O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
TRADUÇÃO
BETINA

CATIA

DAIANE

JURANDIR
Tradução
“Traduzir nem sempre é apenas
verter um texto para outro
idioma, mas transformá-lo em
informação fácil de digerir...
Refletir sobre a realidade da tradução, tanto do
ponto de vista teórico, quanto prático.
Para
tanto, visamos desmistificar...
O menino comeu
um pedaço de bolo

O menino comeu
uma fatia do bolo
Não há consenso entre os teóricos da área do que seja
tradução. Para Catford (1980, p.22), por exemplo, "...
tradução é a ...
INTRO. JURANDIR

BETINA

DAIANE

CATIA REFERENCIAS
Barcelos (2005, P. 129) "todos os
assuntos para os quais ainda não
dispomos de conhecimento
certo,
dando-nos
confiança
suf...
1
"a tradução é uma arte
reservada
a
uns
poucos que podem
exercê-la graças a um
dom especial"

2
“a tradução é uma
ativida...
Barcelos (2005) ressalta a necessidade de os
programas de formação de professores
proporcionarem espaço para que os profes...
INTRO.

JURANDIR

BETINA

DAIANE

CATIA REFERENCIAS
•
•
•
•
•

A consulta a textos paralelos;
A utilização de dicionários;
O recurso a especialistas;
O uso da internet;
Recur...
INTRO.

JURANDIR

BETINA

DAIANE

CATIA
LF= Língua Fonte

LM= Língua Meta

 Na tradução literal, ou palavra por palavra, passa-se diretamente o LF

para o LM, po...
O decalque, dividido em dois tipos: lexical e estrutural. Trata-se de uma
espécie de empréstimo, relativo a um grupo de p...
O empréstimo segundo estes autores (VINAY; DARBELNET, 1958), é o
método mais simples dentre os procedimentos de tradução....
Vidas secas de Graciliano Ramos:
Subiu a ladeira. A aragem morna sacudia os xiquexiques e os mandacarus
(p. 15)

Barren Li...
A transposição desmembra-se em dois tipos, obrigatória e opcional. A este
procedimento relacionam-se os casos em que uma ...
o procedimento de adaptação é o limite extremo, utilizado apenas
quando não é possível reproduzir na LM a situação referi...
INTRO.

JURANDIR

BETINA

DAIANE

CATIA REFERENCIAS
___. Metodologia na investigação de crenças. In: BARCELOS, A. M. F.; ABRAHÃO, M.
H. V. (orgs) Crenças e ensino de línguas:...
OLIVEIRA, Bruna Marcedo de. Teste da modalidades de tradução literal e
decalque como indicadores do desenvolvimentos da co...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tradução

540 visualizações

Publicada em

Seminario de Tradução do Curso de Letras / Ingles na Uneb

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Tradução

  1. 1. TRADUÇÃO
  2. 2. BETINA CATIA DAIANE JURANDIR
  3. 3. Tradução “Traduzir nem sempre é apenas verter um texto para outro idioma, mas transformá-lo em informação fácil de digerir” Mario Persona
  4. 4. Refletir sobre a realidade da tradução, tanto do ponto de vista teórico, quanto prático. Para tanto, visamos desmistificar certas crenças a respeito sobre a tradução, abordaremos estratégias na busca de subsídios na visão de alguns teóricos sobre o tema.
  5. 5. O menino comeu um pedaço de bolo O menino comeu uma fatia do bolo
  6. 6. Não há consenso entre os teóricos da área do que seja tradução. Para Catford (1980, p.22), por exemplo, "... tradução é a substituição de material textual de uma língua por material textual equivalente em outra". Por outro lado Arrojo (1986. p. 42) cita Derrida (1980, p. 87) ao advogar a favor de uma definição de tradução como "uma transformação: uma transformação de uma língua em outra, de um texto em outro". Já segundo Campos (1997, p. 7), traduzir é "nada mais do que dizer, passar de uma língua para outra, um texto escrito na primeira delas".
  7. 7. INTRO. JURANDIR BETINA DAIANE CATIA REFERENCIAS
  8. 8. Barcelos (2005, P. 129) "todos os assuntos para os quais ainda não dispomos de conhecimento certo, dando-nos confiança suficiente para agirmos, bem como assuntos que aceitamos como verdadeiros, como conhecimento, mas que podem ser questionados no futuro"
  9. 9. 1 "a tradução é uma arte reservada a uns poucos que podem exercê-la graças a um dom especial" 2 “a tradução é uma atividade pratica que requer apenas um conhecimento da língua e um bom dicionário" 3 " a tradução está limitada ao texto e ativa apenas duas habilidades - leitura e escrita; lenta e passível de desperdiçar tempo da aula
  10. 10. Barcelos (2005) ressalta a necessidade de os programas de formação de professores proporcionarem espaço para que os professores discutam suas crenças sobre aprendizagem e tomem explicitas suas crenças sobre as crenças de aprendizes.
  11. 11. INTRO. JURANDIR BETINA DAIANE CATIA REFERENCIAS
  12. 12. • • • • • A consulta a textos paralelos; A utilização de dicionários; O recurso a especialistas; O uso da internet; Recursos computadorizados.
  13. 13. INTRO. JURANDIR BETINA DAIANE CATIA
  14. 14. LF= Língua Fonte LM= Língua Meta  Na tradução literal, ou palavra por palavra, passa-se diretamente o LF para o LM, porém a idiomaticidade e gramaticalidade adequadas à LM são asseguradas. Os autores ressaltam que este procedimento pode acontecer em línguas distantes, que em alguns pontos possuam traços extralinguísticos compartilhados ou convergência de pensamentos, ainda que seja mais frequente em línguas próximas. (VINAY; DARBELNET, 1958) She is a teacher. Ela é uma professora.
  15. 15. O decalque, dividido em dois tipos: lexical e estrutural. Trata-se de uma espécie de empréstimo, relativo a um grupo de palavras, no qual: a) é inserida uma nova forma de expressão, sem com isso subverter a estrutura sintática da LM, e b) é incluída na LM uma nova construção. Em ambos os casos, traduz-se literalmente cada um dos elementos da LF. Ex: transposição do adjetivo no inglês. Lugar de leitura. a)Place of reading. b)Reading place.
  16. 16. O empréstimo segundo estes autores (VINAY; DARBELNET, 1958), é o método mais simples dentre os procedimentos de tradução. Ele ocorre quando palavras ou expressões estrangeiras são utilizadas pelo tradutor, geralmente por dois motivos: a) para preencher uma deficiência, normalmente extralinguística, ou b) para garantir no LM a cor local da LF.
  17. 17. Vidas secas de Graciliano Ramos: Subiu a ladeira. A aragem morna sacudia os xiquexiques e os mandacarus (p. 15) Barren Lives by Graciliano Ramos: As the climbed the slope a warm breeze stirred cactus (p. 11). Sujestão: The warm breeze shook the xiquexiques and the mandacarus.
  18. 18. A transposição desmembra-se em dois tipos, obrigatória e opcional. A este procedimento relacionam-se os casos em que uma classe de palavra é substituída por outra sem ocasionar mudanças no significado da mensagem. Saudade = I miss you.  A Equivalência acontece quando dois textos podem expressar a mesma situação usando meios estilísticos e estruturais diversos. Don’t make a mountain out of a molehill. “Não faça tempestade em um copo d’agua”
  19. 19. o procedimento de adaptação é o limite extremo, utilizado apenas quando não é possível reproduzir na LM a situação referida pela mensagem na LF, pois esta não é conhecida na cultura de chegada. Para suprir esta dificuldade, o tradutor tem de criar uma nova situação comparável, ou que seja considerada como equivalente, na LM. (VINAY; DARBELNET, 1958) “He kissed his daughter on the mouth.” “Il serra tendrement as fille dans ses bras.”
  20. 20. INTRO. JURANDIR BETINA DAIANE CATIA REFERENCIAS
  21. 21. ___. Metodologia na investigação de crenças. In: BARCELOS, A. M. F.; ABRAHÃO, M. H. V. (orgs) Crenças e ensino de línguas: foco o professor, no aprendiz e na formação de professores. Campinas: Pontes, 2006. p. 219-231 ARROJO, R. Oficina de Tradução: a teoria na pratica. São Paulo: Ática, 1986 CAMPOS, G. O que é tradução. São Paulo: Brasiliense, 1987. CATFORD, J.C. Uma teoria linguística da Tradução. São Paulo: Cultrix, 1980. Denise Scheyerl e Elizabeth Ramos.Vozes, olhares, silêncios: diálogos transdisciplinares entre a linguística e a tradução. Editora: EDUFBA , 1ª Edição ISBN: 978-85-232-0551-5p. 250. Ano:2008 DUFF, A. Translation. Oxford: Oxford University Press, 1989 MULLER, Natália Galdino. Vidas Secas / Barren Lives: AS marcas regionalistas na tradução de Vidas Secas para Inglês. Juiz de Fora: Faculdade de Letras Universidade Federal de Juiz de Fora. Bacharel em Letras: Ênfase em Tradução – Inglês 2012.
  22. 22. OLIVEIRA, Bruna Marcedo de. Teste da modalidades de tradução literal e decalque como indicadores do desenvolvimentos da competência tradutória em analise de corpus. Trabalho de Graduação Individual (TGI). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, 2008. (PERSONA, Mario. Tradução. Em: <http://mariopersona.com.br/traducao.html>. Acesso em: 03 junho 2013.) RIDD, M. D. Out of exile: a new role for translation in the teaching/learnig of foreign languages. In: SEDYCIAS, J (Org) Tópicos em linguística aplicada, Brasilia: Editora Plano, 2000 VIEIRA, Else Ribeiro Pires. Teorizando e contextualizando a tradução. Belo Horizonte: Faculdade de Letras da UFMG, Curso de Pós – Graduação em Estudos Linguisticos, 1996. MOLHO INGLÊS. Proverbios em inglês. EM: < http://molhoingles.com/proverbiosem-ingles-e-seus-equivalentes-em-portugues/#ixzz2VrBr3JEU>. Acesso em :02/06/ 2013.

×