Dadaísmo e Surrealismo

1.493 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.493
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dadaísmo e Surrealismo

  1. 1. Dadaísmo e Surrealismo Man Ray – Fotógrafo, Pintor, Anarquista
  2. 2. Dadaísmo o Dadaísmo é um movimento anti-arte surgido na Suiça em 1916, esta palavra, não tem um significado exato. o Quando se diz que Dada é um movimento anti-arte, quer dizer que o Dadaísmo surgiu para destruir a noção de arte vinda do passado e propor a mais radical interrogação sobre o que é arte. o Objetos comuns do cotidiano são apresentados de uma nova forma e dentro de um contexto artístico. o Crítica ao capitalismo e ao consumismo. o O próprio nome do movimento deriva de um termo inglês infantil: dadá (brinquedo, cavalo de pau).
  3. 3. Surrealismo o O Surrealismo foi um movimento artístico e literário nascido em Paris na década de 1920. o Reúne artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo ganhando dimensão mundial. o Foi um movimento influenciado pela teses psicanalíticas de Sigmund Freud. o As formas da realidade são completamente abandonadas. o Explora o inconsciente, o sonho, a loucura. o A década dos anos 30 é conhecida como o período de expansão surrealista pelo mundo, no entanto no final da década de 60, o movimento acaba por desaparecer.
  4. 4. Man Ray o Nasce em 27 de Agosto na Filadelfia. o Estudou arquitetura, engenharia, artes plásticas e fotografia. o Foi em New york, em 1915, que conheceu o famoso pintor francês Marcel Duchamp, com quem fundou o grupo Dadá Nova-iorquino. o Em 1991 mudou-se para França, onde se desenvolveu um pouco com outros movimentos como o surrealismo. o É um génio da Arte.
  5. 5. o Man desenvolvia seu trabalho com espontaneidade e originalidade, sempre a provocar a sociedade presente e colocar a sua ideia sobre a arte e a cultura.
  6. 6. o Ele fotografou as maiores celebridades da época. Posaram diante da sua lente: Ernest Hemingway, Coco Chanel, Salvador Dalí, Jean Cocteau, James Joyce e inúmeros outros.
  7. 7. o Man Ray encarna na fotografia de moda o seu lado mais criativo e desenvolve uma linguagem singular transmitindo a essência da alma feminina.
  8. 8. o A sua fotografia de moda era livre de qualquer conceito pré estabelecido, era na verdade, uma visão do artista. A cada ensaio, um estudo, um experimento.
  9. 9. o Ele é um dos fotógrafos mais importantes de todos os tempos, tanto pela fotografia quanto pela sua luta por libertar as artes de conceitos e regras. o As suas obras representam sonhos e fantasias, Man Ray podia abordar temas como o horror até porque o mundo tinha acabado por passar por uma guerra mundial á pouco tempo, mas não, Ray confrontou o horror da primeira metade do seculo XX com o seu humor e fantasia.
  10. 10. o “The Gift” Um ferro de engomar roupa, supostamente com objetivo de suavizar os vincos. Man adaptada um linha de “parafusos” o que vira completamente a eficiência do objeto.
  11. 11. Webgrafia o http://www.discopunisher.com/2012/11/fotografia-man-ray-o-maior-fotografodo.html#.UqijJ_RdUzI o http://pt.wikipedia.org/wiki/Man_Ray o http://pt.wahooart.com/@@/8XYGJ7-Man-Ray-The-Gift o http://www.theartstory.org/artist-ray-man.htm o http://smarthistory.khanacademy.org/surrealism-manray.html
  12. 12. Autoria o Rui Paredes nº59289 o UC: História das Artes Visuais o Professor: Pedro Colaço o Curso: Comunicação e Multimédia o 1º Ano o Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro o 2013-2014

×