Gap Analysis
(Análise de Lacunas)
Por: Rui Loureiro
Business Analyst/Project Manager
• A análise de lacunas combina um conjunto de técnicas e
ferramentas que permitem identificar as diferenças entre a
perfor...
Sobre a análise de lacunas
Nível
Performance
Tempo
Sobre o Planeamento Estratégico
O que deve ser considerado e apurado:
 Onde estamos?
 Onde queremos estar?
 Como é que ...
Gap Analysis (Análise de Lacunas)
• Existem diversas ferramentas e técnicas de apoio à análise
de lacunas: como a análise ...
A importância do Planeamento Estratégico
• Identificar diferenças no desempenho de modo a:
– avaliar qual o desempenho act...
Pensamento Estratégico
Análise do meio
envolvente
Oportunidades e
Ameaças
Situações
Organizacionais
Internas
Vantagens
Com...
Planeamento Estratégico
Pensamento Estratégico
(impulsiona o processo)
Processo de
Planeamento Estratégico
Análise Estraté...
Pensamento Estratégico
Analisar a causa e o efeito – Root Cause Analysis
Efeito CausaLacuna
• Identificar o efeito do prob...
ServQual - Qualidade do Serviço
Serviço
Esperado
Percepção
do Serviço
Serviço Efectivamente
Prestado
Especificações da
Qua...
Melhoria de Performance
• Determinar Objectivos
Negócio (Missão/Visão)
• Identificar vantagens
competitivas
• Reconhecer P...
Melhoria de Performance
O diagrama - McKinsey 7S
Shared
Values
Strategy Systems
Structure
Skills Style
Staff
Entender como...
Indicadores de Desempenho
• Custo
 Preço comparado com produto concorrente
 Custos de produção
• Qualidade
 Atendimento...
Indicadores de Desempenho
• Benchmarking competitivo
Tem por base a análise entre empresas concorrentes ou sobre um
produt...
Melhoria de Performance
Objectivo Estratégico Situação Actual Objectivo Estratégico Plano de Acção
• De acordo com
missão ...
Sobre o Planeamento Estratégico
“A estratégia não se planeia, constrói-se.”
"O perigo, principalmente na nossa sociedade, ...
ContactoContacto
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gap analysis - Análise de Lacunas

3.953 visualizações

Publicada em

Sobre a Análise de Lacunas e a performance da empresa

Publicada em: Negócios

Gap analysis - Análise de Lacunas

  1. 1. Gap Analysis (Análise de Lacunas) Por: Rui Loureiro Business Analyst/Project Manager
  2. 2. • A análise de lacunas combina um conjunto de técnicas e ferramentas que permitem identificar as diferenças entre a performance actual (As-Is) e a performance que se pretende atingir (To-Be); • O resultado da análise deve apontar para um: – objectivo qualitativo; – objectivo quantitativo; – objectivo comparativo - avaliação da performance da empresa versus outras empresas do mesmo sector/industria – Benchmarking; • A análise de lacunas pode ser aplicada a diversos níveis da empresa: a uma determinada área; a um determinado sector; a um determinado departamento; etc. Gap Analysis (Análise de Lacunas)
  3. 3. Sobre a análise de lacunas Nível Performance Tempo
  4. 4. Sobre o Planeamento Estratégico O que deve ser considerado e apurado:  Onde estamos?  Onde queremos estar?  Como é que vamos chegar lá?  Quando é que vamos chegar lá?
  5. 5. Gap Analysis (Análise de Lacunas) • Existem diversas ferramentas e técnicas de apoio à análise de lacunas: como a análise SWOT; a análise de performance (recorrendo a KPI’s, ou a rácios); a análise do meio envolvente; etc.; • A dimensão Tempo assume grande importância, já que deve permitir perspectivar que a lacuna seja superada num determinado período de tempo. Como primeira abordagem: Deve-se interpretar qual a visão, a missão, a própria estratégia da organização, bem como perspectivar qual o posicionamento desejado.
  6. 6. A importância do Planeamento Estratégico • Identificar diferenças no desempenho de modo a: – avaliar qual o desempenho actual; – identificar quais as principais causas que estão a criar as diferenças entre o desempenho actual e o desempenho previsto; – apurar principais causas da divergência de desempenho, relacionando a informação de gestão, o uso de tecnologias e os recursos humanos; • O que irá acontecer se não se fizer nada (worst case scenario)? • Criar planos alternativos e de contingência (scenario planning/scenario analysis); Questões chave:
  7. 7. Pensamento Estratégico Análise do meio envolvente Oportunidades e Ameaças Situações Organizacionais Internas Vantagens Competitivas Tomada decisão Informação Insuficiente Formulação Estratégica • Missão e Visão • Definições Macro da organização • Objectivos • Modelo Operacional N S
  8. 8. Planeamento Estratégico Pensamento Estratégico (impulsiona o processo) Processo de Planeamento Estratégico Análise Estratégica Planeamento Operacional Implementação da Estratégia Avaliação e Controlo da Estratégia Implementada • Plano detalhado • Objectivos e responsabilidades • Orgânica das tarefas a executar • Orçamentos/Impacto Tesouraria • Workflow (fluxo de trabalho a realizar)
  9. 9. Pensamento Estratégico Analisar a causa e o efeito – Root Cause Analysis Efeito CausaLacuna • Identificar o efeito do problema e perceber a causa do problema, podendo a sua causa ser variada e motivada em várias origens; • Perceber o desvio (lacuna), entender o efeito e o problema que estamos a analisar. Problema Possível Causa #4 Possível Causa #2 Possível Causa #5 Possível Causa #3 Possível Causa #1
  10. 10. ServQual - Qualidade do Serviço Serviço Esperado Percepção do Serviço Serviço Efectivamente Prestado Especificações da Qualidade do Serviço Percepção e Expectativas da Qualidade do Serviço Comunicação com o Cliente Necessidades dos Clientes Experiencias Anteriores ClientePrestadordoServiço Comunicação “Word of mouth” Gap 1 Gap 2 Gap 3 Gap 4 Gap 5
  11. 11. Melhoria de Performance • Determinar Objectivos Negócio (Missão/Visão) • Identificar vantagens competitivas • Reconhecer Pontos Fortes (SWOT) • Análise Financeira/Rácios • Balanced Scorecard • KPIs Análise de Performance Performance Esperada Performance Actual Lacuna Análise de Negócio Cause Analysis Recomendações Implementação Recomendações Avaliação das recomendações implementadas
  12. 12. Melhoria de Performance O diagrama - McKinsey 7S Shared Values Strategy Systems Structure Skills Style Staff Entender como se inter-relacionam as várias estruturas da empresa e como partilham os recursos e os valores que estão ao seu dispor e lhe podem permitir alcançar os seus objectivos. Hard Elements Soft Elements Strategy Structure Systems Skills Staff Style Hard Elements: Valores estruturais que podem afectar o desempenho e competitividade da empresa. Soft Elements: Valores que podem não ser tangíveis e que podem afectar o sucesso da empresa.
  13. 13. Indicadores de Desempenho • Custo  Preço comparado com produto concorrente  Custos de produção • Qualidade  Atendimento ao cliente  Padrões de qualidade • Quantidade  Quantidade produzida/encomendada  Vendas • Tempo  Resolução de reclamações  Prazo esperado fabrico/entrega/distribuição Métricas:
  14. 14. Indicadores de Desempenho • Benchmarking competitivo Tem por base a análise entre empresas concorrentes ou sobre um produto concorrente (esta análise é difícil de obter, já que os dados de outras empresas normalmente não são públicos) • Benchmarking interno Por análise interna comparativa (ou seja, dentro da empresa entre sectores, departamentos, etc.) • Benchmarking genérico Normalmente entre processos (comparativo dentro da empresa ou por comparação com outras empresas: Por exemplo tempo de tratamento de uma encomenda) • Benchmarking funcional Por comparação com as melhores práticas numa determinada função realizada por uma empresa (por exemplo: processos de logística, ou relativo a facturação) Tipos de Benchmarking:
  15. 15. Melhoria de Performance Objectivo Estratégico Situação Actual Objectivo Estratégico Plano de Acção • De acordo com missão da organização • Benchmarking (comparação com: concorrentes, sector ou industria) • Análise SWOT, Análise PEST, Análise Meio Envolvente • Análise Financeira • KPI´s • Aumento das vendas (market share) • Criar novos produtos (Inovação) • Melhorar tempos (tempo satisfação encomendas, tempo de atendimento a clientes, redução de queixas, etc. ) • Acções de Marketing • Redefinir politicas de preços e de custos • Criar inovação no produto • Diversificar o mercado (procurar novos mercados ou parcerias)
  16. 16. Sobre o Planeamento Estratégico “A estratégia não se planeia, constrói-se.” "O perigo, principalmente na nossa sociedade, são as pessoas cuja autoconfiança excede a competência.” Henry Mintzberg ““If you can’t measure it, you can’t manage it.” Peter Drucker
  17. 17. ContactoContacto

×