SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
SOCESP XXVII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo   XII SIMPÓSIO DE FARMACOLOGIA EM CARDIOLOGIA Arts & Convention Center Av. Macedo Soares, 499 - Capivari Campos do Jordão – SP Experiências da Farmácia Clínica Pediátrica do Hospital Universitário da USP
 
 
(In  STORPIRTIS, S.Rev Med HU-USP v.5(1/2), p. 49-53, 1995). Farmácia Clínica “ ciência da saúde cuja responsabilidade é assegurar, mediante a aplicação de conhecimentos e funções relacionados ao cuidado dos pacientes, que o uso dos medicamentos seja seguro e apropriado; necessita, portanto, de educação especializada e interpretação de dados, da motivação pelo paciente e de interações multiprofissionais”
Farmácia Clínica Pediátrica no HU - USP ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Processo de prescrição médica e avaliação farmacêutica Médico – Residente Médico – Assistente Farmacêutico Clínico Dispensação/Administração
Etapas do trabalho do Farmacêutico Clínico no HU - USP ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Indicadores do Serviço de Farmácia - 2006 Curso de especialização em Farmácia Clínica 3 Projetos em análise pela COMEP 2 Outros projetos de pesquisa em andamento 9 8 Número de estagiários orientados 552,5 499 Total de horas de estágio supervisionado Projeto Bolsa Trabalho COSEAS 1 1 Projetos de Pesquisa Clínica em andamento Pesquisa 0 5 Relatos à ANVISA de desvio de qualidade de medicamentos 12 13 EAM´s notificados à ANVISA 7 17 Número de orientações a pacientes de alta 269 Intervenções farmacêutica Assistência Fevereiro Ensino
Intervenções Farmacêuticas aceitas  Fevereiro 2006 15,6% 13,8% 16% 42 37 43 Berçário UTI Pediátrica/ neonatal Pediatria
Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 6 4 9 23 2 5 Número 2,2 Nomenclatura equivocada 1,5 Nomenclatura  comercial 3,3 Modo de prescrição segura (recomendações) 8,6 Ilegibilidade 0,7 Identificação de paciente equivocada 1,9 Abreviações ou siglas  % Segurança na prescrição
Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 0,4 1 Dose máxima ultrapassada 0,4 1 Ajuste – insuficiência renal ou hepática 1,9 5 Correção de subdose 1,9 5 Arredondamento 2,6 7 Ajuste por idade pós concepcional 2,6 7 Posologia incompleta 3,7 10 Correção de unidade 4,1 11 Alteração de intervalo 5,6 15 Confirmação de dose – Off label 5,6 15 Correção de sobredose % Número  Posologia
Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 6,7 18 Horário de administração inadequado 0,4 1 Ausência de horário de administração 6,3 17 Modo de preparo, administração, estabilidade 7,4 20 Restrição hídrica % Número Administração de medicamentos
Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 0,7 2 Substituição por disponível na UBS 0,7 2 Correção de receita  0,7 2 Apresentação de medicamento substituída % Número Alta hospitalar
Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 Correção de dose de componente Risco incompatibilidade Ausência de componente Ausência ou erro de volume final Nutrição parenteral 0,7 2 0,7 2 3 8 1,9 5 % Número
Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 1,5 4 Item esquecido  1,1 3 Substituição EV para VO 1,1 3 Interação medicamento alimento 0,7 2 Protocolo – adequação 2,2 6 Alteração de via de administração 2,6 7 Inclusão de medicamento 3,3 9 Substituição/ suspensão de não padronizado 5,6 15 Suspensão de medicamento % Número Outros
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática
#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática
#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a práticaMV
 
Serviços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e Função
Serviços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e FunçãoServiços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e Função
Serviços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e FunçãoCassyano Correr
 
#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica
#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica
#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínicaMV
 
Assistência farmacêutica HAB/SES/DF 2015
Assistência farmacêutica HAB/SES/DF   2015Assistência farmacêutica HAB/SES/DF   2015
Assistência farmacêutica HAB/SES/DF 2015Alzira Figueiredo
 
ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIAL
ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIALATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIAL
ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIALMarcelo Sacavem
 
Experiências em Farmácia Clínica
Experiências  em Farmácia ClínicaExperiências  em Farmácia Clínica
Experiências em Farmácia ClínicaSandra Brassica
 
Âmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolver
Âmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolverÂmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolver
Âmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolverMarcelo Polacow Bisson
 
II videoconferência "Conitec em evidência"_Inez Gadelha
II videoconferência "Conitec em evidência"_Inez GadelhaII videoconferência "Conitec em evidência"_Inez Gadelha
II videoconferência "Conitec em evidência"_Inez GadelhaCONITEC
 
Erros de Medicação - Marcelo Polacow
Erros de Medicação - Marcelo PolacowErros de Medicação - Marcelo Polacow
Erros de Medicação - Marcelo PolacowMarcelo Polacow Bisson
 
Pesquisa Clínica - Fábio Franke
Pesquisa Clínica - Fábio FrankePesquisa Clínica - Fábio Franke
Pesquisa Clínica - Fábio FrankeOncoguia
 
Anvisa - Flávia Sobral
Anvisa - Flávia Sobral Anvisa - Flávia Sobral
Anvisa - Flávia Sobral Oncoguia
 
Seguranca do Paciente - Medicamentos
Seguranca do Paciente - MedicamentosSeguranca do Paciente - Medicamentos
Seguranca do Paciente - MedicamentosEmmanuel Souza
 
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalarAutomação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalarAdriano Heitz Nascimento
 
CONITEC em evidencia 2017
CONITEC em evidencia 2017CONITEC em evidencia 2017
CONITEC em evidencia 2017CONITEC
 
Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2
Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2
Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2Família Cristã
 
SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS
SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOSSISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS
SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOSPaloma Dianas
 
Relatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisão
Relatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisãoRelatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisão
Relatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisãoCONITEC
 
A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...
A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...
A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...CONITEC
 

Mais procurados (20)

#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática
#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática
#MEF2017 | Palestra: Construindo uma ponte entre a teoria e a prática
 
Serviços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e Função
Serviços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e FunçãoServiços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e Função
Serviços Clínicos Farmacêuticos - Estrutura e Função
 
#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica
#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica
#MEF2017 | Palestra: Os desafios e ganhos da farmácia clínica
 
Assistência farmacêutica HAB/SES/DF 2015
Assistência farmacêutica HAB/SES/DF   2015Assistência farmacêutica HAB/SES/DF   2015
Assistência farmacêutica HAB/SES/DF 2015
 
ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIAL
ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIALATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIAL
ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA HIPERTENSÃO ARTERIAL
 
Farmácia clínica
Farmácia clínicaFarmácia clínica
Farmácia clínica
 
Experiências em Farmácia Clínica
Experiências  em Farmácia ClínicaExperiências  em Farmácia Clínica
Experiências em Farmácia Clínica
 
Âmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolver
Âmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolverÂmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolver
Âmbito Farmacêutico: Atividades que o farmacêutico pode desenvolver
 
II videoconferência "Conitec em evidência"_Inez Gadelha
II videoconferência "Conitec em evidência"_Inez GadelhaII videoconferência "Conitec em evidência"_Inez Gadelha
II videoconferência "Conitec em evidência"_Inez Gadelha
 
Erros de Medicação - Marcelo Polacow
Erros de Medicação - Marcelo PolacowErros de Medicação - Marcelo Polacow
Erros de Medicação - Marcelo Polacow
 
Logistica medicamentos
Logistica medicamentosLogistica medicamentos
Logistica medicamentos
 
Pesquisa Clínica - Fábio Franke
Pesquisa Clínica - Fábio FrankePesquisa Clínica - Fábio Franke
Pesquisa Clínica - Fábio Franke
 
Anvisa - Flávia Sobral
Anvisa - Flávia Sobral Anvisa - Flávia Sobral
Anvisa - Flávia Sobral
 
Seguranca do Paciente - Medicamentos
Seguranca do Paciente - MedicamentosSeguranca do Paciente - Medicamentos
Seguranca do Paciente - Medicamentos
 
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalarAutomação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
Automação aplicada à gestão em farmácia hospitalar
 
CONITEC em evidencia 2017
CONITEC em evidencia 2017CONITEC em evidencia 2017
CONITEC em evidencia 2017
 
Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2
Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2
Visão crítica e considerações bioéticas em programa público 2
 
SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS
SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOSSISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS
SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MEDICAMENTOS
 
Relatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisão
Relatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisãoRelatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisão
Relatório da CONITEC: subsídio para tomada de decisão
 
A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...
A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...
A cooperação do Hospital Moinhos de Vento na elaboração de diretrizes clínica...
 

Destaque

Farmacêutico Na UTI
Farmacêutico Na UTIFarmacêutico Na UTI
Farmacêutico Na UTIsbrassica
 
Farmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_final
Farmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_finalFarmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_final
Farmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_finalangelitamelo
 
Farmácia clínica interação medicamentosa
Farmácia clínica interação medicamentosaFarmácia clínica interação medicamentosa
Farmácia clínica interação medicamentosaRegina Sandra
 
A Importância do Farmacêutico Clínico
A Importância do Farmacêutico ClínicoA Importância do Farmacêutico Clínico
A Importância do Farmacêutico ClínicoMarcelo Polacow Bisson
 
Farmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalar
Farmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalarFarmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalar
Farmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalarTCC_FARMACIA_FEF
 
Atribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêuticoAtribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêuticoCassyano Correr
 
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Tezin Maciel
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMLeonardo Souza
 

Destaque (10)

EUM
EUMEUM
EUM
 
Farmacêutico Na UTI
Farmacêutico Na UTIFarmacêutico Na UTI
Farmacêutico Na UTI
 
Farmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_final
Farmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_finalFarmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_final
Farmacêutico clínico prescrição_farmacêutica_unifal_2015_final
 
INTERAÇ
INTERAÇINTERAÇ
INTERAÇ
 
Farmácia clínica interação medicamentosa
Farmácia clínica interação medicamentosaFarmácia clínica interação medicamentosa
Farmácia clínica interação medicamentosa
 
A Importância do Farmacêutico Clínico
A Importância do Farmacêutico ClínicoA Importância do Farmacêutico Clínico
A Importância do Farmacêutico Clínico
 
Farmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalar
Farmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalarFarmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalar
Farmácia hospitalar a importância da farmácia hospitalar
 
Atribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêuticoAtribuições clínicas do farmacêutico
Atribuições clínicas do farmacêutico
 
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
 
Farmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAMFarmacologia interações e RAM
Farmacologia interações e RAM
 

Semelhante a Socesp

Exeriências da Farmácia Clínica HU-USP
Exeriências da Farmácia Clínica HU-USPExeriências da Farmácia Clínica HU-USP
Exeriências da Farmácia Clínica HU-USPSandra Brassica
 
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de FarmáciaAnais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de FarmáciaInstituto Racine
 
FARMACOVIGILANCIA HOSPITALAR
FARMACOVIGILANCIA HOSPITALARFARMACOVIGILANCIA HOSPITALAR
FARMACOVIGILANCIA HOSPITALARRoberto Taffarel
 
Coletânea farmácia hospitalar_CFF.pdf
Coletânea farmácia hospitalar_CFF.pdfColetânea farmácia hospitalar_CFF.pdf
Coletânea farmácia hospitalar_CFF.pdfAlineSantosMonte
 
Eventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).ppt
Eventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).pptEventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).ppt
Eventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).pptMarthaAraujo8
 
praticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdf
praticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdfpraticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdf
praticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdfMarcioCruz62
 
Praticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptx
Praticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptxPraticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptx
Praticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptxNayara921526
 
Avaliação Global da Farmacoterapia
Avaliação Global da FarmacoterapiaAvaliação Global da Farmacoterapia
Avaliação Global da FarmacoterapiaCassyano Correr
 
FARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.ppt
FARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.pptFARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.ppt
FARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.pptMadelon Novato
 
Bexiga Hiperativa (Resumo)
Bexiga Hiperativa (Resumo)Bexiga Hiperativa (Resumo)
Bexiga Hiperativa (Resumo)Mgfamiliar Net
 
Medicações e diluições em neonatologia
Medicações e diluições em neonatologiaMedicações e diluições em neonatologia
Medicações e diluições em neonatologiaLetícia Spina Tapia
 
Atenção farmacêutica a grupos de risco
Atenção farmacêutica a grupos de riscoAtenção farmacêutica a grupos de risco
Atenção farmacêutica a grupos de riscoNemesio Silva
 
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)Elizeu Ferro
 
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...martinsfmf
 
Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011
Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011
Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011Bernadete Aragao
 
Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...
Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...
Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...Cassyano Correr
 
Assistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptx
Assistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptxAssistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptx
Assistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptxKarellineRosenstock1
 
Protocolo meta de controle de dados autonomos.
Protocolo meta de controle de dados autonomos.Protocolo meta de controle de dados autonomos.
Protocolo meta de controle de dados autonomos.JosuBarbosaJr
 
atencao-farmaceutica farmacia clinica.pdf
atencao-farmaceutica farmacia clinica.pdfatencao-farmaceutica farmacia clinica.pdf
atencao-farmaceutica farmacia clinica.pdfNaidilene Aguilar
 
Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador
Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador
Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador Fernando Amaral de Calais
 

Semelhante a Socesp (20)

Exeriências da Farmácia Clínica HU-USP
Exeriências da Farmácia Clínica HU-USPExeriências da Farmácia Clínica HU-USP
Exeriências da Farmácia Clínica HU-USP
 
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de FarmáciaAnais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
Anais da 20ª Semana Racine - Congresso de Farmácia
 
FARMACOVIGILANCIA HOSPITALAR
FARMACOVIGILANCIA HOSPITALARFARMACOVIGILANCIA HOSPITALAR
FARMACOVIGILANCIA HOSPITALAR
 
Coletânea farmácia hospitalar_CFF.pdf
Coletânea farmácia hospitalar_CFF.pdfColetânea farmácia hospitalar_CFF.pdf
Coletânea farmácia hospitalar_CFF.pdf
 
Eventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).ppt
Eventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).pptEventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).ppt
Eventos Adversos a Medicamentos_parte II com animação 02 (1).ppt
 
praticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdf
praticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdfpraticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdf
praticas-seguras-na-dispensacao-de-medicamentos-230630180632-43dcaa83.pdf
 
Praticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptx
Praticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptxPraticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptx
Praticas-Seguras-na-Dispensacao-de-Medicamentos.pptx
 
Avaliação Global da Farmacoterapia
Avaliação Global da FarmacoterapiaAvaliação Global da Farmacoterapia
Avaliação Global da Farmacoterapia
 
FARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.ppt
FARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.pptFARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.ppt
FARMACOTECNICA_Sistema de distribuição de medicamentos_23_05_23.ppt
 
Bexiga Hiperativa (Resumo)
Bexiga Hiperativa (Resumo)Bexiga Hiperativa (Resumo)
Bexiga Hiperativa (Resumo)
 
Medicações e diluições em neonatologia
Medicações e diluições em neonatologiaMedicações e diluições em neonatologia
Medicações e diluições em neonatologia
 
Atenção farmacêutica a grupos de risco
Atenção farmacêutica a grupos de riscoAtenção farmacêutica a grupos de risco
Atenção farmacêutica a grupos de risco
 
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)10   atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
10 atendente de farmácia (dispensação de farmacia)
 
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
Assistência Clínica na Farmacoterapia Antineoplásica Oral: uma experiência pr...
 
Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011
Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011
Exemplo de artigo de revisão revista de farmácia 2011
 
Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...
Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...
Projeto DEPICT: um novo sistema para caracterização dos componentes das inter...
 
Assistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptx
Assistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptxAssistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptx
Assistência de enfermagem nas intervenções clínicas e laboratoriais.pptx
 
Protocolo meta de controle de dados autonomos.
Protocolo meta de controle de dados autonomos.Protocolo meta de controle de dados autonomos.
Protocolo meta de controle de dados autonomos.
 
atencao-farmaceutica farmacia clinica.pdf
atencao-farmaceutica farmacia clinica.pdfatencao-farmaceutica farmacia clinica.pdf
atencao-farmaceutica farmacia clinica.pdf
 
Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador
Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador
Farmacovigilância: Manual do farmacêutico notificador
 

Mais de sbrassica

12 Congresso De Terapia Intensiva PediáTrica
12 Congresso  De Terapia Intensiva PediáTrica12 Congresso  De Terapia Intensiva PediáTrica
12 Congresso De Terapia Intensiva PediáTricasbrassica
 
Aula Farmacoepidemiologia CriançAs 2012
Aula Farmacoepidemiologia CriançAs   2012Aula Farmacoepidemiologia CriançAs   2012
Aula Farmacoepidemiologia CriançAs 2012sbrassica
 
Aula Residência Farmacêutica
Aula Residência FarmacêuticaAula Residência Farmacêutica
Aula Residência Farmacêuticasbrassica
 
Apresentação HSL
Apresentação HSLApresentação HSL
Apresentação HSLsbrassica
 
Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)
Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)
Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)sbrassica
 
Jornal Interno Ed12
Jornal Interno Ed12Jornal Interno Ed12
Jornal Interno Ed12sbrassica
 
Cuidados farmacêuticos em neonatologia
Cuidados farmacêuticos em neonatologiaCuidados farmacêuticos em neonatologia
Cuidados farmacêuticos em neonatologiasbrassica
 
Estudos De Utilização De Medicamentos
Estudos De Utilização De MedicamentosEstudos De Utilização De Medicamentos
Estudos De Utilização De Medicamentossbrassica
 

Mais de sbrassica (10)

12 Congresso De Terapia Intensiva PediáTrica
12 Congresso  De Terapia Intensiva PediáTrica12 Congresso  De Terapia Intensiva PediáTrica
12 Congresso De Terapia Intensiva PediáTrica
 
Aula Farmacoepidemiologia CriançAs 2012
Aula Farmacoepidemiologia CriançAs   2012Aula Farmacoepidemiologia CriançAs   2012
Aula Farmacoepidemiologia CriançAs 2012
 
Aula Residência Farmacêutica
Aula Residência FarmacêuticaAula Residência Farmacêutica
Aula Residência Farmacêutica
 
Apresentação HSL
Apresentação HSLApresentação HSL
Apresentação HSL
 
Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)
Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)
Cartaz Congresso Brasileiro Terapia Intensiva 2012 (1)
 
Folder[1]
Folder[1]Folder[1]
Folder[1]
 
Jornal Interno Ed12
Jornal Interno Ed12Jornal Interno Ed12
Jornal Interno Ed12
 
Cuidados farmacêuticos em neonatologia
Cuidados farmacêuticos em neonatologiaCuidados farmacêuticos em neonatologia
Cuidados farmacêuticos em neonatologia
 
Estudos De Utilização De Medicamentos
Estudos De Utilização De MedicamentosEstudos De Utilização De Medicamentos
Estudos De Utilização De Medicamentos
 
NPP
NPPNPP
NPP
 

Socesp

  • 1. SOCESP XXVII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo XII SIMPÓSIO DE FARMACOLOGIA EM CARDIOLOGIA Arts & Convention Center Av. Macedo Soares, 499 - Capivari Campos do Jordão – SP Experiências da Farmácia Clínica Pediátrica do Hospital Universitário da USP
  • 2.  
  • 3.  
  • 4. (In STORPIRTIS, S.Rev Med HU-USP v.5(1/2), p. 49-53, 1995). Farmácia Clínica “ ciência da saúde cuja responsabilidade é assegurar, mediante a aplicação de conhecimentos e funções relacionados ao cuidado dos pacientes, que o uso dos medicamentos seja seguro e apropriado; necessita, portanto, de educação especializada e interpretação de dados, da motivação pelo paciente e de interações multiprofissionais”
  • 5.
  • 6. Processo de prescrição médica e avaliação farmacêutica Médico – Residente Médico – Assistente Farmacêutico Clínico Dispensação/Administração
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. Indicadores do Serviço de Farmácia - 2006 Curso de especialização em Farmácia Clínica 3 Projetos em análise pela COMEP 2 Outros projetos de pesquisa em andamento 9 8 Número de estagiários orientados 552,5 499 Total de horas de estágio supervisionado Projeto Bolsa Trabalho COSEAS 1 1 Projetos de Pesquisa Clínica em andamento Pesquisa 0 5 Relatos à ANVISA de desvio de qualidade de medicamentos 12 13 EAM´s notificados à ANVISA 7 17 Número de orientações a pacientes de alta 269 Intervenções farmacêutica Assistência Fevereiro Ensino
  • 15. Intervenções Farmacêuticas aceitas Fevereiro 2006 15,6% 13,8% 16% 42 37 43 Berçário UTI Pediátrica/ neonatal Pediatria
  • 16. Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 6 4 9 23 2 5 Número 2,2 Nomenclatura equivocada 1,5 Nomenclatura comercial 3,3 Modo de prescrição segura (recomendações) 8,6 Ilegibilidade 0,7 Identificação de paciente equivocada 1,9 Abreviações ou siglas % Segurança na prescrição
  • 17. Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 0,4 1 Dose máxima ultrapassada 0,4 1 Ajuste – insuficiência renal ou hepática 1,9 5 Correção de subdose 1,9 5 Arredondamento 2,6 7 Ajuste por idade pós concepcional 2,6 7 Posologia incompleta 3,7 10 Correção de unidade 4,1 11 Alteração de intervalo 5,6 15 Confirmação de dose – Off label 5,6 15 Correção de sobredose % Número Posologia
  • 18. Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 6,7 18 Horário de administração inadequado 0,4 1 Ausência de horário de administração 6,3 17 Modo de preparo, administração, estabilidade 7,4 20 Restrição hídrica % Número Administração de medicamentos
  • 19. Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 0,7 2 Substituição por disponível na UBS 0,7 2 Correção de receita 0,7 2 Apresentação de medicamento substituída % Número Alta hospitalar
  • 20. Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 Correção de dose de componente Risco incompatibilidade Ausência de componente Ausência ou erro de volume final Nutrição parenteral 0,7 2 0,7 2 3 8 1,9 5 % Número
  • 21. Intervenções Farmacêuticas Fevereiro 2006 1,5 4 Item esquecido 1,1 3 Substituição EV para VO 1,1 3 Interação medicamento alimento 0,7 2 Protocolo – adequação 2,2 6 Alteração de via de administração 2,6 7 Inclusão de medicamento 3,3 9 Substituição/ suspensão de não padronizado 5,6 15 Suspensão de medicamento % Número Outros
  • 22.