SlideShare uma empresa Scribd logo
profruialmeida@gmail.com
TRIÂNGULO | porção de superfície limitada por três segmentos de reta consecutivos.
Classificação dos triângulos quanto aos ângulos:
TRIÂNGULO ACUTÂNGULO| quando tem os três ângulos agudos
TRIÂNGULO RETÂNGULO| quando tem um ângulo reto
TRIÂNGULO OBTUSÂNGULO| quando tem um ângulo obtuso
Classificação dos triângulos quanto aos lados:
TRIÂNGULO EQUILÁTERO| quando tem os três lados iguais
TRIÂNGULO ISÓSCELES| quando tem dois lados iguais e um diferente
TRIÂNGULO ESCALENO| quando tem os três lados diferentes
TRIÂNGULOS IGUAIS| são aqueles que têm lados e ângulos iguais
TRIÂNGULOS SEMELHANTES| são aqueles que têm ângulos iguais, independentemente da medida dos seus
lados
FICHA
7
EDUCAÇÃOVISUAL
ESTUDO DOS
TRIÂNGULOS
Triânguloebolasdebilhar
CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO EQUILÁTERO
SENDO DADO 1 LADO
Tome-se, com o compasso, a medida do lado dado (AB).
Com centro em cada extremo (A e B) desse lado, traçar um arco: o
ponto de encontro dos dois arcos (C) é o terceiro vértice do triângulo
equilátero.
Regra de ouro do estudo dos triângulos:
A SOMA DOS ÂNGULOS INTERNOS DE UM TRIÂNGULO É SEMPRE IGUAL A 180º.
CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ISÓSCELES
SENDO DADAS A BASE E A ALTURA
Tome-se a base AB dada.
Divide-se essa base ao meio através de uma mediatriz,
onde se inscreve a altura CV também dada.
Unindo AV e BV temos os dois lados iguais que, juntamente
com AB, compõem o triângulo pretendido (V é o vértice)
profruialmeida@gmail.com
CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ESCALENO
SENDO DADOS OS TRÊS LADOS
Um dos lados dados AB será utilizado como base do
triângulo a construir.
O vértice C será o ponto de encontro das distâncias AC
e BC, que correspondem às medidas dos outros lados
(essas distâncias são transferidas com a ajuda do
compasso e da régua).
CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO RETÂNGULO
SENDO DADOS OS CATETOS
Sabendo-se que os catetos de um triângulo são os lados que fazem
entre si 90º, tome-se um cateto qualquer (por ex.: AB) para base.
Naturalmente, o outro cateto, identificado pelas letras AC, terá que
ser colocado num dos extremos de AB (neste caso em A), sendo para
isso obrigatório saber levantar a respetiva perpendicular à base. Por
fim, basta unir os extremos B e C para determinar o triângulo pedido.
CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ESCALENO
SENDO DADOS DOIS LADOS E UM ÂNGULO
Sejam dados os lados AB e AC e ainda o ângulo de vértice em A.
Se tomarmos como base o lado maior (AB), colocamos de seguida o
ângulo no respetivo extremo (A, o vértice), com a ajuda do compasso.
O lado AC é colocado no enfiamento do ângulo dado.
Por fim, unem-se os pontos B e C para determinar o triângulo ABC
pedido.
CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ESCALENO
SENDO DADOS UM LADO E DOIS ÂNGULOS
Proceda-se de igual modo, sabendo que num extremo do
segmento dado é colocado um ângulo e no outro extremo é
colocado o outro ângulo...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalFicha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e oval
ruiseixas
 
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Ilton Bruno
 
TEOREMA DE PITÁGORAS
TEOREMA DE PITÁGORASTEOREMA DE PITÁGORAS
TEOREMA DE PITÁGORAS
Cristiano Alves
 
Ficha de trabalho construção de espirais
Ficha de trabalho   construção de espiraisFicha de trabalho   construção de espirais
Ficha de trabalho construção de espirais
ruiseixas
 
Rectas
RectasRectas
Lista de exercícios conjuntos
Lista de exercícios conjuntosLista de exercícios conjuntos
Lista de exercícios conjuntos
tiagoz26
 
Ficha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da retaFicha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da reta
ruiseixas
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva Isométrica
tainatnf
 
Medir e Ângulos com transferidor
Medir e Ângulos com transferidorMedir e Ângulos com transferidor
Medir e Ângulos com transferidor
Agostinho NSilva
 
Noções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planasNoções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planas
sabinachourico
 
Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula
Artes Real
 
1 Áreas - Figuras equivalentes
1 Áreas - Figuras equivalentes1 Áreas - Figuras equivalentes
1 Áreas - Figuras equivalentes
Carina Pinheiro
 
Aula - semelhança de figuras
Aula - semelhança de figurasAula - semelhança de figuras
Aula - semelhança de figuras
mmffg
 
Trigonometria exercícios resolvidos e teoria
Trigonometria   exercícios resolvidos e teoriaTrigonometria   exercícios resolvidos e teoria
Trigonometria exercícios resolvidos e teoria
trigono_metria
 
Geometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - ExercíciosGeometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - Exercícios
Everton Moraes
 
Slide aula angulos
Slide aula angulosSlide aula angulos
Slide aula angulos
andrewmonteiro
 
Quadrilátero exercicios
Quadrilátero   exerciciosQuadrilátero   exercicios
Quadrilátero exercicios
Diomedes Manoel
 
Ciclo trigonometrico-exercicios
Ciclo trigonometrico-exerciciosCiclo trigonometrico-exercicios
Ciclo trigonometrico-exercicios
con_seguir
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
luisresponde
 
Semelhança de triângulos
Semelhança de triângulosSemelhança de triângulos
Semelhança de triângulos
giselelamas
 

Mais procurados (20)

Ficha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e ovalFicha nº 8 óvulo e oval
Ficha nº 8 óvulo e oval
 
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)Atividade de Geometria 6º ano (retas)
Atividade de Geometria 6º ano (retas)
 
TEOREMA DE PITÁGORAS
TEOREMA DE PITÁGORASTEOREMA DE PITÁGORAS
TEOREMA DE PITÁGORAS
 
Ficha de trabalho construção de espirais
Ficha de trabalho   construção de espiraisFicha de trabalho   construção de espirais
Ficha de trabalho construção de espirais
 
Rectas
RectasRectas
Rectas
 
Lista de exercícios conjuntos
Lista de exercícios conjuntosLista de exercícios conjuntos
Lista de exercícios conjuntos
 
Ficha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da retaFicha nº 1 estudo da reta
Ficha nº 1 estudo da reta
 
Perspectiva Isométrica
Perspectiva IsométricaPerspectiva Isométrica
Perspectiva Isométrica
 
Medir e Ângulos com transferidor
Medir e Ângulos com transferidorMedir e Ângulos com transferidor
Medir e Ângulos com transferidor
 
Noções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planasNoções de geometria plana construção de figuras planas
Noções de geometria plana construção de figuras planas
 
Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula Escala - Técnica da quadrícula
Escala - Técnica da quadrícula
 
1 Áreas - Figuras equivalentes
1 Áreas - Figuras equivalentes1 Áreas - Figuras equivalentes
1 Áreas - Figuras equivalentes
 
Aula - semelhança de figuras
Aula - semelhança de figurasAula - semelhança de figuras
Aula - semelhança de figuras
 
Trigonometria exercícios resolvidos e teoria
Trigonometria   exercícios resolvidos e teoriaTrigonometria   exercícios resolvidos e teoria
Trigonometria exercícios resolvidos e teoria
 
Geometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - ExercíciosGeometria Plana - Exercícios
Geometria Plana - Exercícios
 
Slide aula angulos
Slide aula angulosSlide aula angulos
Slide aula angulos
 
Quadrilátero exercicios
Quadrilátero   exerciciosQuadrilátero   exercicios
Quadrilátero exercicios
 
Ciclo trigonometrico-exercicios
Ciclo trigonometrico-exerciciosCiclo trigonometrico-exercicios
Ciclo trigonometrico-exercicios
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
Semelhança de triângulos
Semelhança de triângulosSemelhança de triângulos
Semelhança de triângulos
 

Destaque

Ficha nº 4 estudo da circunferência
Ficha nº 4 estudo da circunferênciaFicha nº 4 estudo da circunferência
Ficha nº 4 estudo da circunferência
ruiseixas
 
Ficha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisFicha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espirais
ruiseixas
 
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetivaFicha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
ruiseixas
 
Ficha de trabalho escher simetria
Ficha de trabalho escher   simetriaFicha de trabalho escher   simetria
Ficha de trabalho escher simetria
ruiseixas
 
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher   pássaros-rotaçãoFicha de trabalho escher   pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
ruiseixas
 
Ficha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosFicha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcos
ruiseixas
 
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometriaFicha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
ruiseixas
 
Ficha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulosFicha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulos
ruiseixas
 
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fugaFicha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
ruiseixas
 
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
ruiseixas
 
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangularFicha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
ruiseixas
 
Ficha nº 3 estudo dos círculos
Ficha nº 3 estudo dos círculosFicha nº 3 estudo dos círculos
Ficha nº 3 estudo dos círculos
ruiseixas
 
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularFicha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
ruiseixas
 
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fugaFicha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
ruiseixas
 
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaFicha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaruiseixas
 
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoFicha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
ruiseixas
 
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalFicha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
ruiseixas
 
Ficha de trabalho escher lagartos
Ficha de trabalho escher   lagartosFicha de trabalho escher   lagartos
Ficha de trabalho escher lagartos
ruiseixas
 
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
ruiseixas
 
Ficha de trabalho método europeu
Ficha de trabalho   método europeuFicha de trabalho   método europeu
Ficha de trabalho método europeu
ruiseixas
 

Destaque (20)

Ficha nº 4 estudo da circunferência
Ficha nº 4 estudo da circunferênciaFicha nº 4 estudo da circunferência
Ficha nº 4 estudo da circunferência
 
Ficha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espiraisFicha nº 5 espirais
Ficha nº 5 espirais
 
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetivaFicha nº 15 cilindro em perspetiva
Ficha nº 15 cilindro em perspetiva
 
Ficha de trabalho escher simetria
Ficha de trabalho escher   simetriaFicha de trabalho escher   simetria
Ficha de trabalho escher simetria
 
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher   pássaros-rotaçãoFicha de trabalho escher   pássaros-rotação
Ficha de trabalho escher pássaros-rotação
 
Ficha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcosFicha nº 6 estudo dos arcos
Ficha nº 6 estudo dos arcos
 
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometriaFicha nº 9 ergonomia e antropometria
Ficha nº 9 ergonomia e antropometria
 
Ficha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulosFicha nº 2 ângulos
Ficha nº 2 ângulos
 
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fugaFicha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
Ficha nº 16 desenho de casa com um ponto de fuga
 
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 11 cubo perspetiva paralela 1 ponto fuga
 
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangularFicha nº 17 planificação piramide triangular
Ficha nº 17 planificação piramide triangular
 
Ficha nº 3 estudo dos círculos
Ficha nº 3 estudo dos círculosFicha nº 3 estudo dos círculos
Ficha nº 3 estudo dos círculos
 
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangularFicha nº 18 planificação piramide quadrangular
Ficha nº 18 planificação piramide quadrangular
 
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fugaFicha nº 12 quadrado  perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
Ficha nº 12 quadrado perspetiva obliqua 2 pontos de fuga
 
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fugaFicha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
Ficha nº 13 cubo perspetiva oblíqua com 2 pontos de fuga
 
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculoFicha nº 14 perspetiva do círculo
Ficha nº 14 perspetiva do círculo
 
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonalFicha nº 20 planificação piramide hexagonal
Ficha nº 20 planificação piramide hexagonal
 
Ficha de trabalho escher lagartos
Ficha de trabalho escher   lagartosFicha de trabalho escher   lagartos
Ficha de trabalho escher lagartos
 
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fugaFicha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
Ficha nº 10 quadrado perspetiva paralela 1 ponto fuga
 
Ficha de trabalho método europeu
Ficha de trabalho   método europeuFicha de trabalho   método europeu
Ficha de trabalho método europeu
 

Semelhante a Ficha nº 7 estudo dos triângulos

Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºanoÂngulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
marcommendes
 
NO MUNDO DOS TRIÂNGULOS
NO MUNDO DOS TRIÂNGULOSNO MUNDO DOS TRIÂNGULOS
NO MUNDO DOS TRIÂNGULOS
Elizabete Borges
 
Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4
Ludz_Tamboro
 
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasGeometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Camila Rodrigues
 
Yslan
YslanYslan
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
IsabellyViana
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
tuchav
 
TriâNgulos
TriâNgulosTriâNgulos
TriâNgulos
Helena Borralho
 
Tringulos
TringulosTringulos
Tringulos
José Monteiro
 
Triângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmatTriângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmat
marcommendes
 
oi
oioi
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
tendasilva
 
triangulo 2.docx
triangulo 2.docxtriangulo 2.docx
triangulo 2.docx
CeliaMarli1
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
Elisa Dias
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
mariacferreira
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
mariacferreira
 
triângulos
triângulostriângulos
triângulos
mariacferreira
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
mariacferreira
 
Figuras geométricas no tangram
Figuras geométricas no tangramFiguras geométricas no tangram
Figuras geométricas no tangram
RamiroMarins
 
Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9
Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9
Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9
trigono_metrico
 

Semelhante a Ficha nº 7 estudo dos triângulos (20)

Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºanoÂngulos e Triângulos revisão 5ºano
Ângulos e Triângulos revisão 5ºano
 
NO MUNDO DOS TRIÂNGULOS
NO MUNDO DOS TRIÂNGULOSNO MUNDO DOS TRIÂNGULOS
NO MUNDO DOS TRIÂNGULOS
 
Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4Habilidade h24 revisado_4
Habilidade h24 revisado_4
 
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreasGeometria plana   ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
Geometria plana ângulos, triângulos, quadriláteros, cálculo de áreas
 
Yslan
YslanYslan
Yslan
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
TriâNgulos
TriâNgulosTriâNgulos
TriâNgulos
 
Tringulos
TringulosTringulos
Tringulos
 
Triângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmatTriângulos 5ºmat
Triângulos 5ºmat
 
oi
oioi
oi
 
Triângulos
TriângulosTriângulos
Triângulos
 
triangulo 2.docx
triangulo 2.docxtriangulo 2.docx
triangulo 2.docx
 
Geometria
GeometriaGeometria
Geometria
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
triângulos
triângulostriângulos
triângulos
 
Triangulos
TriangulosTriangulos
Triangulos
 
Figuras geométricas no tangram
Figuras geométricas no tangramFiguras geométricas no tangram
Figuras geométricas no tangram
 
Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9
Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9
Mat em distancias e angulos sol vol2 cap9
 

Mais de ruiseixas

Ev programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloEv programa 3º ciclo
Ev programa 3º ciclo
ruiseixas
 
Ficha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricasFicha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricas
ruiseixas
 
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficasFicha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
ruiseixas
 
Ficha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundoFicha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundo
ruiseixas
 
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
ruiseixas
 
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasFicha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
ruiseixas
 
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
ruiseixas
 
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasFicha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
ruiseixas
 
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventosFicha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
ruiseixas
 
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonalFicha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
ruiseixas
 
Metas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclosMetas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclos
ruiseixas
 

Mais de ruiseixas (11)

Ev programa 3º ciclo
Ev programa 3º cicloEv programa 3º ciclo
Ev programa 3º ciclo
 
Ficha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricasFicha nº 28 ilusões geométricas
Ficha nº 28 ilusões geométricas
 
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficasFicha nº 27 sintetizações gráficas
Ficha nº 27 sintetizações gráficas
 
Ficha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundoFicha nº 26 figura fundo
Ficha nº 26 figura fundo
 
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
Ficha nº 25 exercícios de representação sólidos (perspetiva cavaleira)
 
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricasFicha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
Ficha nº 24 ficha de trabalho axonométricas
 
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
Ficha nº 23 exercícios de representação sólidos (perspetiva isométrica)
 
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivasFicha nº 22 projeções e perspetivas
Ficha nº 22 projeções e perspetivas
 
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventosFicha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
Ficha nº 21 divisão circunferencia oito partes e rosa dos-ventos
 
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonalFicha nº 19 planificação piramide pentagonal
Ficha nº 19 planificação piramide pentagonal
 
Metas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclosMetas ev 2º e 3º ciclos
Metas ev 2º e 3º ciclos
 

Último

Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 

Último (20)

Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 

Ficha nº 7 estudo dos triângulos

  • 1. profruialmeida@gmail.com TRIÂNGULO | porção de superfície limitada por três segmentos de reta consecutivos. Classificação dos triângulos quanto aos ângulos: TRIÂNGULO ACUTÂNGULO| quando tem os três ângulos agudos TRIÂNGULO RETÂNGULO| quando tem um ângulo reto TRIÂNGULO OBTUSÂNGULO| quando tem um ângulo obtuso Classificação dos triângulos quanto aos lados: TRIÂNGULO EQUILÁTERO| quando tem os três lados iguais TRIÂNGULO ISÓSCELES| quando tem dois lados iguais e um diferente TRIÂNGULO ESCALENO| quando tem os três lados diferentes TRIÂNGULOS IGUAIS| são aqueles que têm lados e ângulos iguais TRIÂNGULOS SEMELHANTES| são aqueles que têm ângulos iguais, independentemente da medida dos seus lados FICHA 7 EDUCAÇÃOVISUAL ESTUDO DOS TRIÂNGULOS Triânguloebolasdebilhar CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO EQUILÁTERO SENDO DADO 1 LADO Tome-se, com o compasso, a medida do lado dado (AB). Com centro em cada extremo (A e B) desse lado, traçar um arco: o ponto de encontro dos dois arcos (C) é o terceiro vértice do triângulo equilátero. Regra de ouro do estudo dos triângulos: A SOMA DOS ÂNGULOS INTERNOS DE UM TRIÂNGULO É SEMPRE IGUAL A 180º. CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ISÓSCELES SENDO DADAS A BASE E A ALTURA Tome-se a base AB dada. Divide-se essa base ao meio através de uma mediatriz, onde se inscreve a altura CV também dada. Unindo AV e BV temos os dois lados iguais que, juntamente com AB, compõem o triângulo pretendido (V é o vértice)
  • 2. profruialmeida@gmail.com CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ESCALENO SENDO DADOS OS TRÊS LADOS Um dos lados dados AB será utilizado como base do triângulo a construir. O vértice C será o ponto de encontro das distâncias AC e BC, que correspondem às medidas dos outros lados (essas distâncias são transferidas com a ajuda do compasso e da régua). CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO RETÂNGULO SENDO DADOS OS CATETOS Sabendo-se que os catetos de um triângulo são os lados que fazem entre si 90º, tome-se um cateto qualquer (por ex.: AB) para base. Naturalmente, o outro cateto, identificado pelas letras AC, terá que ser colocado num dos extremos de AB (neste caso em A), sendo para isso obrigatório saber levantar a respetiva perpendicular à base. Por fim, basta unir os extremos B e C para determinar o triângulo pedido. CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ESCALENO SENDO DADOS DOIS LADOS E UM ÂNGULO Sejam dados os lados AB e AC e ainda o ângulo de vértice em A. Se tomarmos como base o lado maior (AB), colocamos de seguida o ângulo no respetivo extremo (A, o vértice), com a ajuda do compasso. O lado AC é colocado no enfiamento do ângulo dado. Por fim, unem-se os pontos B e C para determinar o triângulo ABC pedido. CONSTRUÇÃO DE UM TRIÂNGULO ESCALENO SENDO DADOS UM LADO E DOIS ÂNGULOS Proceda-se de igual modo, sabendo que num extremo do segmento dado é colocado um ângulo e no outro extremo é colocado o outro ângulo...