Apresentação s.a vmxiii

87 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
87
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação s.a vmxiii

  1. 1. VMXIII1 Estimado(a) investidor(a) Parabéns, você está a poucos passos de iniciar uma grande conquista e sabemos que será muito importante para sua empresa ter o seu certificado. Seja bem vindo a nossa gestão. E. A. FERREIRA SERV. ADM 12.575.699/0001-05 Contarei em resumo um pouco de nossa história. Nascemos em 1998 no intuito de buscar o bem defendendo os direitos dos empresários em assuntos relacionados a Marcas, Patentes e direito Conexos. Nossa instituição conta com uma equipe de profissionais dedicados e especializados em propriedade intelectual dentro e fora do Brasil. Ao longo dos anos nossa instituição vem estabelecemos um muito papel importante no mercado de consultoria em P.I, que, por sua vez, é altamente competitivo, e hoje é uma empresa reconhecida por sua ética, no qual lhe rendeu méritos, prêmios e certificações, muito graças á sua expertise na busca de soluções para seus clientes, parceiros, franqueados, colaboradores e visitantes. Ao longo dos anos investimos em seriedade e conhecimento e, um de nossos maiores prazeres é ouvir um cliente falar e indicar nosso trabalho a seus colegas empresários, sempre, com o mesmo objetivo, o objetivo de ter ao seu lado uma empresa aliada e alinhada a seus princípios. Atuamos de forma estratégica, se fazendo diferenciar do trivial Advogado, passando a incorporar em nossos treinamentos o marketing, estando assim, sempre à frente do empresário e/ou seus concorrentes em uma espécie de jogo de xadrez no qual, jamais se deve usar um rei sem ter como defendê-lo de um possível ataque estratégico ou não. Desde 1998 conhecemos pessoas comuns, empresas e empresários dentro de nosso ramo de atividade e outros nem tanto assim e sempre foi comum ouvir desabafos, reclamações, injurias comerciais, porém, sempre atentamos a todas, pois sabíamos que serviria como base de um estudo de comportamento. Ao longo de mais de 15 anos a S.A acumulou cerca de mais de 2 milhões de atendimentos, seja por email, chat, telefones, eventos e, a conclusão que temos é, que o empresário vem evoluindo bastante no assunto que atende a defesa de seus ativos intelectuais e, na medida que se cresce o interesse também cresce o número de perda de direitos, no qual fazemos sempre questão de alertar e orientar os empresários fazendo assim, evitar que o mal se alastre cada vês mais. Nosso objetivo é tornar a Santos Alves S.A uma empresa de referência sempre que o assunto for JUSTIÇA!
  2. 2. VMXIII2 “Quem não for precavido e fizer pouco caso de seus adversários, certamente será aniquilado por eles”. SUN TZU “A ARTE DA GUERRA” Para muitos empresários, o conservadorismo na hora de investir em seus ativos intangíveis¹ ainda prevalece como sinônimo de comodidade. Por outro lado, outros já enxergam como um caminho natural e necessário quando pretende se acercar de direitos e potencializar financeiramente todo o investimento feito em uma marca ou patente. O fator importante aplicado ao proprietário de uma marca ou patente é evitar cair em armadilhas da “ignorância”. É o que definimos como “falta de informações”, uma empresa focada em crescimento seguro tem como princípios básicos evitar que suas idéias fujam de seu controle e vá parar nas mãos de terceiros. E as vantagens de se ter seus ativos intangíveis¹ protegidos e certificados são muitos. Consideramos ser um erro comum achar que, basta ter o nome fantasia registrado na junta comercial para se garantir direitos no nome. A empresa que tem seu nome certificado como marca obtém privilégios exclusivos e garante a segurança de poder propagar a marca em variados veículos de comunicação, franquear, exportar, garantir a exclusividade do nome dentro de sua atividade em todo o território ao qual o registro fora iniciado e assim, deixar seu legado para futuras gerações, criando uma trajetória baseada em uma marca segura e sólida. Isso é fazer HISTÓRIA. Sun Tzu cita em uma pequena partícula de sabedoria oriental, ditada há séculos, adere tempestivamente ao atual cenário mundial, que, engrossado pela incessante corrente da globalização, bravamente resiste à danosa investida ao seu maior patrimônio, sua MARCA, dos chamados “PIRATAS” - terceiros que embutidos da mais preciosa má fé existente, clonam várias marcas, denegrindo sua imagem e qualidade ante seus nichos de atuação, e assim agem incólumes, visto que tais marcas em sua maioria, não gozavam de devida proteção legal contra tais crimes. COMPETÊNCIA S.A Ressalta-se a necessidade do empresário em despertar para realidade evitando assim a concorrência predatória, através de uma proteção jurídica ampla, ajuizada por profissionais competentes. Para tanto, o investidor deve cercar-se de pessoas com larga experiência jurídica, conhecimento técnico e ótima reputação no mercado, cultivando a prudente determinação de estar longe do assédio de desconhecidos, amadores que prometem soluções milagrosas a um custo mágico e cuja sua procedência e tradição, não raras às vezes, inexistem. A princípio, o empreendedor deve desenvolver uma postura mais positiva em relação ao registro de sua marca ou patente, no qual, não deveria administrada como uma espécie de “mal necessário ou gastos evitáveis”, mas sim, como medida preventiva e cautelar fundamental para sua tranqüilidade futura. SEU MAIOR PATRIMÔNIO A marca, mesmo sendo um bem intangível¹, evidencia um fato verdadeiro e incontestável, no qual, consideramos e garantimos ser o maior patrimônio que uma empresa possui, seu principal ativo, sendo amplamente capaz de gerar vínculos fortes e duradouros com o mercado em que atua e instituições financeiras.
  3. 3. VMXIII3 Demais a mais, é priorizado a marca e seu valor o direito que garantem as empresas poderem enfrentar as dificuldades do mercado e, as investidas de seus concorrentes. O PODER DA ATRAÇÃO Com a forte globalização, no qual as capacidades são equivalentes e as tecnologias cada vez mais acessíveis a todos, a marca é entre tanto, o fator relevante de diferenciação entre produtos e/ou serviços de concorrentes ou assemelhados, formando assim a chamada distinvidade mercantil no momento em que, a concentração de forças no varejo atua fortemente contra a necessidade da indústria de recuperar margens, a marca passa então a ser o ponto de equilíbrio no relacionamento. “Quem administra ou é proprietário de uma marca forte e certificada, não somente vende mais, como, principalmente, pode vender em melhores condições”. Toda empresa busca criar uma marca fortemente sustentável e, fazer uso desse poder para obter mais sucesso é fazer uso de seu diferencial em uma espécie de elemento surpresa, ficando claro que, quem possui uma empresa ou ocupa um cargo de liderança em uma delas, sem distinção de segmento de mercado, produto, ou tamanho, não pode desconsiderar a importância de investir na construção de sua marca sólida devidamente certificada. VOCÊ QUER UM DIFERENCIAL, TUDO BEM! É muito comum ouvirmos inúmeras vantagens que nem sempre são tão favoráveis assim e, em casos mais isolados as vantagens são meras armadilhas. A S.A detém contrato que mostra essa diferença e tudo é documentado para facilitar uma possível auditoria interna. Transparência, o diferencial em tudo que fazemos. SOU INVESTIDOR OU MICO EMPRESÁRIO? Pode até parece ofensivo, mas, nada mais é que uma mera metáfora criada ao longo dos anos atendendo os mais diversos tipos de empresa de empreendedores dos inúmeros níveis de conhecimentos e humildade. Ainda é comum vermos profissionais de P.I serem interpretados de forma errada, tendo em vista que, um profissional de alto nível de conhecimento tende a superar os limites do que se aprende em uma faculdade de direito e, é muito comum sermos solícitos em orientar Advogados e Contadores, porém, há uma espécie na cadeia mercadológica que acredita estar acima do conhecimento e comumente atesta que “Registrar para quê?, Se me copiarem eu troco tudo!, Eu sei de tudo isso!, Me convença por que eu tenho que registrar!, Minha marca nunca será copiada!, Eu sou policial, eu sou a lei! E muitas outras frases sem nexos ou desconexos que só se fazem reclamar. Para essa espécie nós o definimos como MICO EMPRESÁRIO. O INVESTIDOR toda via é, cauteloso e ágil nas decisões, atua de forma sensata e está sempre antenado com os mais diversos assuntos em
  4. 4. VMXIII4 matéria de garantir direito, em relevância aos interesses intelectuais de sua empresa. O mesmo tende a ser precaver, sabendo que, de fato jamais se devem dar as costas para o mercado e sua característica é sempre proteger toda a sua conquista. PENSAR IGUAL NÃO IMPORTA, O IMPORTANTE É PENSAR DIREITO! Os empreendedores em sua essência buscam trilha o mesmo caminho, o caminho do sucesso “Não se investe um projeto sem antes estudar o entorno”, pensamentos comuns válidos, porém há características que fundamenta a diferença entre pensar igual, mas, pensar direito. Imaginemos que todos em sua grande maioria pensa em iniciar o seu negócio a partir de uma necessidade, do que tem a dispor para investir, do que tem a oferecer ao mercado ou pelo calor em ser dono de algo, sendo assim, quase sempre o primeiro passo é cadastrar o CNPJ juntamente com o nome fantasia na junta comercial sempre com o auxilio do contador para que, paralelamente possa cuidar do restante das coisas para a grande inauguração. Isso é PENSAR IGUAL. Porém, muitos esquecem de calcular corretamente todo esse empenho, sem mensurar tempo, paciência, conhecimento, estratégia, custas gerais e assim, partem pra batalha “quase sempre desigual” com o inimigo, aonde, como amador em um jogo de xadrez acaba por se esquecer que, todas as peças tendem a atuar em conjunto e jamais se ataca sem ter um elemento de defesa. (Regra básica do jogo) PENSANDO DIREITO, faremos uma analogia com o emprego da marca certificada. Aconselhamos sempre o empreendedor ou contador colocar a busca do nome no INPI em primeiro lugar, estando o nome livre para registro junto ao INPI no Brasil o investidor estará apto a iniciar todo o projeto de abertura e inauguração da empresa, porém, vale frisar que, o nome deverá ser registrado o quanto antes caso contrário, o risco de perder o direito do uso do nome fantasia só tende a aumentar e sua perda quase sempre vem composta por penalidades tais como, multa diária, busca e apreensão, reposição de perda de lucros cessantes e em casos mais graves, a IMPUTAÇÃO DELITUAL SEM DIREITO DE RESPONDER EM LIBERDADE (Prisão). TAMBÉM SOFREMOS COM PIRATARIA Existem empresas encaminham a usuários do INPI ou S.A, sem que, estes tenham solicitado qualquer serviço, uma Ficha de Compensação, que seria para fins de pagamento de certa “anuidade”, “associação”, "taxa de manutenção optativa de marca ou patente", “pagamento de manutenção (ou de renovação) imediata”, para publicação em uma suposta "edição anual de marcas e patentes", “envio de publicações” ou assemelhados sempre a causar confusão. (Leia a denuncia na íntegra no site do INPI ou S.A) Caso ainda tenha dúvidas a esclarecer, fale com um de nossos profissionais na rede de franqueados ou em nossa central no 11 31014322 ou se preferir, visite o site www.santosalves.com.br conheça mais de nossa empresa e descubra porquê somos uma empresa de referência no mercado nacional no segmento de Marcas, Patentes e Conexos e se surpreenda. ¹Ativos intangíveis são incorpóreos representados por bens e direitos associados a uma organização. Independentemente de estarem contabilizados possuem valor e podem agregar vantagens competitivas, tal como é o caso de uma marca.

×