O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Sistema Endócrino

1.735 visualizações

Publicada em

Aula para 8º ano do ensino fundamenta II.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Sistema Endócrino

  1. 1. Função de Coordenação 2013 Glândulas Endócrinas Escola Municipal “Coronel Joaquim José de Souza” Professora Roxana Alhadas 8º ano
  2. 2. Assistam ao vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=zG22qQydPVQ
  3. 3. Momento de Leitura:
  4. 4. Vamos conversar? 1 – Você já sentiu o “frio na barriga” que o texto menciona? 2 – Que outras sensações ou sentimentos podemos ter em situações como a descrita? 3 – Você já viveu alguma situação que lhe proporcionasse sensação parecida? Qual? 4 – Quais as estruturas do corpo você acha que estão envolvidas nas alterações que sentimos nestes momentos? 5 – Essas alterações e sensações são importantes? Por quê?
  5. 5. Como assim, COORDENAÇÃO? Embora nossas emoções estejam associadas ao coração, sabemos que é o sistema nervoso, através de sua atuação sobre os demais sistemas, que coordena essas sensações, e é capaz de nos fazer ter sentimentos tão diferentes, como a tristeza e a alegria, a raiva e o amor. Além das emoções o sistema nervoso coordena todo o funcionamento do corpo humano. Mas ele não atua sozinho, os hormônios secretados pelas glândulas endócrinas, também têm importante participação. Querem ver?
  6. 6. Qual a diferença entre a coordenação executada pelo sistema nervoso e o sistema endócrino? SISTEMA NERVOSO A comunicação é feita através de uma rede de nervos e a resposta é obtida em um milésimo de segundo. SISTEMA ENDÓCRINO Se utiliza da corrente sanguínea como meio de transporte para os hormônios, que desencadeiam reações apenas nas células sensíveis a ele e pode levar de segundos até minutos para serem desencadeadas.
  7. 7. Glândulas endócrinas e glândulas exócrinas:
  8. 8. Glândulas exócrinas: Glândulas endócrinas:  Possuem ductos (canais), por meio do qual descarregam, no exterior do corpo ou em cavidades internas a ele, as substâncias que produzem.  Não possuem ductos e liberam as substâncias que produzem, os hormônios, diretamente na corrente sanguínea, que os transportará até os locais de atuação.
  9. 9. Esquema do mecanismo de atuação dos hormônios: Hormônios – Substância produzida pelo sistema endócrino que, lançada na corrente sanguínea, atua em determinadas células, desencadeando nela efeitos específicos.
  10. 10. Quais são e a localização das principais glândulas endócrinas:  No cérebro:
  11. 11. Hipotálamo HIPÓFISE Pineal GH Prolactina Antidiurético Hormônio Que controla o relógio biológico
  12. 12.  GH: hormônio do crescimento - atua sobre os músculos e ossos.  Prolactina: estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias.
  13. 13.  Antidiurético (ADH) –
  14. 14. Seu relógio biológico sofre com o horário de verão? Por Carolina Serpejante - atualizado em 15/02/2013  Com o horário de verão, o impacto de adiantar ou atrasar o relógio em uma hora é sentido imediatamente pelo seu corpo, que não sente fome ou sono nos horários que deveria. "Nos primeiros dias, há dificuldade para acordar mais cedo, falta sono para dormir à noite e o apetite também sofre alterações", afirma a endocrinologista Cristina Formiga, do Hospital Samaritano de São Paulo. As mudanças no ciclo do sono podem atrapalhar a síntese dos hormônios de crescimento e do cortisol, já que ambos são produzidos enquanto dormimos. O efeito? Despertar cansado, ter dificuldade de raciocínio e um grau incomum de ansiedade, interferindo na realização de tarefas do cotidiano, levando a problemas como déficit de atenção, acidentes de trânsito, discussões no trabalho, indisposição física, irritabilidade e sonolência. No geral, o corpo consegue se adaptar ao novo horário entre três e sete dias após a troca. Entretanto, algumas pessoas sofrem o efeito rebote com muita intensidade, precisando adotar algumas mudanças na rotina. Faça o teste e aprenda a condicionar seu organismo:
  15. 15. Qual a hora ideal para dormir com a troca dos horários?  Uma hora mais tarde, para acostumar o corpo.  No mesmo horário de sempre, pois nosso cérebro vai se adaptar naturalmente ao novo horário.  Resposta correta: Uma hora mais tarde, para acostumar o corpo.  Nota: A melhor forma de organizar o sono é seguir o novo horário e obrigar o organismo a se adaptar a essa mudança. "Para amenizar os efeitos provocados pela mudança de horário, o ideal é dormir e acordar dez minutos mais tarde a cada dia da semana que antecede o horário de verão", afirma a endocrinologista Cristina Formiga, do Hospital Samaritano de São Paulo. Isso faz com que nosso cérebro se acostume lentamente com a mudança. Se você não passou por esse período de adaptação, é importante se forçar a dormir mais tarde, para que a hora a mais de sono não se torne crônica.
  16. 16. Como deve ser a alimentação nos primeiros dias?  Rica em alimentos que fornecem energia, como carboidratos e café.  Leve e de fácil digestão, para não sobrecarregar o organismo.  Resposta correta: Leve e de fácil digestão, para não sobrecarregar o organismo.  Nota: Com a troca de horários, seu corpo ainda está se adaptando e precisa gastar mais energia para completar as atividades do dia. Por conta disso, o organismo "rouba" a energia dos músculos digestivos para gastar em outros pontos mais importantes, como raciocínio. "O ideal é que a alimentação seja leve, rica em legumes e frutas, para que o sistema digestivo não precise trabalhar intensamente e absorva melhor os nutrientes", Café e chás devem ser evitados principalmente no período da noite, para não interferir no sono. "É importante também manter o horário de almoço, ainda que você não esteja com muito apetite, para ajudar o relógio biológico a se acostumar."
  17. 17. Você é convidado para sair à noite. Qual a melhor atitude?  Recusar e ficar em casa descansando, para não interferir mais no sono.  Se você puder acordar tarde no dia seguinte e recuperar as horas de sono, não tem problema.  Sua Resposta Recusar e ficar em casa descansando, para não interferir mais no sono.  Nota: Para quem sofre os efeitos do horário de verão, o melhor é evitar compromissos noturnos na primeira semana. "Isso só vai atrasar ainda mais a adaptação do seu relógio biológico, dificultando o processo", afirma o fisiologista Hildeamo.
  18. 18. O ideal é dormir com as janelas:  Abertas, pois a luz do sol ajuda a despertar.  Fechadas, para não correr o risco acordar mais cedo.  Sua Resposta Abertas, pois a luz do sol ajuda a despertar.  Nota: A luz do sol ajuda o corpo a reconhecer que o dia amanheceu, fazendo com que o despertar seja mais tranquilo. "A sensibilidade à luz faz com que o cérebro avise o restante do corpo que é hora de acordar, fornecendo mais energia e evitando o cansaço nas horas de ocupação", afirma Hildeamo Bonifácio. http://www.minhavida.com.br/bem-estar/testes/15707-seu-relogio-biologico-sofre- com-o-horario-de-verao
  19. 19. Tirar um cochilo durante a tarde é recomendado?  Sim, pelo menos enquanto o corpo ainda não se adaptou aos horários noturnos.  Não, isso só vai atrapalhar o organismo.  Sua resposta: Não, isso só vai atrapalhar o organismo. Nota: Ainda que seu corpo esteja cansado, o ideal é reservar o sono e dormir apenas no horário habitual, ajudando o corpo a se acostumar à nova rotina. "Se você se sentir muito esgotado, faça pequenas pausas no trabalho e não se esqueça da hidratação e da alimentação leve a cada três horas", lembra a endocrinologista Cristina.
  20. 20. Glândulas Adrenais ou Supra-renais Batimentos cardíacos Ritmo respiratório ADRENALIN A Força e contração muscular Estas respostas do corpo são uma preparação para uma resposta rápida a um estímulo como fuga ou briga. Atividades menos importantes como a digestão e a excreção são diminuídas neste momento.
  21. 21. Localização:
  22. 22. A Tireóide
  23. 23. Lembre-se: Pituitária = hipófise
  24. 24.  Bócio: Quando falta o iodo na dieta, a glândula trabalha em excesso tentando produzir a tiroxina, essa intensa atividade resulta no aumento da tireóide, o que chamamos de bócio.
  25. 25. O Pâncreas Hormônios = Insulina e Glucagon Alimentos GLICOSE CÉLULAS PARA RESPIRAÇÃO CELULAR = ENERGIA
  26. 26. O excesso de glicose dos alimentos não pode ficar no sangue, então o fígado a transforma em glicogênio e a armazena. Quando a quantidade de açúcar (glicose) do sangue abaixa, o fígado consegue converter o glicogênio armazenado em glicose.  Hipoglicemia – quando a concetração de glicose no sangue está baixa  Hiperglicemia – quando a concentração de glicose no sangue está alta = diabetes
  27. 27. A ação da Insulina: É liberada no sangue quando a concentração de glicose está alta. Este hormônio estimula a transformação de glicose em glicogênio pelo fígado. A insulina também estimula a entrada de glicose nas células. GLICOSE PRODUÇÃO DE INSULINA PELO PÂNCREAS
  28. 28.  A ação do glucagon: É produzido quando a concentração de glicose no sangue está muito baixa. Ele estimula a conversão de glicogênio em glicose GLICOSE PRODUÇÃO DE GLUCAGON PELO PÂNCREAS
  29. 29. http://piauidiabetico.blogspot.com.br/2011_08_01_archi ve.html
  30. 30. OS HORMÔNIOS SEXUAIS HIPOTÁLAMO HIPÓFISE OVÁRIO S TESTÍCULO S ESTRÓGEN OPROGESTERON A TESTOSTERO NA
  31. 31.  Os caracteres sexuais secundários:

×