Aula fisiologia humana

17.023 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Aula fisiologia humana

  1. 1. Fisiologia Humana Prof. Santhiago Dalcin São Paulo 2013
  2. 2. Sistema Digestório Os animais são organismos heterotróficos, incapazes de produziremseu próprio alimento. Para suprir suas necessidade energéticas eles devem ingeriralimentos, representados por animais e vegetais. E com isso o alimento deve ser digerido para serem absorvidos eaproveitado pelo organismo. No aparelho digestório o alimentosofre ação de enzimas digestivas,onde transforma o alimento empartículas simples.Essa quebra de partículascomplexas se transformando empartículas simples é chamada dehidrólise.
  3. 3. Fontes de nutrientes A água, os sais minerais e as vitaminas são absorvidas sem sofrerhidrólise, ou seja, não ocorre a digestão. Após a absorção dos nutrientes, o alimento não digerido é eliminadoem forma de fezes.
  4. 4. Sistema Digestório Humano O sistema digestório humano éformado por:  Boca  faringe  Esófago  Estômago  Intestino (delgado e grosso)  Ânus O sistema digestório também contacom glândulas que secretam enzimasque ajudam na quebra de substâncias. O pâncreas é uma glândula mista,com um tamanho de 15 cm, secretaenzimas digestivas e hormônios comoa insulina.
  5. 5. Iniciando a digestão A digestão inicia-se na mastigação responsável, sendo responsávelpor reduzir o tamanho das partículas do alimento. Após a deglutição, o alimento é levado através da faringe e doesôfago até o estômago. Este deslocamento depende dos movimentosperistálticos. Entre o esôfago e o estômago há oesfíncter cárdico, que impede o refluxo dealimentos. Entre o estômago e o intestino há oesfíncter pilórico. Entre o intestino delgado e o grosso etambém no ânus existe o esfíncter íleo-cecal.Existem pelo menos 142 esfíncteresno corpo humano.
  6. 6. Digestão no estômago• No estômago, os movimentos peristálticosmisturam o bolo alimentar ao suco gástrico,produzido pelas glândulas da parede doestômago.• O duodeno é um tubo que liga o estômagoao intestino delgado.• No duodeno os alimentos se misturam a bileexpulsada pela vesícula biliar e com os sucosdigestivos enviados pelo pâncreas. • A sensação de queimação no estômago pode ser uma doença chamada de refluxo gastroesofágico. • Isso se deve porque o suco gástrico encontrado no estômago penetra no esôfago, causando um desconforto.
  7. 7. Digestão no Intestino Delgado• No intestino delgado, ocorre a maior parte da digestão dos nutrientes,bem como a sua absorção, ou seja, a assimilação das substânciasnutritivas.• Isso devido a presença de microvilosidade que aumentam muito asuperfície de absorção
  8. 8. Final da Digestão• Após a digestão no intestino delgado,o que resta chega ao intestino grosso.Onde é absorvido água e os sais mineraisainda presentes nos resíduos alimentares.• Algumas bactérias intestinais fermentame assim decompõem resíduos de alimentose produzem vitaminas. Nessas atividades,as bactérias produzem gases – parte delesé absorvida pelas paredes intestinais e outraé eliminada pelo ânus.• O material que não foi digerido formam as fezes que são acumuladasno reto e, posteriormente, empurradas para fora do ânus.
  9. 9. Sistema Excretor O que o organismo não assimila, isto é, os materiais inúteis ouprejudiciais ao seu funcionamento, deve ser eliminado. A limpeza das substâncias que estãodentro do organismo é feita pela urina,que é a grande porta de saída desubstâncias tóxicas. A urina é formada a partir da filtraçãodo sangue nos rins e transportada pelosureteres para a bexiga urinária, onde éarmazenada e, posteriormente,excretada através da uretra. Cada rim é formado por milhares deunidade excretoras, os néfrons.
  10. 10. Sistema Endócrino O sistema endócrino é formado por várias glândulas que liberamhormônio na corrente sanguínea, por onde são levados aos órgãos-alvo. Cada glândula do corpo humanolibera um tipo de hormônio diferente.A glândula pituitária (hipófise) é aglândula mestra, porque controla aatividade de várias outras glândulas.
  11. 11. Sistema Cardiovascular O sistema circulatório é um sistema de distribuição e vigilância,formado por vasos sanguíneos, coração e sangue. Este sistema é formado por um conjunto altamente complexo de transporte, que compreende os vasos sanguíneos e um sistema de bombeamento (coração);
  12. 12. Coração e veias O coração possui quatro câmaras:dois átrios e dois ventrículos  O átrio aspira o sangue das veias e o conduz para o ventrículo.  O ventrículo comprime o sangue com suas paredes musculosas e envia para as artérias.
  13. 13. Sangue O sangue possui elementos celulares eplasma.  Glóbulos vermelhos => hemácias  Glóbulos brancos => leucócitos  Plaquetas => serve para coagulação  Plasma => é a parte liquida do sangue, com 90% de água. Quando ocorre o rompimento de um vaso sanguíneo as plaquetas sãoativadas, e formam um coagulo
  14. 14. Sistema Linfático O sistema linfático é um sistema de limpeza do organismo, responsávelpela retirada do excesso de líquido, proteínas, detritos celulares e outrosmateriais dos espaços teciduais. Ele drena a parte liquida dostecidos, provenientes da irrigaçãosanguínea, que não voltou aocapilar.O líquido que circula nos vasoslinfáticos é chamado de linfa.A quantidade de linfa formadapor dia é de 2 a 3 litros.A linfa passa pelos linfonodos ondesofre filtragem de microrganismospelos leucócitos.
  15. 15. Sistema respiratório O sistema respiratório tem como principal função o fornecimentode oxigênio para os tecidos e a retirada de gás carbônico. É formado por :  Um par de pulmões  Fossas nasais  Boca  Faringe  Laringe  Traqueia  Brônquios  Bronquíolos  Alvéolos O oxigênio que chega aosalvéolos pulmonares passapara os capilares sanguíneospor difusão e penetra nashemácias.
  16. 16. Puberdade• É um conjunto de mudanças físicas que caracterizam a transformações do corpo da criança em adolescente.• O período da puberdade pode levar mais ou menos 4 anos  O Hipotálamo e a Hipófise secreta os hormônios “FSH” e “LH” que promovem o amadurecimento das glândulas sexuais (testículos e ovários).  As glândulas sexuais são as responsáveis por produzirem os hormônios feminino e masculino.  Feminino => estrogênio e progesterona  Masculino => testosterona Idade Meninas Meninos Aparecimento de pelos claros e finos 10 a 14 anos na região púbica Desenvolvimento Aumento do dos seios pênis
  17. 17. Aparelho Reprodutor Feminino• Os órgãos genitais internos da mulher compõem-se de ovários, tubas uterinas ou trompas de falópio, útero, vagina e cérvix (colo do útero).• A parte externa do aparelho genital feminino são representados pelo, monte de vênus e a vulva (constituindo os grandes lábios, pequenos lábios e clitóris).• A vagina é um órgão elástico, composto de muitas fibras musculares e revestida por mucosa.• O hímen é uma película dérmica presente na entrada da vagina.
  18. 18. Aparelho Reprodutor Masculino Os órgãos genitais internos do homem compõem-se de:• Testículos: em número de dois, são responsáveis por produzir espermatozoide e testosterona• Epidídimo: Local onde termina a maturação dos espermatozoides e ficam armazenados.• Canais deferentes: dois túbulos musculosos que se fundem em um único tubo, formando o duto ejaculador.• Vesículas seminais: duas glândulas que junto com outra glândula a próstata, produzem um líquido nutritivo para os espermatozoides (o fluído seminal).• Uretra: é um canal que serve para eliminar a ejaculação quanto a urina.
  19. 19.  Os órgãos genitais externo do homem compõem-se de:• Pênis: o pênis é formado por dois tipos de tecidos, corpos cavernosos e o esponjoso.• Glande: localizada na extremidade do pênis, é a área de maior sensibilidade sexual do homem.• Prepúcio: É uma pele que encobre a glande, que deve ser puxada e higienizada a fim de se retirar dele o esmegma.Obs. Quando o garoto nãoconsegue exporcompletamente a glandedevido o estreitamento doprepúcio, diz-se que ele temfimose.•Saco escrotal: Local ondese localiza os testículos, suafunção é proteger e regular atemperatura dos testículos.• Obs: O tamanho médio dopênis dos brasileiro é de 13 a15 cm
  20. 20. Menstruação• Menarca é o nome dado para a primeira menstruação de uma garota.• A menstruação origina-se no útero. Ao mesmo tempo que ocorre o amadurecimento do óvulo no ovário (ovulação), acontece um outro tipo de estímulo para que o útero se prepare-se para receber um possível ovo, caso ocorresse a fertilização.• A parede interna do útero, chamada endométrio, cresce para servir ao ovo de ninho.• No endométrio que o ovo irá se fixar, alimentar e desenvolver até a formação daplacenta.• Esse produto mais o sangramento forma o mênstruo.
  21. 21. GametogêneseGametogênese é o processo pelo qual os gametas são produzidos nos organismosdotados de reprodução sexuada.Em linhas gerais, a gametogênese masculina (ou espermatogênese) e agametogênese feminina (ovogênese ou ovulogênese) seguem as mesmas etapas.
  22. 22. Ovulação• Ovulação é o nome dado à liberação de um óvulo pelo ovário a cada ciclo menstrual.• Vários óvulos começam a se transformar e amadurecer, mas apenas um é expelido.• No local onde amadurece o óvulo fica uma cicatriz chamada de corpo lúteo ou corpo amarelo, onde é produzido um outro hormônio, a progesterona, responsável pela manutenção da gravidez. Caso não engravide o corpo lúteo se atrofia• A ovulação ocorre 14 dias antes do primeiro dia de menstruação .• Vários óvulos começam a se transformar e amadurecer, mas apenas um é expelido.• O ciclo menstrual é o período de tempo que se passa entre o inicio de uma menstruação e o da outra.• O ciclo normalmente é de 28 dias, mas há casos de 22, 35 e até mesmo 40 dias.
  23. 23. Espermatogênese É o processo de formação dos espermatozoides por divisão celular (meiose),ocorrendo nos testículos. As espermatogônias são diploides que sofrem mitose dando origem aosespermatócitos, que irão sofrer meiose gerando as espermátides (células haploides).Essas espermátides iram maturar formando os espermatozoides.Na ejaculação o homem elimina cerca de 400 a 600 milhões de espermatozoides, queestão contidos em 3 a 5 ml de semên.Os espermatozoides sobrevive cerca de 72 horas dentro da mulher.

×