Sumário Executivo Grupo IdeiaSex

4.493 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.493
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
93
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sumário Executivo Grupo IdeiaSex

  1. 1. Descrição do Negócio<br />Breve descrição da empresa<br />Formado por jovens empreendedores cariocas dispostos a quebrar paradigmas, o Grupo IdeiaSex chega para ser um divisor de águas no mercado erótico virtual.<br />Abordagem discreta e elegante, atendimento eficaz, logística azeitada, comunicação visual informativa, qualidade dos produtos e tecnologia de ponta são apenas algumas das principais preocupações do Grupo.<br />Essa proposta inovadora traz um novo olhar para o mercado erótico e faz com que o IdeiaSex se diferencie e assuma seu lugar de destaque.<br />Histórico resumido<br />Ruy e Felipe se conheceram no setor comercial de um dos maiores players de e-commerce do Brasil e, depois de alguns meses trabalhando juntos, descobriram que compartilhavam muitos interesses, o que fez com que percebessem o grande potencial de uma parceria profissional. Entre esses interesses se destacam o fascínio por tecnologia, o entusiasmo a respeito do mercado de comércio eletrônico no Brasil e, principalmente, o espírito empreendedor.<br />Com algum capital de investimento em mãos e a vontade de achar um nicho de mercado, Ruy e Felipe pesquisaram por oportunidades e necessidades emergentes até que perceberam o forte crescimento do segmento de e-commerce erótico no Brasil. <br />Agora encaram o desafio de construir um grupo de empresas no mercado erótico online, crescendo junto a um time colaborativo, antenado, comprometido e focado em resultados.<br />Visão<br />Virar referência de empreendedorismo jovem no mercado erótico brasileiro, oferecer um extenso mix de produtos de qualidade e a melhor experiência de compra aos clientes.<br />Análise SWOT<br />PONTOS FORTESPONTOS FRACOSGrande uso e integração de ferramentas profissionais de utilização via web (cloud computing)Amplo conhecimento e experiência com tecnologias, necessidades e métricas do mercado de e-commerceTotal dedicação para empreender e fascínio por melhores práticas de gestãoIniciantes no mercado eróticoPouco capital disponível para manter operação sem receitaDificuldade na contratação de profissionais experientesOPORTUNIDADESAMEAÇASO crescimento dos mercados, tanto do erótico como de e-commerce no Brasil são muito expressivos e indicam progressãoQuebra do tabu em torno do uso dos produtos eróticosConcorrentes com sites muito simples, sem tantos recursos técnicosAinda existe inibição do cliente em ir a sex shops em lugares públicosO desenvolvimento econômico brasileiro e investimento em novas tecnologias e formas de viabilizar novos negócios.Crescimento de vendedores autônomos e representantes através de venda por catálogoAinda existe muito tabu e preconceito no Brasil quando o assunto é produto eróticoEmpresas já consolidadas estão investindo em tecnologiaNecessidade de atendimento diferenciado a clientes, por se tratar de um tema delicado para muitas pessoasEncontrar parceiros de conteúdo e mídia que possuam afinidade de linguagem e abordagem do tema<br />Problema / Gap <br />No ano 2000 o comércio eletrônico dava seus primeiros passos, mas ainda existia muita desconfiança por parte dos consumidores a respeito de segurança, entregas e prazos, sigilo para com seus dados pessoais, honestidade nas informações sobre produtos etc. Com o tempo os sites se modernizaram, melhoraram a comunicação visual, desenvolveram diversos tipos de certificadores e foram cativando e conquistando a confiança dos consumidores. Esta mudança de postura e estratégia deu tão certo que, segundo o edital WebShoppers* realizado pela E-bit*, no primeiro semestre de 2010 o índice de satisfação dos consumidores brasileiros com o comércio digital atingiu a impressionante marca de 86%.<br />Porém, o comércio eletrônico de produtos eróticos não seguiu este movimento com a mesma velocidade: ainda há muitos sites poluídos visualmente, atrapalhando a navegação, falta de sensibilidade com o cliente, desorganização e pouco investimento em tecnologia, o que faz com que os consumidores questionem a segurança do site.<br />Os fabricantes têm avançado muito em pesquisa e desenvolvimento, atingindo resultados cada vez melhores na qualidade dos produtos, porém, os canais de vendas nacionais continuam presos a um modelo pouco atual de venda virtual e não têm conseguido mostrar essa evolução a seus clientes. Apesar de ser um assunto bastante discutido ultimamente e da maior aceitação de lojas e filmes como “De Pernas pro Ar”, ainda existe muito tabu e preconceito no Brasil quando o assunto é produto erótico. Prova disso é que nos Estados Unidos, aproximadamente 50% da população adulta já experimentou um vibrador, enquanto não Brasil esse número não passa de 15%. <br />Tecnologia, Produtos e Serviços<br />Tecnologia<br />O IdeiaSex é formado por jovens empreendedores da Geração Y*, o que faz com que tecnologia de ponta seja uma prioridade em todos os seus produtos. Sendo assim, o Grupo selecionou o que há de melhor no mercado digital para criar canais de venda virtuais escaláveis.<br />A Magento é a plataforma open source que o IdeiaSexShop e o IdeiaSexOferta utilizam, desenvolvida especialmente para facilitar o gerenciamento de conteúdo em e-commerces possibilitando muita flexibilidade. Está hospedada no nosso servidor na Simple Helix, empresa internacional mais indicada para receber lojas virtuais utilizando a plataforma Magento. Garantem 100% de compatibilidade, velocidade 9 vezes acima do que seus competidores, permite escalabilidade e fácil inserção de novos módulos de segurança..A combinação dessas duas ferramentas garante aos clientes uma navegação rápida e segura que está sempre disponível.<br />Para manter o canal de comunicação entre empresa e cliente sempre aberto usamos o Zendesk, um helpdesk integrado às redes sociais, e o MailChimp para organizar, criar e monitorar nossa newsletter semanal e campanhas de e-mail marketing. Já nossa relação com fornecedores, leads e contatos é administrada com a ajuda do Salesforce. Tais ferramentas são utilizadas na nuvem (cloud computing*) e serão devidamente integradas com a plataforma Magento.<br />Além dessas ferramentas e serviços, contamos com uma grande variedade de extensões pagas do Magento Connect para a loja virtual, que garantem maior usabilidade ao cliente, tornando sua experiência intuitiva e descomplicada. E para nos manter presentes e ativos em várias redes sociais ao mesmo tempo usamos o Hootsuite.<br />Finalmente, para manter nossos produtos com preços competitivos e proporcionar uma reação rápida ao mercado, usamos o Sieve Product, uma ferramenta que, através de uma complexa rede de robôs, extrai e organiza informações de concorrentes, atualizando os dados a cada 5 minutos. O Grupo IdeiaSex sabe que estar à frente dos concorrentes é uma grande vantagem competitiva e que, para isso, é fundamental um monitoramento ágil e eficaz.<br />Produtos<br />IdeiaSexShop<br />Com um visual elegante e discreto, navegação fácil e intuitiva, tecnologia arrojada, logística bem estruturada e uma variedade de produtos de qualidade para todos os gostos, a IdeiaSexShop chega para aprimorar o conceito de e-commerce erótico.<br />IdeiaSexBlog<br />O Grupo IdeiaSex não quer ter apenas uma loja que vende produtos eróticos, por isso assumiu a responsabilidade de falar sobre sexo de forma natural e divertida. O IdeiaSexBlog é um lugar de descobertas, debate de assuntos polêmicos, informações sobre manutenção e higiene de produtos, troca de experiências, educação sexual e notícias para todas as pessoas que acreditam que o tempo em que sexualidade era um tabu já passou.<br />ideiasexkit<br />Uma loja virtual somente de kits eróticos, algo inovador no mercado erótico. Buscamos o conceito de power combos, compras inteligentes, dando o valor de ofertas exclusivas. Também será feito o serviço de encomenda de Kits, principalmente para moteis.<br />IdeiaSexOferta<br />A compra coletiva virou febre e os sites que oferecem preços com descontos tentadores vêm se multiplicando cada vez mais rápido. Porém esse mercado ignora os consumidores de produtos e serviços eróticos e é para preencher esse vão que o IdeiaSexOferta foi criado. O plano é oferecer não só produtos cumuns às sex shops, mas também serviços variados como aulas de pompoarismo, pole dance, strip tease, descontos em feiras e workshops, consultas com especialistas, entre outros.<br />IdeiaSexatacado<br />Venda domiciliar de produtos eróticos através de representantes e catálogos, impulsionada por ações porta em porta e reuniões (encontros de grupos). Distribuição de produtos para sex shops nacionais, venda através de cold calls, indicações e prospecções comerciais através de e-mail com apresentação. Exportação para o mercado norte-americano e europeu através da plataforma de vendas B2B Alibaba e Amazon Web Services.<br />Mercado e Concorrência <br />Os tabus relacionados ao sexo têm sido quebrados e as pessoas parecem ter, finalmente, tomado coragem de descobrir e aumentar seu prazer sexual. Essa mudança de comportamento da sociedade fez com que o interesse em brinquedos e acessórios eróticos crescesse o que, consequentemente, aqueceu seu mercado.<br />A ABEME, Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual, nasceu da necessidade da criação de um órgão responsável pelo setor. A associação orienta para o consumo saudável de serviços e produtos eróticos, luta pela profissionalização e regulamentação de lojas e acessórios e promove treinamento de profissionais do ramo. A ABEME também realiza diversas pesquisas, palestras e workshops relacionados ao mercado. Em 2009, no seminário Empreender no mercado erótico, uma pesquisa revelou que as sexshops virtuais possuem melhores preços, um mix de produtos mais amplo e público consumidor bem dividido com 51% de mulheres.<br />Devido à melhoria da segurança para compras online, muitos consumidores sentiram-se confiantes para adquirir produtos em lojas virtuais e em um novo tipo de comércio eletrônico que não para de crescer e ganhar adeptos: os sites de compra coletiva. <br />Ao final de 2009, a e-bit havia registrado 17,6 milhões de e-consumidores*, estimando um crescimento de 30% para 2010, fechando com 23 milhões de consumidores onlines. <br />Essa nova atitude com relação ao sexo, somada ao crescimento do e-commerce, alavancaram o surgimento das sex shops virtuais de tal modo que hoje há, aproximadamente, 650 lojas on line destinadas à venda de produtos eróticos no Brasil.<br />Entretanto, apesar desse crescimento acelerado e do surgimento de tantas lojas, o mercado erótico virtual ainda permanece carente de lojas robustas que passem segurança e inspirem confiança, bons serviços de atendimento ao consumidor, layouts bonitos e sofisticados, plataformas especializadas, enfim, todas as características de uma grande loja virtual aplicadas ao comércio erótico e sensual.<br />Estratégia Comercial e de Marketing<br />O Grupo IdeiaSex planeja obter um faturamento mínimo de 30 mil reais a partir do 4º mês de operação. Para isso, pretende estabelecer contato comercial ou de parceria com pelo menos 40% dos stakeholders até o final de 2011 e praticar uma tabela de preços diferenciada com pelo menos dois dos principais fornecedores do mercado erótico.<br />O objetivo do Grupo vai além de apenas vender produtos eróticos, é importante se tornar formador de opinião, promover debates e oferecer conteúdos educacionais. Para chegar a esse resultado é necessário manter um bom posicionamento nos sites de pesquisa (através de um forte trabalho de SEO), realizar campanhas bem detalhadas no Google Adwords, ser membro ativo da comunidade blogueira e gerar buzz nas redes sociais.Com essas ferramentas e forte atuação de relações públicas, o IdeiaSex quer ganhar visibilidade e reconhecimento como jovens empreendedores que desejam quebrar paradigmas a respeito do mercado erótico.<br />Histórico e Projeções financeiras<br />O investimento previsto para implantação desse plano de negócios, considerando-se apenas o mercado brasileiro é de R$80.000, gerando o equilíbrio do fluxo de caixa ainda em 2011. A meta é atingir o ponto de equilíbrio no 6º mês de atividade e o payback poderá ser realizado a partir do 14º mês. A previsão é terminar o 2º ano do período com faturamento de R$2.1M e no final do 4º ano obter um faturamento de aproximadamente R$5M.<br />Objetivo do Investimento Pretendido<br />O Grupo IdeiaSex domina a tecnologia, tendo suas plataformas já customizadas, e com uma parcela do mix de produtos já em estoque iniciando a venda para provar o modelo de negocios. Porém é necessário mais recursos para conseguir expandir o mix e escalar as entregas. Com mais 4 funcionários e 1 escritório com sala de estoque será possível realizar as entregas dentro de um mix completo de produtos, no entanto isso aumentará os custos mensais para cerca de R$10.000. Logo seria de interesse o investimento de R$80.000 por 10% da empresa, após um valuation de R$1MI do Grupo IdeiaSex. Tudo indica que em cinco anos será conquistado um valuation de R$10M, representando um ganho de 500%. <br />Equipe Empreededora <br />Ruy Fortini é o idealizador do Grupo IdeiaSex, tem 21 anos, é formando de Administração na PUC-Rio, já teve outras duas empresas e tem mais de 8 anos de experiência em desenvolvimento de negócios digitais. Especializado em e-commerce, prospecção de novos negócios, marketing digital e análise competitiva. Ruy possui amplo conhecimento em planejamento de negócios e gestão de projetos. <br />Começou a se interessar por desenvolvimento e animação web, programação e mídias sociais quando tinha 13 anos e desde então administra blogs, páginas e contas sobre os mais diversos assuntos que ganharam destaque no mundo virtual.<br />Além de um forte background em tecnologia, Ruy Fortini demonstra diversas habilidades como gestor. Sempre atento ao mundo do empreendedorismo, busca colocar em prática conceitos inovadores como o de playgorund corporativo, gestão de conhecimento, feedback retroativo e antecipativo (feedforward). Fortini possui grande facilidade de lidar com pessoas devido à transparência e a honestidade, pontos fortes de sua personalidade e, sobretudo, sabe manter-se motivado e engajar todos ao seu redor, enfrentando e superando os desafios de administrar uma empresa.<br />Felipe Noronha Neves, 27 anos, é formado em Administração na PUC Rio e foi o grande incentivador do Grupo IdeiaSex. Há seis anos começou sua carreira profissional e desde então atua na área comercial de empresas de destaque em seus segmentos.<br />Entre suas especialidades estão desenvolvimento de negociações comerciais, gerenciamento de vendas e estoque de produtos, análise de propostas comerciais, relacionamento com clientes corporativos e organização de stands.<br /> Felipe é uma pessoa realista e criativa que sabe como extrair ideias e lapidá-las para que se transformem em fortes raciocínios. Essa atitude positiva faz com que a equipe se mantenha motivada a colaborar e pronta para encarar novos desafios.<br />

×