SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
ASSUNTOS

•CARTÃO CARIOCA / BOLSA FAMÍLIA
RIO CARD
• IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO FAMÍLIA E
ESCOLA/CRECHE
•TEXTO : “Um recado para meus pais”
•
O PBF é tecnicamente chamado de mecanismo condicional de transferência de
recursos. Consiste na ajuda financeira às famílias pobres, definidas como aquelas
que possuem renda per capita de R$ 70,00 até 140,00 e extremamente pobres com
renda per capita até R$ 70,00. A contrapartida é que as famílias beneficiárias
mantenham seus filhos e/ou dependentes com frequência na escola e vacinados




                             A RioCard recebe da Secretaria Municipal de Educação do Rio
                             de Janeiro os dados Cadastrais dos alunos matriculados nas
                             Unidades escolares do Município do Rio de Janeiro.
                             Quem tem direito a utilizar o Riocard Escolar?
                                De acordo com a legislação, é garantido o ingresso do aluno
                             de até 5 (cinco) anos sem apresentação do cartão eletrônico,
                             desde que acompanhado dos pais ou responsáveis
                             Para alunos da rede publica de ensino médio e fundamental, o
                             Riocard Escolar pode ser emitido a partir de 05 anos de idade.
O programa CARTÃO FAMÍLIA CARIOCA tem a
finalidade de melhorar a qualidade de vida das famílias
que vivem na cidade do Rio de Janeiro em situação de
extrema pobreza. Tem como condições principais ser
oferecido como benefício monetário complementar ao
Programa Bolsa Família, utilizar o cadastro único do
governo federal como base para definição dos
beneficiários e a flexibilidade de incorporação de outros
benefícios no cartão.
Entendendo a educação infantil e o papel da família
O termo educação tem um sentido muito amplo; onde há,
educação formal e informal. O aluno tanto aprende dentro
da escola, como fora dela. A educação formal é aquela
que se adquire nas instituições de ensino; que tem regras
e educa o homem para viver em sociedade

Já a educação informal, é aquela adquirida no cotidiano,
na comunidade, na convivência com o outro, e
principalmente no ambiente
Porém, é visível um grande descaso que há por parte de
alguns pais com a educação de seus filhos e a vida escolar
dos mesmos; pois esses pais vêm fazendo da escola um
depósito de crianças, na qual são deixadas pela manhã e só
retornam para o ambiente familiar á noite, devido á falta de
tempo destes por causa da jornada de trabalho e
competitividade social. Essa falta de tempo faz também com
que os pais deixem de participar ativamente do contexto
escolar de seus filhos, deixando toda responsabilidade em
cima da escola e dos professores.
Porém, vale deixar claro, que a escola (creches ou pré-
escolas), não pode ser vista como um depósito de crianças,
pois não é; ela é um lugar onde a criança irá se preparar para
ser alfabetizada no futuro. Por isso, a educação infantil deve
ser respeitada e levada a sério, principalmente pela família,
pelos pais, proporcionando a essa criança, muito carinho,
alimento, uma boa saúde, um ambiente de paz, na qual ela
possa viver com sua família. Todos esses itens colaboram para
um bom desempenho escolar. É nessa fase que a criança está
com a mente fresca, pronta para receber bons ensinamentos.
A educação infantil é a fase mais importante no
desenvolvimento cognitivo da criança, pois é nela que a
criança começa a sua vida escolar.
Como está expresso na LDB s(Leis de Diretrizes e Bases
               da educação) 9394/96, art.29.:
  A educação infantil, primeira etapa da educação básica,
tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança
  até seis anos de idade (SIC!), em seus aspectos físico,
 psicológico, intelectual e social, complementando a ação
                  da família e comunidade
No processo escolar da criança de educação infantil, a
participação da família é fundamental para o bom
desenvolvimento da aprendizagem da mesma. A família
pode começar ajudando a criança a fazer suas tarefinhas
de casa, valorizar os trabalhos realizados por ela, e
incentivando-a a usar sua criatividade por meio de recursos
específicos para sua idade, sendo esses recursos; folhas
de papel, lápis de cera, em fim, objetos que a criança possa
manusear livremente e soltar sua imaginação, podendo
também, desenvolver sua coordenação motora fina,
usando, por exemplo, a massinha de modelar
A educação infantil é oferecida em creches para crianças
de 0 a 3 anos, e em pré- escolas para crianças de 4 a 5
anos. È nessa fase que a criança conhece e aprende,
através de materiais didáticos – pedagógicos e métodos
específicos; as vogais, o alfabeto, a fazer o seu nome,
conhecer as cores, em fim, conteúdos específicos para
esse público. Além desse aprendizado, ela começa a se
desenvolver intelectualmente, sem contar que na escola
as crianças têm contato umas com as outras, esse
contato também acontece em casa, na comunidade, em
fim, no dia a dia. E essa convivência desenvolve o lado
social, a afetividade pelo próximo e ajuda no seu
aprendizado.
Existem pais que pensam que a escola deve se
encarregar sozinha de efetuar o processo educacional da
criança, sendo que a educação só ocorre quando escola
e família se unem por um mesmo objetivo, se essa união
não acontecer, a escola educa e os pais deseducam.

Falar de família atualmente é muito complexo, pois não
há mais nos dias de hoje,aquele modelo de família
nuclear,onde o pai era o que mantinha a casa e a mãe,
quem cuidava dos filhos e zelava pela harmonia do lar



O que se vê hoje é uma diversidade de família
A família não deixará de ser a célula mater da sociedade.
Através dela, dos valores que ela transmite, é que se
pode formar cidadãos de bem. Quando uma criança
nasce e cresce numa família bem estruturada, onde
prevalece o respeito, o afeto entre si, onde os pais
ensinam seus filhos a respeitarem o próximo e a se
comportarem no ambiente extra familiar, com certeza
esses pais não terão problemas futuros com os mesmos.
Todos esses ensinamentos se refletirão futuramente,
fazendo dessas crianças cidadãos de caráter.
Segundo Bock (2004 p.249):
 A família, do ponto de vista do indivíduo e da cultura, é um
 grupo tão importante que, na sua ausência, dizemos que a
     criança ou o adolescente precisam de uma “família
substituta” ou devem ser abrigados em uma instituição que
cumpra as funções materna e paterna, isto é, as funções de
cuidados e de transmissão dos valores e normas culturais –
   condição para a posterior participação na coletividade.
Essa substituição só poderá ocorrer se realmente o aluno
não tiver a presença de seus pais, da família materna ou
paterna que venha substituir os mesmos. Entretanto, se a
escola perceber que os alunos têm família e esta, não está
participando, colaborando com seu dever, que é fornecer
um acompanhamento para a melhor realização do ensino,
a escola deve tomar providências, acionando o Conselho
Tutelar, por exemplo.
O Conselho Tutelar é um órgão público e existe em 35
regiões da cidade e tem a função de zelar pelos direitos da
criança e do adolescente, como estão estabelecidos no
Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os
conselheiros são pessoas da própria comunidade, que têm
o papel de porta-voz e atuam junto a órgãos e entidades,
para garantirem os direitos da criança e do adolescente.
Os conselheiros são pessoas da própria comunidade,
que têm o papel de porta-voz e atuam junto a órgãos e
entidades, para garantirem os direitos da criança e do
adolescente. Estes conselheiros são escolhidos através
do voto da comunidade, onde são eleitos 5 membros
com um mandato de 3 anos.
O Estatuto da Criança e do adolescente (ECA), é um conjunto
de normas do ordenamento jurídico brasileiro que foi criado
para defender a integridade da criança e do adolescente. Ele
foi estabelecido pela Lei 8.069 de 13 de julho de 1990. De
acordo com o artigo 19 cap. 03 do ECA, a criança e o
adolescente tem direito a convivência familiar e comunitária:
Nossas atividades 2012
A INFÂNCIA É UM MOMENTO ESPECIAL!
CURTA MUITO COM SUA CRIANÇA.
PERMITA-SE SER CRIANÇA COM ELA. RIA,
SE DIVIRTA. BRINQUE E DEIXE BRINCAR.
ESTEJA JUNTO, POR INTEIRO, VIVENDO
COM ELA O MUNDO INFANTIL.
Reunião de pais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointNatalia Pina
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Netto Paes
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Luiza Carvalho
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de paisTommLouis
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borgespdescola
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarBelister Paulino
 
Planejamento educação infantil
Planejamento educação infantilPlanejamento educação infantil
Planejamento educação infantilClaudia Ramos
 
Avaliação inicial na educação infantil
Avaliação inicial na educação infantilAvaliação inicial na educação infantil
Avaliação inicial na educação infantilMeire Moura
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Lindomar Oliveira
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1ºNethy Marques
 
Plano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesPlano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesAndré Moraes
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularNethy Marques
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestreAraceli Kleemann
 
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso   em relatóriosSugestões de palavras e expressões para o uso   em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatóriosELIANE GARCIA
 

Mais procurados (20)

Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
 
Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1Agenda da reunião pais 2012 1
Agenda da reunião pais 2012 1
 
Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil Sequência didática na educação infantil
Sequência didática na educação infantil
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Planejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodoPlanejamento 1º periodo
Planejamento 1º periodo
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
Planejamento educação infantil
Planejamento educação infantilPlanejamento educação infantil
Planejamento educação infantil
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Avaliação inicial na educação infantil
Avaliação inicial na educação infantilAvaliação inicial na educação infantil
Avaliação inicial na educação infantil
 
Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019Plano de ação gestão 2016 2019
Plano de ação gestão 2016 2019
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Pauta planejamento 2012 1º
Pauta planejamento 2012     1ºPauta planejamento 2012     1º
Pauta planejamento 2012 1º
 
Plano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesPlano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mães
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
Ficha de conselho de classe
Ficha de conselho de classeFicha de conselho de classe
Ficha de conselho de classe
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso   em relatóriosSugestões de palavras e expressões para o uso   em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
 

Semelhante a Reunião de pais

Trabalho elaine dourador
Trabalho elaine douradorTrabalho elaine dourador
Trabalho elaine douradorIsaias Silva
 
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do alunoA importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do alunocibelefernoli
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppMarcia Gomes
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Elisandra Manfroi
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica
AsespecificidadesdaacaopedagogicaAsespecificidadesdaacaopedagogica
AsespecificidadesdaacaopedagogicaGeuza Livramento
 
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da SilvaO PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silvachristianceapcursos
 
Reflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaReflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaSonia Piaya
 
Projeto ser criança- Ensino Fundamental
Projeto ser criança- Ensino FundamentalProjeto ser criança- Ensino Fundamental
Projeto ser criança- Ensino FundamentalMaria Cecilia Silva
 
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Educação Infantil
 
Resumo da lei de diretrizes e bases educação infantil
Resumo da lei de diretrizes e bases   educação infantilResumo da lei de diretrizes e bases   educação infantil
Resumo da lei de diretrizes e bases educação infantilVanesa Silva
 
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da SilvaO PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silvachristianceapcursos
 
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantilEduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantilMary Konopka
 
A importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escolaA importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escolaMaria Deuza dos Santos
 

Semelhante a Reunião de pais (20)

Trabalho elaine dourador
Trabalho elaine douradorTrabalho elaine dourador
Trabalho elaine dourador
 
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do alunoA importância da educação infantil para o desempenho do aluno
A importância da educação infantil para o desempenho do aluno
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
 
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
Que alternativas poderiam promover a integração da família na escola?
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica
AsespecificidadesdaacaopedagogicaAsespecificidadesdaacaopedagogica
Asespecificidadesdaacaopedagogica
 
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da SilvaO PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silva
 
Família e escola
Família e escolaFamília e escola
Família e escola
 
Ldb 9394
Ldb 9394Ldb 9394
Ldb 9394
 
Reflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escolaReflexões sobre a relação família escola
Reflexões sobre a relação família escola
 
Projeto ser criança- Ensino Fundamental
Projeto ser criança- Ensino FundamentalProjeto ser criança- Ensino Fundamental
Projeto ser criança- Ensino Fundamental
 
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
Slide "As especificidades da ação pedagógica com bebês" Pós Graduação
 
Monografia João Pedagogia 2012
Monografia João Pedagogia 2012Monografia João Pedagogia 2012
Monografia João Pedagogia 2012
 
Pesquisa UNESCO
Pesquisa UNESCOPesquisa UNESCO
Pesquisa UNESCO
 
Resumo da lei de diretrizes e bases educação infantil
Resumo da lei de diretrizes e bases   educação infantilResumo da lei de diretrizes e bases   educação infantil
Resumo da lei de diretrizes e bases educação infantil
 
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da SilvaO PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM  Ivanilson José Santana da Silva
O PAPEL DOS PAIS FRENTE À APRENDIZAGEM Ivanilson José Santana da Silva
 
Jessica jucilene nair
Jessica jucilene nairJessica jucilene nair
Jessica jucilene nair
 
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantilEduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
Eduação e Diversidade Cultural: Educação infantil
 
A importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escolaA importância da construção de valores na família e na escola
A importância da construção de valores na família e na escola
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 
Cartilha1
Cartilha1Cartilha1
Cartilha1
 

Mais de Roseli Tejo

Reunião de pais agosto
Reunião de pais agostoReunião de pais agosto
Reunião de pais agostoRoseli Tejo
 
Reunião de pais agosto
Reunião de pais agostoReunião de pais agosto
Reunião de pais agostoRoseli Tejo
 
Reunião de pais agosto
Reunião de pais agostoReunião de pais agosto
Reunião de pais agostoRoseli Tejo
 

Mais de Roseli Tejo (6)

Família
FamíliaFamília
Família
 
Família
FamíliaFamília
Família
 
Reunião de pais agosto
Reunião de pais agostoReunião de pais agosto
Reunião de pais agosto
 
Ce virtual 2
Ce virtual 2Ce virtual 2
Ce virtual 2
 
Reunião de pais agosto
Reunião de pais agostoReunião de pais agosto
Reunião de pais agosto
 
Reunião de pais agosto
Reunião de pais agostoReunião de pais agosto
Reunião de pais agosto
 

Reunião de pais

  • 1.
  • 2. ASSUNTOS •CARTÃO CARIOCA / BOLSA FAMÍLIA RIO CARD • IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA/CRECHE •TEXTO : “Um recado para meus pais” •
  • 3.
  • 4. O PBF é tecnicamente chamado de mecanismo condicional de transferência de recursos. Consiste na ajuda financeira às famílias pobres, definidas como aquelas que possuem renda per capita de R$ 70,00 até 140,00 e extremamente pobres com renda per capita até R$ 70,00. A contrapartida é que as famílias beneficiárias mantenham seus filhos e/ou dependentes com frequência na escola e vacinados A RioCard recebe da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro os dados Cadastrais dos alunos matriculados nas Unidades escolares do Município do Rio de Janeiro. Quem tem direito a utilizar o Riocard Escolar? De acordo com a legislação, é garantido o ingresso do aluno de até 5 (cinco) anos sem apresentação do cartão eletrônico, desde que acompanhado dos pais ou responsáveis Para alunos da rede publica de ensino médio e fundamental, o Riocard Escolar pode ser emitido a partir de 05 anos de idade.
  • 5. O programa CARTÃO FAMÍLIA CARIOCA tem a finalidade de melhorar a qualidade de vida das famílias que vivem na cidade do Rio de Janeiro em situação de extrema pobreza. Tem como condições principais ser oferecido como benefício monetário complementar ao Programa Bolsa Família, utilizar o cadastro único do governo federal como base para definição dos beneficiários e a flexibilidade de incorporação de outros benefícios no cartão.
  • 6. Entendendo a educação infantil e o papel da família O termo educação tem um sentido muito amplo; onde há, educação formal e informal. O aluno tanto aprende dentro da escola, como fora dela. A educação formal é aquela que se adquire nas instituições de ensino; que tem regras e educa o homem para viver em sociedade Já a educação informal, é aquela adquirida no cotidiano, na comunidade, na convivência com o outro, e principalmente no ambiente
  • 7. Porém, é visível um grande descaso que há por parte de alguns pais com a educação de seus filhos e a vida escolar dos mesmos; pois esses pais vêm fazendo da escola um depósito de crianças, na qual são deixadas pela manhã e só retornam para o ambiente familiar á noite, devido á falta de tempo destes por causa da jornada de trabalho e competitividade social. Essa falta de tempo faz também com que os pais deixem de participar ativamente do contexto escolar de seus filhos, deixando toda responsabilidade em cima da escola e dos professores.
  • 8. Porém, vale deixar claro, que a escola (creches ou pré- escolas), não pode ser vista como um depósito de crianças, pois não é; ela é um lugar onde a criança irá se preparar para ser alfabetizada no futuro. Por isso, a educação infantil deve ser respeitada e levada a sério, principalmente pela família, pelos pais, proporcionando a essa criança, muito carinho, alimento, uma boa saúde, um ambiente de paz, na qual ela possa viver com sua família. Todos esses itens colaboram para um bom desempenho escolar. É nessa fase que a criança está com a mente fresca, pronta para receber bons ensinamentos. A educação infantil é a fase mais importante no desenvolvimento cognitivo da criança, pois é nela que a criança começa a sua vida escolar.
  • 9. Como está expresso na LDB s(Leis de Diretrizes e Bases da educação) 9394/96, art.29.: A educação infantil, primeira etapa da educação básica, tem como finalidade o desenvolvimento integral da criança até seis anos de idade (SIC!), em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e comunidade
  • 10. No processo escolar da criança de educação infantil, a participação da família é fundamental para o bom desenvolvimento da aprendizagem da mesma. A família pode começar ajudando a criança a fazer suas tarefinhas de casa, valorizar os trabalhos realizados por ela, e incentivando-a a usar sua criatividade por meio de recursos específicos para sua idade, sendo esses recursos; folhas de papel, lápis de cera, em fim, objetos que a criança possa manusear livremente e soltar sua imaginação, podendo também, desenvolver sua coordenação motora fina, usando, por exemplo, a massinha de modelar
  • 11. A educação infantil é oferecida em creches para crianças de 0 a 3 anos, e em pré- escolas para crianças de 4 a 5 anos. È nessa fase que a criança conhece e aprende, através de materiais didáticos – pedagógicos e métodos específicos; as vogais, o alfabeto, a fazer o seu nome, conhecer as cores, em fim, conteúdos específicos para esse público. Além desse aprendizado, ela começa a se desenvolver intelectualmente, sem contar que na escola as crianças têm contato umas com as outras, esse contato também acontece em casa, na comunidade, em fim, no dia a dia. E essa convivência desenvolve o lado social, a afetividade pelo próximo e ajuda no seu aprendizado.
  • 12. Existem pais que pensam que a escola deve se encarregar sozinha de efetuar o processo educacional da criança, sendo que a educação só ocorre quando escola e família se unem por um mesmo objetivo, se essa união não acontecer, a escola educa e os pais deseducam. Falar de família atualmente é muito complexo, pois não há mais nos dias de hoje,aquele modelo de família nuclear,onde o pai era o que mantinha a casa e a mãe, quem cuidava dos filhos e zelava pela harmonia do lar O que se vê hoje é uma diversidade de família
  • 13. A família não deixará de ser a célula mater da sociedade. Através dela, dos valores que ela transmite, é que se pode formar cidadãos de bem. Quando uma criança nasce e cresce numa família bem estruturada, onde prevalece o respeito, o afeto entre si, onde os pais ensinam seus filhos a respeitarem o próximo e a se comportarem no ambiente extra familiar, com certeza esses pais não terão problemas futuros com os mesmos. Todos esses ensinamentos se refletirão futuramente, fazendo dessas crianças cidadãos de caráter.
  • 14. Segundo Bock (2004 p.249): A família, do ponto de vista do indivíduo e da cultura, é um grupo tão importante que, na sua ausência, dizemos que a criança ou o adolescente precisam de uma “família substituta” ou devem ser abrigados em uma instituição que cumpra as funções materna e paterna, isto é, as funções de cuidados e de transmissão dos valores e normas culturais – condição para a posterior participação na coletividade.
  • 15. Essa substituição só poderá ocorrer se realmente o aluno não tiver a presença de seus pais, da família materna ou paterna que venha substituir os mesmos. Entretanto, se a escola perceber que os alunos têm família e esta, não está participando, colaborando com seu dever, que é fornecer um acompanhamento para a melhor realização do ensino, a escola deve tomar providências, acionando o Conselho Tutelar, por exemplo. O Conselho Tutelar é um órgão público e existe em 35 regiões da cidade e tem a função de zelar pelos direitos da criança e do adolescente, como estão estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os conselheiros são pessoas da própria comunidade, que têm o papel de porta-voz e atuam junto a órgãos e entidades, para garantirem os direitos da criança e do adolescente.
  • 16. Os conselheiros são pessoas da própria comunidade, que têm o papel de porta-voz e atuam junto a órgãos e entidades, para garantirem os direitos da criança e do adolescente. Estes conselheiros são escolhidos através do voto da comunidade, onde são eleitos 5 membros com um mandato de 3 anos.
  • 17. O Estatuto da Criança e do adolescente (ECA), é um conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro que foi criado para defender a integridade da criança e do adolescente. Ele foi estabelecido pela Lei 8.069 de 13 de julho de 1990. De acordo com o artigo 19 cap. 03 do ECA, a criança e o adolescente tem direito a convivência familiar e comunitária:
  • 18.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24. A INFÂNCIA É UM MOMENTO ESPECIAL! CURTA MUITO COM SUA CRIANÇA. PERMITA-SE SER CRIANÇA COM ELA. RIA, SE DIVIRTA. BRINQUE E DEIXE BRINCAR. ESTEJA JUNTO, POR INTEIRO, VIVENDO COM ELA O MUNDO INFANTIL.