Boletim RCRCA nº 28 - 40 anos

958 visualizações

Publicada em

Boletim da Reunião Comemorativa dos 40 anos do ROTARY CLUB DO RECIFE CASA AMARELA

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
958
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim RCRCA nº 28 - 40 anos

  1. 1. O FUTURO DO ROTARY ESTÁ EM SUAS MÃOS TEMA LITERÁRIO DISTRITO 4.500 - Fundado em 27 de março de 1970 A Tradução literária Heitor Bezerra de Brito Boletim nº 28 Dia 19.03.2010 A prática em converter uma linguagem em outra, exige que o tradutor se preocupe em ter o Caros companheiros, amigos e convidados. domínio da língua a ser traduzida assim como conhecer bem o mundo particular do autor original. Conhecer nuanças de sua vida. Todo tradutor precisa ter muita paixão, muito envolvimento com a obra Governador Francisco Leandro e Zazá, transferimos para hoje a sua visita, a visita festiva, porque a de trabalho já foi realizada no momento oportuno no mês de dezembro passado. que vai passar para outro idioma. Ele poderá ficar tão envolvido que passa a usar um processo pessoal de É com muita alegria que recebemos todos vocês para esta comemoração de aniversário dos 40 anos de Fundação do tradução. Sem, contudo, deformar a obra original. Conforme registra Lya Luft, o tradutor de literatura deve Rotary Club do Recife - Casa Amarela. ser escritor ou ter uma grande paixão literária. Ele pode não ter livro publicado, mas, deve ter alma de São 40 anos de muita emoção, de muita alegria, de muito trabalho e de muito entusiasmo. escritor, pela sensibilidade que lhe é exigida e para poder se imaginar como escritor. Hoje homenageamos todos os que fazem parte do Casa Amarela, principalmente os fundadores e seus descendentes Um bom exemplo: "O escritor chileno Roberto Bolaño tornou-se um dos mais famosos autores que continuam conosco. Homenageamos também o nosso querido governador Luiz Priori, foi em sua governadoria que aconteceu a fundação do nosso clube, para mim a sua obra prima. latinos-amenricanos nos Estados Unidos. A tradução em inglês de seu último romance, 2066, causou um Naquele momento, foi o seu representante Álvaro Mota amado, de saudosa memória que nos acompanhou de perto enorme frisson entre os leitores norte-americanos. O livro foi listado pela The Ney York Review como um nos ensinando o bom caminho. dos melhores do ano de 2008, e, ainda em março de 2009, levou o The National Book Critics Cirele Nossa história é repleta de grandes e maravilhosos feitos. Awards de melhor ficção. Tais conquistas são raras para um autor de língua hispânica que, ironicamente, O orgulho que temos do nosso clube é imenso e benéfico, quanto mais nos orgulhamos mais trabalhos são realizados ganhou status de beste seller em um país conhecido por não privilegiar traduções." Comentário no artigo em prol dos mais necessitados e todas as vezes que somos convocados pelo distrito, entramos de corpo e alma, com todo o entusiasmo, agora mesmo na REGONNE tivemos um grupo de quase 50 companheiros inscritos . Alma do Escritor, na Revista da Cultura, agosto de 2009. Quero testemunhar pra todos vocês a minha satisfação e alegria de ser presidente pela segunda vez e dizer também Um mau exemplo: "A professora Margaret Simons descobriu que a tradução H.M. Parshley fez de que é muito fácil ser presidente de um clube, como o nosso, uma verdadeira família, todos preocupados em fazer e dar o O segundo sexo, de Simone de Beauvoir, um exemplo de liberdade exagerada que se toma com o melhor de si, para que o clube siga sempre em frente, nos somos um clube otimista e verdadeiro, aqui se pratica a prova original. O tradutor e o editor A. Konopf, na década de 50, chegaram à conclusão que poderiam cortar 145 quádrupla. Aqui os problemas são enfrentados com soluções práticas e de efeito imediato, aqui se faz o bem sem alarde. páginas da obra de Simone para melhorá-la. Afinal, pensavam, sobrarão ainda 972 para o leitor se Meus queridos amigos este é o nosso clube, este é o meu clube, o clube numero 01 do Distrito, o clube que tem a Casa da Amizade com um maravilhoso trabalho e em seu ambulatório odontológico ( adquirido com os subsídios equivalentes da instruir. E isto feito, não se satisfizeram, resolveram suprimir 78 nomes de mulheres históricas, que não fundação rotária, na presidência de Aluísio Freitas) conta com 10 dentistas, que se revezam, uma clinica com 15 fariam falta ao leitor americano." Comentário no livro de Affonso Romano de Santana, capítulo Mutilações especialidades médicas, convênios com laboratórios, uma farmácia de causar inveja a muitas por aí, tudo gratuitamente para da letra. os pacientes que saem do Ambulatório Vicente Gallo Junior, com os medicamentos aviados. Todos os médicos e dentistas são Este segundo exemplo está muito corriqueiro no mundo inteiro. Tradutores mutilando as obras voluntários . originais dos autores. Ainda bem que existem os especialistas em ecdótica. Eles são habilitados ao A Casa da Amizade foi fundada em 1992 por Katia Silveira e hoje é presidida por Dora, esposa do companheiro Paulo Andrade, que está fazendo uma excelente administração. estudo, à análise de todos os aspectos na edição de um texto e, hoje, estão também preocupados em Agora voltemos ao ano de 1970, e lá reunidos nos salões do, até hoje glorioso Clube Náutico Capibaribe, sentados à recuperar textos originais, sobretudo nos Estados Unidos e na Inglaterra. Viajam o ano inteiro mesa encontravam-se 28 fundadores do Casa Amarela, dentre eles destacamos, o primeiro presidente Arnóbio Escorel, restaurando obras literárias, reconhecidas pelos autores como obras deformadas pelos tradutores. Albanez Barbosa, Arnaldo de Moura Leite, Dirceu José Seixas do Monte, Guilherme Hugo Galvão, Hieron Mucio Bezerra de Vale salientar que uma adaptação regional não é uma mutilação. Muitas palavras ou expressões Menezes, nosso primeiro governador, Mendel Azoubel e Vicente Gallo Junior, todos esses têm ou tiveram uma convivência perdem o sentido depois de traduzidas ao pé da letra. Assim é necessário que o tradutor - momen- muito boa com a maioria de nós. Os companheiros Albanez Barbosa, Guilherme Galvão, Arnaldo Moura Leite e Mendel Azoubel, todos faleceram em taneamente - torne-se um escritor. Procure trazer à língua de chegada, o sentido da original, com plena atividade rotária e ocuparam a cadeira de presidente desse clube, deixando uma enorme lacuna e muita saudade. elegância, competência, sem ferir a obra original. Dois deles, deixaram seus descendentes que hoje participam ativamente do clube. Arnaldo Filho, eleito presidente 2011-12 e sua esposa Nadja, Francisco Marletti e Ana Azoubel genro e filha de Mendel. Quero homenagear especialmente os companheiros sócios fundadores que nos ajudam a manter esse clube no patamar onde se encontra, honrando as cores do Rotary International. Caro governador Francisco Leandro, só me resta agradecer a presença de todos voces, nesse encontro que ficará marcado na história do Casa Amarela, e quem sabe daqui há 40 anos, possamos estar, todos juntos comemorando os 80 anos de fundação. até breve Eduardo Mota PROGRAMAÇÃO Gráfica e Editora Ltda. CONTAMOS COM DEUS Presidente do RI 2009/10 John Kenny Frederico Vieira de Melo PARA QUE, POR MAIS Governador 2009/10 Francisco Leandro Gov. Assistente 2009/10 Heitor Bezerra de Brito QUARENTA ANOS, Manoel Tavares REALIZEMOS Presidente Eduardo Carneiro Mota MAIS E MELHOR 1º Vice-Presidente Clara Maria de Lima Callado 2º Vice-Presidente FREQUÊNCIA COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA COMUNICAÇÃO DE BOLETIM José Queiroz Filho Nilda Gomes de Godoy Afonso Gutemberg
  2. 2. REUNIÃO DO DIA15.03.10 VICENTE GALLO JUNIOR Presidente: Eduardo Mota TEMPO DO SECRETÁRIO Secretário: Frederico Vieira Registrou o recebimento de vários boletins. Para que se tenha uma idéia do que significa para o nosso clube, a trajetória de Protocolo: Pedro Corrêa Vicente Gallo Junior, ao lado de sua Rosa, pelos 40 anos do clube, basta dizer que ele COMUNICAÇÕES ocupou, por três vezes, a presidência do Casa Amarela. Em cada uma delas se destacou pelo seu espírito dinâmico e criativo a ponto de Número de Sócios 53 ter inaugurado o SAS (Serviço e Assistência Social), logo em sua primeira gestão que se Sócios presentes 33 Bento falou da Assembléia Distrital em vem desenvolvendo a ponto de se constituir modelo padrão de atendimento médico, Convidados 12 João Pessoa, enfatizando a obrigatoriedade da odontológico e psicológico, para toda a comunidade carente que caracteriza o entorno de participação dos membros do Conselho Diretor, nossa sede, na Praça de Casa Forte. Todas as autoridades rotárias visitantes, Diretores além do grande companheirismo que uma de Rotary International, Governadores e rotarianos do Brasil, se mostram admirados da viagem dessas nos proporciona. ação desenvolvida pelo Casa Amarela, levando com todos eles a imagem do que PROTOCOLO representa o ‘Ambulatório que leva o nome de Vicente Gallo, em homenagem ao seu criador, que desde 1992 voltou a funcionar por ocasião da criação da Casa da Amizade do João Batista anunciou os membros das Rotary Casa Amarela. Formou a mesa principal com o presidente Comissões Permanentes e apresentou o Vicente Gallo ainda participa dos trabalhos do ambulatório, sendo grande Eduardo Mota o Secretário Fred Vieira, o Programa da Assembléia que se realizará nos colaborador da coordenadora Maria Emília, como exemplo de atitude de rotariano palestrante Luis Helvécio e Afonso Gutemberg. dias 26, 27 e 28 do corrente mês, acima men- exemplar. cionada por Bento. ABERTURA Paulo Andrade falou sobre a REGONNE O presidente pediu uma saudação destacando a grande presença de compa- DIRCEU JOSÉ SEIXAS DO MONTE ao Pavilhão Nacional. nheiros em todas as mesas de trabalho, elo- giando inclusive a impressão dos boletins do Sócio fundador do nosso clube, continua como importante membro ORAÇÃO ROTÁRIA encontro. Falou ainda sobre a campanha de de seu quadro social. Ao lado de sua Janes, mesmo sendo dispensado de arrecadação de cupons fiscais que continua a freqüência, comparece a todas as reuniões plenárias do mesmo modo que todo vapor, tendo a creche Menino Jesus aos ensaios e apresentações do ‘Coral Amigos’, nas festas ou ocasiões Fernando Ribeiro Lins. recebido no mês passado a quantia de R$ para as quais é convidado. Tem qualidades canoras que o credenciam a 50.000,00, vamos continuar trazendo cupons. fazer parte do Coral, dirigido pelo Maestro Ivanildo Silva e supervisionado TEMPO DE PRESIDENTE pelo companheiro Fernando Ribeiro. Aluisio Freitas também ressaltou a Pediu um momento de silêncio pelo importância da Assembléia Distrital de João Direu José Seixas é formado em Medicina, com especialidade em falecimento de Alberto Elísio da Silva Gomes, sogro Pessoa. Cirurgia Geral e Oncológica, fazendo parte da equipe do Hospital do Câncer de Pernambuco onde se fez respeitar pelos atributos técnicos de do companheiro Marcos Alves. HOMENAGENS que é possuidor. No Ambulatório Vicente Gallo, empresta sua valiosa colaboração, além de participar, normalmente da vida do clube, embora Falou da festa de aniversário do clube com dispensado por tempo de participação, da freqüência. posse de 5 novos sócios, Eduardo Carneiro Mota Edvaldo Arlégo homenageou o Dia da Poesia. É elemento querido pela sua capacidade de colaboração, como Filho, Eduardo Henrique F. Wanderley, José de rotariano e como médico. Barros e Silva Filho, Francisco de Assis Bezerra e PALESTRA Júlio Cézar Falbo, visita oficial do Governador Afonso Gutemberg apresentou o pales- Francisco Leandro, a entrega do Cadastro de trante Luis Helvécio. Sócios e do título de sócio Paul Harrys a Diógenes LUIZ PRIORI SOBRINHO. de Morais. Luis Helvécio falou sobre o projeto do O Rotary Club do Recife Casa Amarela quando foi fundado tinha na Shopping na Tamarineira o que provocou inter- pessoa de Luiz Priori Sobrinho, ao lado de sua Conceição, o responsável, Informou o cancelamento da plenária de venções acaloradas de inúmeros compa- duplamente, pela sua criação. Priori pertencia ao Rotary Club do Recife Boa 22/03/2010 devido a comemoração de aniversário nheiros. Sugeriu também que o Rotary se Vista e acumulava as funções, à época, de Governador do Distrito 450, hoje de 40 anos do clube, que se realizará na FIEPE, no fizesse representar na Audiência Pública Distrito 4500. Além das funções que desempenhava na ocasião, Priori, até salão de eventos, no dia 19/03/2010, às 20:30h. promovida pelo Ministério Público sobre o hoje, se destaca como das mais importantes autoridades do Distrito, pelos assunto, alguns companheiros também conhecimentos que reúne e sua capacidade de dirimir dúvidas regimentais ou Falou do sucesso de participação dos sugeriram a vinda de um palestrante que fosse orientar todos os companheiros. companheiros do Casa Amarela na REGONNE, do grupo “a favor” da construção do referido Luiz Priori Sobrinho sempre comparece para as reuniões festivas ou com quase 50 pessoas presentes, sendo assim a shopping para que tenhamos a medida exata importantes de nosso clube, como se a ele ainda coubesse a grande da situação conflitante deste projeto. responsabilidade de conduzir o Casa Amarela em seus primeiros passos. maior delegação do encontro. Como profissional é chefe da firma L. Priori Construções, respon-sável ENCERRAMENTO por grande número de importantes edificações em nossa cidade. Foi Prestou homenagem aos 102 anos do O presidente Eduardo Mota encerrou a Governador no período rotário de 1969 – 1970, tendo sido a criação do Rotary Companheiro Henrique Matos de Oliveira do RC reunião pedindo a todos para que de pé Club do Recife Casa Amarela um dos orgulhos de sua Governa-doria e do Recife Boa Vista. saudassem o Pavilhão Nacional. clube ao qual até hoje pertence, o Rotary Club do Recife Boa Vista.
  3. 3. QUARENTA ANOS SERVINDO FUNDADORES ATIVIDADES DO ROTARY CLUB DO RECIFE CASA AMARELA O Governador Luiz Priori tem todos os motivos de satisfação pela sua feliz idéia de criar o nosso Casa Amarela, ele e os ARNÓBIO ESCOREL seus companheiros do Recife Boa Vista. Também sentem a alegria da realização de um trabalho útil os nossos 28 pioneiros daquele já um pouco afastado 27 de março de 1970. No dia 27 de março de 1970 ele tomava posse como primeiro De fato, o Casa Amarela veio contribuir para o fortalecimento do Distrito 4500 na difusão e efetivação de compromissos rotários como companheirismo, ética, informação rotária para o aprimoramento do grupo, prestação de serviços de interesse Presidente do Rotary Club do Recife Casa Amarela. social, sempre visando a melhoria da qualidade de vida da comunidade onde vive e atua. Suas qualidades como pessoa humana e como rotariano novo, Pois o Casa Amarela, desde então, não se limitou às inúmeras atividades requeridas pelo próprio contexto da o credenciaram a realizar, como o fez, um belo mandato de presi- organização rotária, e vem se fazendo presente em sua área por importantes iniciativas e participações, inclusive podemos dência, incutindo no espírito do quadro social do clube a filosofia do contar como expressão de nosso conceito junto aos demais Clubes, a eleição de quatro de nossos companheiros para o honroso Rotary International, bem assimilada por todos e fazendo com que o cargo de Governador do Distrito: Presença em Trabalhos Rotários: Comparece, participa e colabora na organização e realização de importantes reuniões clube alcançasse um patamar de credibilidade e de respeitabilidade, rotárias, inclusive e com freqüência, sendo representado pela a maior delegação do conclave. dentre os melhores do Distrito 450, como era designado à época. Vitória Régia: Contribui todos os anos para as obras sociais da Paróquia de Casa Forte através de sua presença ativa nas Até hoje comparece, sendo alvo de todas as atenções dos que Festas da Vitória Régia fazem o R.C. Casa Amarela, nas ocasiões festivas e importantes, Baile da Vitória Régia, realizados sempre antes do início da Festa da Vitória Régia, no propósito de angariar fundos para merecedor que é de toda a gratidão dos que o admiram. a Casa da Criança Marcelo Asfora, para a Creche Menino Jesus e para a instalação da Barraca do Rotary na Festa da Vitória Régia, visando um melhor rendimento da atuação do Clube para as obras paroquiais. Serviço de Assistência Social - SAS - Instituído para o atendimento médico odontológico á comunidade pobre de sua área de atuação, com consultórios de várias especialidades, inclusive doando os medicamentos receitados Casa da Amizade: Criação do RC da Casa Amarela que revitalizou a iniciativa do SAS contando com o extraordinário esforço das senhoras de rotarianos, de um significativo número de profissionais rotarianos e voluntários outros . Este centro de ARNALDO DE MOURA LEITE atendimento, que funciona ainda em dependência da Casa Paroquial, apresenta diariamente uma significativa frequência e é modelo para atividades do tipo. Numa justa homenagem ao idealizador deste trabalho social, ele hoje se chama Ambulatório Vicente Gallo. Líder nato, desde cedo se destacou profissionalmente, porém na sua vida Sala de Plenárias e Festivas: Este ambiente próprio foi assegurado num acordo com a Paróquia de Casa Forte, através havia sempre uma preocupação maior com os mais carentes e necessitados. do nosso Sócio Honorário Padre Edwaldo: o Salão Paroquial foi reformado para as atividade da Igreja e para abrigar as nossas Estavam ali contidos os ingredientes para o inicio da vida rotária. reuniões, assim como foi preparado o local e montada uma cozinha para ações coletivas das Pastorais e, ao lado, foi construído No Clube Náutico Capibaribe, na Avenida Conselheiro Rosa e Silva eram um primeiro andar com modestas instalações para o funcionamento da nossa Secretaria e para as reuniões de Conselho nossas realizadas as primeiras reuniões, Luiz Priori era o condutor do mais novo clube e e da Casa da Amizade. Arnóbio Escorel tornou-se o primeiro presidente. Vacinação Ante Pólio: Segura participação nos programas anuais que vem se realizando ora no Salão Paroquial, ora no Ao lado de lideranças como Vicente Gallo, Mendel Azoubel, Hieron Menezes e Ambulatório Vicente Gallo. Albanez Nogueira, Dirceu Seixas, Paulo Vicente, Sebastião Farinha e João Monteiro Quadra Coberta: Efetiva participação no projeto, na arrecadação de fundos e na construção da quadra que passou a se dava-se inicio a uma nova e frutífera caminhada, a construção do Rotary Clube do chamar Dom Helder Câmara, da Casa da Criança Marcelo Asfora, importante equipamento para o uso apropriado daquele Recife Casa Amarela. educandário assim como para todas as atividades coletivas das Pastorais da Paróquia e, com freqüência, de importantes ativi- Indicado para ser o terceiro presidente do clube, viu-se obrigado a declinar dades do interesse rotário. por razões profissionais, sendo substituído na indicação por Vicente Gallo. Naquela Pátio de Entrada: Pavimentação, em paralelepípedos, através da Prefeitura do Recife, do pátio de entrada do Salão ocasião Gallo o procurou para aconselhamento para a condução do clube, ao que Paroquial, melhorando significativamente a apresentação e o uso do importante espaço. ouviu o seguinte conselho: Seja autentico! Roteatro: A introdução desta atividade veio enriquecer os aspectos culturais das nossas reuniões inclusive pelo conteúdo Casado com Euza Lucena, sua fiel escudeira, foi o esteio e um chefe de família educativo de suas peças, em que se observa a presença do sentido ético recomendável nas interações pessoais. exemplar, tendo quatro filhos, Luiz, Paulo, Arnaldo e Cristiane. Coral Amigos: que vem representado o nosso Clube em suas frequente atuações em abrigos de idosos, em creches, nas O estimulo com o Rotary foi passado para o seu filho Arnaldo, que ingressou no Casa festas e solenidades próprias ou do interesse do Casa Amarela. Amarela em 1989 e permanece até hoje. Encontro de Orientação Profissional: atividade voltada para os estudantes no período pré-vestibular, como forma de ajudá-los a reduzir suas dúvidas quanto à carreira que desejariam seguir. Inicialmente realizada em colégio próximo ao Clube, congregando alunos de vários outros colégios convidados, inclusive da rede pública de ensino. Depois, considerando as MENDEL AZOUBEL carências dos alunos de escola púbica, nos fixamos na realização deste trabalho apenas para os oito colégios da Rede Pública de Ensino Médio da nossa área de atuação e, ultimamente, o temos realizado em parceria com a Secretaria de Educação do Estado, alcançando número expressivo de estudantes do Projeto do Estado de preparação gratuita de prevestibulandos da rede publica Cidadão educado, correto e seguro de seus atos, se fez estadual. merecedor da simpatia e estima de todos os seus companheiros de Feira de Livros Usados: reunimos livros dos mais variados assuntos, das mais diversas contribuições, sobre mesas clube. que facilitem o manuseio, postas em locais de grande fluxo de pessoas , como o Salão de Entrada do Shopping Plaza, que nos Sua palavra e opinião sempre foram merecedoras do tem prestado o seu valioso apoio nesta atividade social. De um lado, mesmo a preços simbólicos para estimular a sua aquisição por um público heterogêneo - na idade poder aquisitivo, escolaridade, etc.- visando recursos para a distribuição de medi- acatamento e respeito de seus pares. camentos pelo Ambulatório Vicente Gallo, por outro lado, assim também contribuímos para a difusão da informação na nossa Esposo, pai e amigo, de conduta exemplar, pela justeza e comunidade. Informação parada, não tem utilidade. correção de seu comportamento, lhe confere o mérito desta Conhecendo Talentos: atividade que vem sendo realizada em oito educandários de Ensino Médio da Rede Estadual de homenagem que lhe prestamos num preito de saudade. Ensino situados na área geográfica do Casa Amarela, envolvendo um universo de mais de seis mil alunos, num concurso de Casado com Léia Longman Azoubel de cuja união nasceram 7 redação. Cada Escola concorre com três redações selecionadas pelo seu corpo docente: uma do conjunto de concorrentes das 1ª séries do Ensino Médio ( as escolas normalmente tem várias turmas de cada série), outra das 2ª séries e finalmente, a filhos entre eles Ana, a esposa do nosso companheiro Francisco vencedora das 3ª séries. Após recolhidos os 24 trabalhos selecionados, nós os reunimos num livro especial que mandamos Marletti. imprimir para distribuição ente os autores, suas escolas e entre clubes de Rotary do Recife. Numa Sessão Festiva prestamos a A gestão do companheiro Mendel na presidência do Casa nossa homenagem aos talentos que agora conhecemos, presenteando-os com o livro de que são co-autores e com um conjunto Amarela caracterizou-se pela meta: “FAZER AMIGOS”. Excusado de de material escolar, mais alguns livros de literatura, de informações sobre o Nordeste e um dicionário atualizado de português. dizer que foi uma das mais ricas, com o desenvolvimento das reuniões Comunidade Lemos Torres: Projeto Educar : atividades voltadas para a Cidadania, tendo como alvo jovens e crianças que ao voltarem das suas escolas ficam nas ruas, em atividades muitas vezes desorientadoras.Nas salas de aulas instaladas de companheirismo recebem orientação para fazerem os seus deveres escolares contando com o apoio de monitoras e de uma pequena biblioteca municiada com material pertinente , inclusive servindo o processo para o despertar da leitura. Fortalecendo esta importante
  4. 4. NOSSO QUADRO SOCIAL vertente, realizamos o projeto auxiliar Formação do Hábito da Leitura, que consistiu na seleção de quatro monitoras, treinadas durante quatro semanas por especialista sobre a condução amistosa e disciplinada dos alunos nas salas de aulas, analisando-se de forma interativa com as monitoras, importantes aspectos didáticos e pedagógicos de estímulo a atividades novas, especialmente à formação do habito da leitura. Fortalecendo mais o sentido de disciplina no trabalho, visando a cidadania, foi organizado um Coral com os alunos, obtendo-se participação entusiasmada de todos, com muito bons resultados. Cursos Básicos de Informática: Através do Programa de Subsídios Equivalentes e com o apoio financeiro da Organização de AFONSO E CÉLIA ALUÍSIO E IEDA ALUÍSIO E ODETE Apoio Fraterno, instalamos em suas dependências à Rua dos Coelhos, no Bairro dos Coelhos, uma moderna Sala de Aulas de ARNALDO E NADJA Informática, munida computadores, impressoras, mesas e cadeiras especiais para o trabalho, ventiladores e aparelho de ar 40 condicionado, assim como equipamentos necessários à conexão à internet. A OAF desde então vem utilizando este conjunto com muito rendimento, oferecendo Cursos Básicos a jovens carentes de sua comunidade de atuação, em várias turmas anuais. Medalha de Honra ao Mérito do Rotary Club do Recife Casa Amarela: Certos da necessidade de conhecer, premiar e fazer anos VALÉRIO E EDENILDA conhecidos, pessoas físicas ou jurídicas de nossa comunidade, que voluntária e altruisticamente contribuem para a melhoria da sua GARCIA E BENTO E REGINA GILBERTO E qualidade de vida, foi criada esta comenda para agraciá-los, anualmente, em Sessão Solene do nosso Clube, sempre no mês de AUDÉLSIO E LUZIA VANISE ZULEIDE junho. 40 Formação e Instalação de Clubes: O Casa Amarela tem contribuído fortemente para a expansão dos ideais rotários, formando núcleos de arregimentação e treinamentos de pessoal qualificado através da constituição e implantação de Rotary Clubes afiliados, no Recife e no interior do Estado. Podemos citar o trabalho vitoriosos de preparação, instrução, instalação e acompanhamento inicial dos seguintes co-irmãos: Rotary Club de Santana , no Bairro de Parnamirim, Recife/Rotary Club de Apipucos, no Bairro de Apipucos, DIÓGENES E Recife/Rotary Club de Bezerros, na Cidade de Bezerros, PE/ Rotary Club de Sertânia Centenário, na Cidade de Sertânia, PE ARLÉGO E ELETA E SOLANGE AUGUSTO E DINA Banco de Cadeira de Rodas: Criação, instalação e operação de um banco de cadeira de rodas para apoiar a recuperação de MARILEIDE LADOSKY ROBERTO E MÔNICA doentes necessitados, através de empréstimos conveniados pelo tempo necessário, assim como para a cessão definitiva e conveniada de cadeira para melhorar a qualidade de vida de pessoas que não tem mais condições de se locomover de outro modo. anos CASA DA AMIZADE DO ROTARY CLUB RECIFE CASA AMARELA FERNANDO E FRED E NÚBIA GLORINHA LUZINETE GIRLEY E SÔNIA HEITOR E SOCORRO A Casa da Amizade do Rotary Club Recife-Casa Amarela foi fundada no ano de 1992, atingindo portanto, este ano, sua maioridade. Sua origem deve-se à reunião semanal que Kátia, esposa do então FRANCISCO E ANA JOÃO E ANA ROLIM E IVANILDA QUEIROZ E NEIDINHA 40 anos IVO E OLIVETE presidente do clube Eduardo Mota, organizou no intuito de que as esposas acompanhassem seus maridos ao clube enquanto acontecia paralelamente às plenárias do Casa Amarela. Numa sala separada conversavam sobre os mais diferentes assuntos e, o que era mais importante, organizavam doações a instituições carentes, JOÃO E UACY enquanto seus maridos tratavam dos temas rotarianos. É importante mencionar neste momento da maioridade MARCOS LUCINHA E BORBA E NIZA ALVES desta obra, a contribuição de suma importância de uma companheira que jamais será esquecida, Virgínia LADJANE LUIZ CARLOS GALLO E ROSA NILDA GODOY Calado Xavier, sem a sua participação teria sido impraticável a criação da Casa da Amizade do Casa Amarela. CONOLLY Quase todas as esposas dos rotarianos do Casa Amarela lamentavam não poder participar, geralmente por motivos de trabalho, das reuniões da Casa da Amizade do Recife, que eram realizadas à tarde. Foi quando, PEDRO CORRÊA devido a já haver um encontro semanal e desse encontro muitas doações terem sido feitas que surgiu a idéia da PAULO E E BETH PEDRO E BETH Mª DO CARMO PEDRO E JURACI fundação da Casa da Amizade do próprio clube. EROLEIDE EDUARDO E KÁTIA Desde então, vem prestando grandes serviços às comunidades pobres das redondezas através do atendimento no Ambulatório Vicente Gallo em diversas especialidades médicas, atendimento odontológico e A N ROMERO E fornecimento do remédio receitado pelo médico. CARMITA SELMA VÍCTOR Sobrevive financeiramente da realização de feirinhas de roupas e artigos usados e de bazares para arrecadar fundos para as despesas do ambulatório além de uma mensalidade de suas sócias. VICENTE E GILDA O S Já quanto a sua funcionalidade é bom salientar o trabalho de pessoas sem as quais não poderíamos ter este sonho realizado, a saber: Os médicos e dentistas que são todos voluntários, Maria Emília que é a WALDECI E PAULO E DÔRA WALDIR E coordenadora geral tendo uma dedicação muito grande, e ela conta ainda com a ajuda de rotarianos como TEREZINHA CONCEIÇÃO WALDIR E NADJA Gallo, Humberto Leal, e com as amigas Thereza Leal, Juraci Lima, Suzana Belfort, Ciléa Alencar (Lela). Hoje a presidência da Casa da Amizade está com Dôra Andrade que está cumprindo com brilhantismo essa função. A Casa da Amizade é um motivo de orgulho para o Rotary Casa Amarela, que tem nela uma grande parceira na realização de muitos empreendimentos. CLARA E ROSEMBURGO REINALDO OLIVEIRA CARLOS ANTÔNIO E MARLENE DIRCEU E JANES

×