SlideShare uma empresa Scribd logo

Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO)

Rosalina Simão Nunes
Rosalina Simão Nunes
Rosalina Simão NunesProfessora de Português em Ministério da Educação

Apresentação sobre a classificação de orações subordinadas substantivas (COMPLETIVAS) e adjetivas (RESTRITIVAS e EXPLICATIVAS).

Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO)

1 de 41
Baixar para ler offline
LIGAR ORAÇÕES.
CONSTRUIR FRASES.
ARTICULAR IDEIAS.
SABER COMUNICAR.
APRENDER
•Orações subordinadas substantivas
•Orações subordinadas adjetivas
Rosalina Simão Nunes
MARÇO/2017
ESQUEMAS
Orações
adverbiais (7)
Orações
substantivas
(2)
Orações
adjetivas
relativas
(2)
Temporais
Causais
Condicionais
Finais
Comparativas
Concessivas
Consecutivas
completivas
relativas
restritivas
explicativas
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO)
REFERÊNCIA
São geralmente introduzidas pelas
conjunções , ou e podem
desempenhar a função sintática de
complemento direto.
que se para
O "para“, habitualmente identificado como sendo
uma preposição, quando usado como articulador de
orações é uma conjunção.
Exemplo: O João disse para fechar a porta.
*
*
Sugestão: Passar para o caderno
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO)

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicosSílvia Faim
 
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"Inês Moreira
 
Sermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - ResumoSermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - Resumocolegiomb
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaVanda Sousa
 
Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verboAna Martins
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesvermar2010
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoRui Oliveira
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Lurdes Augusto
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Raquel Antunes
 
Resumo por Capítulos Amor de Perdição
Resumo por Capítulos Amor de PerdiçãoResumo por Capítulos Amor de Perdição
Resumo por Capítulos Amor de PerdiçãoAlexandre R
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadoresgracacruz
 

Mais procurados (20)

Valor aspetual
Valor aspetualValor aspetual
Valor aspetual
 
Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicos
 
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
 
Figuras de estilo
Figuras de estiloFiguras de estilo
Figuras de estilo
 
Proposição
ProposiçãoProposição
Proposição
 
Sermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - ResumoSermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - Resumo
 
Recursos Estilísticos
Recursos EstilísticosRecursos Estilísticos
Recursos Estilísticos
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
 
Modalidade do verbo
Modalidade do verboModalidade do verbo
Modalidade do verbo
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Actos Ilocutórios
Actos IlocutóriosActos Ilocutórios
Actos Ilocutórios
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
 
Resumo por Capítulos Amor de Perdição
Resumo por Capítulos Amor de PerdiçãoResumo por Capítulos Amor de Perdição
Resumo por Capítulos Amor de Perdição
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadores
 
Actos ilocutorios
Actos ilocutoriosActos ilocutorios
Actos ilocutorios
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
 

Destaque

Modelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão light
Modelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão lightModelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão light
Modelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão lightRosalina Simão Nunes
 
A interjeição e as emoções - Apresentação
A interjeição e as emoções - ApresentaçãoA interjeição e as emoções - Apresentação
A interjeição e as emoções - ApresentaçãoRosalina Simão Nunes
 
Somos aquilo que falamos | Variação linguística
Somos aquilo que falamos | Variação linguísticaSomos aquilo que falamos | Variação linguística
Somos aquilo que falamos | Variação linguísticaRosalina Simão Nunes
 
Preposição - síntese (uma proposta)
Preposição - síntese (uma proposta)Preposição - síntese (uma proposta)
Preposição - síntese (uma proposta)Rosalina Simão Nunes
 
Palavras: Que sentidos? Que relações?
Palavras: Que sentidos? Que relações? Palavras: Que sentidos? Que relações?
Palavras: Que sentidos? Que relações? Rosalina Simão Nunes
 
Formação da palavras - Apresentação
Formação da palavras - ApresentaçãoFormação da palavras - Apresentação
Formação da palavras - ApresentaçãoRosalina Simão Nunes
 

Destaque (6)

Modelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão light
Modelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão lightModelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão light
Modelo para apresentação (8.º Ano) - orientações_versão light
 
A interjeição e as emoções - Apresentação
A interjeição e as emoções - ApresentaçãoA interjeição e as emoções - Apresentação
A interjeição e as emoções - Apresentação
 
Somos aquilo que falamos | Variação linguística
Somos aquilo que falamos | Variação linguísticaSomos aquilo que falamos | Variação linguística
Somos aquilo que falamos | Variação linguística
 
Preposição - síntese (uma proposta)
Preposição - síntese (uma proposta)Preposição - síntese (uma proposta)
Preposição - síntese (uma proposta)
 
Palavras: Que sentidos? Que relações?
Palavras: Que sentidos? Que relações? Palavras: Que sentidos? Que relações?
Palavras: Que sentidos? Que relações?
 
Formação da palavras - Apresentação
Formação da palavras - ApresentaçãoFormação da palavras - Apresentação
Formação da palavras - Apresentação
 

Semelhante a Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO)

Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordânciaWalter Mendes
 
analise-sintatica-zambeli
 analise-sintatica-zambeli analise-sintatica-zambeli
analise-sintatica-zambeliLaissaAndrade4
 
Fichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_portFichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_portcelina.lajoso
 
Funções sintáticas a nível da frase | PERCURSO
Funções sintáticas a nível da frase | PERCURSOFunções sintáticas a nível da frase | PERCURSO
Funções sintáticas a nível da frase | PERCURSORosalina Simão Nunes
 
Funçãodopronome relativo
Funçãodopronome relativoFunçãodopronome relativo
Funçãodopronome relativoGustavo Cuin
 
Correção da ficha de FL1
Correção da ficha de FL1Correção da ficha de FL1
Correção da ficha de FL1Cristina Fontes
 
Gerund And Infinitive
Gerund And InfinitiveGerund And Infinitive
Gerund And InfinitiveTelma Farias
 
Ensinando Inglês através da Música clips
Ensinando Inglês através da Música clipsEnsinando Inglês através da Música clips
Ensinando Inglês através da Música clipsMarina
 
Ficha informativa funções sintáticas
Ficha informativa   funções sintáticasFicha informativa   funções sintáticas
Ficha informativa funções sintáticasquintaldasletras
 
Simposio Lem Original
Simposio Lem OriginalSimposio Lem Original
Simposio Lem OriginalMarina
 
Frase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordFrase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordjuniortaro
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicadoguest7174ad
 
Aula 08 período composto ii
Aula 08   período composto iiAula 08   período composto ii
Aula 08 período composto iiJonatas Carlos
 

Semelhante a Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO) (20)

Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordância
 
analise-sintatica-zambeli
 analise-sintatica-zambeli analise-sintatica-zambeli
analise-sintatica-zambeli
 
Fichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_portFichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_port
 
Funções sintáticas a nível da frase | PERCURSO
Funções sintáticas a nível da frase | PERCURSOFunções sintáticas a nível da frase | PERCURSO
Funções sintáticas a nível da frase | PERCURSO
 
Funçãodopronome relativo
Funçãodopronome relativoFunçãodopronome relativo
Funçãodopronome relativo
 
Correção da ficha de FL1
Correção da ficha de FL1Correção da ficha de FL1
Correção da ficha de FL1
 
O verbo
O verboO verbo
O verbo
 
Gerund And Infinitive
Gerund And InfinitiveGerund And Infinitive
Gerund And Infinitive
 
Ensinando Inglês através da Música clips
Ensinando Inglês através da Música clipsEnsinando Inglês através da Música clips
Ensinando Inglês através da Música clips
 
Simple present 1 ano 2014
Simple present 1 ano 2014Simple present 1 ano 2014
Simple present 1 ano 2014
 
Simple present 1 ano 2014
Simple present 1 ano 2014Simple present 1 ano 2014
Simple present 1 ano 2014
 
Ficha informativa funções sintáticas
Ficha informativa   funções sintáticasFicha informativa   funções sintáticas
Ficha informativa funções sintáticas
 
Simposio Lem Original
Simposio Lem OriginalSimposio Lem Original
Simposio Lem Original
 
Frase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordFrase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subord
 
Gramática - Verbos - Exercícios
Gramática - Verbos - ExercíciosGramática - Verbos - Exercícios
Gramática - Verbos - Exercícios
 
Ae plv5 aula_pratica5
Ae plv5 aula_pratica5Ae plv5 aula_pratica5
Ae plv5 aula_pratica5
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
Sujeito E Predicado
Sujeito E PredicadoSujeito E Predicado
Sujeito E Predicado
 
Aula 3 lp em
Aula 3   lp emAula 3   lp em
Aula 3 lp em
 
Aula 08 período composto ii
Aula 08   período composto iiAula 08   período composto ii
Aula 08 período composto ii
 

Mais de Rosalina Simão Nunes

Formação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de AprendizagemFormação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de AprendizagemRosalina Simão Nunes
 
Articulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTAArticulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTARosalina Simão Nunes
 
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfRosalina Simão Nunes
 
Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)Rosalina Simão Nunes
 
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdfMAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdfRosalina Simão Nunes
 
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdfRosalina Simão Nunes
 
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)Rosalina Simão Nunes
 
História da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEM
História da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEMHistória da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEM
História da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEMRosalina Simão Nunes
 
Pronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEM
Pronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEMPronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEM
Pronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEMRosalina Simão Nunes
 
Português | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - Orientações
Português | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - OrientaçõesPortuguês | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - Orientações
Português | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - OrientaçõesRosalina Simão Nunes
 

Mais de Rosalina Simão Nunes (20)

Formação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de AprendizagemFormação da palavras_Percurso de Aprendizagem
Formação da palavras_Percurso de Aprendizagem
 
Articulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTAArticulação curricular vertical PROPOSTA
Articulação curricular vertical PROPOSTA
 
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
 
Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)Repositório Atividades (Português)
Repositório Atividades (Português)
 
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdfMAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
MAIA_Relatório_RosalinaSimãoNunes.pdf
 
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
5_Projeto de Intervenção_03_julho_2021.pdf
 
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
4_PI_ Contextualização_03_julho_2021.pdf
 
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
3_Tarefas Sessão Síncrona_07_junho_2021.pdf
 
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
2_Tarefas Sessão Presencial_22_maio__2021.pdf
 
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
1_Tarefas Sessão Síncrona_26_abril_2021.pdf
 
CAT_ Aedlv__03_setembro.pptx
CAT_ Aedlv__03_setembro.pptxCAT_ Aedlv__03_setembro.pptx
CAT_ Aedlv__03_setembro.pptx
 
CAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptx
CAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptxCAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptx
CAT_ Aedlv__19_julho_v4.pptx
 
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
Tutorial - Informação E@D (Reinício do ensino não presencial)
 
Tutorial - Informação E@D
Tutorial - Informação E@DTutorial - Informação E@D
Tutorial - Informação E@D
 
Tutorial 5 - Momentos síncronos
Tutorial 5 - Momentos síncronosTutorial 5 - Momentos síncronos
Tutorial 5 - Momentos síncronos
 
Video poemas - PROPOSTA
Video poemas - PROPOSTAVideo poemas - PROPOSTA
Video poemas - PROPOSTA
 
PORTUGUÊS 3D | A sala do presente
PORTUGUÊS 3D | A sala do presentePORTUGUÊS 3D | A sala do presente
PORTUGUÊS 3D | A sala do presente
 
História da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEM
História da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEMHistória da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEM
História da língua | RECURSO DE APRENDIZAGEM
 
Pronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEM
Pronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEMPronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEM
Pronominalização & Adjacência verbal_PERCURSO DE APRENDIZAGEM
 
Português | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - Orientações
Português | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - OrientaçõesPortuguês | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - Orientações
Português | 3D (ATIVIDADES) - Apresentação oral8_3P - Orientações
 

Último

2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...manoelaarmani
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfkeiciany
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
Minimalismo Fitness Simplifique sua Rotina de Exercícios e Maximize Resultado...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
1° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 

Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SUGESTÃO)

  • 1. LIGAR ORAÇÕES. CONSTRUIR FRASES. ARTICULAR IDEIAS. SABER COMUNICAR. APRENDER •Orações subordinadas substantivas •Orações subordinadas adjetivas Rosalina Simão Nunes MARÇO/2017
  • 5. REFERÊNCIA São geralmente introduzidas pelas conjunções , ou e podem desempenhar a função sintática de complemento direto. que se para O "para“, habitualmente identificado como sendo uma preposição, quando usado como articulador de orações é uma conjunção. Exemplo: O João disse para fechar a porta. * * Sugestão: Passar para o caderno
  • 7. 1. queO rapaz disse gostavadeestudarnestaescola. 2. O rapaz perguntou se amanhãíamosaocinema.
  • 8. Todas as orações ligadas por “que” são completivas? DÚVIDAS?
  • 10. 1. O rapaz que disseisso está aqui. X 2. Ele é tãoestudiosoque tira sempre boasnotas. X
  • 12. O meu primo disse que amanhãvaiaLisboa.
  • 13. O meu primo disseque amanhãvai a Lisboa. Conjunção subordinativa completiva Oração subordinada completiva Oração subordinante CLASSIFICAR ORAÇÕES
  • 15. Indique as frases em que a palavra que, destacada, é conjunção subordinativa completiva. 1. 1.1. Estuda de tal maneira que obtém sempre bons resultados. 1.2.Nos testes que faz tira sempre boas notas. 1.3. Os professores prometeram que lhe iam dar boas notas. 1.4. Ele confessou que os resultados eram fruto de muito trabalho. 1.5.A mãe dele contou às amigas que ele estudava muito. 1.6. Ele disse ao pai, à noite, com satisfação, que tinha passado de ano. 1.7. Nunca me disseste nestes anos todos que tinhas visitado esse país.
  • 16. Cada frase vale1 ponto1. 1.1. Estuda de tal maneira que obtém sempre bons resultados. 1.2.Nos testes que faz tira sempre boas notas. 1.3. Os professores prometeram que lhe iam dar boas notas. 1.4. Ele confessou que os resultados eram fruto de muito trabalho. 1.5.A mãe dele contou às amigas que ele estudava muito. 1.6. Ele disse ao pai, à noite, com satisfação, que tinha passado de ano. 1.7. Nunca me disseste nestes anos todos que tinhas visitado esse país. SOLUÇÕES
  • 17. Observea frase: Ele respondeu-lhe imediatamente que ela estudava demais. 2. 2.1. A conjunção subordinativa completiva que introduz uma oração subordinada que completa o sentido de um: a. verbo b.nome c.pronome d.advérbio
  • 18. Vale1 ponto2. 2.1. A conjunção subordinativa completiva que introduz uma oração subordinada que completa o sentido de um: a. verbo b.nome c.pronome d.advérbio SOLUÇÕES
  • 19. Complete oquadro3. Frases Conjunção subordinativa completiva Complete com o verbo que pede CD EXEMPLO: Os professores prometeram que lhe iam dar boas notas. que prometer 3.1. Ele confessou que os resultados eram fruto de muito trabalho 3.2. A mãe dele perguntou às amigas se os filhos estudavam muito. 3.3. Ele revelou ao irmão que estudava duas horas. 3.4. Ela declarou que no dia seguinte não iria trabalhar.
  • 20. Cada subitem vale 1 ponto (têm deter os dois aspetos corretos).3. Frases Conjunção subordinativa completiva Complete com o verbo que pede CD 3.1. Ele confessou que os resultados eram fruto de muito trabalho Que confessar 3.2. A mãe dele perguntou às amigas se os filhos estudavam muito. Se perguntar 3.3. Ele revelou ao irmão que estudava duas horas. Que revelar 3.4. Ela declarou que no dia seguinte não iria trabalhar. Que declarar. SOLUÇÕES
  • 23. REFERÊNCIAS Pronomes relativosmanual, pág. 254 Determinantes relativos, Variáveis Invariáveis o qual, a qual, os quais, as quais que, quem cf. cujo, cuja, cujos, cujas manual, pág. 255
  • 25. O Manuelfoi ver o filme. O filme estreou ontem. O Manuelfoi ver o filme estreou ontem.que
  • 26. O Manuelfoi ver o filme .que estreou ontem - Restringe - Limita, portanto é informação necessária para a mensagem. Oração subordinada adjetiva relativa RESTRITIVA
  • 27. O filmefoi muito longo. Fui ver o filme com o meu pai. Fuiver o filme com o meu pai.que foimuito longo, , Adiciona informação sem restr Oraçãosubordinada adjetiva relativa EXPLICATIVA
  • 29. O Manuel foi ver o filme estreouontem. pronome relativo Oração subordinada adjetiva relativa restritiva Oração subordinante CLASSIFICAR ORAÇÕES que
  • 30. Fuiver o filme, foimuito longo, com o meu pai. pronome relativo Oração subordinada adjetiva relativa explicativa Oração subordinante CLASSIFICAR ORAÇÕES que
  • 32. Identifique, nas frases seguintes, os casos em que a palavra quepertence à classedos pronomes relativos. 1. 1.1.Vimos as paisagens que eram bonitas. 1.2.Ele disse que as paisagens eram bonitas. 1.3. Comprámos um livro que dá muitas informações sobre esse parque natural. 1.4.Ela afirmou que esse livro era muito bom. 1.5. Os visitantes do parque admitiram que ele era o mais belo de todos. 1.6.Elas disseram que tornariam a visitar o parque.
  • 33. .1. 1.1.Vimos as paisagens que eram bonitas. 1.2.Ele disse que as paisagens eram bonitas. 1.3. Compramos um livro que dá muitas informações sobre esse parque natural. 1.4.Ela afirmou que esse livro era muito bom. 1.5. Os visitantes do parque admitiram que ele era o mais belo de todos. 1.6.Elas disseram que tornariam a visitar o parque. SOLUÇÕES Cada frase vale 1 ponto (total, 6 pontos)
  • 34. Sublinhe, nas frases complexas seguintes, as orações subordinadas adjetivas relativas. 2. 2.1. O Pedro e o João visitaram o parque, visto que tinham ouvido falar bem dele. 2.2.Esse parque que eles visitaram era enorme. 2.3. O parque, que é o maior de Portugal, fica em Trás-os- Montes. 2.4. Os visitantes que chegaram cedo gostaram muito do parque. 2.5. O homem que visitou o parque, no ano passado, gabou-o muito. 2.6. Logo que chegaram ao parque, avistaram vários animais. 2.7.Os animais, que vivem no parque, são protegidos.
  • 35. 2. 2.1. O Pedro e o João visitaram o parque, visto que tinham ouvido falar bem dele. 2.2.Esse parque que eles visitaram era enorme. 2.3. O parque, que é o maior de Portugal, fica em Trás-os- Montes. 2.4. Os visitantes que chegaram cedo gostaram muito do parque. 2.5. O homem que visitou o parque, no ano passado, gabou-o muito. 2.6. Logo que chegaram ao parque, avistaram vários animais. 2.7.Os animais, que vivem no parque, são protegidos. SOLUÇÕES Cada frase vale 1 ponto (total, 7 pontos)
  • 36. Substitua, nas frases complexas seguintes, as orações adjetivas relativas por um grupo adjetival. 3. Frases GRUPO ADJETIVAL EXEMPLO:Eu vi um parque natural que era bonito. Eu vi um parque natural bonito. 3.1. O parque que nós visitámos era enorme. 3.2. Os animais que avistámos ao longe eram corças. 3.3. As pessoas, que eram idosas, ficaram satisfeitas. 3.4. Elas avistaram várias flores que eram amareladas.
  • 37. 3. Frases GRUPO ADJETIVAL EXEMPLO:Eu vi um parque natural que era bonito. Eu vi um parque natural bonito. 3.1. O parque que nós visitámos era enorme. visitado 3.2. Os animais que avistámos ao longe eram corças. avistados 3.3. As pessoas, que eram idosas, ficaram satisfeitas. idosas 3.4. Elas avistaram várias flores que eram amareladas. amareladas SOLUÇÕES Cada GAdj. vale 1 ponto (total, 4 pontos)
  • 38. Distinga, nas frases complexas, as orações subordinadas adjetivas relativas restritivas (R) das orações subordinadas relativas explicativas(E). 4. Frase complexa ORAÇÃO SUBORDINADA ADJETIVA RELATIVA Restritiva? Explicativa? EXEMPLO: Ele visitou uma cidade que era muito grande. que era muito grande R 4.1. A cidade que ele visitou era muito grande. 4.2. A aldeia, que era muito bonita, foi visitada por ele. 4.3. Eu vi essa aldeia, que era muito grande. 4.4. O visitante que passeou pela cidade achou-a bonita. 4.5. O meu primo que visitou o parque disse-me para lá ir também.
  • 39. 4. Frase complexa ORAÇÃO SUBORDINADA ADJETIVA RELATIVA Restritiva? Explicativa? 4.1. A cidade que ele visitou era muito grande. que ele visitou R 4.2. A aldeia, que era muito bonita, foi visitada por ele. que era muito bonita E 4.3.Eu vi essa aldeia, que era muito grande. que era muito grande E 4.4. O visitante que passeou pela cidade achou-a bonita. que passeou pela cidade R 4.5. O meu primo que visitou o parque disse-me para lá ir também. que visitou o parque R SOLUÇÕES Cada linhavale 1ponto (total, 5pontos)
  • 41. LIGAR ORAÇÕES. CONSTRUIR FRASES. ARTICULAR IDEIAS. SABER COMUNICAR. APRENDER •Este recurso foi útil? •Agradecia que me ajudasse a melhorar. Responda, por favor, a este inquérito: https://goo.gl/forms/12svnqKALaNMqPo43 Rosalina Simão Nunes MARÇO/2017 MUITO OBRIGADA!