COMPRAR VIROU UM VÍCIO ? 
COMPRAR, VIROU UM VÍCIO?
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
Não é mais um descontrole financeiro. 
Comprar virou um vício! 
A oniomania ou compras...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
Muitas vezes, os itens comprados são 
destruídos ou escondidos. A pessoa afetada 
pela...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
IDEIAS PREPONDERANTES 
Quem sofre dessa compulsão passa boa parte 
do dia planejando c...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
DESEQUILÍBRIOS CONSUMISTAS 
Algumas ocasiões são um perigo para quem 
tem a compulsão ...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
Tudo isso pode levar uma pessoa ficar 
transtornada por algumas horas e gastar 
precip...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
OS INDÍCIOS DA COMPULSÃO 
Em casa quando chega com as compras trata 
de escondê-las; 
...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
CONCLUSÃO 
É possível sair dessa situação, existe 
tratamento! 
Para vencer a compulsã...
http://orcamentosesolucoes.com.br/ 
É fundamental admitir a existência de um 
problema de saúde capaz de comprometer a 
pa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comprar virou um vício ?

1.769 visualizações

Publicada em

http://orcamentosesolucoes.com.br/
Não é mais um descontrole financeiro. Comprar virou um vício!
A oniomania ou compras compulsivas é um distúrbio psicológico...

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.769
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comprar virou um vício ?

  1. 1. COMPRAR VIROU UM VÍCIO ? COMPRAR, VIROU UM VÍCIO?
  2. 2. http://orcamentosesolucoes.com.br/ Não é mais um descontrole financeiro. Comprar virou um vício! A oniomania ou compras compulsivas é um distúrbio psicológicos, cujos sintomas são um desejo desenfreado de comprar. A compra de um bem cria ao viciado uma satisfação imediata o fazendo sentir-se bem consigo mesmo. Porém essa sensação é ilusória.
  3. 3. http://orcamentosesolucoes.com.br/ Muitas vezes, os itens comprados são destruídos ou escondidos. A pessoa afetada pela oniomania se sente envergonhada. Este sentimento de culpa é compensado apenas por uma nova compra. A pessoa viciada em compras é, assim, presa em um círculo vicioso. É perceptível que a pessoa está doente.
  4. 4. http://orcamentosesolucoes.com.br/ IDEIAS PREPONDERANTES Quem sofre dessa compulsão passa boa parte do dia planejando compras. Não se trata apenas da vontade de ter algo, mas de uma obsessão. Isso pode gerar angústia, ansiedade, além, é claro, de uma série de dificuldades financeiras no final do mês.
  5. 5. http://orcamentosesolucoes.com.br/ DESEQUILÍBRIOS CONSUMISTAS Algumas ocasiões são um perigo para quem tem a compulsão e podem servir de gatilho para uma sessão descontrolada de compras no shopping. Como por exemplo, festas de fim de ano, aniversários, promoções, sentimento de solidão, estresse, baixa autoestima...
  6. 6. http://orcamentosesolucoes.com.br/ Tudo isso pode levar uma pessoa ficar transtornada por algumas horas e gastar precipitadamente. Passado o “DESEQUILIBRIO” consumista, o mal-estar e a culpa costumam ser grandes.
  7. 7. http://orcamentosesolucoes.com.br/ OS INDÍCIOS DA COMPULSÃO Em casa quando chega com as compras trata de escondê-las; Mente sobre a aquisição do produto, como por exemplo, dizendo que foi um presente; Retira as etiquetas com o objetivo de disfarçar que a peça é nova; Passa a ser questionada pelas pessoas sobre os gastos desnecessários.
  8. 8. http://orcamentosesolucoes.com.br/ CONCLUSÃO É possível sair dessa situação, existe tratamento! Para vencer a compulsão é necessário reconhecer que está precisando de ajuda. Contar com auxilio da família ou dos amigos é importante.
  9. 9. http://orcamentosesolucoes.com.br/ É fundamental admitir a existência de um problema de saúde capaz de comprometer a parte psicológica do doente e a vida financeira de todos os envolvidos. Nesse estágio, é interessante procurar um psicólogo ou psiquiatra. Existem remédios e terapias que podem ajudar. FONTE: http://es.wikipedia.org/wiki/Oniomanía.

×