Aplicação da Eletrostática

196 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
196
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aplicação da Eletrostática

  1. 1. Aplicação da Eletrostática Professor Marcelo
  2. 2. Eletrostática A eletrização é o processo pelo qual um corpo fica eletrizado, ou seja, o processo mais importante na eletrostática. Quando um corpo ganha elétrons dizemos que ele foi eletrizado negativamente, pois o número de elétrons no corpo é maior que o número de prótons no mesmo. E quando um corpo perde elétrons o número de prótons no corpo é maior que o de elétrons, então, dizemos que o corpo está positivamente eletrizado.
  3. 3. Eletrostática A eletrização pode ocorrer através de três processos: 1 - Eletrização por atrito. 2 - Eletrização por contato. 3 - Eletrização por indução.
  4. 4. Eletrização por atrito Na eletrização por atrito os corpos atritados ficam com cargas elétricas opostas, como por exemplo, o pedaço de flanela com cargas positivas e o bastão de vidro com cargas negativas.
  5. 5. Eletrização por contato Na eletrização por contato os corpos ficam com a mesma distribuição superficial de cargas elétricas. Isto significa que se os corpos forem idênticos, eles terão a mesma carga elétrica.
  6. 6. Eletrização por indução O processo de indução eletrostática ocorre quando um corpo eletrizado redistribui cargas de um condutor neutro. O corpo eletrizado, o indutor, é colocado próximo ao corpo neutro, o induzido, e isso permite que as cargas do indutor atraiam ou repelem as cargas negativas do corpo neutro.
  7. 7. Carga Elétrica A quantidade de carga do elétron, em valor absoluto, é chamada de carga elementar e é representada por e. Esta carga é chamada elementar, pois é a menor quantidade de carga encontrada na natureza e este valor é: Coulomb (C) é a unidade de medida utilizada para carga elétrica no Sistema Internacional de Unidades. e=1,6 . 10-19
  8. 8. Carga Elétrica Para determinarmos a quantidade de carga elétrica de um corpo precisamos saber o número de elétrons ou prótons que este corpo tem em excesso, logo: Onde: Q = quantidade de carga elétrica do corpo n = número de elétrons em falta ou em excesso. e = carga elementar (1,6 . 10-19C) Q=n.e
  9. 9. Lei de Coulomb A Lei de Coulomb foi enunciada como segue: “A força de atração ou de repulsão entre duas cargas é diretamente proporcional ao produto do módulo das cargas elétricas e é inversamente proporcional ao quadrado da distância entre elas”. É expressa a seguir: Onde: F é a força, K é a constante eletrostática, Q1 é a carga 1, Q2 é a carga 2 e d² é o quadrado da distância entre as cargas
  10. 10. Aplicações da eletrostática Pintura eletrostática Abastecimento de combustível Espanadores e vassouras eletrostáticas
  11. 11. Aplicações da eletrostática A eletricidade estática é muito comum no dia-a-dia. Ao pentear o cabelo em um dia seco, é possível perceber que os fios de cabelo se repelem uns dos outros. Quando os veículos automotivos se movimentam pode acontecer de eles ficarem eletricamente eletrizados. Em tempo seco esse fato ocorre muito. Para evitar desastres com possíveis descargas elétricas, os veículos são equipados com uma corrente que se arrasta pelo chão, como medida para descarregar as cargas elétricas geradas pelo atrito com o ar. Isso ocorre principalmente com caminhões que transportam combustível. Durante o abastecimento dos carros de fórmula 1 há perigo de descargas elétricas e possíveis explosões, então para evitá-los existe conectado ao chão algumas fitas que fazem o contato do carro com o chão durante o abastecimento, fazendo as cargas elétricas escoarem para o ambiente.
  12. 12. Raios e relâmpagos
  13. 13. Pára-Raios
  14. 14. Bruno Camila Guilherme Rafael Sandy Stephanie

×