Nurture

479 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
479
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nurture

  1. 1. Nurture Produto do meio
  2. 3. Características Genéticas Transmitidas <ul><li>Formato dos olhos; </li></ul><ul><li>Tipo de cabelo; </li></ul><ul><li>Altura; </li></ul><ul><li>Cor da Pele. </li></ul>
  3. 4. Características Genéticas Transmitidas <ul><li>Personalidade? </li></ul><ul><li>Caráter? </li></ul><ul><li>Inteligência? </li></ul>
  4. 5. O QI é nature ou narture? Ou os dois? <ul><li>Ridley ( 1999, p.83 ) ‏ </li></ul><ul><li>Gêmeos idênticos criados juntos 86% na concordância da curva de QI; </li></ul><ul><li>Gêmeos idênticos criados separados 76% na concordância da curva de QI; </li></ul><ul><li>Gêmeos bivitelinos criados juntos 55% na concordância da curva de QI; </li></ul><ul><li>Irmãos biológicos criados juntos 47% na concordância da curva de QI; </li></ul>
  5. 6. O QI é nature ou narture? Ou os dois? <ul><li>Pais e filhos que vivem juntos 40% na concordância da curva de QI; </li></ul><ul><li>Pais e filhos que vivem separados 31% na concordância da curva de QI; </li></ul><ul><li>Irmãos adotivos criados em conjuntos com irmãos de sangue 0% na concordância da curva de QI; </li></ul><ul><li>Pessoas sem correlação alguma umas com as outras 0% na concordância da curva de QI. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Podemos concluir que o QI possui uma grande influência do fator genético e que a formação do caráter ou da inteligência é devido exclusivamente ao nature? </li></ul>
  7. 8. <ul><li>1980, James Flynn </li></ul><ul><li>Taxa de QI na média crescia 3 pontos por década; </li></ul><ul><li>Concluiu que isso de devia a efeitos ambientais; </li></ul><ul><li>Após segunda Gerra, pessoas mais bem alimentadas e com maior grau de instrução; </li></ul><ul><li>Crianças com maior contato com experiências visuais: Televisão, VideoGames, etc; </li></ul>
  8. 10. Outros Fatores que Podem Influenciar no nível de QI <ul><li>Desnutrição infantil; </li></ul><ul><li>O peso ao nascer; </li></ul><ul><li>O número de irmãos; </li></ul><ul><li>O número de anos nas escola; </li></ul><ul><li>O grupo social da família; </li></ul><ul><li>A profissão dos pais; </li></ul><ul><li>O grau de ambição da família; </li></ul><ul><li>A educação da mãe; </li></ul>
  9. 11. Outros Fatores que Podem Influenciar no nível de QI <ul><li>A média exposição às atividades visuais (TV, VideoGame, etc); </li></ul><ul><li>A idade; </li></ul><ul><li>O IDH na vizinhança; </li></ul><ul><li>Exposição a Drogas; </li></ul><ul><li>Doenças mentais. </li></ul>
  10. 12. Portanto <ul><li>Não existe dois ramos de pesquisa separados; </li></ul><ul><li>Está relacionado a problemas sociais; </li></ul><ul><li>Pesquisa podem ser utilizadas em diversas áreas do conhecimento. </li></ul>
  11. 13. Computação Evolutiva Motivação: Será que o homem teria perseguido tão fortemente a idéia de voar se não existissem animais que voam?
  12. 14. Computação Natural Computação Natural Computação Inspirada na Natureza Simulação e Emulação da Natureza Modelam e Descrevem a Natureza
  13. 15. Computação evolutiva
  14. 16. <ul><li>Tem como objetivo desenvolver programas com a habilidade de se replicar, e com capacidade adaptativa de aprender e controlar seus ambientes, baseados na teoria da evolução natural. </li></ul>Computação Evolutiva
  15. 17. <ul><li>Idéias básicas: </li></ul><ul><ul><li>Simular o processo de passagem de gerações da evolução natural. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Geração de uma população ( indivíduos ou cromossomos ); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Reprodução (sexuada ou assexuada); </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Variação genética ; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Seleção natural ; </li></ul></ul></ul>Computação Evolutiva
  16. 18. Algoritmo evolutivo básico <ul><li>População de soluções canditatas </li></ul><ul><ul><li>Representado com estruturas de dados </li></ul></ul><ul><ul><li>Reproduzem-se com herança genética </li></ul></ul><ul><li>Seleção Natural </li></ul><ul><ul><li>Função de avaliação </li></ul></ul><ul><ul><li>Definição do valor de Fitness </li></ul></ul>
  17. 19. Algoritmos evolutivos <ul><li>Algoritmos Genéticos </li></ul><ul><li>Estratégias Evolutivas </li></ul><ul><li>Programação Evolutiva </li></ul><ul><li>Programação Genética </li></ul>
  18. 20. Algoritmos evolutivos - Diferenças
  19. 21. Algoritmo genético <ul><li>procedimento CE </li></ul><ul><li>t = 0; </li></ul><ul><li>inicialização P(t); </li></ul><ul><li>avaliação P(t); </li></ul><ul><li>enquanto condição_de_fim_falsa faz </li></ul><ul><li>t = t+1; </li></ul><ul><li>P’(t) = selecção P(t-1); </li></ul><ul><li>P’’(t) = op_modificação P’(t); </li></ul><ul><li>avaliação P’’(t); </li></ul><ul><li>P(t) = mec_combinação P’’(t) ,P(t-1); </li></ul><ul><li>fim_faz; </li></ul><ul><li>devolve_melhor P(t); </li></ul><ul><li>fim_proc. </li></ul>
  20. 22. Exemplo Gara - Genetic Adaptive Routing Algorithm
  21. 23. Exemplo Gara - Genetic Adaptive Routing Algorithm <ul><li>GARA melhor que: </li></ul><ul><ul><li>RIP (Routing Information Protocol) </li></ul></ul><ul><ul><li>SPF (Shortest Path First) </li></ul></ul><ul><li>Porque: </li></ul><ul><li>- usa os tempos de latência </li></ul><ul><li>- distribui os pacotes pelos caminhos alternativos </li></ul>
  22. 24. Bin Packing <ul><li>Os algoritmos genéticos, criados por Holland[1] baseiam-se nos processos observados na evolução natural das espécies. Assim, um algoritmo genético parte de uma população de indivíduos (configuração inicial de um problema), faz a avaliação de cada um (aplicação da função objetivo), seleciona os melhores e promove manipulações genéticas, como cruzamento e mutação (correspondente às perturbações ou movimentos) a fim de criar uma nova população. </li></ul><ul><li>[1] J. H. Holland. Adaptation in natural artificial systems. University of Michigan Press. 1975 </li></ul>
  23. 25. Algoritmos Evolutivos - Aplicações <ul><li>Planejamento </li></ul><ul><ul><li>Roteamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Sequênciamento de tarefas </li></ul></ul><ul><li>Simulação </li></ul><ul><ul><li>Determinação de equilíbrio de sistemas químicos </li></ul></ul><ul><ul><li>Determinação de estruturas de proteínas </li></ul></ul><ul><li>Controle </li></ul><ul><ul><li>Controlador evolutivo pode ser utilizado em ambientes dinâmicos </li></ul></ul><ul><li>Projeto </li></ul><ul><ul><li>Filtros </li></ul></ul><ul><ul><li>Processamento de sinais </li></ul></ul>

×