Indicadores de Maturidade no E-learning @TicEDUCA2014

1.127 visualizações

Publicada em

bateria de indicadores de maturidade que podem ser usados para diagnosticar e melhorar práticas e procedimentos em e-learning e facilitar a implementação de projectos de e-learning.

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.127
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Indicadores de Maturidade no E-learning @TicEDUCA2014

  1. 1. TicEduca 2014
  2. 2. Maturidade Maximizar competências e talentos Optimizar a resposta a necessidades Reflectir experiências passadas Recuperar do que correu mal
  3. 3. Estádios de Maturidade Conflitos Desafios Metas Resultados esperados
  4. 4. Maturidade das Empresas As empresas também têm estádios de maturidade e existem modelos de maturidade para diversas áreas da empresa
  5. 5. Modelos de Maturidade Permitem: - Compreender uma realidade complexa - Situar a empresa numa escala/modelo - Facilitar a identificação de um trajecto de progressão
  6. 6. Proposta de Valor Avaliar a maturidade da empresa para empreender projectos de e-learning, preparar a empresa para esses projectos e melhorar a sua estratégia, procedimentos e práticas em termos de e-learning
  7. 7. Objectivo Identificar indicadores de maturidade que pudessem ser usados para diagnosticar práticas e procedimentos e definir estratégias para os melhorar
  8. 8. Banca Metodologia Seguros Retalho Energia Telecomunicações Farmacêuticas Alimentação e bebidas Transportes Entrevistas semi-estruturadas com empresas prime de vários sectores e com orçamentos de formação superiores a € 5 milhões/ano
  9. 9. Dimensões de Maturidade
  10. 10. Dimensões de Maturidade Estratégia • Motivos para usar o e-learning e os objectivos que perssegue • Ligação entre o e-learning e a estratégia de negócio • Capacidade de equilibrar as idiossincrasias do negócio com as tendências do sector formativo • Importância, peso e papel do e-learning na estratégia de formação e desenvolvimento • Grau de centralização/descentralização e convergência/divergência das estratégias de e-learning internacional • Capacidade para desenvolver estratégias de e-learning pensar global, agir localmente • Usos efectivos do e-learning • Atitudes da gestão de topo face ao e-learning
  11. 11. Dimensões de Maturidade Estrutura • Estrutura organizacional da formação e a sua evolução • Recursos físicos para suportar a aprendizagem e a sua adequação à estratégia de e-learning • Investimento financeiro no e-learning e peso do e-learning nas iniciativas e orçamentos de formação • Grau de dependência de financiamento externo • Tipo de cortes que são feitos em períodos de recessão ou crise • Certificação do processo formativo e conformidade com requisitos legais, normais e standards • Procedimentos internos no e-learning e seu grau de formalização e monitorização
  12. 12. Dimensões de Maturidade Experiência • Confiança nas iniciativas actuais de e-learning • Percepção das iniciativas de e-learning como experiências isoladas ou como um desempenho em velocidade cruzeiro • Percepção da qualidade das experiências prévias em e-learning • Capacidade para lidar e recuperar de más experiências no e-learning • Capacidade para desenvolver novas experiências e testar diferentes abordagens
  13. 13. Dimensões de Maturidade Design da Aprendizagem • Adequação das ferramentas e plataformas usadas • Grau de integração das ferramentas de e-learning com as ferramentas de gestão de RH • Grau de uso e percepção de facilidade de uso das ferramentas e plataformas • Grau, motivos e metodologias usadas para subcontratar as actividades nucleares do design do processo de aprendizagem • Metodologias para criar e actualizar os cursos • Grau de centralização/descentralização do processo de design • Inovação pedagógica • Atitudes gerais face às tendências formativas
  14. 14. Dimensões de Maturidade Produtos de Aprendizagem • Tipos de produtos formativos que são criados ou usados • Complexidade, diversidade e profundidade do portefólio formativo • Suporte tecnológico dos produtos formativos
  15. 15. Dimensões de Maturidade Processo de Aprendizagem • Desenvolvimento de planos de e-learning individualizados • Indicadores de desempenho, métodos e ferramentas usadas para avaliar as iniciativas de e-learning • Dinâmica social e sistemas de suporte à aprendizagem • Uso do e-learning para promover a aprendizagem informal, as comunidades de prática online e o coaching online
  16. 16. Dimensões de Maturidade Pessoas • Para quem os cursos se destinam, grau de abertura dos cursos, restrições de uso e grau de voluntariado • Maturidade dos formandos, suas reacções e atitudes face ao e-learning e suas literacias básicas e digitais • Maturidade, poder, investigação e desenvolvimento e atitudes gerais da equipa de gestão da formação
  17. 17. Conclusão Compreender a maturidade da empresa permite identificar as áreas que precisam de ser melhoradas e permite preparar a empresa para projectos de e-learning
  18. 18. rosario@evolui.com

×