preprints - artigo de dados
  6. 6. aprovação publicação no SciELO Cadernos de Saúde Pública 7 16 Ciência & Saúde Coletiva 5 14 Epidemiologia e Serviços de Saúde 5 12 Gaceta Sanitaria 4 15 Interface - Comunicação, Saúde, Educação 6 16 MEDICC Review 7 10 Physis: Revista de Saúde Coletiva 7 14 Revista Brasileira de Epidemiologia 7 15 Revista Cubana de Salud Pública 4 10 Revista de Salud Pública 15 26 Revista de Saúde Pública 8 19 Revista Española de Salud Pública 3 8 Revista Panamericana de Salud Pública 5 16 Salud colectiva 6 17 Salud Pública de México 7 14 Saúde e Sociedade 8 12 Saúde em Debate 5 10 tempo médido entre submissão e periódico Fonte: SciELO SciELO 2017, tempo médio entre a submissão e aprovação e publicação Abel L Packe, 2018r, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018
  7. 7. Modelo SciELO de Publicação - Preprints operação experimental a partir de julho de 2018 – temático – SciELO 20 Anos servidor preprints – PKP-SciELO - coleção SciELO centralizada – julho2019 motivações específicas valorização y posicionamento das revistas SciELO e do Programa SciELO vantagens / objetivos dos preprints, especialmente acelerar a publicação compatível com o estado da arte internacional desafios políticas públicas , gestão editorial e de processos, ... metodologia, processos e tecnologias – controle bibliográfico ... Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018
  8. 8. citação–referenciamento - ponto crítico na comunicação das pesquisas identificação / recomendação de repositórios figshare – extração automática de tabelas, imagens, ... FAIR data principles – princípios para a gestão cuidadosa de dados Findable, Accessible, Interoperable, Reusable. TOP Guidelines – diretrizes de promoção da reprodutibilidade das pesquisas Transparency and Openness Promotion (TOP) Encontráveis, Acessíveis, Interoperáveis e Reutilizáveis Transparência e Promoção de Abertura Modelo SciELO de Publicação – materiais - dados, métodos oito critérios e três níveis de aplicação Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018 articulo de datos, notas de datos, …. Revistas dedicadas a artigos de dados • F1000 Data Notes • Nature Scientific Data – Springer Nature • Geoscience Data Journal - Willey • GigaScience – Oxford Academic • Data in brief – Elsevier • Data Notes – BMC / Springer Nature • Research Data Support • Biodiversity Data Journal • ... Joint Declaration of Data Citation Principles Declaração Conjunta de Princípios de Citação de Dados 1. Importância 2. Crédito y Reconhecimento 3. Evidência 4. Identificação Única 5. Acesso 6. Persistência 7. Especificidade e verificabilidade 8. Interoperabilidade e flexibilidade https://www.force11.org/datacitationprinciples
  9. 9. Findable / Encontráveis F1. ids únicos e persistentes F2. dado com metadado detalhado F3. metadado com o id do dado F4. indexados e recuperáveis Accessible / Acessíveis A1. recuperáveis pelo id vía protocolo padronizado A1.1. aberto, livre e universal A1.2. com autenticação e autorização A2. metadado acessível independente do dado Interoperable / Interoperáveis I1. formatos / linguagem de dados I2. vocabulários segundo FAIR I2. referências a outros metadados Reusable / Reusáveis R1. exaustivamente descritos R1.1. licenças de uso R1.2. fonte / origem detalhada R1.3. uso de padrões comuns Princípios FAIR de gestão de [meta] dados de pesquisas Fonte: Dutch Techcentre for Life Sciences (DTL). https://www.dtls.nl/fair-data/fair-principles-explained/ Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 25 julio 2018
  10. 10. ... OSF/COS - diretrizes TOP – transparência e promoção de abertura ... Eight Transparency Standards / Oito Critérios de de Transparencia • C1. Citações - norma • C2. Transparência de dados • C3. Transparência de métodos analíticos (códigos) • C4. Transparência dos materiais de pesquisa • C5. Transparência do projeto e análise • C6. Pré-registro dos estudos • C7. Pré-registro de planos de análise • C8. Replicação Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018 Periódico - três níveis de implantação • nível 1 expor (disclose) - informa o critério • nível 2 exigir (require) - informa e exige o critério • nível 2 comprovar (Verify) – informa, exige e verifica o critério Linhas prioritárias de ação – 2019 - 2023 • nível 1 até o final de 2019 • nível 2 até o final de 2020 • Critérios C1 a C4
  11. 11. 0 1 2 3 4 5 ou + Ciência & Saúde Coletiva 363 17% 15% 18% 19% 20% 11% Cadernos de Saúde Pública 199 20% 10% 17% 21% 20% 13% Revista de Saúde Pública 174 5% 10% 17% 31% 24% 13% Revista Brasileira de Epidemiologia 92 7% 14% 30% 27% 16% 5% Saúde e Sociedade 72 58% 17% 8% 10% 4% 3% Epidemiologia e Serviços de Saúde 48 4% 6% 31% 23% 25% 10% Saúde em Debate 165 41% 15% 17% 12% 8% 7% Interface - Comunicação, Saúde, Educação 60 55% 22% 13% 10% 0% 0% Physis: Revista de Saúde Coletiva 54 63% 19% 6% 7% 4% 2% periódico artigos Artigos segundo o número de tabelas-gráficos Fonte: SciELO, 2017 SciELO, 2017 – Periódicos de saúde coletiva segundo porcentagem de artigos por número de tabelas por artigo Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 24 de setembro 2018
  12. 12. transparência, abertura do processo de peer review • todos os tipos de peer review são aceitáveis, informados nas instruções aos autores • sistema de gestão online reconhecido pelo SciELO • form de submissão de manuscritos - identificar se é preprint • publicar nos artigos aprovados o nome do editor responsável • oferecer aos pareceristas a possibilidade de abrir a identidade aos autores • oferecer aos autores e pareceristas a possibilidade de abrir mutuamente as identidades • oferecer aos autores e pareceristas a possibilidade de publicar o pareceres de aprovação • adotar uma das formas de peer review aberto • editores de dados – curadoria de dados
  13. 13. Google Scholar, 2018
  14. 14. SciELO – futuro – 2018 a 2023 • maximizar a qualificação social e científica dos periódicos • profissionalização, internacionalização e sustentabilidade • adoção de preprints - SciELO Preprints • referenciamento de dados e métodos ... – FAIR, TOP / COS guidelines • participação dos autores na edição final dos artigos • prioridade de publicação de artigos, autores com ORCID • alinhamento com as boas práticas da ciência aberta • Semana SciELO 20 Anos –fórum de discussão sobre o amanhã Obrigado ! Abel L Packer, SciELO, CC-BY, 9 junho 2018

×