SlideShare uma empresa Scribd logo
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

Quadrados mágicos

Conhecido pelos matemáticos há mais de 2,000 anos, o quadrado mágico é um estudo
fascinante. Basicamente, um quadrado mágico é um arranjo ordenado de células (ou
quadrados) onde se inscreve números em cada posição. Estes números são organizados de
forma que cada linha no quadrado, quando somadas, é igual à soma das outras linhas.
Adicionalmente, cada fila ou coluna terá um total semelhante, bem como as diagonais.
O quadrado básico de nove células conforme figura 1, se somarmos qualquer valor nas linhas,
filas ou diagonais obteremos 15. Em quadrados que têm um número maior de células pode
haver muitas mais relações.




Há séculos atrás as pessoas imaginavam que os quadrados eram investidos de poderes mágicos
ou incomuns. De fato, até mesmo atualmente os quadrados mágicos são gravados em pequenos
pedaços de metal e usados como talismãs por certos grupos na Índia, mas tenho que confessar
que eu nunca fui testemunha para qualquer poder incomum dos quadrados mágicos, mas eles
podem ser construídos e há várias aplicações divertidas que podem ser demonstradas com eles.
Uma vez entendo as técnicas de construção dos diversos quadrados mágicos você verá que é
bastante simples produzi-los.
Há métodos infinitos e variações na construção de quadrados mágicos. Em lugar de nos
envolvermos com transposições, quadrados fracionários, quadrados de forma incomum, e as
variedades infinitas, discutiremos alguns dos métodos mais diretos. Maurice Kraitcheck, no seu
livro Recreações Matemáticas, cobriu muito bem o assunto que discute muitos das mais
complexas técnicas sobre os quadrados, isto se você desejar se aprofundar mais seriamente no
assunto.

O quadrado básico

Os procedimentos para construirmos um quadrado de nove células (3 por 3) é a mesma
aplicada para outros tipos de quadrados (25 células, 49 células, etc.). /vamos assumir que você
deseja construir um quadrado de nove células como na fig 1. Você pode começar com qualquer
número, mas por questões de simplicidade usamos o número 1.

(a) Depois de desenhar um quadrado com nove células em branco, insira 1 na célula central da
linha no topo. Você precisa visualizar o topo e linhas de fundo como sendo presas entre si, ou
como continuação delas. Você também tem que visualizar as colunas da esquerda e da direita
como continuação delas.




SANCLE M. Porchéra                       Página 1                               5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

(b) Cada número sucessivo (em quadrados mágicos com numero de células pares) deve ser
inserido em sua célula colocando um numero à direita e um quadrado 108 acima do número
previamente posicionado. Este é um movimento oblíquo. não podem ser posicionados um à
direita e um acima do seu número registrado anteriormente à medida que isto o colocaria fora
das fronteiras do quadrado, ilustrada pela área pontilhada na Fig. 1. Porém, desde que você
visualize o topo e linhas de fundo como sendo presas entre si você pode contornar o problema
colocando os 2 na célula mais afastada ao fundo, fig. 1. (o topo e as linha do fundo foram
correlacionadas entre si esta é a célula na qual os 2 seria colocado.).

(c) Movendo o próximo número, 3, um movimento para cima e um movimento à direita, isto nos
posiciona fora do quadrado. Mas desde que a fila esquerda é uma continuação visualizada da
fila da direita, colocamos o 3 na célula mais afastada da linha como mostrado na Fig. 1.

(d) 4 não pode ser posicionado um acima e um à direita já que 1 já ocupa a célula por mim
escolhida anteriormente. Sempre que uma célula está ocupada por um número, você tem que
posicionar o numero em uma célula simplesmente abaixo do numero predecessor imediato.
Assim, 4 seria colocado abaixo de 3, como na fig. 1.

(e) 5 e 6 são posicionados facilmente e usam a regra do um movimento acima e um movimento
à direita.

(f) 7 não pode ser posicionado porque cai em uma posição diagonal onde não há continuação de
uma linha ou fila. Nesta situação, o número é tratado como se sua posição tenha sido ocupada
por um numero inserido anteriormente. Assim, 7 é posicionado debaixo do seu número
predecessor registrado (6).

(g) 8 e 9 são registrados seguindo as regras, e seu quadrado acabado pode ser visto na fig. 2.
Note as setas e outras indicações que mostram os vários movimentos dos números até suas
células.




Este quadrado pode começar com qualquer número. Se você começasse com 2, por exemplo. o
quadrado avançaria para um total mágico de 18. A fig. 3 mostra um quadrado de nove células
que começa com 2. Note que a media que você avança cada número (no inicio) os totais mágicos
aumentam em 3.
Assim, um quadrado de nove células (3 por 3) que começa pelo 3 daria um total mágico de 21 e
começando com 4 traria o total para 24. etc.




SANCLE M. Porchéra                       Página 2                              5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc




Todos os quadrados com numero de células impares seguem os mesmos procedimentos do
quadrado de nove células. Descreveremos agora um quadrado de 25 células (cinco por cinco) de
forma que você possa observar como os procedimentos são idênticos aos usados no quadrado de
3 por 3.

(2) Quadrados com numero impar de células

Como no quadrado de 3 por 3, o primeiro número deve ser colocado na célula central da
primeira linha. Debaixo você verá uma ilustração de um quadrado mágico com 25 células (5 por
5). Para simplificar, ele foi iniciado com o número 1, mas você pode escolher qualquer outro
valor. Siga as mesmas regras e procedimentos utilizados no quadrado de nove células. Note que
cada linha, coluna, e diagonais totalizam sempre a mesma quantidade, neste caso: 65. Um total
mágico adicional será achado ao se somar os números nos quatro vértices mais o número
central do quadrado (17-15-11-9 mais 13). Também se pode notar outras relações mais
distantes.




Você pode construir um grande quadrado impar seguindo os procedimentos. Estes grandes
quadrados maiores podem se tornar difícil de manusear 111 e podem ter pouco valor prático.

(3) Quadrados com número de células pares

Um procedimento completamente diferente é usado na construção destes quadrados mágicos
que têm um número par de células. Quadrados formadas por múltiplos de 4 (16, 64 células,
etc.) são produzidos de modo semelhante à descrição dada abaixo. Porém, os quadrados de 36
células (6 por 6), embora seja um “um quadrado mágico de numero par de células" é por si só
único.

Eu discutirei estes diversos quadrados, mas na prática você verá que os quadrados de 16 e 25
células são os mais populares. São tão impressionantes quanto os quadrados maiores e tem as
mesmas qualidades interessantes.


SANCLE M. Porchéra                      Página 3                              5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc


Vamos começar com os quadrados de 16 células.

(a) Após desenhar um quadrado em branco com 16 células você precisa traçar e visualizar suas
duas diagonais. No quadrado abaixo, note que duas diagonais foram traçadas de A para B e de
C para D. Vamos começar com o número 1 (claro que, você pode escolher qualquer valor) Você
vai preencher cada número consecutivamente, começando pela célula superior à esquerda e
seguindo para a direita, apenas com uma reserva: Sempre que você encontra uma célula que
está em uma diagonal você deverá saltá-la. O 1 não pode ser colocado na célula esquerda
superior, pois estas é interceptada de uma diagonal. Você salta esta célula então, avança para o
número 2 e coloca 2 na segunda célula.

(b) O próximo numero 3, pode ser colocado em sua posição à direita, mas a possível célula para
o 4 está em uma diagonal e assim deve ser saltado.
(c) 5 pode ser inserido em sua célula correta, saltaremos 6 e 7, inserimos 8, e você prossegue
preenchendo as células (saltando aquelas na diagonal) até que você preencha o quadrado
inteiro. Seu quadrado parcialmente preenchido se parece como a figura abaixo:




(d) Agora você tem que preencher as células livres (esses que estavam nas diagonais).
Novamente, você começa pela célula esquerda superior, mas em vez de começar com o menor
número (neste caso, numero 1) e seguir adiante comece com o número maior (neste caso, 16) e
conte para trás. Insira 16 na célula esquerda superior. Você conta para trás e conta 15 para a
próxima célula (que está ocupado por 2), 14 para a próxima (que está ocupado por 3), e 13
para a próxima. Ao achar uma célula livre, registre 13 nesta célula.

(e) Continuando para a próxima célula 12 (ocupada), conte retroativamente e preencha cada
célula aberta com o número apurado na contagem regressiva.




SANCLE M. Porchéra                        Página 4                               5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc



O quadrado acima indica os resultados da contagem regressiva, com todas as posições diagonais
preenchidas. O quadrado mágico completo é mostrado abaixo:




Este quadrado em particular tem um total mágico de 34. Cada linha, coluna, e diagonal somará
34. Além, os quatro vértices também somarão 34 (16-13-4-1); as quatro células de centro
somarão 34 (11-10-7- 6); cada grupo de quatro células no vértice somará 34 (esquerdo
superior): 16-2-11-5, esquerda abaixo (9, 7,14-4,) direito superior: (3-13-8-10), direito inferior:
(6-12-1-15); e, com alguma investigação, você achará grupos adicionais que também
relacionaram ao total mágico. Como em qualquer quadrado mágico, qualquer valor inicial pode
ser usado, que mudará o valor do total mágico. Mas as relações sempre serão constantes.

Os quadrados de 64 células (oito por oito) são construídos exatamente como o quadrado há
pouco descrito. A grande diferença é que ao formar um quadrado de 64 células você tem que
montar as diagonais na base do quadrado grande que consiste de um quadrado de 16 células. O
quadrado abaixo mostra (fig. 114) o arranjo da diagonal, e também o quadrado de 64 células
completo.




SANCLE M. Porchéra                         Página 5                                5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc




Note que o mesmo procedimento aplicado neste quadrado grande é o mesmo que foi aplicado
nos de 16 células. Ao iniciar a contagem regressiva comece com 64 e continue preenchendo cada
célula interceptada pela diagonal.
Claro que, neste quadrado grande você achará muitas inter-relações devido ao grande número
de possibilidades. Por exemplo, as quatro células no quadrado direito inferior do quadrado de
64 células consiste de 16 células que formam um quadrado mágico cujo total mágico vale 130,
com a exceção das diagonais. Você pode perceber muitas combinações incomuns se você
investigar este caso.

O quadrado de 36 células (6 por 6) é de fato uma série de 4 quadrados de nove células (3 por 3),
mais uma transposição (troca) de três números. Desenhe um quadrado de 36 células em branco,
mas considere-o como uma estrutura de 4 quadrados de nove células (3 por 3) e note as linhas
em negrito cruzando a células centrais. Você o preenche trabalhando em cada grupo de nove
células como se um quadrado em separado e não como parte da estrutura maior.

(a) Comece a preencher o grupo esquerdo superior de nove células, e da mesma maneira que
você preencheria um quadrado de 3 por 3. Comece com número 1, coloque-o no centro da
primeira linha. O quadrado abaixo mostra a conclusão do grupo esquerdo superior.




(b) Comece com o próximo número sucessivo, neste caso 10, preencha o grupo inferior direito.
O próximo quadrado se mostra completo




(c) Começando com o próximo número maior, neste caso 19, preencha o grupo direito superior.
Depois de completá-lo, preencha o último grupo restante (inferior esquerdo). O quadrado


SANCLE M. Porchéra                        Página 6                               5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

aparecerá como indicou abaixo. Note este não é o quadrado completo, pois você ainda tem que
transpor três dos números.




(d) Você tem que colocar os números 8, 5, e 4 nas posições respectivas ocupadas por números
35, 32, e 31. Isto é indicado pelas linhas mostradas na acima de quadrado para apontar estas
posições. A quadrado mágica completada, depois que a acima de transposição fosse feita, é
mostrado abaixo. Nota que as linhas, filas, e diagonais cada soma a 111. Também, as pequeno-
diagonais que contêm números 35-32-2 mais 33-5-4 somam a 111, como faz as pequeno-
diagonais que contêm números 24-23-22 mais 17-14-11. Você pode achar muitas outras
relações, algum óbvio e outros bastante distante.




4) Aplicação de quadrado mágico padrão

Você agora está em posição de produzir quadrados mágicos de quase qualquer tamanho.
Aqui temos uma excelente aplicação, que usa quadrados mágicos de 9, 16 ou 25 células.

Solicite ao seu espectador para escolher qualquer numero de dois dígitos, por exemplo, digamos
que ele escolheu 27. Você faz uma anotação em um pedaço papel e dá para alguém guardar em
lugar seguro. Você começa a produzir um quadrado mágico que começa com o número
fornecido pelo espectador.

Depois de completar o quadrado, e mostrando que as linhas, filas, diagonais, etc. produzem o
mesmo total mágico. Vamos assumir que o total mágico é 93. Você agora pede ao espectador
que mantenha o pedaço de papel em lugar seguro que o abra e leia o que você havia anotado
antes da construção do quadrado mágico. Seu espectador leria: “Eu predigo que o total mágico é
93” Você aparentemente, predisse o total.



SANCLE M. Porchéra                       Página 7                              5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

Vamos primeiro ilustrar o principio usado em quadrados de nove células. Vamos assumir que
seu espectador escolheu o número 27, e que você decide construir um quadrado de nove células
usando este número. Para determinar a “profecia" ou subseqüentemente chegar ao total mágico
você precisa processar o seguinte calculo: Multiplique o número escolhido por 3, e some 12 para
                                      o produto. Neste caso, 3 vezes 27 é 81, e 81 mais 12 são
                                      93.
   28     35      12      19     26
                                      Você prediria "93". Depois de dar a profecia a um dos
                                      espectadores, construa uma quadrado de 3 por 3 iniciando
   34     16      18      25     27 com o número 27. Seu quadrado acabado deve ser como
                                      quadrado abaixo. Enfatize que chegamos a um total
                                      mágico de 93, e mostre que a soma de uma linha, coluna
   15     17      24      31     33
                                      ou fila, diagonal, representa este total mágico.

  21      23     30      32     14

  22      29     36      13     20




Usando um quadrado de 16 células requer uma computação diferente. Para um quadrado 4 por
4 você faz o seguinte: Multiplique o número do espectador por 4, e some 30 ao produto. Vamos
mostrar como isto se desenvolve, seu espectador escolheu o número 31. Você o multiplica
secretamente por 4 (4 vezes 31 =124) e soma 30 ao produto (124 mais 30 = 154). Neste caso,
você prediria 154 como total mágico. Construa um quadrado de 16 células começando com 31.
Vide o quadrado acabado abaixo.
Note que todas as relações inerente aos quadrados de 16 células são aplicados a este quadrado.




Para um quadrado de 25 células você precisa fazer o seguinte: Multiplique por 5 e some 60.
Como exemplo, o seu espectador escolheu o número 12. Você secretamente multiplique 12 por 5
(12 x 5 = 60) e some 60 ao produto (60 mais 60 = 120). Você prediria 120 como o total
mágico. Desenvolva um quadrado de 5 por 5 começando com 12, e a quadrado acabado aparece
como se segue:




SANCLE M. Porchéra                       Página 8                               5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc




(5) Conjunto de quadrados

Até agora discutiremos a produção de quadrados mágicos construídos seguindo padrões
facilmente compreendidos.
Estes quadrados parecem seguir uma formatação quando você segue regras ou passos simples.
Há um tremendo campo que envolve os quadrados que eu chamo padrões fixos. Basicamente,
estes quadrados tem as posições das células predeterminadas e, portanto não parecem ser um
padrão de construção. Assim, se você deseja usar estes quadrados você vai simplesmente
precisar memorizar a posição de cada célula.
Claro que, com o uso constante dos tipos de quadrado você desenvolverá, grande facilidade com
eles. Sua memória pode ser auxiliada anotando estes quadrados em pequenos cartões pequenos
que podem ser convenientemente levados com você. Antes de demonstrar um destes conjuntos de
quadrados simplesmente de uma olhada rápida nos quadrados que você planeja usar que sua
memória pode ser refrescada.
Aqui estão exemplos de dois conjuntos de quadrados, um entretenimento divertido que você pode
executar.
A. O quadrado da Data de Aniversário. Esta é uma demonstração que combina usa a data de
aniversário de um espectador com um quadrado de nove células. Usando os vários números que
compõem a data de aniversário do espectador, você tem um quadrado de nove células cujo
resultado tem um total mágico. Porém, durante todo o curso desta demonstração seu espectador
tem controle aparente dos valores diferentes que você insere em cada célula.
Para demonstrar este truque você precisa memorizar a ordem das posições como mostrado no
quadrado abaixo fig. 121. O primeiro número que você inserirá é colocado na posição indicada
por 1, o segundo número é inserido na posição indicada por 2, etc.




SANCLE M. Porchéra                      Página 9                              5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

8 1 7
5 6 3
2 9 4


Para demonstrar, desenhe um quadrado em branco de nove células e peça ao espectador para
dizer a data do seu aniversário. Vamos assumir que a data é 17 de Março de I898. Você converte
a data em números e escreve 3-17-98 onde: 3 representam o mês de março, I7 é o dia do
aniversário, e 98 representa o ano 1898.
Insira 98 na posição 1.

122

(b) Você agora trabalhará com 3 ou 17. Dê ao espectadores uma escolha. Vamos assumir que
17 foi escolhido. Você pergunta agora para seu espectador se ele deseja que se some ou subtraia
de 98. Vamos assumir que eles escolheram subtrair 17. Subtraia 17 de 98, e entre 81 na posição
2. (Nota: se a data mencionada estivesse no século XX você precisaria eliminar a escolha da
subtração, pois isto poderia conduzir a um número negativo que não funciona corretamente.
Você pode determinar isto facilmente executando a subtração simples antes de oferecer alguma
escolha para os seus espectadores.).
(c) Continue subtraindo 17, mas desta vez diminuído de 81 (o último número registrado). O
                                                                                                  I
                                                             8I1I7I                               I
                                                                                                  I
                                                                                                  I
                                                                                                  i
                                                                                                  1
                                                             5 I 6 131                            1
                                                                                                  1
                                                                                                  1
                                                                                                  1
                                                                                                  I
                                                             2 I 9 141
                                                                                                  1
                                                                                                  1
                                                                                                  I
                                                             8I1I7I                               I
                                                                                                  I
                                                                                                  I
                                                                                                  i
                                                                                                  1
                                                             5 I 6 131                            1
                                                                                                  1
                                                                                                  1
                                                                                                  1
                                                                                                  I
                                                             2 I 9 141
                                                                                                  1
                                                                                                  1
resultado é 64, e isto é colocado na posição 3. Você mostra que os números 98, 81, e 64 são
“números” importantes e serão usados nos em seus próximos passos.

(d) O quadrado, neste momento, aparecerá como segue:



SANCLE M. Porchéra                      Página 10                               5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc




Agora você trabalhará agora com o número 3. Novamente de outra chance de escolha ao seu
espectador, uma escolha de somar ou subtrair com o número. Vamos assumir que eles escolhem
que você deve continuar subtraindo. Você subtrai 3 de 98 (um dos “números” importantes) e
insere o resultado, 95, na posição 4.

(e) 3 agora é subtraído de 95 e o resultado é 92, insira na posição 5.

(f) Agora use o próximo “número importante, 81”. Subtraia 3 de 81 e coloque o resultado, 78,
na posição 6.

(g) Subtraia 3 de 78 e coloque o resultado, 75, na posição 7.

(h) Agora use o último "número importante”, 64. Subtraia 3 de 64 e coloque o resultado, 61, na
posição 8.

(i) Seu último passo é subtrair 3 de 61 e colocar o resultado, 58, na posição 9. Seu Terminamos
o quadrado que aparece como segue:




Fica claro para seus espectadores, que durante todos os passos acima, você usou apenas os
números escolhidos por eles e que você está somando ou subtraindo conforme entrouxes deles.
Quando a quadrado estiver completo. mostre que existem possibilidades mágicas embora seu
espectador controlasse o processo de adição e subtração dos números... o quadrado totaliza 234
por linha, coluna, ou diagonalmente. Dê o quadrado acabado ao espectador cuja data de
aniversário foi usada, e diga-lhe que 234 não só é um número afortunado para ele, mas que
levando o quadrado mágico consigo isto também resultará para ele em boa sorte. (Nota: Se você
124 construir um quadrado mágica no verso do seu cartão de visitas seu espectador também terá
uma lembrança sua e da sua empresa)
Seguindo os procedimentos acima, um quadrado mágico sempre será produzido. Pode-se usar
no inicio tanto 3 quanto 17, e o número com que trabalhou pode ser somado ou subtraído
(contanto que subtração não o leve a um numero negativo). Mas uma vez começando a somar


SANCLE M. Porchéra                        Página 11                             5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

um número (conforme instruções do seu espectador) você tem que levar isto a cabo e tem que
sempre somar. Se você inicia subtraindo, você tem que completar todos os passos seguinte
subtraindo. Como as datas usadas variam, ou como o procedimento usado para mesma data é
variado, um total mágico diferente resultará, mas um quadrado mágico perfeito de nove células
sempre obtido.
Uma vez você memorizado corretamente a configuração do quadrado, o posicionamento dos
diverso valores segue um padrão e que fluirá para uma boa apresentação.
Como outro exemplo deste quadrado, vamos à data de aniversário 7 de Abril,
1927. Converta em 4-7-27. registre 27 na posição 1. Vamos assumir que seus espectadores
escolheram o 4 como o primeiro número para você trabalhar, e eles também querem que você
realize a adição a este número. Some 4 a 27 (31) e registre 31 na posição 2. Novamente some 4,
mas desta vez a 31 (35), e registre 35 na posição 3. Mencione que 27 31, e 35 são os “números
importantes" que serão usados em seus próximos passos.
Você agora trabalhará com 7. Dê aos seus espectadores a chance de escolha de somar ou
subtrair ao 7. Digamos que eles escolheram a subtração. “Subtraia 7 de 27, o primeiro “número
importante,” e insira o resto, 20, na posição 4”. “Subtraia 7 de 20 e insira o resto, 13, na
posição 5”. Você trabalha agora com o próximo “ número importante, " 31. Subtraia 7 de 31, e
registre o resto, 24, na posição 6. Subtraia 7 de 24 e registre o resto, 17, na posição 7.

Você trabalhará agora com o último “número importante," 35. Subtraia 7 de 35 e registre o
resto, 28, na posição 8. Subtraia 7 de 28 e coloque o resto, 21, na nona e última posição.

O quadrado final é ilustrado abaixo, e registra um total mágico 72.




B. Controlando um Total Mágico.


Este truque é executado com um quadrado de 16 células. Você tem o numero selecionado pelos
seu espectador que depois provará ser o total mágico.

A escolha do número é sugerida para estar entre 34 e 60. 34 é o menor numero em um total no
quadrado de 16 células, exceto números negativos ou fracionários, e embora você pode oferecer
uma faixa maior que 60, o maior total requer um número chave "maior" que podem se salientar
e parecer óbvio.
Novamente, uma configuração do quadrado é utilizada. A quadrado é construído como
mostrado na próxima página.
A 13a, 14a, 15a, e 16a posições são suas "posições chaves" que controlarão o quadrado para
atingir o total selecionado por seu espectador. Estas posições devem ser memorizadas.




SANCLE M. Porchéra                       Página 12                             5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc




Para demonstrar, você deve começar a preencher o quadrado conforme acima. Depois de
registrar os números (deste quadrado memorizado) em meia célula, peça ao seu espectador para
escolher um numero entre 34 e 60. Vamos assumir que 50 foi escolhido. /após guardar este
número continue a preencher o quadrado até a 13ª posição

Neste ponto você precisa fazer um calculo simples. Você precisa subtrair 21 do numero fornecido
pelo espectador. Neste caso, subtraia 21 de 50 cujo resto é 29. Você deverá inserir 29 na 13ª
posição, 30 na 14ª, 31 na 15ª e 32 na 16ª. O quadrado final deve se parecer com o quadrado
acima.

Observe que você agora tem um quadrado de 4 por 4 com total mágico de 50 verticalmente,
diagonalmente, nos vértices, nos 4 vértices, etc.

Como exemplo adicional, vamos assumir que 42 foi escolhido. Você deve preencher até a 13ª
posição. Neste ponto você subtrai 21 de 42, igual a 21. Insira 21, 22,23 e 24 na 13ª, 14ª, 15ª, e
16ª posições respectivamente. Voe agora tem o seguinte quadrado totalizando 42 em varias
combinações.
Uma maneira, menos dolorosa de realizar este processo é ter seu quadrado todo preenchido até
a 13ª posição. Isto deve estar na parte de trás do seu cartão de visitas. Você precisa memorizar
da 13ª até a 16ª posição, ou anotá-las discretamente. Não mostre este quadrado para o seu
espectador. Ao contrário, fale sobre quadrados mágicos e afirme, e que você gostaria de
demonstrar quanto fascinantes eles são. Rascunhe um quadrado, mas cuidado para que seus
espectadores não percebam que você esta usando um quadrado já preparado. Depois de alguns
minutos, solicite um numero entre 34 e 60 seja escolhido. Providencie seu pequeno calculo, faça
suas inserções nas posições corretas e, como mínimo de trabalho mental, você obterá um
quadrado completo.

(6) Seus movimentos

Este quadrado mágico inusitado foi criado, há 30 anos atrás, pelo matemático inglês Mr. F.
Parnell. É um quadrado de 5 por 5 (25 células) que permite ao seu espectador usar qualquer
numero em qualquer célula desejada. A partir desta premissa inicial, você preenche as células
para obter um quadrado mágico.
Este sistema segue o procedimento geral dos quadrados regulares de 25 células, mas com duas
variações importantes.

(a) Ao invés de mover cada número sucessivo em uma direção oblíqua (um-para-direita e um-
para cima), cada movimento é feito com uma célula à direita e duas células para cima.
(b) Se o último número escrito for divisível por 5, então o próximo número é registrado a duas
células à direita dele.




SANCLE M. Porchéra                       Página 13                                5/11/2009
osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc

Nos quadrados impares regulares, o topo e linhas de fundo são consideradas como continuação
de cada uma delas, e as colunas à esquerda e direita também são consideradas como
continuações.

Por conveniência da descrição deste quadrado, nós limitaremos a seleção numérica entre 1 e 25.
Vamos assumir que seu espectador decide começar com 11 e o coloca na posição circulada
mostrada abaixo. Seguindo a regra de dois para cima e um à direita, você preenche o quadrado
conforme abaixo. Note que a regra "b" é aplicada a cada número divisível por 5 seu próximo
número é registrado em duas células à direita.




Note que depois de registrar 25 o próximo número registrado é 1. E você continua até 10, que
representa o ponto no qual o quadrado será completo.
No diagrama seguinte você notará uma quadrado desenvolvido com 14 sendo o primeiro
numero, e a posição inicial é a segunda à esquerda na linha de fundo.




Este é um dos milhares de quadrados mágicos que possui tem a variações únicas. É impossível
memorizar as infinitas variedades, mas é divertido poder criar algumas variedades interessantes.




SANCLE M. Porchéra                       Página 14                               5/11/2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
Dinho Paulo Clakly
 
Matemática bom!
Matemática bom! Matemática bom!
Matemática bom!
maria edineuma marreira
 
Resolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas linearesResolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas lineares
karinsimonato
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
Rosana Santos Quirino
 
Resolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas linearesResolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas lineares
Otávio Sales
 
A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...
A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...
A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
Apostila matematica notacao formulas simbolos
Apostila matematica notacao formulas simbolosApostila matematica notacao formulas simbolos
Apostila matematica notacao formulas simbolos
trigono_metria
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
Herlan Ribeiro de Souza
 
Análise+c..
Análise+c..Análise+c..
Análise+c..
Rodrigo Carvalho
 
Métodos Para Resolver Sistemas de Equações Lineares
Métodos Para Resolver Sistemas de Equações LinearesMétodos Para Resolver Sistemas de Equações Lineares
Métodos Para Resolver Sistemas de Equações Lineares
Mayara Mônica
 
Dicas de planilha parte 3 - Cálculos Simples
Dicas de planilha parte 3 - Cálculos SimplesDicas de planilha parte 3 - Cálculos Simples
Dicas de planilha parte 3 - Cálculos Simples
Central Netdados Central
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
Rosana Santos Quirino
 
14 fibonacci-7 c
14 fibonacci-7 c14 fibonacci-7 c
14 fibonacci-7 c
rukka
 
Correção da lista 03
Correção da lista 03Correção da lista 03
Correção da lista 03
bernardorossi314
 
Número de Fibonacci
Número de FibonacciNúmero de Fibonacci
Número de Fibonacci
José Miguel Dos Santos
 
Matemática básica.
Matemática básica.Matemática básica.
Matemática básica.
Ajudar Pessoas
 
Sequências matematic
Sequências matematicSequências matematic
Sequências matematic
joao
 
Interpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não lineares
Interpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não linearesInterpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não lineares
Interpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não lineares
Luana D'Avila
 

Mais procurados (18)

Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
 
Matemática bom!
Matemática bom! Matemática bom!
Matemática bom!
 
Resolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas linearesResolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas lineares
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
 
Resolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas linearesResolução de sistemas lineares
Resolução de sistemas lineares
 
A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...
A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...
A regra de cramer é uma das maneiras de resolver um sistema linear, mas só po...
 
Apostila matematica notacao formulas simbolos
Apostila matematica notacao formulas simbolosApostila matematica notacao formulas simbolos
Apostila matematica notacao formulas simbolos
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
 
Análise+c..
Análise+c..Análise+c..
Análise+c..
 
Métodos Para Resolver Sistemas de Equações Lineares
Métodos Para Resolver Sistemas de Equações LinearesMétodos Para Resolver Sistemas de Equações Lineares
Métodos Para Resolver Sistemas de Equações Lineares
 
Dicas de planilha parte 3 - Cálculos Simples
Dicas de planilha parte 3 - Cálculos SimplesDicas de planilha parte 3 - Cálculos Simples
Dicas de planilha parte 3 - Cálculos Simples
 
Sistemas lineares
Sistemas linearesSistemas lineares
Sistemas lineares
 
14 fibonacci-7 c
14 fibonacci-7 c14 fibonacci-7 c
14 fibonacci-7 c
 
Correção da lista 03
Correção da lista 03Correção da lista 03
Correção da lista 03
 
Número de Fibonacci
Número de FibonacciNúmero de Fibonacci
Número de Fibonacci
 
Matemática básica.
Matemática básica.Matemática básica.
Matemática básica.
 
Sequências matematic
Sequências matematicSequências matematic
Sequências matematic
 
Interpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não lineares
Interpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não linearesInterpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não lineares
Interpretação geométrica de sistemas lineares 2x2 , 3x3 e não lineares
 

Semelhante a Os Quadrados Mágicos

Os Quadrados Mágicos
Os Quadrados MágicosOs Quadrados Mágicos
Os Quadrados Mágicos
Sanclé Porchéra
 
Sf1n1 2010
Sf1n1 2010Sf1n1 2010
Sf1n1 2010
ruthjesus
 
Sol 1afase2010 n1
Sol 1afase2010 n1Sol 1afase2010 n1
Sol 1afase2010 n1
jwfb
 
A ESPIRAL DE TESLA
A ESPIRAL DE TESLAA ESPIRAL DE TESLA
A ESPIRAL DE TESLA
Jonasblog
 
Sf1n1 2018
Sf1n1 2018Sf1n1 2018
Sf1n1 2018
DiedNuenf
 
Curiosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matrizCuriosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matriz
Jose Silva
 
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptxA Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
Kênia Bomtempo
 
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptxA Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
Kênia Bomtempo
 
TRI PASCAL
TRI PASCALTRI PASCAL
TRI PASCAL
eduardoslompo
 
Sf2n3 2011
Sf2n3 2011Sf2n3 2011
Sf2n3 2011
cavip
 
Matemática – notação científica 01 – 2014
Matemática – notação científica 01 – 2014Matemática – notação científica 01 – 2014
Matemática – notação científica 01 – 2014
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Excel1
Excel1Excel1
Notação científica completo
Notação científica   completoNotação científica   completo
Notação científica completo
André Luís Nogueira
 
Aula-2-álgebra-matricial - teoria e pratica
Aula-2-álgebra-matricial - teoria e praticaAula-2-álgebra-matricial - teoria e pratica
Aula-2-álgebra-matricial - teoria e pratica
mtgalelli2
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimalSistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
Nivea Neves
 
Teste nee
Teste neeTeste nee
Teste nee
nunograca
 
Raciocínio lógico
Raciocínio lógicoRaciocínio lógico
Raciocínio lógico
VanRabelo
 
Sf2n1 2011
Sf2n1 2011Sf2n1 2011
Sf2n1 2011
cavip
 

Semelhante a Os Quadrados Mágicos (18)

Os Quadrados Mágicos
Os Quadrados MágicosOs Quadrados Mágicos
Os Quadrados Mágicos
 
Sf1n1 2010
Sf1n1 2010Sf1n1 2010
Sf1n1 2010
 
Sol 1afase2010 n1
Sol 1afase2010 n1Sol 1afase2010 n1
Sol 1afase2010 n1
 
A ESPIRAL DE TESLA
A ESPIRAL DE TESLAA ESPIRAL DE TESLA
A ESPIRAL DE TESLA
 
Sf1n1 2018
Sf1n1 2018Sf1n1 2018
Sf1n1 2018
 
Curiosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matrizCuriosidades sobre matriz
Curiosidades sobre matriz
 
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptxA Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
 
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptxA Lógica do Quadrado Mágico.pptx
A Lógica do Quadrado Mágico.pptx
 
TRI PASCAL
TRI PASCALTRI PASCAL
TRI PASCAL
 
Sf2n3 2011
Sf2n3 2011Sf2n3 2011
Sf2n3 2011
 
Matemática – notação científica 01 – 2014
Matemática – notação científica 01 – 2014Matemática – notação científica 01 – 2014
Matemática – notação científica 01 – 2014
 
Excel1
Excel1Excel1
Excel1
 
Notação científica completo
Notação científica   completoNotação científica   completo
Notação científica completo
 
Aula-2-álgebra-matricial - teoria e pratica
Aula-2-álgebra-matricial - teoria e praticaAula-2-álgebra-matricial - teoria e pratica
Aula-2-álgebra-matricial - teoria e pratica
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimalSistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
 
Teste nee
Teste neeTeste nee
Teste nee
 
Raciocínio lógico
Raciocínio lógicoRaciocínio lógico
Raciocínio lógico
 
Sf2n1 2011
Sf2n1 2011Sf2n1 2011
Sf2n1 2011
 

Mais de Sanclé Porchéra

Manual do abaco e Treinamento
Manual do abaco e TreinamentoManual do abaco e Treinamento
Manual do abaco e Treinamento
Sanclé Porchéra
 
Ano Luz
Ano LuzAno Luz
Ano Solar
Ano SolarAno Solar
Latitude Longitude
Latitude LongitudeLatitude Longitude
Latitude Longitude
Sanclé Porchéra
 
Arcoiris 1
Arcoiris 1Arcoiris 1
Arcoiris 1
Sanclé Porchéra
 
Ano Bisexto
Ano BisextoAno Bisexto
Ano Bisexto
Sanclé Porchéra
 
Arco Iris
Arco IrisArco Iris
A Terra Girando Em Torno Do Sol
A Terra Girando Em Torno Do SolA Terra Girando Em Torno Do Sol
A Terra Girando Em Torno Do Sol
Sanclé Porchéra
 
A Lua
A LuaA Lua
Spam
SpamSpam
Quadrados nunca mais
Quadrados nunca maisQuadrados nunca mais
Quadrados nunca mais
Sanclé Porchéra
 
De 1 Até 19
De 1 Até 19De 1 Até 19
De 1 Até 19
Sanclé Porchéra
 
Role As Bolas
Role As BolasRole As Bolas
Role As Bolas
Sanclé Porchéra
 
O Malandro E O Diabo
O Malandro E O DiaboO Malandro E O Diabo
O Malandro E O Diabo
Sanclé Porchéra
 
Descubra A Primeira Vista
Descubra A Primeira VistaDescubra A Primeira Vista
Descubra A Primeira Vista
Sanclé Porchéra
 
Velozmente, Mas Cautelosamente
Velozmente, Mas CautelosamenteVelozmente, Mas Cautelosamente
Velozmente, Mas Cautelosamente
Sanclé Porchéra
 
AdiçãO RáPida
AdiçãO RáPidaAdiçãO RáPida
AdiçãO RáPida
Sanclé Porchéra
 
O desafio do carteiro Roberval
O desafio do carteiro RobervalO desafio do carteiro Roberval
O desafio do carteiro Roberval
Sanclé Porchéra
 
Cyber Teasers
Cyber TeasersCyber Teasers
Cyber Teasers
Sanclé Porchéra
 
Abelhas Fazem Mel
Abelhas  Fazem MelAbelhas  Fazem Mel
Abelhas Fazem Mel
Sanclé Porchéra
 

Mais de Sanclé Porchéra (20)

Manual do abaco e Treinamento
Manual do abaco e TreinamentoManual do abaco e Treinamento
Manual do abaco e Treinamento
 
Ano Luz
Ano LuzAno Luz
Ano Luz
 
Ano Solar
Ano SolarAno Solar
Ano Solar
 
Latitude Longitude
Latitude LongitudeLatitude Longitude
Latitude Longitude
 
Arcoiris 1
Arcoiris 1Arcoiris 1
Arcoiris 1
 
Ano Bisexto
Ano BisextoAno Bisexto
Ano Bisexto
 
Arco Iris
Arco IrisArco Iris
Arco Iris
 
A Terra Girando Em Torno Do Sol
A Terra Girando Em Torno Do SolA Terra Girando Em Torno Do Sol
A Terra Girando Em Torno Do Sol
 
A Lua
A LuaA Lua
A Lua
 
Spam
SpamSpam
Spam
 
Quadrados nunca mais
Quadrados nunca maisQuadrados nunca mais
Quadrados nunca mais
 
De 1 Até 19
De 1 Até 19De 1 Até 19
De 1 Até 19
 
Role As Bolas
Role As BolasRole As Bolas
Role As Bolas
 
O Malandro E O Diabo
O Malandro E O DiaboO Malandro E O Diabo
O Malandro E O Diabo
 
Descubra A Primeira Vista
Descubra A Primeira VistaDescubra A Primeira Vista
Descubra A Primeira Vista
 
Velozmente, Mas Cautelosamente
Velozmente, Mas CautelosamenteVelozmente, Mas Cautelosamente
Velozmente, Mas Cautelosamente
 
AdiçãO RáPida
AdiçãO RáPidaAdiçãO RáPida
AdiçãO RáPida
 
O desafio do carteiro Roberval
O desafio do carteiro RobervalO desafio do carteiro Roberval
O desafio do carteiro Roberval
 
Cyber Teasers
Cyber TeasersCyber Teasers
Cyber Teasers
 
Abelhas Fazem Mel
Abelhas  Fazem MelAbelhas  Fazem Mel
Abelhas Fazem Mel
 

Último

Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 

Os Quadrados Mágicos

  • 1. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Quadrados mágicos Conhecido pelos matemáticos há mais de 2,000 anos, o quadrado mágico é um estudo fascinante. Basicamente, um quadrado mágico é um arranjo ordenado de células (ou quadrados) onde se inscreve números em cada posição. Estes números são organizados de forma que cada linha no quadrado, quando somadas, é igual à soma das outras linhas. Adicionalmente, cada fila ou coluna terá um total semelhante, bem como as diagonais. O quadrado básico de nove células conforme figura 1, se somarmos qualquer valor nas linhas, filas ou diagonais obteremos 15. Em quadrados que têm um número maior de células pode haver muitas mais relações. Há séculos atrás as pessoas imaginavam que os quadrados eram investidos de poderes mágicos ou incomuns. De fato, até mesmo atualmente os quadrados mágicos são gravados em pequenos pedaços de metal e usados como talismãs por certos grupos na Índia, mas tenho que confessar que eu nunca fui testemunha para qualquer poder incomum dos quadrados mágicos, mas eles podem ser construídos e há várias aplicações divertidas que podem ser demonstradas com eles. Uma vez entendo as técnicas de construção dos diversos quadrados mágicos você verá que é bastante simples produzi-los. Há métodos infinitos e variações na construção de quadrados mágicos. Em lugar de nos envolvermos com transposições, quadrados fracionários, quadrados de forma incomum, e as variedades infinitas, discutiremos alguns dos métodos mais diretos. Maurice Kraitcheck, no seu livro Recreações Matemáticas, cobriu muito bem o assunto que discute muitos das mais complexas técnicas sobre os quadrados, isto se você desejar se aprofundar mais seriamente no assunto. O quadrado básico Os procedimentos para construirmos um quadrado de nove células (3 por 3) é a mesma aplicada para outros tipos de quadrados (25 células, 49 células, etc.). /vamos assumir que você deseja construir um quadrado de nove células como na fig 1. Você pode começar com qualquer número, mas por questões de simplicidade usamos o número 1. (a) Depois de desenhar um quadrado com nove células em branco, insira 1 na célula central da linha no topo. Você precisa visualizar o topo e linhas de fundo como sendo presas entre si, ou como continuação delas. Você também tem que visualizar as colunas da esquerda e da direita como continuação delas. SANCLE M. Porchéra Página 1 5/11/2009
  • 2. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc (b) Cada número sucessivo (em quadrados mágicos com numero de células pares) deve ser inserido em sua célula colocando um numero à direita e um quadrado 108 acima do número previamente posicionado. Este é um movimento oblíquo. não podem ser posicionados um à direita e um acima do seu número registrado anteriormente à medida que isto o colocaria fora das fronteiras do quadrado, ilustrada pela área pontilhada na Fig. 1. Porém, desde que você visualize o topo e linhas de fundo como sendo presas entre si você pode contornar o problema colocando os 2 na célula mais afastada ao fundo, fig. 1. (o topo e as linha do fundo foram correlacionadas entre si esta é a célula na qual os 2 seria colocado.). (c) Movendo o próximo número, 3, um movimento para cima e um movimento à direita, isto nos posiciona fora do quadrado. Mas desde que a fila esquerda é uma continuação visualizada da fila da direita, colocamos o 3 na célula mais afastada da linha como mostrado na Fig. 1. (d) 4 não pode ser posicionado um acima e um à direita já que 1 já ocupa a célula por mim escolhida anteriormente. Sempre que uma célula está ocupada por um número, você tem que posicionar o numero em uma célula simplesmente abaixo do numero predecessor imediato. Assim, 4 seria colocado abaixo de 3, como na fig. 1. (e) 5 e 6 são posicionados facilmente e usam a regra do um movimento acima e um movimento à direita. (f) 7 não pode ser posicionado porque cai em uma posição diagonal onde não há continuação de uma linha ou fila. Nesta situação, o número é tratado como se sua posição tenha sido ocupada por um numero inserido anteriormente. Assim, 7 é posicionado debaixo do seu número predecessor registrado (6). (g) 8 e 9 são registrados seguindo as regras, e seu quadrado acabado pode ser visto na fig. 2. Note as setas e outras indicações que mostram os vários movimentos dos números até suas células. Este quadrado pode começar com qualquer número. Se você começasse com 2, por exemplo. o quadrado avançaria para um total mágico de 18. A fig. 3 mostra um quadrado de nove células que começa com 2. Note que a media que você avança cada número (no inicio) os totais mágicos aumentam em 3. Assim, um quadrado de nove células (3 por 3) que começa pelo 3 daria um total mágico de 21 e começando com 4 traria o total para 24. etc. SANCLE M. Porchéra Página 2 5/11/2009
  • 3. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Todos os quadrados com numero de células impares seguem os mesmos procedimentos do quadrado de nove células. Descreveremos agora um quadrado de 25 células (cinco por cinco) de forma que você possa observar como os procedimentos são idênticos aos usados no quadrado de 3 por 3. (2) Quadrados com numero impar de células Como no quadrado de 3 por 3, o primeiro número deve ser colocado na célula central da primeira linha. Debaixo você verá uma ilustração de um quadrado mágico com 25 células (5 por 5). Para simplificar, ele foi iniciado com o número 1, mas você pode escolher qualquer outro valor. Siga as mesmas regras e procedimentos utilizados no quadrado de nove células. Note que cada linha, coluna, e diagonais totalizam sempre a mesma quantidade, neste caso: 65. Um total mágico adicional será achado ao se somar os números nos quatro vértices mais o número central do quadrado (17-15-11-9 mais 13). Também se pode notar outras relações mais distantes. Você pode construir um grande quadrado impar seguindo os procedimentos. Estes grandes quadrados maiores podem se tornar difícil de manusear 111 e podem ter pouco valor prático. (3) Quadrados com número de células pares Um procedimento completamente diferente é usado na construção destes quadrados mágicos que têm um número par de células. Quadrados formadas por múltiplos de 4 (16, 64 células, etc.) são produzidos de modo semelhante à descrição dada abaixo. Porém, os quadrados de 36 células (6 por 6), embora seja um “um quadrado mágico de numero par de células" é por si só único. Eu discutirei estes diversos quadrados, mas na prática você verá que os quadrados de 16 e 25 células são os mais populares. São tão impressionantes quanto os quadrados maiores e tem as mesmas qualidades interessantes. SANCLE M. Porchéra Página 3 5/11/2009
  • 4. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Vamos começar com os quadrados de 16 células. (a) Após desenhar um quadrado em branco com 16 células você precisa traçar e visualizar suas duas diagonais. No quadrado abaixo, note que duas diagonais foram traçadas de A para B e de C para D. Vamos começar com o número 1 (claro que, você pode escolher qualquer valor) Você vai preencher cada número consecutivamente, começando pela célula superior à esquerda e seguindo para a direita, apenas com uma reserva: Sempre que você encontra uma célula que está em uma diagonal você deverá saltá-la. O 1 não pode ser colocado na célula esquerda superior, pois estas é interceptada de uma diagonal. Você salta esta célula então, avança para o número 2 e coloca 2 na segunda célula. (b) O próximo numero 3, pode ser colocado em sua posição à direita, mas a possível célula para o 4 está em uma diagonal e assim deve ser saltado. (c) 5 pode ser inserido em sua célula correta, saltaremos 6 e 7, inserimos 8, e você prossegue preenchendo as células (saltando aquelas na diagonal) até que você preencha o quadrado inteiro. Seu quadrado parcialmente preenchido se parece como a figura abaixo: (d) Agora você tem que preencher as células livres (esses que estavam nas diagonais). Novamente, você começa pela célula esquerda superior, mas em vez de começar com o menor número (neste caso, numero 1) e seguir adiante comece com o número maior (neste caso, 16) e conte para trás. Insira 16 na célula esquerda superior. Você conta para trás e conta 15 para a próxima célula (que está ocupado por 2), 14 para a próxima (que está ocupado por 3), e 13 para a próxima. Ao achar uma célula livre, registre 13 nesta célula. (e) Continuando para a próxima célula 12 (ocupada), conte retroativamente e preencha cada célula aberta com o número apurado na contagem regressiva. SANCLE M. Porchéra Página 4 5/11/2009
  • 5. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc O quadrado acima indica os resultados da contagem regressiva, com todas as posições diagonais preenchidas. O quadrado mágico completo é mostrado abaixo: Este quadrado em particular tem um total mágico de 34. Cada linha, coluna, e diagonal somará 34. Além, os quatro vértices também somarão 34 (16-13-4-1); as quatro células de centro somarão 34 (11-10-7- 6); cada grupo de quatro células no vértice somará 34 (esquerdo superior): 16-2-11-5, esquerda abaixo (9, 7,14-4,) direito superior: (3-13-8-10), direito inferior: (6-12-1-15); e, com alguma investigação, você achará grupos adicionais que também relacionaram ao total mágico. Como em qualquer quadrado mágico, qualquer valor inicial pode ser usado, que mudará o valor do total mágico. Mas as relações sempre serão constantes. Os quadrados de 64 células (oito por oito) são construídos exatamente como o quadrado há pouco descrito. A grande diferença é que ao formar um quadrado de 64 células você tem que montar as diagonais na base do quadrado grande que consiste de um quadrado de 16 células. O quadrado abaixo mostra (fig. 114) o arranjo da diagonal, e também o quadrado de 64 células completo. SANCLE M. Porchéra Página 5 5/11/2009
  • 6. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Note que o mesmo procedimento aplicado neste quadrado grande é o mesmo que foi aplicado nos de 16 células. Ao iniciar a contagem regressiva comece com 64 e continue preenchendo cada célula interceptada pela diagonal. Claro que, neste quadrado grande você achará muitas inter-relações devido ao grande número de possibilidades. Por exemplo, as quatro células no quadrado direito inferior do quadrado de 64 células consiste de 16 células que formam um quadrado mágico cujo total mágico vale 130, com a exceção das diagonais. Você pode perceber muitas combinações incomuns se você investigar este caso. O quadrado de 36 células (6 por 6) é de fato uma série de 4 quadrados de nove células (3 por 3), mais uma transposição (troca) de três números. Desenhe um quadrado de 36 células em branco, mas considere-o como uma estrutura de 4 quadrados de nove células (3 por 3) e note as linhas em negrito cruzando a células centrais. Você o preenche trabalhando em cada grupo de nove células como se um quadrado em separado e não como parte da estrutura maior. (a) Comece a preencher o grupo esquerdo superior de nove células, e da mesma maneira que você preencheria um quadrado de 3 por 3. Comece com número 1, coloque-o no centro da primeira linha. O quadrado abaixo mostra a conclusão do grupo esquerdo superior. (b) Comece com o próximo número sucessivo, neste caso 10, preencha o grupo inferior direito. O próximo quadrado se mostra completo (c) Começando com o próximo número maior, neste caso 19, preencha o grupo direito superior. Depois de completá-lo, preencha o último grupo restante (inferior esquerdo). O quadrado SANCLE M. Porchéra Página 6 5/11/2009
  • 7. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc aparecerá como indicou abaixo. Note este não é o quadrado completo, pois você ainda tem que transpor três dos números. (d) Você tem que colocar os números 8, 5, e 4 nas posições respectivas ocupadas por números 35, 32, e 31. Isto é indicado pelas linhas mostradas na acima de quadrado para apontar estas posições. A quadrado mágica completada, depois que a acima de transposição fosse feita, é mostrado abaixo. Nota que as linhas, filas, e diagonais cada soma a 111. Também, as pequeno- diagonais que contêm números 35-32-2 mais 33-5-4 somam a 111, como faz as pequeno- diagonais que contêm números 24-23-22 mais 17-14-11. Você pode achar muitas outras relações, algum óbvio e outros bastante distante. 4) Aplicação de quadrado mágico padrão Você agora está em posição de produzir quadrados mágicos de quase qualquer tamanho. Aqui temos uma excelente aplicação, que usa quadrados mágicos de 9, 16 ou 25 células. Solicite ao seu espectador para escolher qualquer numero de dois dígitos, por exemplo, digamos que ele escolheu 27. Você faz uma anotação em um pedaço papel e dá para alguém guardar em lugar seguro. Você começa a produzir um quadrado mágico que começa com o número fornecido pelo espectador. Depois de completar o quadrado, e mostrando que as linhas, filas, diagonais, etc. produzem o mesmo total mágico. Vamos assumir que o total mágico é 93. Você agora pede ao espectador que mantenha o pedaço de papel em lugar seguro que o abra e leia o que você havia anotado antes da construção do quadrado mágico. Seu espectador leria: “Eu predigo que o total mágico é 93” Você aparentemente, predisse o total. SANCLE M. Porchéra Página 7 5/11/2009
  • 8. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Vamos primeiro ilustrar o principio usado em quadrados de nove células. Vamos assumir que seu espectador escolheu o número 27, e que você decide construir um quadrado de nove células usando este número. Para determinar a “profecia" ou subseqüentemente chegar ao total mágico você precisa processar o seguinte calculo: Multiplique o número escolhido por 3, e some 12 para o produto. Neste caso, 3 vezes 27 é 81, e 81 mais 12 são 93. 28 35 12 19 26 Você prediria "93". Depois de dar a profecia a um dos espectadores, construa uma quadrado de 3 por 3 iniciando 34 16 18 25 27 com o número 27. Seu quadrado acabado deve ser como quadrado abaixo. Enfatize que chegamos a um total mágico de 93, e mostre que a soma de uma linha, coluna 15 17 24 31 33 ou fila, diagonal, representa este total mágico. 21 23 30 32 14 22 29 36 13 20 Usando um quadrado de 16 células requer uma computação diferente. Para um quadrado 4 por 4 você faz o seguinte: Multiplique o número do espectador por 4, e some 30 ao produto. Vamos mostrar como isto se desenvolve, seu espectador escolheu o número 31. Você o multiplica secretamente por 4 (4 vezes 31 =124) e soma 30 ao produto (124 mais 30 = 154). Neste caso, você prediria 154 como total mágico. Construa um quadrado de 16 células começando com 31. Vide o quadrado acabado abaixo. Note que todas as relações inerente aos quadrados de 16 células são aplicados a este quadrado. Para um quadrado de 25 células você precisa fazer o seguinte: Multiplique por 5 e some 60. Como exemplo, o seu espectador escolheu o número 12. Você secretamente multiplique 12 por 5 (12 x 5 = 60) e some 60 ao produto (60 mais 60 = 120). Você prediria 120 como o total mágico. Desenvolva um quadrado de 5 por 5 começando com 12, e a quadrado acabado aparece como se segue: SANCLE M. Porchéra Página 8 5/11/2009
  • 9. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc (5) Conjunto de quadrados Até agora discutiremos a produção de quadrados mágicos construídos seguindo padrões facilmente compreendidos. Estes quadrados parecem seguir uma formatação quando você segue regras ou passos simples. Há um tremendo campo que envolve os quadrados que eu chamo padrões fixos. Basicamente, estes quadrados tem as posições das células predeterminadas e, portanto não parecem ser um padrão de construção. Assim, se você deseja usar estes quadrados você vai simplesmente precisar memorizar a posição de cada célula. Claro que, com o uso constante dos tipos de quadrado você desenvolverá, grande facilidade com eles. Sua memória pode ser auxiliada anotando estes quadrados em pequenos cartões pequenos que podem ser convenientemente levados com você. Antes de demonstrar um destes conjuntos de quadrados simplesmente de uma olhada rápida nos quadrados que você planeja usar que sua memória pode ser refrescada. Aqui estão exemplos de dois conjuntos de quadrados, um entretenimento divertido que você pode executar. A. O quadrado da Data de Aniversário. Esta é uma demonstração que combina usa a data de aniversário de um espectador com um quadrado de nove células. Usando os vários números que compõem a data de aniversário do espectador, você tem um quadrado de nove células cujo resultado tem um total mágico. Porém, durante todo o curso desta demonstração seu espectador tem controle aparente dos valores diferentes que você insere em cada célula. Para demonstrar este truque você precisa memorizar a ordem das posições como mostrado no quadrado abaixo fig. 121. O primeiro número que você inserirá é colocado na posição indicada por 1, o segundo número é inserido na posição indicada por 2, etc. SANCLE M. Porchéra Página 9 5/11/2009
  • 10. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc 8 1 7 5 6 3 2 9 4 Para demonstrar, desenhe um quadrado em branco de nove células e peça ao espectador para dizer a data do seu aniversário. Vamos assumir que a data é 17 de Março de I898. Você converte a data em números e escreve 3-17-98 onde: 3 representam o mês de março, I7 é o dia do aniversário, e 98 representa o ano 1898. Insira 98 na posição 1. 122 (b) Você agora trabalhará com 3 ou 17. Dê ao espectadores uma escolha. Vamos assumir que 17 foi escolhido. Você pergunta agora para seu espectador se ele deseja que se some ou subtraia de 98. Vamos assumir que eles escolheram subtrair 17. Subtraia 17 de 98, e entre 81 na posição 2. (Nota: se a data mencionada estivesse no século XX você precisaria eliminar a escolha da subtração, pois isto poderia conduzir a um número negativo que não funciona corretamente. Você pode determinar isto facilmente executando a subtração simples antes de oferecer alguma escolha para os seus espectadores.). (c) Continue subtraindo 17, mas desta vez diminuído de 81 (o último número registrado). O I 8I1I7I I I I i 1 5 I 6 131 1 1 1 1 I 2 I 9 141 1 1 I 8I1I7I I I I i 1 5 I 6 131 1 1 1 1 I 2 I 9 141 1 1 resultado é 64, e isto é colocado na posição 3. Você mostra que os números 98, 81, e 64 são “números” importantes e serão usados nos em seus próximos passos. (d) O quadrado, neste momento, aparecerá como segue: SANCLE M. Porchéra Página 10 5/11/2009
  • 11. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Agora você trabalhará agora com o número 3. Novamente de outra chance de escolha ao seu espectador, uma escolha de somar ou subtrair com o número. Vamos assumir que eles escolhem que você deve continuar subtraindo. Você subtrai 3 de 98 (um dos “números” importantes) e insere o resultado, 95, na posição 4. (e) 3 agora é subtraído de 95 e o resultado é 92, insira na posição 5. (f) Agora use o próximo “número importante, 81”. Subtraia 3 de 81 e coloque o resultado, 78, na posição 6. (g) Subtraia 3 de 78 e coloque o resultado, 75, na posição 7. (h) Agora use o último "número importante”, 64. Subtraia 3 de 64 e coloque o resultado, 61, na posição 8. (i) Seu último passo é subtrair 3 de 61 e colocar o resultado, 58, na posição 9. Seu Terminamos o quadrado que aparece como segue: Fica claro para seus espectadores, que durante todos os passos acima, você usou apenas os números escolhidos por eles e que você está somando ou subtraindo conforme entrouxes deles. Quando a quadrado estiver completo. mostre que existem possibilidades mágicas embora seu espectador controlasse o processo de adição e subtração dos números... o quadrado totaliza 234 por linha, coluna, ou diagonalmente. Dê o quadrado acabado ao espectador cuja data de aniversário foi usada, e diga-lhe que 234 não só é um número afortunado para ele, mas que levando o quadrado mágico consigo isto também resultará para ele em boa sorte. (Nota: Se você 124 construir um quadrado mágica no verso do seu cartão de visitas seu espectador também terá uma lembrança sua e da sua empresa) Seguindo os procedimentos acima, um quadrado mágico sempre será produzido. Pode-se usar no inicio tanto 3 quanto 17, e o número com que trabalhou pode ser somado ou subtraído (contanto que subtração não o leve a um numero negativo). Mas uma vez começando a somar SANCLE M. Porchéra Página 11 5/11/2009
  • 12. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc um número (conforme instruções do seu espectador) você tem que levar isto a cabo e tem que sempre somar. Se você inicia subtraindo, você tem que completar todos os passos seguinte subtraindo. Como as datas usadas variam, ou como o procedimento usado para mesma data é variado, um total mágico diferente resultará, mas um quadrado mágico perfeito de nove células sempre obtido. Uma vez você memorizado corretamente a configuração do quadrado, o posicionamento dos diverso valores segue um padrão e que fluirá para uma boa apresentação. Como outro exemplo deste quadrado, vamos à data de aniversário 7 de Abril, 1927. Converta em 4-7-27. registre 27 na posição 1. Vamos assumir que seus espectadores escolheram o 4 como o primeiro número para você trabalhar, e eles também querem que você realize a adição a este número. Some 4 a 27 (31) e registre 31 na posição 2. Novamente some 4, mas desta vez a 31 (35), e registre 35 na posição 3. Mencione que 27 31, e 35 são os “números importantes" que serão usados em seus próximos passos. Você agora trabalhará com 7. Dê aos seus espectadores a chance de escolha de somar ou subtrair ao 7. Digamos que eles escolheram a subtração. “Subtraia 7 de 27, o primeiro “número importante,” e insira o resto, 20, na posição 4”. “Subtraia 7 de 20 e insira o resto, 13, na posição 5”. Você trabalha agora com o próximo “ número importante, " 31. Subtraia 7 de 31, e registre o resto, 24, na posição 6. Subtraia 7 de 24 e registre o resto, 17, na posição 7. Você trabalhará agora com o último “número importante," 35. Subtraia 7 de 35 e registre o resto, 28, na posição 8. Subtraia 7 de 28 e coloque o resto, 21, na nona e última posição. O quadrado final é ilustrado abaixo, e registra um total mágico 72. B. Controlando um Total Mágico. Este truque é executado com um quadrado de 16 células. Você tem o numero selecionado pelos seu espectador que depois provará ser o total mágico. A escolha do número é sugerida para estar entre 34 e 60. 34 é o menor numero em um total no quadrado de 16 células, exceto números negativos ou fracionários, e embora você pode oferecer uma faixa maior que 60, o maior total requer um número chave "maior" que podem se salientar e parecer óbvio. Novamente, uma configuração do quadrado é utilizada. A quadrado é construído como mostrado na próxima página. A 13a, 14a, 15a, e 16a posições são suas "posições chaves" que controlarão o quadrado para atingir o total selecionado por seu espectador. Estas posições devem ser memorizadas. SANCLE M. Porchéra Página 12 5/11/2009
  • 13. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Para demonstrar, você deve começar a preencher o quadrado conforme acima. Depois de registrar os números (deste quadrado memorizado) em meia célula, peça ao seu espectador para escolher um numero entre 34 e 60. Vamos assumir que 50 foi escolhido. /após guardar este número continue a preencher o quadrado até a 13ª posição Neste ponto você precisa fazer um calculo simples. Você precisa subtrair 21 do numero fornecido pelo espectador. Neste caso, subtraia 21 de 50 cujo resto é 29. Você deverá inserir 29 na 13ª posição, 30 na 14ª, 31 na 15ª e 32 na 16ª. O quadrado final deve se parecer com o quadrado acima. Observe que você agora tem um quadrado de 4 por 4 com total mágico de 50 verticalmente, diagonalmente, nos vértices, nos 4 vértices, etc. Como exemplo adicional, vamos assumir que 42 foi escolhido. Você deve preencher até a 13ª posição. Neste ponto você subtrai 21 de 42, igual a 21. Insira 21, 22,23 e 24 na 13ª, 14ª, 15ª, e 16ª posições respectivamente. Voe agora tem o seguinte quadrado totalizando 42 em varias combinações. Uma maneira, menos dolorosa de realizar este processo é ter seu quadrado todo preenchido até a 13ª posição. Isto deve estar na parte de trás do seu cartão de visitas. Você precisa memorizar da 13ª até a 16ª posição, ou anotá-las discretamente. Não mostre este quadrado para o seu espectador. Ao contrário, fale sobre quadrados mágicos e afirme, e que você gostaria de demonstrar quanto fascinantes eles são. Rascunhe um quadrado, mas cuidado para que seus espectadores não percebam que você esta usando um quadrado já preparado. Depois de alguns minutos, solicite um numero entre 34 e 60 seja escolhido. Providencie seu pequeno calculo, faça suas inserções nas posições corretas e, como mínimo de trabalho mental, você obterá um quadrado completo. (6) Seus movimentos Este quadrado mágico inusitado foi criado, há 30 anos atrás, pelo matemático inglês Mr. F. Parnell. É um quadrado de 5 por 5 (25 células) que permite ao seu espectador usar qualquer numero em qualquer célula desejada. A partir desta premissa inicial, você preenche as células para obter um quadrado mágico. Este sistema segue o procedimento geral dos quadrados regulares de 25 células, mas com duas variações importantes. (a) Ao invés de mover cada número sucessivo em uma direção oblíqua (um-para-direita e um- para cima), cada movimento é feito com uma célula à direita e duas células para cima. (b) Se o último número escrito for divisível por 5, então o próximo número é registrado a duas células à direita dele. SANCLE M. Porchéra Página 13 5/11/2009
  • 14. osquadradosmgicos-091105124559-phpapp01.doc Nos quadrados impares regulares, o topo e linhas de fundo são consideradas como continuação de cada uma delas, e as colunas à esquerda e direita também são consideradas como continuações. Por conveniência da descrição deste quadrado, nós limitaremos a seleção numérica entre 1 e 25. Vamos assumir que seu espectador decide começar com 11 e o coloca na posição circulada mostrada abaixo. Seguindo a regra de dois para cima e um à direita, você preenche o quadrado conforme abaixo. Note que a regra "b" é aplicada a cada número divisível por 5 seu próximo número é registrado em duas células à direita. Note que depois de registrar 25 o próximo número registrado é 1. E você continua até 10, que representa o ponto no qual o quadrado será completo. No diagrama seguinte você notará uma quadrado desenvolvido com 14 sendo o primeiro numero, e a posição inicial é a segunda à esquerda na linha de fundo. Este é um dos milhares de quadrados mágicos que possui tem a variações únicas. É impossível memorizar as infinitas variedades, mas é divertido poder criar algumas variedades interessantes. SANCLE M. Porchéra Página 14 5/11/2009