Metanfetamina Apresentação

1.425 visualizações

Publicada em

Metanfetamine

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
41
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metanfetamina Apresentação

  1. 1. Trabalho de Inglês Tema: Drogas Metanfetamina Laiana Cambruzzi Samuel Jumes
  2. 2. Oque é metanfetamina? • A metanfetamina é uma droga estimulante sintética que induz uma forte sensação de euforia, e causa grande dependência.
  3. 3. • É uma das drogas recreativas mais significativas. Normalmente encontra-se num pó sem odor, branco ou esbranquiçado, de sabor amargo, embora também se encontre em comprimidos, cápsulas e cristais maiores.
  4. 4. • Normalmente inala-se (cheira-se), mas também se usa oralmente, fuma-se, e injeta-se.
  5. 5. • A metanfetamina é estruturalmente semelhante à anfetamina, e outras substâncias estimulantes. • Pode ser produzida a partir da efedrina ou da pseudoefedrina por redução química. A maioria das substâncias químicas necessárias estão disponíveis nos produtos de limpeza domésticos ou em medicamentos de venda livre (sem receita). Isso torna muito fácil produzir metanfetamina.
  6. 6. • A anfetamina foi sintetizada pela primeira vez em 1887, pelo químico alemão L. Edeleano, e inicialmente denominada “fenilisopropilamina”. O nome químico mais usado para a metanfetamina é d-N-metilanfetamina. • Durante a segunda guerra mundial, tanto a anfetmina como a metanfetamina foram grandemente distribuídas entre os soldados para melhorarem o seu desempenho. Isto gerou problemas de grande dependência em vários países, principalmente o Japão.
  7. 7. Efeitos Positivos • O chamado “speed” (anfetamina ou metanfetamina) é uma droga estimulante. Produz um estado alerta e confiante, e aumenta os níveis de energia e de estamina. Também reduz o apetite e diminui a vontade e a capacidade de dormir.
  8. 8. Efeitos Negativos • O uso da metanfetamina normalmente acelera as batidas cardíacas e a respiração, e aumenta a tensão arterial e a temperatura do corpo do usuário. O uso crónico pode causar a chamada “psicose anfetamínica”, resultando em paranóia, alucinações auditivas e visuais, auto-concentração, irritabilidade, comportamento agressivo e instável, e coçar a pele. Isto pode piorar com a falta de sono que normamelmente acompanha o uso pesado da metanfetamina.
  9. 9. • A metanfetamina é anorexiante, o que significa que a maioria das pessoas perde o interesse em comida. Isto é considerado benéfico para muito utilizadores ligeiros, mas com o uso regular ou pesado pode causar subnutrição. A metanfetamina também é considerada neurotóxica.
  10. 10. • A “descida” da mentafetamina pode deixar o usuário cansado, letárgico e deprimido. Isto pode levar os utilizadores a tomarem mais, e pode causar dependência. Também causa uma tolerância significativa. Esta mistura é muito grave, pois o utilizador passará a ter fortes desejos de metanfetamina, ao mesmo tempo que não conseguirá alcançar um efeito satisfatório.
  11. 11. Uso Médico • Não há uso médico da metanfetamina. Drogas da família das anfetaminas, como o metilfenidato, são usados para tratamento de algumas doenças, como a narcolepsia.

×