Maria Castanha e Manuel Castanho procuram abraços

3.414 visualizações

Publicada em

histórias pré mourão

Publicada em: Educação
2 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.414
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.225
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
176
Comentários
2
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Maria Castanha e Manuel Castanho procuram abraços

  1. 1. Maria Castanha e Manuel Castanho procuram abraços… Uma história criada por Maria Jesus Sousa (Juca) http://historiasparapre.blogspot.pt
  2. 2. Lembram-se da Maria Castanha? Aquela menina de pele mais escura que um dia apareceu no parque e arranjou muitos amigos?
  3. 3. Pois a Maria Castanha é, agora, uma menina muito feliz! Não só arranjou amigos, como conseguiu também uma família…
  4. 4. O vendedor de castanhas e a sua esposa gostaram tanto dela que resolveram adotá-la. E agora a Maria Castanha tem um novo pai, uma nova mãe e uma vida nova e feliz!
  5. 5. Ora, um destes dias, estava ela a brincar no parque, quando apareceu por lá um grupo diferente…
  6. 6. A Maria Castanha e os seus amigos ficaram curiosos… quem seriam aquelas crianças?
  7. 7. A pouco e pouco, como é natural, começaram a brincar todos juntos… e assim ficaram a conhecer-se.
  8. 8. Havia no grupo um menino muito parecido com a Maria Castanha… tinha a pele da mesma cor e, talvez por isso, chamava-se Manuel Castanho. E também tinha vindo de longe, de África!
  9. 9. Outro dos meninos tinha vindo de mais longe ainda, lá da Ásia! Chamava-se Li, tinha a pele amarela e não conseguia falar bem português… mas o seu amigo José, que era muito inteligente e amigo, ajudava-o sempre!
  10. 10. Quem precisava de mais ajuda ainda era o Luís, porque não conseguia andar. Por isso, usava uma cadeira de rodas. O José empurrava-o e os dois davam-se muito bem… mesmo sendo tão diferentes!
  11. 11. A Marta também pertencia ao grupo, era ruiva e usava óculos. Era um bocadinho tímida e a Maria Castanha foi ter com ela para a ajudar a relacionar-se com os outros.
  12. 12. Eram todos tão diferentes… mas havia uma coisa que os tornava iguais: viviam juntos numa instituição, pois nenhum deles tinha família.
  13. 13. Moravam numa casa muito bonita (quase parecia uma escola!) e lá havia pessoas que cuidavam deles: educadores, professores, auxiliares, cozinheiras…
  14. 14. Aí todas as crianças eram cuidadas, ensinadas e ajudadas a crescer bem!
  15. 15. Era lá que comiam, tratavam da sua higiene diária e dormiam…
  16. 16. Era também lá que brincavam, aprendiam e festejavam dias especiais!
  17. 17. Como os dias de aniversário!
  18. 18. Mesmo assim, não era bem a mesma coisa do que ter um lar e uma família…
  19. 19. Com avós, pais e irmãos… e a Maria Castanha sabia isso muito bem!
  20. 20. Então, pediu aos pais para ajudar este grupo de crianças a ter também uma família, tal como ela. E eles quiseram ajudar…
  21. 21. Pediu também ajuda na escola… e a professora deu-lhe uma ideia!
  22. 22. Todos podem ajudar, participando no Dia do Pijama! Assim, estamos a alertar toda a gente que: “Todas as crianças têm direito a crescer numa família”
  23. 23. Assim se procuram abraços e famílias de acolhimento que possam receber crianças que vivem em instituições.
  24. 24. E foi desta forma que se conseguiu uma família para o Manuel Castanho…
  25. 25. Uma família para a Marta…
  26. 26. Outra família para o Li…
  27. 27. Mais uma para o José…
  28. 28. E ainda outra família para o Luís!
  29. 29. Termina bem a história da Maria Castanha, do Manuel Castanho e dos seus amigos… que arranjaram famílias de acolhimento e viveram mais felizes. Encontraram abraços e tudo por causa… de um pijama ;-)
  30. 30. FIM E vocês? Já prepararam os vossos pijamas?
  31. 31. Créditos História criada por: Maria Jesus Sousa (Juca) Imagens: http://www.mycutegraphics.com/ http://mandydax.deviantart.com/ Iniciativa Dia do Pijama: http://www.mundosdevida.pt/

×