Condomínios tipo vila em São Paulo Dissertação de mestrado Ricardo Marques Trevisan Orientador: Prof. Dr. Carlos Faggin FA...
Objetivos: observar resultados da Lei de vilas - 11.605/94, que criou a Categoria de Uso R3.03 Vertentes de observação: - ...
Tipo “vila” em São Paulo Primeiro período: (1890) a 1937 Segundo período: 1937 a 1968 Terceiro período: após 1994
 
A produção
 
 
 
O empreendedor Grande porte Médio porte Pontual
 
Elementos de equilíbrio do negócio imobiliário 1. Tempo  de retorno do capital: VGV 2. Quantidade  de retorno:  ROI,  TIR ...
Os empreendimentos Alto padrão Padrão intermediário Padrão popular
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Resumo dos casos estudados   A.U.   Preço  % terr.  R$/m² Vd.   R$/m² Obra Villaggio Victoria  380,00  900.000  40%  2.368...
Os moradores
Objetivos do questionário: 1. Comparação horizontal x vertical 2. Observar se há satisfação com o imóvel 3. Identificação ...
 
 
Nota média: 6,97 Grande desejo (70,8% ) de mudar algo no condomínio. Principais mudanças pedidas Áreas de lazer 29 30,2% S...
Principais defeitos percebidos Moradores 24,0% Ruídos 17,7% Falta de segurança 14,6% Principais qualidades percebidas Segu...
 
 
 
 
 
 
 
Propostas Desenho geral Cuidado com acústica entre unidades Cuidado com visuais Área de lazer: posição e necessidades Apro...
Propostas Projeto das unidades “ Fantasia” do morador (consumidor) Isolamento entre áreas social x íntima Acústica entre u...
Propostas Áreas de lazer Essenciais em qualquer condomínio Início do projeto Localização (ruídos) Tipo (faixa etária do pú...
Proposta para novos projetos 1) Terreno: vocação, entorno, valores, público 2) Produto imobiliário ( commodity ) 3) Portar...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Condomínios tipo vila em São Paulo

950 visualizações

Publicada em

Apresentação da defesa da dissertação de mestrado "Condomínios tipo vila em São Paulo", do arquiteto Ricardo Marques Trevisan. FAUUSP, novembro de 2006.

Publicada em: Imóveis, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
950
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Condomínios tipo vila em São Paulo

  1. 1. Condomínios tipo vila em São Paulo Dissertação de mestrado Ricardo Marques Trevisan Orientador: Prof. Dr. Carlos Faggin FAUUSP | 2006
  2. 2. Objetivos: observar resultados da Lei de vilas - 11.605/94, que criou a Categoria de Uso R3.03 Vertentes de observação: - Quanto se produz Mercado imobiliário - Quem produz Empreendedores - O que é produzido Projetos - Moradores Entrevistas Diagnóstico
  3. 3. Tipo “vila” em São Paulo Primeiro período: (1890) a 1937 Segundo período: 1937 a 1968 Terceiro período: após 1994
  4. 5. A produção
  5. 9. O empreendedor Grande porte Médio porte Pontual
  6. 11. Elementos de equilíbrio do negócio imobiliário 1. Tempo de retorno do capital: VGV 2. Quantidade de retorno: ROI, TIR 3. Garantias de retorno - Risco 4. Alavancagem : Possibilidades geradas pelo investimento Tipos de empreendedores: Pontual Intermediário Grande
  7. 12. Os empreendimentos Alto padrão Padrão intermediário Padrão popular
  8. 34. Resumo dos casos estudados A.U. Preço % terr. R$/m² Vd. R$/m² Obra Villaggio Victoria 380,00 900.000 40% 2.368,42 1.000 Espaço Mobile 360,00 750.000 30% 2.083,33 1.200 Atlanta 244,24 650.000 30% 2.661,32 830 Brisa 162,14 583.000 ~30% 3.595,66 n/d Nova Tatuapé 125,00 216.000 - 1.728,00 550 Grande Paradiso 90,00 170.000 28% 1.888,89 550 Primrose 126,30 145.000 15% 1.148,06 490 Villa Angela 99,00 120.000 - 1.212,12 n/d Casa Nostra 99,63 85.680 15% 859,98 460 Bortolândia 65,28 64.800 13% 992,65 350
  9. 35. Os moradores
  10. 36. Objetivos do questionário: 1. Comparação horizontal x vertical 2. Observar se há satisfação com o imóvel 3. Identificação com o condomínio 4. Percepção de status 5. Percepção de segurança 6. Satisfação com áreas de lazer 7. Percepção de isolamento em relação à cidade
  11. 39. Nota média: 6,97 Grande desejo (70,8% ) de mudar algo no condomínio. Principais mudanças pedidas Áreas de lazer 29 30,2% Segurança 19 19,8% Mais área verde 5 5,2%
  12. 40. Principais defeitos percebidos Moradores 24,0% Ruídos 17,7% Falta de segurança 14,6% Principais qualidades percebidas Segurança 62,5% Tranqüilidade 18,8% Lazer 13,5%
  13. 48. Propostas Desenho geral Cuidado com acústica entre unidades Cuidado com visuais Área de lazer: posição e necessidades Aproveitar melhor o relevo Evitar desenho padrão da via única reta
  14. 49. Propostas Projeto das unidades “ Fantasia” do morador (consumidor) Isolamento entre áreas social x íntima Acústica entre unidades Evitar janelas laterais Evitar poços de iluminação coletivos
  15. 50. Propostas Áreas de lazer Essenciais em qualquer condomínio Início do projeto Localização (ruídos) Tipo (faixa etária do público-alvo)
  16. 51. Proposta para novos projetos 1) Terreno: vocação, entorno, valores, público 2) Produto imobiliário ( commodity ) 3) Portaria e lazer 4) Vias internas - preliminar 5) Posicionamento unidades 6) Linguagem, áreas verdes, qualificar tipos

×