População europeia com narração

637 visualizações

Publicada em

A dinâmica demográfica da Europa e suas implicações - noções básicas para o Ensino Fundamental II.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
637
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

População europeia com narração

  1. 1. A GEOGRAFIA A SERVIÇO DA HUMANIDADE Olá! Hoje é dia 18/01/2015. Agora são 03:59
  2. 2. DÉFICIT POPULACIONAL REDUÇÃO DA POPULAÇÃO
  3. 3. ALEMANHA: CRESCIMENTO VEGETATIVO NATALIDADE MORTALIDADE CRESCIMENTO VEGETATIVO
  4. 4. A POPULAÇÃO EUROPEIA COMPREENDE GRANDE DIVERSIDADE ÉTNICA RIQUEZA CULTURAL CONFLITOS ÉTNICOS NO CONTINENTE
  5. 5. MAIORES CONCENTRAÇÕES DEMOGRÁFICAS: ÁREAS MAIS URBANIZADAS E INDUSTRIALIZADAS/PLANÍCIES FAVORÁVEIS ÀS ATIVIDADES HUMANAS MENORES CONCENTRAÇÕES DEMOGRÁFICAS: ÁREAS FRIAS DO EXTREMO NORTE (ALTAS LATITUDES) E ÁREAS MONTANHOSAS
  6. 6. REPARE QUE A EUROPA É O ÚNICO CONTINENTE QUE APRESENTA DIMINUIÇÃO DA POPULAÇÃO! TEM RAZÃO! E POR QUE ISSO OCORRE? OCORRE DEVIDO AS BAIXAS TAXAS DE NATALIDADE; ALÉM DISSO, A MORTALIDADE É ELEVADA, DEVIDO AO GRANDE NÚMERO DE IDOSOS! MAS A QUE SE ATRIBUI ESSA QUEDA NAS TAXAS DE NATALIDADE? VEREMOS NO PRÓXIMO SLIDE...
  7. 7. ESSA QUEDA PODE SER ATRIBUÍDA: ao desenvolvimento urbano-industrial, que eleva o custo de vida das famílias; às alterações no modo de vida, com casamentos mais tardios; à crescente participação da mulher no mercado de trabalho; à melhoria e disseminação dos métodos anticoncepcionais; ao desenvolvimento das comunicações, que facilitou o acesso às informações e permitindo que os casais façam planejamento familiar, reduzindo o número de filhos. NÃO SE ESQUEÇA!
  8. 8. ESPANHA 0,6 REINO UNIDO 0,6 DINAMARCA 0,3 REPÚBLICA TCHECA 0,3 ITÁLIA 0,2 PORTUGAL 0,0 ALEMANHA -0,2 HUNGRIA -0,2 LETÔNIA -0,4 BULGÁRIA -0,7 PAÍSES CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO ANUAL (%) CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO EM ALGUNS PAÍSES EUROPEUS (2010-2015) Fonte:www.unfpa.org.br(acessoem02/05/2014) O NÚMERO DE BEBÊS É CADA VEZ MENOR EM MUITOS PAÍSES EUROPEUS. ESSE FATO, SOMADO A UMA ELEVADA TAXA DE MORTALIDADE, PROVOCA O QUE CHAMAMOS DE CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO NEGATIVO.
  9. 9. HOMENS MULHERES POPULAÇÃO IDOSA (ACIMA DE 60 ANOS) POPULAÇÃO ADULTA (ENTRE 20 E 59 ANOS) POPULAÇÃO JOVEM (ENTRE 0 E 19 ANOS)
  10. 10. O envelhecimento da população exige dos governos maiores gastos com aposentadorias, investimentos na área de saúde e desenvolvimento de projetos sociais e culturais para valorizar os idosos. Para estimular o crescimento da população jovem e a reposição da mão-de-obra, os governos incentivam a natalidade e a imigração de trabalhadores de alta qualificação profissional! Com a redução das taxas de natalidade e a boa qualidade de vida do povo europeu (que é a causa da elevada expectativa de vida), pode-se afirmar que a Europa vem passando por um processo de envelhecimento de sua população. O grande número de idosos explica a elevada taxa de mortalidade no continente.
  11. 11. O elevado IDH europeu atrai, todos os anos, uma multidão de imigrantes que se dirige ao continente em busca de melhores condições de vida. Os imigrantes com mão-de-obra qualificada são bem-vindos, pois, com a redução da população em alguns países, já é notável a diminuição do mercado consumidor (que compromete o bom desenvolvimento econômico) e da mão-de-obra qualificada. Assim, esses imigrantes, supostamente, supririam essas necessidades. Alguns governos europeus, inclusive, incentivam a entrada desses imigrantes. Entretanto, grande parte dos imigrantes é de baixa qualificação e entra ilegalmente em território europeu. Eles também são importantes, pois executam alguns tipos de trabalho que, em geral, o europeu não aceita executar. Mas, a procura é maior do que a oferta de trabalho...
  12. 12. Apesar das inúmeras tentativas dos governos europeus de impedir a entrada dos imigrantes ilegais, de baixa qualificação, é muito elevado o número de imigrantes compondo a população europeia. Em alguns países, inclusive, a população só não diminuiu graças à imigração.
  13. 13. Clique aqui para ler uma das notícias sobre o assunto, divulgada na internet MUITOS IMIGRANTES ILEGAIS, PRINCIPALMENTE VINDOS DA ÁFRICA, PROCURAM ENTRAR NA EUROPA PELO ESTREITO DE GIBRALTAR... MAS, FREQUENTEMENTE, NÃO CONSEGUEM: MUITAS VEZES SE ACIDENTAM NAS ÁGUAS DO MAR MEDITERRÂNEO OU SÃO PEGOS PELAS PATRULHAS DE VIGILÂNCIA.
  14. 14. AS TAXAS DE DESEMPREGO SÃO ELEVADAS NA EUROPA. APESAR DA CRISE ECONÔMICA EM 2008, QUE LEVOU AO DESEMPREGO CONJUNTURAL, ATUAL- MENTE O DESEMPREGO ESTRUTURAL É MAIOR! VEJA ESSAS TAXAS!
  15. 15. TRABALHADORES IMIGRANTES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO REINO UNIDO O imigrante de baixa qualificação profissional também contribui para o crescimento demográfico europeu. Mas isso não diminui as reações de alguns grupos que são contra a presença dos estrangeiros.
  16. 16. O sentimento de aversão e preconceito contra imigrantes é o que chamamos de xenofobia. Muitos partidos políticos europeus são contrários à presença de imigrantes! O imigrante de baixa qualificação profissional também contribui para o crescimento demográfico europeu. Mas isso não diminui as reações de alguns grupos que são contra a presença dos estrangeiros.
  17. 17. ATENÇÃO: ESTE MATERIAL NÃO SUBSTITUI ÀS AULAS OU AO MATERIAL UTILIZADO EM AULA. ELE É TÃO EM RESUMO: APESAR DA IMPORTÂNCIA DOS IMIGRANTES, MUITOS EUROPEUS ACREDITAM QUE O ELEVADO ÍNDICE DE DESEMPREGO E A GRANDE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS, COMO SAÚDE E EDUCAÇÃO, SÃO CAUSADOS POR ESSES IMIGRANTES. ESSE TIPO DE PENSAMENTO LEVA À XENOFOBIA E À PERSEGUIÇÃO A MUITOS ESTRANGEIROS, ESPECIALMENTE ÀQUELES DE BAIXA QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL...Temos, portanto, duas situações diferentes: por um lado, a Europa necessita da mão-de-obra estrangeira (qualificada) por causa do baixo crescimento demográfico; por outro, o grande número de imigrantes ilegais de baixa qualificação provoca movimentos xenófobos e tentativas dos governos em barrar a entrada desses imigrantes. Seria uma situação contraditória?

×