1
Diretrizes para iniciar o sistema plantio direto na sua
propriedade*
Afonso Peche Filho
Instituto Agronômico, Centro Ava...
2
suprimento de cálcio, elemento fundamental para o desenvolvimento radicular.
4- De acordo com os resultados das análises...
3
semeadura direta. A partir daí, a meta passa a ser “nunca mais revolver o solo”.
Qualquer cultura vai bem no Sistema Pla...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Diretrizes para iniciar o sistema plantio direto na sua propriedade

537 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
537
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
95
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diretrizes para iniciar o sistema plantio direto na sua propriedade

  1. 1. 1 Diretrizes para iniciar o sistema plantio direto na sua propriedade* Afonso Peche Filho Instituto Agronômico, Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio de Engenharia e Automação, peche@iac.sp.gov.br * Campinas (SP), setembro de 2013 Atualmente o conhecimento acumulado pelas diferentes experiências de sucesso com o Sistema Plantio Direto permite a sua recomendação para qualquer tipo de exploração agrícola. É necessário seguir algumas premissas básicas para implantar o sistema corretamente e ter sucesso garantido. Em função dos diferentes impactos causados pelo uso contínuo da mobilização do solo e a sua exposição às chuvas sabemos que as glebas apresentam baixa fertilidade em subsuperfície e “cicatrizes” de erosão espalhadas pela superfície. Assim, como regra geral, para uma ótima condição de implantação as atividades devem ter início duas ou três safras antes. Para tanto, sugerimos os seguintes procedimentos: 1- Ao escolher a gleba, realizar uma adequada amostragem de solos, colhendo amostras preferencialmente no final da safra de verão. 2- O esquema de amostragem deve permitir obter uma boa coleta, que represente a situação do solo na parte superior, no meio e na parte baixa do terreno. Uma boa amostra é composta de 15 a 20 pontos. 3- É fundamental obter amostras de 0 a 20 e de 20 a 40 cm de profundidade. As amostras de superfície são para atender recomendações para fertilização de base e as amostras de profundidade são para atender à correção da acidez e ao
  2. 2. 2 suprimento de cálcio, elemento fundamental para o desenvolvimento radicular. 4- De acordo com os resultados das análises de solo, realizar logo ao final da safra de verão as aplicações de corretivos e fertilizantes. 5- Imediatamente após a aplicação dos corretivos, ainda no período de outono, iniciar a “sistematização do terreno”, que são operações de mobilização do solo no sentido de incorporar corretivos e corrigir os “desarranjos de superfície”, eliminando picos e depressões através apenas da gradagem de nivelamento. 6- Retificar a malha de drenagem, eliminando os pontos marcados por “cicatrizes” de erosão, construir as práticas conservacionistas necessárias para eliminar qualquer foco de escorrimento superficial, dotando a área de estruturas para condução das águas excedentes. 7- Adequar toda a malha viária (caminhos e carreadores), dotando-a de condições de trafegabilidade nos períodos chuvosos e drenos para condução adequada das águas superficiais. 8- Marcar talhões, carreadores e terraços em nível. 9- Implantar a cultura de inverno focando a produção de cobertura morta para, então, iniciar o plantio direto no verão. 10- Estabelecer um plano de rotação de culturas exequível e harmonioso com as possibilidades de comercialização do mercado regional. 11- Estabelecer um plano de manejo fitossanitário. 12- Estabelecer um plano de monitoramento das propriedades do solo. Em resumo, a implantação de um Sistema Plantio Direto na Palha sempre deve começar no preparo de outono, seguido pelo plantio convencional da cultura de inverno e se concretiza com a implantação da cultura de verão através da
  3. 3. 3 semeadura direta. A partir daí, a meta passa a ser “nunca mais revolver o solo”. Qualquer cultura vai bem no Sistema Plantio Direto na Palha.

×