3 - Herança Mendeliana

29.502 visualizações

Publicada em

3ª Apresentação de aula

3 - Herança Mendeliana

  1. 1. Herança Mendeliana Edgar Bione
  2. 2. Gregor Mendel
  3. 3. Obtenção de linhagens puras: Autofecundação Rertirada das anteras imaturas Polinização controlada
  4. 4. Características eleitas: Sementes lisas ou rugosas Sementes amarelas ou verdes Flores púrpuras ou brancas Vagens infladas ou sulcadas Vagens verdes ou amarelas Flores axiais ou terminais Hastes longas ou curtas
  5. 6. 1 ª Lei de Mendel: X 100% P F 1 X F 1 x F 1 3 1 : F 2 A A a a AA Aa Aa aa 1 2 1 2 1 2 1 2 3 1 :
  6. 7. Conclusões : <ul><li>Existem determinantes hereditários de natureza particulada. </li></ul><ul><li>Cada planta tem dois fatores – um par de fatores – em cada célula para cada caráter estudado. </li></ul><ul><li>Os membros de cada par de fatores segregam, igualmente, para as células sexuais (gametas). </li></ul><ul><li>Cada gameta carrega um só membro de cada par de fatores. </li></ul><ul><li>A união de um gameta de cada genitor para formar o zigoto de um novo indivíduo da prole é aleatória, ocorrendo sem relação de qual membro de um par de fatores é carregado. </li></ul>
  7. 8. Primeira Lei: base cromossômica
  8. 9. Enunciado: Os dois membros de um par de fatores segregam um do outro para a formação dos gametas de modo que metade dos gametas carrega um membro do par e a outra metade o outro.
  9. 10. 2 ª Lei de Mendel:
  10. 11. 2 ª Lei de Mendel: Pares de genes independentes Pares de genes independentes Gametas Gametas Gametas Gametas ou P F 1 F 2 RRYY rryy RrYy RrYy
  11. 12. Segunda Lei: base cromossômica
  12. 13. Enunciado Durante a formação dos gametas, a segregação de um par de fatores é independente de outros pares de fatores.
  13. 14. Método do quadro de Punnett
  14. 15. Método do quadro de Punnett
  15. 16. Método da linha bifurcada
  16. 17. Método da linha bifurcada
  17. 18. Conceitos gerais <ul><li>Gene </li></ul><ul><li>Cromossomo </li></ul><ul><li>Cromossomos Homólogos </li></ul><ul><li>Cromossomos Autossômicos </li></ul><ul><li>Cromossomos Sexuais </li></ul><ul><li>Genótipo </li></ul><ul><li>Fenótipo </li></ul>
  18. 19. Conceitos gerais
  19. 20. Gene <ul><li>Genética clássica : unidade fundamental física e funcional da hereditariedade, que leva informações de uma geração para a outra. </li></ul><ul><li>Genética molecular : segmento de molécula de DNA que contém uma instrução gênica responsável pela síntese de uma proteína. </li></ul>
  20. 21. Cromossomos <ul><li>Molécula de DNA que apresenta vários genes. </li></ul><ul><li>O número de cromossomos varia de espécie para espécie. </li></ul><ul><ul><li>Ervilha 14 cromossomos </li></ul></ul><ul><ul><li>Homem 46 cromossomos </li></ul></ul><ul><ul><li>Cachorro 76 cromossomos </li></ul></ul><ul><ul><li>Drosófila 8 cromossomos </li></ul></ul><ul><ul><li>Arroz 24 cromossomos </li></ul></ul>
  21. 22. Cromossomos homólogos <ul><li>Um enviado pela mãe e outro pelo pai. </li></ul><ul><li>Apresentam os mesmos genes nos mesmo loci gênicos. </li></ul><ul><li>Encontrado em indivíduos 2n (diplóides). </li></ul>
  22. 23. Genótipo <ul><li>Conjunto de genes que um indivíduo possui. </li></ul><ul><li>Não pode ser observado. </li></ul><ul><li>Representado por letras. </li></ul><ul><ul><li>BB, aa, Dd, etc.... </li></ul></ul>
  23. 24. Fenótipo <ul><li>Características manifestadas por uma indivíduo. </li></ul><ul><li>Determinado pela genótipo </li></ul><ul><li>Muitas vezes o fenótipo resulta da interação entre genótipo e ambiente. </li></ul><ul><ul><li>Ex.: pessoa branca + sol = pessoa morena </li></ul></ul>
  24. 25. Recessivo

×