Rochas , testemunhos daatividade da Terra
• As rochas e os minerais são úteis para identificar as variaspartes do sistema Terra. A mineralogia- ramo da Geologiaque ...
• Cor;• Brilho;• Dureza;• Clivagem e Fractura;• Cor do Traço ou Risca;
• A cor é uma propriedade óbvia de um mineral mas não é muito adequada àsua identificação. Alguns minerais podem apresenta...
• A risca ou traço de um mineral é a cor do pó desse mineral. Enquanto a cordum mineral pode variar o mesmo já não acontec...
• Define-se o brilho como a aparência ou qualidade da luz reflectida pelasuperfície do mineral.• Consideram-se três tipos ...
• A ruptura de alguns minerais ocorre, preferencialmente, segundosuperfícies planas e brilhantes. A esta propriedade dá-se...
• Designa-se por fractura ao modo pelo qual um mineral se rompequando a ruptura não ocorre ao longo de superfícies de cliv...
• A dureza é uma propriedade importante dos minerais uma vez que cadamineral apresenta valores característicos, facilmente...
RochasMetamórficasEx: basaltoRochas SedimentaresEx: calcárioRochas MagmáticasEx: granito
RochasMagmáticasR. Magmáticasplútonicas, intrusivasR. Magmáticasvulcânicas, extrusivas• Rochas Magmáticas Plutónicas A Co...
RochasSedimentaresRochas Sedimentares DetríticasRochas Sedimentares BiogénicasRochas SedimentaresQuimiogénicas• Detriticas...
• Grandes áreas de rochas metamórficas estão expostas em todos oscontinentes em regiões relativamente planas conhecidas po...
MetamorfismoMetamorfismo RegionalMetamorfismo Contacto• Metamorfismo regional  As rochas pré-existentes não são modificad...
•Meteorização;•Erosão;•Transporte;•Sedimentação;•Diagénese;
• Alteração das rochas que afloram à superfície da crusta, por acção deagentes externos variados, como a água, ar, vento, ...
• Erosão é a renovação dos materiais resultantes dameteorização da rocha-mãe.• Exemplos  Agentes de erosão Água Vento
• Os materiais resultantes da erosão são geralmente transportadospara outros locais.• Por vezes não ocorre transporte e os...
• Quando os sedimentos chegam alocais mais estáveis, chamadosbacias de sedimentação (que podemser lagos ou praias), deposi...
• A diagénese corresponde ao conjunto de processos que permite transformaros sedimentos soltos em grãos consolidados. Para...
RochasMagmáticasRochasSedimentaresRochasMetamórficas
• Após arrefecimento, o magma solidificaoriginando rochas magmáticas. Estas podem-seformar-se à superfície devido a proces...
• Uma paisagem geológica é um aspecto característico de umadeterminada região, onde predomina um determinado tipo derocha ...
• As rochas são agregados sólidos compostos por um ou mais minerais. Essasformações são de grande utilidade para o ser hum...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Dinâmica externa da terra

1.675 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.675
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dinâmica externa da terra

  1. 1. Rochas , testemunhos daatividade da Terra
  2. 2. • As rochas e os minerais são úteis para identificar as variaspartes do sistema Terra. A mineralogia- ramo da Geologiaque estuda a composição, a estrutura, a aparência aestabilidade, os tipos de ocorrência e as associações deminerais.• O que é um mineral? Os minerais são os constituintesbásicos das rochas, sendo homogêneo. Um mineral é umasubstancia de ocorrência natural, sólida, cristalina,geralmente inorgânica, com composição química especifica.
  3. 3. • Cor;• Brilho;• Dureza;• Clivagem e Fractura;• Cor do Traço ou Risca;
  4. 4. • A cor é uma propriedade óbvia de um mineral mas não é muito adequada àsua identificação. Alguns minerais podem apresentar cores variadasresultantes da inclusão de impurezas na sua estrutura cristalina. O quartzoapresenta cores que vão deste o branco ao negro, passando peloverde, rosado e púrpura. Outros minerais apresentam uma cor que não variasignificativamente. Os minerais de brilho metálico, por exemplo, apresentamna sua grande generalidade, cores constantes e definidas, facilitando a suaidentificação. A cor de um mineral deve ser observada numa superfícierecente, uma vez que pode sofrer alterações.
  5. 5. • A risca ou traço de um mineral é a cor do pó desse mineral. Enquanto a cordum mineral pode variar o mesmo já não acontece tão frequentemente com acor do seu pó pelo que esta pode ser utilizada como característica deidentificação. Minerais que macroscopicamente apresentam cores idênticaspodem apresentar cores de traço absolutamente distintas, pelo que podemser diferenciados através desta propriedade. De um modo geral, os mineraisde brilho metálico ou submetálico produzem traços pretos ou de cor escuraenquanto que os minerais de brilho não-metálico produzem traços incoloresou de cores claras.
  6. 6. • Define-se o brilho como a aparência ou qualidade da luz reflectida pelasuperfície do mineral.• Consideram-se três tipos fundamentais de brilho:• Brilho metálico − característico dos minerais opacos, ou quase opacos, e quetêm a aparência brilhante de um metal; as superfícies destes minerais sãobastante reflectoras;• Brilho não-metálico − característico de substâncias transparentes outranslúcidas e sem a aparência brilhante de um metal; no brilho não-metálicoincluem-se, entre outros, os seguintes• Tipos de brilho: vítreo, resinoso, nacarado e gorduroso.
  7. 7. • A ruptura de alguns minerais ocorre, preferencialmente, segundosuperfícies planas e brilhantes. A esta propriedade dá-se o nomede clivagem e aos planos, segundo os quais ela ocorre, planos declivagem. Estes correspondem a planos de fraqueza na estruturacristalina desses minerais, ou seja, correspondem a planosreticulares entre os quais as forças de ligação são fracas.
  8. 8. • Designa-se por fractura ao modo pelo qual um mineral se rompequando a ruptura não ocorre ao longo de superfícies de clivagem.As superfícies de fractura não correspondem, ao contrário dassuperfícies de clivagem, a planos reticulares da estrutura domineral, mas sim a superfícies que os intersectam e segundo asquais as ligações químicas são mais fracas.
  9. 9. • A dureza é uma propriedade importante dos minerais uma vez que cadamineral apresenta valores característicos, facilmente determináveis.Podemos definir dureza como sendo a resistência que um mineral oferece aoser riscado por outro ou por um objecto. A dureza também depende daestrutura interna do cristal (tal como as outras propriedades físicas), istoé, quanto mais fortes forem as ligações químicas mais duro é o mineral. Adureza é uma propriedade geologicamente importante uma vez que traduz afacilidade ou dificuldade com que um mineral se desgasta quando submetidoà acção abrasiva da água, do vento e do gelo nos processos de erosão etransporte.
  10. 10. RochasMetamórficasEx: basaltoRochas SedimentaresEx: calcárioRochas MagmáticasEx: granito
  11. 11. RochasMagmáticasR. Magmáticasplútonicas, intrusivasR. Magmáticasvulcânicas, extrusivas• Rochas Magmáticas Plutónicas A Consolidação do magma ocorre emprofundidade, no interior da crosta terrestre. Como ocorre no interior, astemperaturas são altas e o arrefecimento do magma é lento e gradual. Nestascondições os minerais que constituem as rochas têm tempo para ordenarem assuas partículas dando origem a cristais perfeitamente visíveis a olho nu.• Rochas Magmáticas Vulcânicas  O magma consolida à superfície, sendo o seuarrefecimento rápido. Como o arrefecimento é muito rápido devido às baixastemperaturas da superfície da crosta, os minerais que constituem as rochas não têmtempo de formar grandes cristais.
  12. 12. RochasSedimentaresRochas Sedimentares DetríticasRochas Sedimentares BiogénicasRochas SedimentaresQuimiogénicas• Detriticas  quando os sedimentos que constituem as rochas são exclusivamentefragmentos provenientes do desgaste de outras rochas (detritos).• Biogénicas  (ou de origem biológica) – quando a rocha apresenta na suaconstituição sedimentos provenientes de organismos, como conchas ou porções decarvão.• Quimiogénicas  (ou de origem química) – quando os sedimentos que constituem arocha são material dissolvido na água proveniente de processos de meteorizaçãoquímica. Quando estes sedimentos precipitam formam de novo uma rocha sólida.
  13. 13. • Grandes áreas de rochas metamórficas estão expostas em todos oscontinentes em regiões relativamente planas conhecidas porescudos. Outras formações de rochas metamórficas constituem umaparte importante de muitas cadeias de montanhas. Mesmo o interiorestável continental, geralmente coberto por rochas sedimentares,tem como base rochas metamórficas. Em todas estas formações asrochas metamórficas apresentam-se geralmente muito deformadase com penetração de grandes massas ígneas (exemplo dosbatólitos, principal formação dos granitos). De facto, partessignificativas da crusta terrestre são compostas por rochasmetamórficas associadas com rochas ígneas.
  14. 14. MetamorfismoMetamorfismo RegionalMetamorfismo Contacto• Metamorfismo regional  As rochas pré-existentes não são modificadas por umaumento de pressão superior ao aumento de temperatura e de tensões não-litostáticas. O metamorfismo regional está relacionado com limitesconvergentes, onde se verificam altas temperaturas e pressões. Algumas rochasdeste tipo de metamorfismo são a ardósia, o filito, o micaxisto e a gnaisse.• Metamorfismo de contacto  Está directamente relacionado com as intrusõesmagmáticas. Como estão a temperaturas muito elevadas, causam uma instabilidadenos minerais das rochas envolventes à inclusão magmática. Essa instabilidade vailevar ao rearranjo estrutural dos minerais, formando novas ligaçõesquímicas, formando, então, novos minerais. Exemplos: corneana, quartzito emármore.
  15. 15. •Meteorização;•Erosão;•Transporte;•Sedimentação;•Diagénese;
  16. 16. • Alteração das rochas que afloram à superfície da crusta, por acção deagentes externos variados, como a água, ar, vento, mudanças detemperatura e os seres vivos.• Meteorização física ou mecânica – fragmentação da rocha em pedaços cadavez mais pequenos, sem que ocorram transformações químicas que alterema sua composição.• Meteorização química – alteração na composição química e mineralógica(alguns minerais são destruídos e outros formados). Estes últimos são maisestáveis face às novas condições ambientais em que se encontram.
  17. 17. • Erosão é a renovação dos materiais resultantes dameteorização da rocha-mãe.• Exemplos  Agentes de erosão Água Vento
  18. 18. • Os materiais resultantes da erosão são geralmente transportadospara outros locais.• Por vezes não ocorre transporte e os materiais acumulam-se, nolocal de origem, formando depósitos residuais• Agentes de transporte:ÁguaVentoAção da gravidade
  19. 19. • Quando os sedimentos chegam alocais mais estáveis, chamadosbacias de sedimentação (que podemser lagos ou praias), depositam-seno fundo, em camadas horizontais, eaí ficam até ser consolidados.• A sedimentação ocorre emcamadas horizontais. Por isso éfrequente ver afloramentos derochas sedimentares ondefacilmente se distinguem essascamadas, chamadas estratos,como podes ver na figura
  20. 20. • A diagénese corresponde ao conjunto de processos que permite transformaros sedimentos soltos em grãos consolidados. Para que issoaconteça, ocorrem dois tipos de processos:• compactação – devido ao peso dos sedimentos que vão chegando, os queconstituem as camadas inferiores vão sendo apertados, reduzindo-se oespaço entre eles, e a expulsão da água que ocupava os espaçosinicialmente.• cimentação – a água que cobre as camadas de sedimentos tem mineraismuito finos em suspensão. Esses minerais precipitam e funcionam como umcimento que une os sedimentos de maiores dimensões, transformando-osnuma rocha consolidada, como mostra a figura.
  21. 21. RochasMagmáticasRochasSedimentaresRochasMetamórficas
  22. 22. • Após arrefecimento, o magma solidificaoriginando rochas magmáticas. Estas podem-seformar-se à superfície devido a processosvulcânicos, ou no interior da crusta. Uma vezexpostas à superfície, as rochas sofremmeteorização e erosão, processos promovidosfundamentalmente pela água e pelo ar, originandosedimentos. Estes depois de transportados pelaágua e pelo vento, depositam-se em zonasdeprimidas da crosta continental ou oceânica.Devido a fenómenos de subsidência, os materiaisda crosta vão afundando aumentando a pressão e atemperatura. Originam então rochas sedimentares.Com o continuar do processo de subsidênciacrustal, em que a pressão e a temperaturaaumentam, as rochas sofrem recristalizações noestado sólido dos seus minerais. Surgem as rochasmetamórficas. Caso a temperatura ainda aumentemais as rochas fundem originando-seo magma, que pode voltar a formar novamente
  23. 23. • Uma paisagem geológica é um aspecto característico de umadeterminada região, onde predomina um determinado tipo derocha e relevo a ela associado, incluindo também cursos deágua, tipo de solo e seres vivos.• As principais paisagens geológicas de Portugal são:1. Paisagem magmática granítica;2. Paisagem magmática basáltica;3. Paisagem sedimentar.4. Paisagem Metamórfica;
  24. 24. • As rochas são agregados sólidos compostos por um ou mais minerais. Essasformações são de grande utilidade para o ser humano e, atualmente, asrochas são utilizadas na construção civil de diversas formas: fabricação doconcreto (brita), material de revestimento, ornamentação (mármores), etc. Asrochas, para fins comerciais, são retiradas da natureza em estado bruto e,em seguida, são modeladas de acordo com a finalidade de uso. Esse tipo deatividade econômica é prejudicial à natureza, pois a remoção promovegrandes impactos nos morros e serras de onde há a retirada, podendo formargrandes crateras no local, além do incômodo aos animais gerado pelobarulho (explosão de dinamites para a retirada das rochas).• Entre as principais rochas de importânciaeconômica estão: Argila Basalto GranitoMármore

×