PERSONAS - Design orientado pelos dadosPersonas

1.498 visualizações

Publicada em

O Design como disciplina oferece soluções aos problemas de comunicação.
A comunicação é sempre feita para estimular algo nas pessoas e parte da resposta que construímos está directamente dependente das motivações, experiências e objectivos pessoais.
Uma das ferramentas que o designer usa, por vezes sem se dar conta, é criar personagens fictícias, normalmente baseadas em casos que conhece pessoalmente, de modo a construir realidades paralelas que ajudam a identificar possíveis problemas no resultado final do seu trabalho.
E quantas vezes não pensamos quando desenhamos algo se a nossa mãe ia ou não ter dificuldades em perceber?

Esta apresentação tem como propósito usar este método instintivo como ferramenta de trabalho para sustentar cada peça de design, tendo como objectivo conseguir desenhar segundo os padrões comuns mas com focus em necessidades especificas.

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

PERSONAS - Design orientado pelos dadosPersonas

  1. 1. PERSONAS DESIGN ORIENTADO PELOS DADOS
  2. 2. O QUE SÃO? PORQUE EXISTEM? PARA QUE FIM?
  3. 3. O QUE SÃO?
  4. 4. O QUE SÃO? Uma persona é um esteriótipo de um utilizador que pode ajudar a decidir sobre as características do produto, navegação, interacções, e na estética. - Kim Goodwin, Cooper
  5. 5. O QUE SÃO? As Personas são um modelo representativo de um comportamento e perfil de actividade para definir um padrão de cliente alvo.
  6. 6. O QUE SÃO? As Personas pretendem ser de carácter contextual e específico em relação com aplicações ou serviços concretos.
  7. 7. PORQUE EXISTEM?
  8. 8. PORQUE EXISTEM? O utilizador convencional não existe.
  9. 9. PORQUE EXISTEM? Reservar o “EU” do utilizador e do consumidor final.
  10. 10. COMO DEFINIMOS AS PERSONAS?
  11. 11. COM MARKETING E DESIGN
  12. 12. PARA QUE FIM?
  13. 13. PARA QUE FIM? Como uma ferramenta de trabalho útil para a recolha de informação sobre cultura, hobbies, interesses, influências, objectivos, e experiências negativas.
  14. 14. As Personas são úteis para o design.
  15. 15. As Personas são úteis para a Estratégia.
  16. 16. As Personas são úteis para a decisão de compra.
  17. 17. As Personas são úteis para os testes.
  18. 18. As Personas são
  19. 19. As Personas são dados orientados
  20. 20. As Personas não são informações demográficas
  21. 21. Personas são: Conhecimento. Actividades. Interesses. Influências. Objectivos. Frustrações e experiências associadas a um desafio concreto. E são diferentes do público-alvo pelas características únicas e representativas de 1 tipo de consumidor.
  22. 22. COMO IDENTIFICAMOS AS PERSONAS CERTAS?
  23. 23. Com diferentes dados internos e externos.
  24. 24. INTERNOS - Stakeholders (parceiros ou colaboradores); - Analítica; - Apoio ao cliente;
  25. 25. EXTERNOS - Clientes; - Gestor comercial; - Alguém que nos é próximo;
  26. 26. QUAIS AS VARIÁVEIS PARA IDENTIFICARMOS AS PERSONAS CERTAS?
  27. 27. RELAÇÃO COM O DESAFIO CONHECIMENTO ACTIVIDADES POSICIONAMENTO
  28. 28. RELAÇÃO COM O DESAFIO: - Motivações - Objectivos - Frustrações
  29. 29. CONHECIMENTO: - Cultura geral - Conhecimento tecnológico - Experiência
  30. 30. ACTIVIDADES - Ferramentas Internas para Pesquisa - Pesquisa em Intranet - Motores de Busca - Páginas de Comunidade - Blogs - Instant Messaging - Email - Telemóvel - Pastas Partilhadas
  31. 31. POSICIONAMENTO - Confiança e Credibilidade - Productividade - Comunidade - Fontes - Hierarquia
  32. 32. COMO VALIDAMOS AS PERSONAS CRIADAS
  33. 33. Comparar com a realidade ou Alguém responsável e neutro
  34. 34. CICLO DE VIDA DAS PERSONAS
  35. 35. CICLO DE VIDA: 1 - Desenvolvimento 2 - Nascimento 3 - Maturação 4 - Reforma
  36. 36. ERROS COMUNS
  37. 37. Destinguir as personas: das orientadas para o marketing, das orientadas para o design (são sempre consideradas as mesmas para dar resposta a ambos).
  38. 38. Considerar demasiadas personas.
  39. 39. Usar demasiada informação pessoal.
  40. 40. Cair na tentação de reciclar personas de projecto para projecto.
  41. 41. Não serem consideradas no processo de design.
  42. 42. ERROS COMUNS 1 - Distinguir as personas; 2 - Usar demasiadas personas; 3 - Usar demasiada informação pessoal; 4 - Reciclar personas entre projectos; 5 - Não considerar no processo de design.
  43. 43. CONCLUSÃO: Desenhar segundo padrões comuns entre as Diferentes personas; Segmentar o design para ajudar a responder a necessidades específicas das diferentes personas; Desenhar com focus no geral e apontar detalhes para resolver necessidades específicas.
  44. 44. TEMPLATE PERSONA: NOME: IDADE: PROFISSÃO: HOBBIES: RELAÇÃO COM O DESAFIO: Motivações: Objectivos: Frustrações: SEXO:
  45. 45. TEMPLATE PERSONA: NOME: IDADE: SEXO: PROFISSÃO: HOBBIES: POSICIONAMENTO Confiança e Credibilidade Productividade Comunidade Fontes Hierarquia CONHECIMENTO Cultura Geral Conhecimento Tecnológico Experiência ACTIVIDADES Ferramentas Internas para Pesquisa Pesquisa em Intranet Motores de Busca Páginas de Comunidade Blogs Instant Messaging Email Telemóvel Pastas Partilhadas

×